4º. Arraiá Afro Julino da Comunidade Jongo Dito Ribeiro. Campinas/SP

de 14/7 a 15/7 · Campinas, SP
Julia
3ª arraial afro julino do Jongo Dito Ribeiro de 2006
1
Robson B.Sampaio · Campinas, SP
9/7/2007 · 63 · 1
 

O Jongo Dito Ribeiro em seu famoso "Arraia Julino", vem destacado o carater "afro" de sua festa, com as manifestações das culturas populares , esperando um público de mais de 5000 pessoas, no dia 14 de julho de 2007(sábado) no Casarão do Barão. A entrada é um quilo de alimento não perecível, com direito a distribuição de canja e canelinha além de uma programação recheada de apresentações de diversos grupos do estado de São Paulo e do Rio de Janeiro, começa às 12h00 com louvação(terço) a São Benedito e vai até madrugada adentro.
Para a "Comunidade Jongo Dito Ribeiro" este é um momento de louvação e também de preservação da manifestações culturais de matriz negra da cidade de Campinas e de outras regiões do Sudeste do Brasil. O Jongo é um ritmo cujas matrizes vieram da região africana do Congo-Angola para o Brasil-Colônia com os negros de origem banto. É uma dança de roda para o divertimento, e sua apresentação é mais dinâmica pelos pontos cantados, mas uma atitude religiosa permeia a festa.
O surgimento em Campinas
Foi idealizado por Alessandra Ribeiro que em homenagem ao saudoso Dito Ribeiro, seu avô, batizou o grupo. Benedito Ribeiro chegou à Campinas, no início da década de 30, trazendo do interior de Minas Gerais a tradição do jongo e fazia suas festas em homenagem aos santos católicos.
Desde 2002 Alessandra realiza seus trabalhos de reconstituição, composição e pesquisa com objetivo de manter viva a chama dessa descendência, trazendo essa importante manifestação da cultura popular afro-brasileira, elemento de resistência e união para a sociedade. O grupo se apresenta em escolas, universidades, quilombos, festas oficiais (aniversário da cidade, carnaval, etc.) e seus encontros são quinzenais na casa de Alessandra, no jardim Roseira em Campinas, que está aberta a quem quiser participar e contribuir na reconstituição dessa história.
Programação:
12h- terço a São Benedito
13h- Oficina com o Jongo Dito Ribeiro, Campinas-SP.
14h30min-grupo de dança afro Oju Obá da cidade Hortolândia-SP.
15h- grupo de teatro e danças populares Savuru do Distrito de Aparecidinha, Campinas-SP
15h30min- grupo de Hip-Hop Conceito Real de Campinas-SP.
16h- grupo de Maracatu Nação Tainã da Casa de Cultura Tainã e comunidade Unidade Congo do Bairro São Bernardo, Campinas-SP.
17h- grupo de capoeira Coquinho Baiano de Campinas-SP.
17h30min- grupo de Teatro e danças populares Urucungos, Puítas e Quijêngues do bairro do Bonfim, Campinas-SP.
18h30min- grupo Namoradeira da cidade Itatiba-SP.
19h- grupo Caixeiras da Guia do Distrito de Barão Geraldo, Campinas-SP.
19h30min- grupo de Maracatu Ilu de Assuada do Distrito de Barão Geraldo, Campinas-SP.
20h30min- coral Thulany da cidade de Limeira-SP.
21h- comunidade Batuque de Umbigada da cidade Piracicaba-SP.
22h- show com Aureluce Santos de Campinas-SP.
23h- comunidade do Jongo de Pinheral da cidade de Pinheral-RJ.
24h-comunidade do Jongo Tamandaré da cidade de Guaratinguetá-SP(padrinhos do Jongo Dito Ribeiro)

onde fica
Local: Centro Cultural Casarão do Barão
Rua: Manoel Becker, s/no. Terras do Barão ? Barão Geraldo
Ref. km 15 da estrada da Rhodia
08 de julho a partir das 14h00
quando ir
14/7/2007 a 15/7/2007, às 12:00h
quanto custa
A entrada é um quilo de alimento não perecível
website
http://estudiolivre.org/tiki-view_blog.php?blogId=86, http://br.ph.groups.yahoo.com/group/comunidadejongoditoribeiro/photos
contato
Alessandra Ribeiro fone 19-3227-5633/ 9134 3922

compartilhe

comentários feed

+ comentar
Robson Araujo
 

Caro Robson, você conhece já soube sobre o Censo da Capoeira? www.soucapoeira.org. Por favor, divulgue. Grande abraço

Robson Araujo · Campina Grande, PB 31/1/2008 10:12
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados