Brasil.gov.br Petrobras Ministério da Cultura
 
 

CLAUDIO TOZZI NA MÔNICA FILGUEIRAS&EDUARDO MACHADO

de 08/3 a 09/4 · São Paulo, SP
claudio tozzi
Claudio Tozzi
1
Cintia Thome · São Paulo, SP
23/2/2012 · 1 · 0
 

Será aberta dia 08 de março de 2012 a exposição de desenhos e gravuras de Claudio Tozzi, o artista que já foi chamado de "Chico Buarque das Artes" na Galeria Mônica Filgueiras & Eduardo Machado, em São Paulo, que nos apresentará, de maneira brilhante, quem é e quem foi o precursor da Art Pop brasileira. Serão apresentados trabalhos em gravuras e desenhos (alguns esgotados) dos anos 60/70 com temas peculiares a época da Ditadura, da repressão, da marginália, do tropicalismo ao amor poético, do cotidiano ao meio da conturbada, mas criativa vida dos anos dourados.

CLAUDIO TOZZI

Claudio Tozzi (São Paulo SP 1944). Pintor. É mestre em arquitetura pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU/USP). Em suas primeiras obras, o artista revela a influência da arte pop, pelo uso de imagens retiradas dos meios de comunicação de massa, como na série de pinturas Bandido da Luz Vermelha (1967), na qual remete à linguagem das histórias em quadrinhos. O artista trabalha com temáticas políticas e urbanas, utilizando com freqüência novas técnicas em seus trabalhos, como a serigrafia. Em 1967, seu painel Guevara Vivo ou Morto, exposto no Salão Nacional de Arte Contemporânea, é destruído a machadadas por um grupo radical de extrema direita, sendo posteriormente restaurado pelo artista. Tozzi viaja a estudos para a Europa em 1969. A partir dessa data, seus trabalhos revelam uma maior preocupação com a elaboração formal e perdem o caráter panfletário que os caracterizava. Começa a desenvolver pesquisas cromáticas na década de 1970. Nos anos 80, sua produção abre-se a novas temáticas figurativas, como é possível observar nas séries dos papagaios e dos coqueirais. Apresenta também a tendência à geometrização das formas. Na realização dos quadros utiliza um rolo de borracha de superfície reticulada, o que agrega novos aspectos às suas obras, como textura e volumetria. Passa a realizar trabalhos abstratos, nos quais explora efeitos luminosos e cromáticos. Cria painéis para espaços públicos de São Paulo, como Zebra, colocado na lateral de um prédio da Praça da República e outros ainda na Estação Sé do Metrô, em 1979, na Estação Barra Funda do Metrô, em 1989, no edifício da Cultura Inglesa, em 1995; e no Rio de Janeiro, na Estação Maracanã do Metrô Rio, em 1998.
Claudio Tozzi, hoje, faz parte do Grupo dos Onze, o G11 da geração 70/80, como Ivald Granato, Gerchmann, Aguilar, Gruber, Inos Corradin, Peticov ...Claudio Tozzi participou recentemente de exposições nacionais e internacionais.



.

onde fica
Galeria Mônica Filgueiras & Eduardo Machado

Rua Bela Cintra, 1.533. Jardins. - São Paulo
Fone: 11-3082.5292/3081.9492.
mapa
quando ir
08/3/2012 a 09/4/2012
quanto custa
GRATUITO
website
http://www.filgueirasemachadogaleria.com.br
contato
Eduardo Machado

compartilhe

comentários feed

+ comentar

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

imagens clique para ampliar

zoom
zoom
Convite zoom
Convite
zoom
zoom
Claudio Tozzi e Cíntia Thome, amigos desde os anos 70. zoom
Claudio Tozzi e Cíntia Thome, amigos desde os anos 70.

veja também

filtro por estado

busca por tag

observatório

feed
Nova jornada para o Overmundo

O poema de Murilo Mendes que inspirou o batismo do Overmundo ecoa o "grito eletrônico" de um “cavaleiro do mundo”, que “anda, voa, está em... +leia

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados