Nikkeis no Brasil - Mostra de cinema e debates

de 04/8 a 15/8 · São Paulo, SP
Permanência, documentário de Hélio Ishii que será exibido na mostra
1
Alê Kishimoto · São Paulo, SP
1/8/2008 · 121 · 1
 

Nikkeis no Brasil - Olhares sobre 100 anos de imigração japonesa

O projeto O Cinema no Centenário da Imigração Japonesa (Laboratório de Imagem e Som em Antropologia/USP) junto com o Cinusp Paulo Emílio e a Universidade de Osaka (Japão) apresentam a mostra de cinema e vídeo Nikkeis no Brasil - Olhares sobre 100 anos de imigração.

No Cinusp Paulo Emílio a mostra acontecerá entre os dias 04 e 15 de agosto. Em 10 diferentes programas, serão exibidos 29 curtas e longa-metragens produzidos nos últimos 80 anos e que abordam a experiência da imigração japonesa no Brasil: filmes caseiros, cine-jornais, filmes ficcionais e documentários realizados pelos imigrantes, seus descendentes e por realizadores não-nikkeis. Além das sessões serão realizados debates com os realizadores dos filmes e pesquisadores.

Dentre as ações do projeto, foi realizado um levantamento das obras audiovisuais relacionadas à imigração japonesa no Brasil: constatamos que nestes 100 anos foram produzidos mais de 100 títulos que abordam a experiência nikkei no Brasil e mais recentemente, a experiência dos brasileiros no Japão.

Hikoma Udihara (1882-1972) foi um imigrante japonês que a partir da década de 1930 atuou como corretor da Companhia de Terras Norte do Paraná. Por um período de 30 anos realizou cerca de 85 filmes curtos, registrando imagens da região. A mostra Nikkeis no Brasil prestará uma homenagem a este pioneiro da imigração japonesa: serão exibidos 6 filmes curtos realizados por Udihara. Outro imigrante japonês será homenageado com um programa especial: Yppe Nakashima (1926-1974), um dos pioneiros do cinema de animação no Brasil. Em 1966 inicia a produção do longa-metragem Piconzé, lançado nos cinemas em 1972.

Gaijin, Caminhos da Liberdade, filme de estréia de Tizuka Yamazaki, conquistou o prêmio de melhor filme do Festival de Gramado de 1980. A mostra exibirá o longa-metragem Gaijin 2, realizado por Tizuka 25 anos depois do primeiro filme, em que retoma a saga de Titoe, personagem que representa as lembranças da cineasta de uma de suas avós.

Da cineasta Olga Futemma serão exibidos 3 curta-metragens: Retratos de Hideko (1981), que discute a condição da mulher nikkei e a tensão entre tradição e modernidade que se expressa na dança, Hia Sá Sá Hai Yah! (1985), um manifesto artístico sobre a comunidade okinawana em São Paulo e Chá verde e arroz (1988), curta-metragem de ficção em que a cineasta presta uma homenagem aos pioneiros do cinema japonês no Brasil.

Além de Chá verde e arroz, serão exibidos curta-metragens de ficção realizados por cineastas nikkeis das novas gerações: Filha única (1993) e O pôr do sol (1996), de Cláudio Yosida, que abordam as separações causadas com a emigração dos brasileiros ao Japão; Tori (2006) de Andrea Midori e Quelany Vicente, Primavera (2007) de Maurício Osaki, e um episódio da série Mina e Lisa (2007), dirigida por Hélio Ishii.

A questão dos dekasseguis é abordada em documentários recentes: Dekassegui (2007), curta-metragem de Roberto Maxwell e Permanência (2006), de Hélio Ishii, sobre as crianças e jovens brasileiros que cresceram no Japão; e a première do documentário Do Brasil ao Japão (2008), de Aaron Litvin e Ana Paula Hirano, que acompanha por anos a vida de algumas famílias brasileiras no Japão.

Como os filmes e vídeos retratam os cem anos de presença dos nikkeis no Brasil? Existe um 'olhar nikkei' que conta a sua própria história? Confira a programação no site www.usp.br/cinusp

onde fica
Cinusp "Paulo Emílio"
Rua do anfiteatro, 181
Colméia - favo 4
Cidade Universitária
São Paulo - SP
quando ir
04/8/2008 a 15/8/2008
quanto custa
Sessões às 16h e às 19h
Entrada franca
website
www.usp.br/cinusp
contato
Tel: (11) 3091-3540

compartilhe

comentários feed

+ comentar
Andre Luiz Mazzaropi
 

Meu pai Mazzaropi fez um filme que muito me orgulha .
Meu Japão Brasileiro - 1.962.
Andre Luiz Mazzaropi

Andre Luiz Mazzaropi · Taubaté, SP 13/8/2008 22:06
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados