Fábrica de Vagabundos quer ser ‘overground’

30/4 · Marília, SP
1
Ricardo Fela · Sorocaba, SP
29/4/2006 · 24 · 1
 

Em quase toda cidade de médio porte do interior de São Paulo existe um grupo de artistas conhecidos localmente. Em geral, são os caras que vivem fazendo as baladas mais criativas da cidade, levando diversão e arte ao público a todo o custo, ou melhor, a um custo bem barato. Verdadeiros guerreiros que, ano após ano, não se cansam de criar. São chamados, geralmente, de alternativos ou underground.

Entretanto, ser underground muitas vezes implica que em ficar escondido quase que eternamente. Por isso, o projeto Fábrica de Vagabundos, que ocorre em Marília neste domingo, dia 30, quer ser overground. “Queremos sair do underground, não queremos ficar pedindo esmola. Somos pessoas que atuam no meio artístico da cidade há muitos anos e queremos sair dessa condição de ficar escondidos”, diz Marcelo Chicarelli, diretor de teatro, músico e organizador do projeto.

Nesta primeira edição, poesia, música e grafite são os pilares da noite, que acontece no bar Companhia Natural. A partir das 22h, o DJ PeriDJK7 comanda os toca-discos com músicas permeadas por samples que trazem textos de Renata Koury recitados pela própria poetisa.

Renata, natural de Garça (cidade vizinha a Marília), terá também alguns de seus contos e poesias - que tratam de amor, sexo e relações humanas de uma forma ácida e picante -, expostos por todo o ambiente em papel reciclado adornados por molduras como obras de arte.

O ilustrador Thiago Costa terá seus desenhos, que retratam “nossa metrópole interna”, estampados no banheiro-igreja-sagrada-de-todos-os-bêbados. Do lado de fora, simultaneamente, ele fará grafites em painéis durante a noite.

Para fechar a noite, como acontece com a maioria dos artistas que têm de organizar e criar seus próprios espaços para mostrar sua obra, Chico, como é conhecido Marcelo Chicarelli, estréia nos vocais da banda Fábrica de Vagabundos, criada para o projeto, junto com Kreo Fidelis (guitarra e violão) e Danilo Ramos (bateria e percussão). No repertório, músicas de Cazuza, Nando Reis, Cássia Eller e Roberto Carlos, entre outros.

A idéia de Chicarelli é que o projeto continue mensalmente e que, a cada edição, traga novas idéias e artistas. “Se eu ganhasse na Mega Sena iria montar um galpão gigante onde teriam oficinas de arte e espaço para apresentações que levaria esse nome: Fábrica de Vagabundos”, sonha divertidamente. A noite terá ainda sorteio de tatuagens e piercings.

onde fica
Fábrica de Vagabundos
Bar Companhia Natural (próximo ao cemitério), Marília



quando ir
30/4/2006
quanto custa
R$ 5,00

compartilhe

comentários feed

+ comentar
Moysés Lopes
 

E aí, pessoal, o projeto conseguiu se firmar mensalmente? Achei a proposta muito interessante, se puderem mandar notícia, agradeço Um abraço,

Moysés Lopes · Porto Alegre, RS 20/9/2006 17:24
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados