Galeria Alfinete inaugura novas exposições

de 10/6 a 01/7 · Brasília, DF
1
Objeto Sim · Brasília, DF
7/6/2017 · 0 · 0
 

A poética do corpo e do espaço perpassa as duas novas exposições da ALFINETE GALERIA

*Desenhos, recortes e encaves sobre papel nas poéticas de artistas Derik Sorato e Thales Noor

*Coordenadora do grupo Corpos Informáticos, Bia Medeiros apresenta um percurso de sua obra

*Visitação de 10 de junho a 1º de julho

*Entrada franca

No próximo sábado, dia 10, a partir das 18h, a ALFINETE GALERIA abre duas exposições que, embora compostas de substratos distintos dialogam entre si. Na Sala Um, “Na medida do possível, tudo saiu como não deveria” revela o trabalho dos jovens artistas Derik Sorato e Thales Noor a partir de uma provocação: a arquitetura que se fragmenta e rompe os limites de seu significado.

Na Sala Dois, o espaço será tomado pela obra da artista visual Bia Medeiros com a exposição “Bia Medeiros: per-fura, per-muta, per-verte”. Conhecida por sua atuação à frente do Grupo de Pesquisa Corpos Informáticos (que ela coordena desde 1992), Bia Medeiros é Pós-doutora em Filosofia pelo Collège International de Philosophie e Doutora em Arte e Ciências da Arte na Universidade Paris 1-Sorbonne. Na mostra, ela percorre da gravura à performance, chegando ao desenho íntimo.

NA MEDIDA DO POSSÍVEL, TUDO SAIU COMO NÃO DEVERIA

Local: Alfinete Galeria – Sala UM
Artista: Derik Sorato | Thales Noor

A convite da Alfinete Galeria os artistas Derik Sorato e Thales Noor apresentam a série de trabalhos intitulada "Na medida do possível, tudo saiu como não deveria", que através de desenhos, recortes e encaves sobre papel une poéticas individuais revisitadas na experiência da produção coletiva.

O fundo temático da exposição passa por uma idéia de arquitetura que se fragmenta, convergindo para a situação onde a afirmação das formas depara-se com imposições meramente estruturais, suspendendo os limites de seus significados.

A exposição aponta métodos que colocam limites para a apreensão de imagens, mas acaba tornando-se livre experiência que tensiona sua representação de espaço.

Negando o anteprojeto, a elaboração dos estudos preliminares que deveria constituir a mostra é subvertida. E de um panorama onde todas as ações são planejadas, deslocam-se a um cenário de desorganização cirúrgica, onde não seguir os moldes planejados deixa de ser um problema para ser um recurso.

OS ARTISTAS

THALES NOOR, 27 anos, vive e trabalha em Brasília. Diplomado em Artes Plásticas pela Universidade de Brasília, atualmente cursa Arquitetura e Urbanismo pela mesma instituição e segue sendo um entusiasta do estudo da Geografia e suas possibilidades de subversão poética. No momento intercala suas atividades entre a produção das artes plásticas e tarefas pragmáticas voltadas ao fazer arquitetônico.

DERIK SORATO (1990), vive e trabalha em Brasília. Cursou Bacharelado em Artes
Plásticas pela Universidade de Brasília, tendo como foco de sua pesquisa o desenho e a pintura. Os assuntos de seus trabalhos, por vezes passam pelas ideias de noite, natureza, arquitetura, lugar e caminho, se utilizando de uma tensão significante entre o possível e o impossível.


BIA MEDEIROS: PER-FURA, PER-MUTA, PER-VERTE.



Local: Alfinete Galeria – Sala DOIS
Artista: Bia Medeiros


A exposição “Bia Medeiros: per-fura, per-muta, per-verte” traz um substrato da obra de Bia Medeiros. Nos anos 80 e 90 da gravura (per-fura) à performance (per-forma: intensidade e movimento do corpo que forma), nos anos 2000, coordenadora do Corpos Informáticos, da performance, agora realizada com e no grupo, ao desenho íntimo (per-muta). Recentemente Bia Medeiros traz séries eróticas que vertem.


onde fica
Galeria Alfinete
quando ir
10/6/2017 a 01/7/2017
quanto custa
Entrada franca
website
www.objetosim.com.br
contato
Carmem Moretzsohn

compartilhe

comentários feed

+ comentar

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados