MARIA BRAGANÇA INTEGRA PROGRAMAÇÃO DO "VAC"

de 18/1 a 19/1 · Belo Horizonte, MG
1
Quel Moreno · Belo Horizonte, MG
8/1/2013 · 0 · 0
 

A saxofonista e compositora mineira Maria Bragança apresenta a nova versão de seu projeto “Chorando Jazz”, que faz uma saudável e estimulante mistura de choro, jazz e música erudita, com sotaque brasileiríssimo. O show, com jeito de concerto, abre a temporada 2013 da musicista e faz parte da programação do festival “Verão Arte Contemporânea”. Serão duas apresentações, uma no dia 18 de janeiro, sexta, e outra no dia 19 de janeiro, sábado, sempre às 20 horas, na Fundação de Educação Artística (Rua Gonçalves Dias, 320).
Criado, num primeiro momento, para uma apresentação ao lado da Big Band do Palácio das Artes, em torno da obra do maestro Moacyr Santos, e do compositor francês Darius Milhaud, o Chorando Jazz recebeu, no Rio de Janeiro, em São Paulo, Curitiba e Porto Alegre uma versão em trio, com a pianista Maria Teresa Madeira e o contrabaixista Omar Cavalheiro.
Nas duas apresentações em Belo Horizonte, ela toca saxofone ao lado do baterista Márcio Bahia e do baixista Chacal, com participação especial da pianista Heloisa Fernandes. Completa o quinteto o guitarrista Samy Erick, com quem Maria vem tocando nos dois últimos anos. E contribuiu com um belo tema para o repertório.
Para esta nova versão, Maria Bragança promete mais groove, com inclusão de um forró de Hermeto Pascoal, de um choro do mestre K Ximbinho, uma sonata do jazzista Phil Woods e temas próprios. A pianista convidada Heloisa Fernandes apimenta o set list.
O misto de técnica e emoção do grupo, a serviço de uma música além de fronteiras e estilos, pode ser constatado pela maleabilidade com que se prestam as inusitadas leituras, como as da “Valsa Triste”, de Radamés Gnatalli, e “Out Of The Cool”, de David Heath, com um interessante diálogo entre os universos erudito e do jazz.
Tudo isso com execução irrepreensível e uma rara capacidade de estabelecer paralelos e reforçar vínculos entre linguagens, épocas e geografias. A mais fina música brasileira em contato com matrizes europeias.
O “Chorando Jazz” tem concepção da saxofonista Maria Bragança que propõe conexões musicais entre o jazz, o choro e a música erudita. A realização é da ART e o patrocínio da Fiat, através da Lei de Incentivo da Secretaria do Estado de Minas Gerais.
Serviço - Maria Bragança apresenta nova versão do concerto Chorando Jazz
Data: 18 e 19 de janeiro, sexta e sábado
Horário: 20 horas
Local: Fundação de Educação Artística (Rua Gonçalves Dias, 320, Funcionários)
Ingressos: R$14, inteira, R$7, meia-entrada.
Informações para o público: (31)3224-1744
Outras informações:
www.mariabraganca.com
www.myspace.com/mariabraganca
www.youtube.com/user/MariaBragancaOficial
Informações para a imprensa: CL Assessoria em Comunicação (31) 3274-8907
Christina Lima (31)9981-4897/christina@christinalima.com.br
Raquel Moreno (31)9775-8907/raquel@christinalima.com.br

onde fica
Fundação de Educação Artística
quando ir
18/1/2013 a 19/1/2013, às 20:00h
quanto custa
R$14, inteira, R$7, meia-entrada
website
www.mariabraganca.com
contato
(31)3224-1744

compartilhe

comentários feed

+ comentar

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados