"O ÚLTIMO BICHO DE PELÚCIA" EM SALVADOR / BA

28/9 · Salvador, BA
Juan Porto
1
Núcleo Cultural · Macaé, RJ
28/9/2016 · 0 · 0
 

O Coletivo FLORES, companhia de dança do CIEMH2 Núcleo Cultural, na próxima semana dará início a circulação do projeto “Cantos e Contos Coreográficos”, passando pelas cidades de Jequié e Salvador no estado da Bahia.

O projeto foi contemplado pelo Prêmio FUNARTE de Dança Klauss Vianna 2015 e apresentará o espetáculo “O Último Bicho de Pelúcia”, espetáculo construído a partir de situações pesquisadas e apresentadas por intérpretes que usam histórias reais transformadas em contos para uma proposta panfletária e questionadora, a fim de provocar reflexão sobre a violência na infância, circulará pelas cidades de Jequié e Salvador, no estado da Bahia e Santos e São Paulo, no estado de São Paulo, perfazendo um total de 10 apresentações realizadas em espaços urbanos ou alternativos. 

Como atividades complementares, o projeto proporcionará ainda workshops e debates com objetivo de intercâmbio cultural culminando com resultados artísticos compostos pelos participantes das oficinas em cada cidade. 

Em Salvador/BA o projeto tem o patrocínio da FUNARTE/MinC - Codança Funarte e conta com o apoio institucional da UFBA - Universidade Federal da Bahia,e Espaço Cultural Alagados e realização do CIEMH2 Núcleo Cultural.

O conto “O ÚLTIMO BICHO DE PELÚCIA” tem o norte de criação partindo de pesquisa realizada com adultos que na infância passaram por assédio/abuso sexual. O trabalho conta sobre adultos que precisam romper com medos e lembranças amargas que confundem as memórias de uma infância atropelada por abusos. Para alguns até parece que nada aconteceu, o trauma provoca certa confusão entre realidade e fantasia. Para outros o dia a dia provoca alarmes de sensações que não conseguem ficar no passado. Muitos, alguns, eles, ela, eu, você ninguém esta muito distante da violência por qual passam muitas crianças.

Entre poesia e realidade de histórias pesquisadas, colocamos na arte um papel fundamental de discussão sobre o tema a fim de provocar e ser provocado na busca de um viver mais gentil.

Essa conversa coreográfica traz para a cena o caos da experiência vivida por adultos na infância. Entre o abuso e a poesia de ser criança, cria-se um universo de lembranças e informações trazendo uma discussão estética conflituosa entre a realidade e as lembranças, é um passeio por valores morais a serem observados pelo corpo “arte-político” e panfletário em cena.

Modalidade: Dança Experimental
Direção e Concepção: Taís Vieira
Coreografia: Coletivo Flores
Intérpretes: Daniele Morethe, Lorena Bitencourtt, Luiz Philipe Spranger, Luize Helena Pessanha, Rafael de Souza, Renato Mota e Thiago Morethe
Produção: Dilma Negreiros/CIEMH2
Classificação indicativa: 14 anos

onde fica
UFBA - Universidade federal da Bahia
quando ir
28/9/2016, às 12:00h
quanto custa
Entrada Franca
website
www.coletivoflores.com / www.ciemh2.org
contato
ciemh2@gmail.com

compartilhe

comentários feed

+ comentar

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados