COLETIVO FLORES NO TEATRO CACILDA BECKER

de 05/12 a 06/12 · Rio de Janeiro, RJ
1
Núcleo Cultural · Macaé, RJ
4/12/2016 · 0 · 0
 

Com o patrocínio da Petrobras, Governo do Rio de Janeiro, Secretaria de Estado de Cultura e Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro, apoio institucional da Funarte e realizado pelo CIEMH2 Núcleo Cultural, o projeto “Artes Integradas em Curso” chega à cidade do Rio de Janeiro com o espetáculo “O Último Bicho de Pelúcia” do Coletivo FLORES, além de oferecer o Workshop “Dança Narrativa” com Coreógrafa e Diretora Artística Taís Vieira.

O projeto propõe a difusão da arte em duas esferas: Municipal, com eventos em espaços urbanos no município de Macaé, e Nacional, com circulação de espetáculo profissional de Dança nos grandes centros do RJ, SP e MG.

O projeto já esteve no Teatro Sérgio Cardoso, na cidade de São Paulo (SP) e no Teatro Francisco Nunes (BH) e agora no TEATRO CACILDA BECKER, com o espetáculo de dança “O Último Bicho de Pelúcia”, apresentado pelo Coletivo FLORES.


SOBRE O COLETIVO FLORES
A licença poética de escrever roteiros para suas obras coreográficas como quem faz cinema, permite ao Coletivo Flores propor um passeio coreográfico por questões sociais que permitem ampliar a cena artística para uma discussão social além das fronteiras do fazer arte.

É uma escolha trabalhar narrativas que nem sempre são lineares, mas sempre narrativas. E por essas escolhas o fazer político de discussão sobre determinadas “coisas” faz com que esta cia de dança seja um “coletivo” e não apenas um grupo de atuação em cenário artístico.

Dialogar com as pessoas, construir movimentações e fazer arte é a forma de colocar-se diante do mundo como um grupo panfletário que deseja conversar com quem os assiste e estabelecer trocas a partir de seu olhar, tornando a todos parte do Flores



SOBRE O ESPETÁCULO
“O ÚLTIMO BICHO DE PELÚCIA"
Tema: Violência Infantil.

Sinopse: “O último bicho de pelúcia” conta sobre adultos que precisam romper com medos e lembranças amargas que confundem as memórias de uma infância atropelada por abusos. Para alguns até parece que nada aconteceu, o trauma provoca certa confusão entre realidade e fantasia. Para outros o dia a dia provoca alarmes de sensações que não conseguem ficar no passado. Muitos, alguns, eles, ela, eu, você ninguém está muito distante da violência por qual passam muitas crianças.

Modalidade: Dança Experimental
Tempo de duração: 56min
Classificação: 14 anos

Ficha Técnica:
Direção e Concepção: Taís Vieira
Coreografia: Coletivo FLORES
Intérpretes: Dani Morethe, Lorena Bitencourt, Luiz Philipe Spranger, Luize Pessanha, Rafael de Souza, Renato Mota e Thiago Morethe
Fotografia e filmagem: Juan Porto
Iluminação: Flávio Pereira
Designer: Felippe Xyu
Produção: Dilma Negreiros


SOBRE O PROJETO
O “Artes Integradas em Curso”, realizado nos anos de 2012 e 2014, teve um resultado espetacular e crescente, atendendo um total de 307 alunos no primeiro ano, 422 alunos no segundo ano, além das 122 pessoas que participaram dos workshops e 900 pessoas na Mostra Final apresentada no Teatro. O sucesso das edições anteriores provocou o desejo de realizar a circulação dos resultados, assim como, do espetáculo “O último bicho de pelúcia” com o Coletivo Flores, Cia de Dança profissional do CIEMH2 que é referência para os novos talentos que se formam anualmente.




SERVIÇO:
Local: Teatro Cacilda Becker
Rua do Catete, 338 – Largo do Machado / RJ


Evento 1: Workshop “Dança Narrativa” – com a Coreógrafa e Diretora Artística Taís Vieira.

Data: 5 de dezembro (segunda-feira)
Horário: das 18h30 às 20h30


Evento 2 – Apresentação do espetáculo “O Último Bicho de Pelúcia” com o Coletivo FLORES Criações Artísticas.

Data: 06 de dezembro de 2016
Primeira sessão - 16h
Segunda sessão: 19h
Ingressos: Inteira - R$20,00 (vinte reais)
Classificação indicativa: 14 an

onde fica
TEATRO CACILDA BECKER
quando ir
05/12/2016 a 06/12/2016
quanto custa
Sessões 16 e 19h - R$20 inteira / Workshop Gratuito
website
www.coletivoflores.com
contato
ciemh2@gmail.com

compartilhe

comentários feed

+ comentar

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados