Encontro Internacional de Repente

15/3 · São Paulo, SP
cachuera
Encontro Internacional de Repente
1
Cris Abramo · São Paulo, SP
15/3/2008 · 80 · 1
 

A prática de cantar versos improvisados na hora é muito antiga na Europa, remontando aos trovadores e menestréis dos séculos 12 e 13. Ligada à cultura ibérica, a arte de trovar difundiu-se pelo Brasil, alimentada também por tradições repentistas africanas e indígenas, constituindo um amplo leque de gêneros regionais. Este encontro entre repentistas bascos, argentinos e brasileiros tem como um dos seus objetivos principais proporcionar a artistas e público aproximação e diálogo entre formas ancestrais européias de improviso poético como o bertsolarismo basco , e os desdobramentos latino-americanos da tradição trovadoresca – payada argentina, pajada gaúcha, cantoria e côco de embolada nordestinos.
O bertsolarismo, antiga tradição de repente em língua basca-euskara, representa um forte elemento de identidade nacional no País Basco. Os “bertsolaris” devem improvisar versos sobre um assunto determinado respeitando o ritmo e a rima. As novas gerações que estão surgindo das escolas de improvisadores têm elevado o nível da improvisação oral e impulsionado a procura de novas experiências artísticas.
A payada argentina e a pajada brasileira são versos improvisados que geralmente contam histórias campesinas acompanhados de uma milonga. Na payada argentina o próprio repentista toca o instrumento e no sul do Brasil o pajador é acompanhado por um violeiro. Esta forma de improviso se disseminou pela região do Prata no século XIX e até hoje permanece na cultura dos pampas gaúchos, uruguaios e argentinos.
O repente de viola e a embolada são formas de cantoria e de desafio nordestinas das mais populares no Brasil.Os cantadores repentistas utilizam a viola como base para os versos improvisados. Os emboladores acompanham-se com pandeiros ou ganzás, as letras geralmente são cômicas e/ou satíricas.Um estribilho é repetido por um dos cantadores, enquanto o outro improvisa. O ritmo é bastante rápido o que exige do embolador uma grande agilidade na criação e na dicção.
Artistas:
País Basco - Bertsolaris: Xabier Paia , Fredi Paia, Maialen Lujanbio

Argentina - Payador: Wilson Salywoncyk

Brasil - Pajador: Paulo de Freitas Mendonça

Repentistas: Sebastião Marinho & Luzivan Mathias

Emboladores: Peneira & Sonhador

Realização:

Associação Cultural Cachuera!

Casa Basca de São Paulo

LANKU

onde fica
Espaço Cachuera! Rua Monte Alegre, 1094 – São Paulo

(11) 38728113/38755563 www.cachuera.org.br
quando ir
15/3/2008, às 20:00h
quanto custa
ingressos: R$ 10,00 e ½ para estudantes com carteirinha
website
www.cachuera.org.br

compartilhe

comentários feed

+ comentar
Andre Pessego
 

Fantastico, estarei lá com certeza.
valeu e valeu

Andre Pessego · São Paulo, SP 15/3/2008 13:15
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados