Megaevento beneficente sacode a Mangueira

07/11 · Rio de Janeiro, RJ
1
SPS Comunicação · Rio de Janeiro, RJ
4/11/2010 · 0 · 0
 

Alcione, a Marrom, é a grande atração do show beneficente que promete sacudir a comunidade de Mangueira, no próximo domingo, dia 7 de novembro, no espaço do Centro Cultural Cartola, gentilmente cedido pela neta do compositor, Nilcemar Nogueira. “Solidariedade, a canção do bem” é, na verdade, um megaevento, que, além dos shows musicais com diversas atrações, inclui espetáculo de dança, exposição e bazar. Tudo regado com a mais honesta feijoada, delicioso caruru à baiana e salgadinhos. “No mês em que completamos 30 anos sem Cartola, que, antes de mais nada, era um ser humano solidário, a satisfação de participar de um evento como esse, em benefício de um projeto social sério, nos emociona duplamente”, diz Alcione. Já envolvida em várias ações sociais na comunidade da Mangueira, onde a cantora é reconhecida pela generosidade, a Marrom atendeu rápida e graciosamente ao convite da Associação Reagir. “Meu avô, que viveu sempre atento às necessidades humanas, com certeza, onde quer que esteja, apoia um evento assim e deve estar feliz com a homenagem, que nos emociona a todos, descendentes orgulhosos dele”, completa Nilcemar.


Um domingo inteiro

Além da cantora Alcione, grande atração do dia, e da jornalista, cantora e compositora Lucia Helena Corrêa, que teve a ideia de realizar o megaevento, participam os grupos musicais Casa Caiada (samba de raiz), Jequitibá de Garrafa (samba de raiz) e Conexsoul (rock), além do grupo Abadá, de afoxé e capoeira. Mas, também, a cantora Danny Reis; o violonista e cantor Tony Pelosi; o compositor, cantor e pianista Tato Fischer (ex-Secos & Molhados); e o instrumentista, compositor e cantor Bráu Mendonça (violão e guitarra). Na qualidade de convidados, participam, ainda, Bruno Sotil (percussão) e Daniel Kid (contrabaixo).

A extensa e animada programação de shows, exposições e bazar, com feijoada e caruru à baiana, estende até 20 horas. E começa ao meio-dia e meia, com os grupos musicais e, em seguida, de 15 às 18 horas, o espetáculo “Cartola, meu amor”, de Lucia Helena, intérprete intensa do compositor. Em 25 apresentações, o show, que traz de volta 16 das mais conhecidas composições de Cartola, já rodou casas noturnas e salas de espetáculos de São Paulo e Rio de Janeiro, inclusive o Canecão.


Além do assistencialismo

Tetraneta de Joaquim Antônio da Silva Callado, o “pai” do chorinho, Lucia Helena é uma das voluntárias dos projetos desenvolvidos pela Reagir, associação criada há 15 anos pela irmã da jornalista e cantora, a pediatra Jupira Corrêa Nunes. “O sociólogo Betinho, irmão famoso do cartunista Henfil, na verdadeira cruzada contra a pobreza, que moveu pouco tempo antes de morrer, diversas vezes, costumava citar a Reagir como exemplo de obra social séria. E eu, mesmo morando em São Paulo, há quase 30 anos, sou voluntária na divulgação do projeto”, diz Lucia Helena.

“O objetivo da Associação Reagir é amparar crianças tratadas no HMP, na maioria, doentes por conta da subnutrição, indo além do assistencialismo, dando às famílias condições de se autossustentarem, mediante, inclusive, cursos de capacitação profissional e transmissão de hábitos e cuidados com a saude em geral”, explica Jupira. A pediatra conta que, nestes 15 anos, a associação já amparou quase mil pessoas, atendidas não apenas com alimentos, remédios, roupas e calçados, mas, também, incluidas em projetos educacionais capazes de ajudá-las a melhorar a qualidade de vida. Mas, segundo a médica, é cada vez mais difícil o dia a dia de obras sociais mantidas graças a doações e ao trabalho voluntário. “Somente iniciativas generosas como essa, da cantora Alcione e de todos os demais artistas que participam desse megaevento, é que nos animam a continuar”, agradece.

onde fica
Centro Cultural Cartola (http://www.cartola.org.br/) Rua Visconde de Niteroi, 1296 – Mangueira – RJ
quando ir
07/11/2010, às 12:00h
quanto custa
Ingressos (no local): R$ 10,00 (sem direito a refeição) e R$ 20,00 (com direito a refeição)
contato
(21) 3234-5777

compartilhe

comentários feed

+ comentar

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados