Lelo Néspoli no Salão da Fotografia Consigo

de 03/6 a 30/6 · São Paulo, SP
Lelo Néspoli
Ateliê Compartilha - Casa Amarela
1
guillermo aldaya · Rio de Janeiro, RJ
17/6/2015 · 1 · 0
 

Em um mundo digitalizado e colorido, fotografar sem lentes e numa banda que rompe com as frequências da luz, visíveis apenas a olho nu, é um desafio ao atual status quo da fotografia.
As fotos foram feitas em ocupações, assentamentos e na aldeia indígena Tekoá Pyau no Jaraguá, com a generosa colaboração dos índios Guarani e dos militantes da causa dos sem-teto e dos sem-terra. Tais locais foram escolhidos por serem locais invisíveis a grande parte da população e mostram que em uma cidade ilógica nem tudo é azul; as diversas nuances da cidade são reveladas, então, pelo olhar infravermelho das câmeras pinhole.


Por limitação do espaço expositivo, foram escolhidas apenas seis localidades para o desenvolvimento da proposta temática, mas acredito que elas nos dão uma mostra significativa dos esforços desenvolvidos pelos diversos grupos na luta pela melhoria de sua situação.

A fotografia em Infravermelho analógica

As emulsões dos filmes analógicos foram desenvolvidas para gravar imagens provenientes apenas da luz visível. No entanto, há certos filmes – os infravermelhos - que registram frequências e comprimentos acima do limite da radiação vermelha visível (750nm), podendo captar comprimentos de onda até 820 nm.

Associando-se um filtro infravermelho ao processo, as fotos ganham um elemento que privilegia a fotografia lo-fi (low fidelity), no qual a experimentação artística se opõe à atual estética das altas definições fotográficas proporcionadas pelos milhares de megapixels.

A técnica

As fotos foram feitas com câmera de fole adaptada para pinhole no formato 120 (9x6 cm) e com câmera pinhole Hartmann 4x5”, com a utilização de filmes Rollei 400 Infravermelho e filtro Hoya InfraRed. O tempo de exposição de cada foto variou entre 7 a 10 minutos.
Autor

Lelo Néspoli, formado em Física, foi professor do Instituto Federal de SP - IFSP – e de projetos interdisciplinares envolvendo Arte e Ciência. Há dez anos trabalha com fotografias pinhole e mantém um fotoblog e um site (). Também realiza oficinas em instituições culturais, colégios e presta consultorias sobre o tema pinhole.

onde fica
Salão da Fotografia Consigo
Rua Conselheiro Crispiniano, 105, 1° Andar
Centro – São Paulo/SP - CEP 01037-001
Telefone: (11) 3214-2660
quando ir
03/6/2015 a 30/6/2015
quanto custa
Grátis
website
http://www.consigo.com.br/expo.php

compartilhe

comentários feed

+ comentar

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados