Comunicação Colaborativa >> Oficina Prática

28/7 · Florianópolis, SC
Felipe Obrer
1
Felipe Obrer · Florianópolis, SC
7/7/2012 · 8 · 0
 

O uso da internet para difusão cultural e publicação de produtos culturais (audiovisuais, músicas, livros, fotografias, artes visuais) é aparentemente simples. Como em qualquer área, no entanto, basta aprofundarmos o olhar para ver que existem meandros e detalhes muito importantes para melhorar a comunicação.

A comunicação na internet é, essencialmente, imperfeita. Imperfeito, se usarmos a etimologia, significa não terminado, não acabado.

A abundância de informações disponíveis cria um caldo de confusão enorme. Nosso trabalho é organizar esse barulho todo e conseguir captar o público.

Há um princípio da escola científica da Gestalt que afirma: quando há excesso de informações, nenhuma informação é percebida. Então temos que lapidar nosso discurso multimídia de forma que seja um oásis real no deserto, já que as pessoas costumam ter sede em algum momento. Como transcender as miragens, ilusões e pirotecnias inócuas? Como tornar humana nossa comunicação no mundo binário?

Para além das tecnologias, é necessário saber que a esta altura do jogo já não existem bobos. Mesmo o mais leigo dos usuários foge do marketing puro e simples. E se trabalhamos com arte e cultura, precisamos de um jardim agradável que atraia sem recorrer ao formato publicitário imperativo. É interessante pensarmos os espaços ditos virtuais como um ambiente que convide a passear, um pomar que ofereça frutas de graça, para só então pedir algo, seja atenção, seja presença, seja adesão.

Um site, um blog ou mesmo o mural do livro das faces, se abordado como mero outdoor propagandístico, dificilmente gerará fluxo humano genuíno. É necessário humanizar, tornar menos impessoal, o que dizemos com palavras, imagens ou sons nos meios eletrônicos. Deixar às claras a gema do ovo. Criar aquele ponto luminoso pulsante que os poetas procuram.


A abordagem da oficina inclui >>

web 2.0
privacidade
mídias sociais
blogs
sites
tags
creative commons
open business
estratégias
humanização
criação coletiva
transmídia
conteúdo
produtos culturais
generosidade intelectual
jornalismo cidadão
crowdfunding
experiências
compartilhar
como?

Público >>
artistas e criadores
grupos artísticos
produtores culturais
assessores de imprensa


Saiba quem é e o que faz Felipe Obrer >>
http://obrerconsultoria.wordpress.com/

Valor >>
R$ 360

Duração >>
6 horas (R$ 60 / hora)

Inscrições >>
Até o dia 15 de julho, R$ 300 (desconto de 60 reais)

Por gentileza, entrar em contato com felipeobrer@gmail.com ou 48 9667 0573 e obter os dados bancários para depósito.

É possível fazer a inscrição também pelo pagseguro, com cartão, a partir do site da SmartMob Coworking http://www.smartmobs.com.br/

Valor >>
R$ 360

Duração >>
6 horas (R$ 60 / hora)

Quando >>
Sábado, 28 de julho de 2012

Das 10h às 13h e das 14h às 17h

manhã >>
apresentação de conceitos, casos e referências

tarde >>
aplicação prática nos projetos dos participantes
[análise dos espaços -sites, blogs, mídias sociais- existentes, melhorias e integração]

Onde >>
SmartMob Coworking
Rua Nunes Machado, 93, 1º andar, Centro

7 vagas (turma pouco numerosa para favorecer a atenção pessoal)

onde fica
A SmartMob Coworking fica na rua Nunes Machado, número 93, primeiro andar, no Centro de Florianópolis.
quando ir
28/7/2012, às 10:00h
quanto custa
R$ 60 / hora. Total: R$ 360,00. Para inscrições até o dia 15 de julho, R$ 300,00
website
http://obrerconsultoria.wordpress.com/oficina-pratica-em-comunicacao-cultural-colaborativa-na-internet/
contato
felipeobrer@gmail.com (48) 9667 0573 http://obrerconsultoria.wordpress.com/contato

compartilhe

comentários feed

+ comentar

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados