Roda de Botecos 2008

de 15/8 a 21/9 · Vitória, ES
divulgação
Vai uma sardinha frita com jiló?
1
Ilhandarilha · Vitória, ES
17/8/2008 · 100 · 9
 

Por aqui dizem que sair de casa para comer é programa de paulista. Mas não é bem assim. Capixaba também adora comer. E se a comida é servida num boteco, melhor ainda. Para comemorar esse gosto pelos petiscos começa nesta sexta-feira (dia 15) mais uma edição do Roda de Botecos, que este ano foi bastante ampliada: 31 estabelecimentos inscreveram-se para participar da deliciosa competição.

Como nas edições anteriores, o melhor bar e o melhor boteco (são categorias diferentes) serão escolhidos pelos consumidores. Uma equipe da organização da Roda visitará os bares e botecos concorrentes de quinta-feira a sábado para orientar os clientes na hora de votar. O voto deverá levar em conta a estrutura, o serviço, e a uniformização dos funcionários, além, é claro, do sabor dos pratos. Os estabelecimentos que conquistarem a maior pontuação nos quesitos melhor tira-gosto, temperatura da bebida, atendimento e higiene serão os premiados. Além de eleger as melhores casas, o Roda de Boteco também premia os melhores garçons, eleitos por voto popular.

A coisa é tão séria que a apuração será realizada pelo Instituto de Pesquisa Futura. Até dia 21 de setembro os frequentadores poderão votar. A divulgação do resultado será no dia 27 de setembro, durante o evento Botecão, no Clube Álvares Cabral, com a animação do sambista Dudu Nobre.

Concorrentes e pratos 2008:

Bares

Abertura (Jardim da Penha e Praia do Canto, Vitória) - Cocoricó - R$ 8,90
Balacobaco (Praia do Canto, Vitória) - Enrola Rabo - R$ 6,95
Bar Bacana (Praia do Suá e Bairro República, Vitória) - Porca Melada - R$ 17,90
Bar Colonial (Itapoã, Vila Velha) - Angu à mineira - R$ 3,50
Petiscaria (Mata da Praia, Vitória) - Sardinha frita com jiló empanado - R$ 18,90
Caranguejo do Assis (Itaparica, Vila Velha) - Batata do Assis - R$ 5,70
Ceará Bar (Jucutuquara, Vitória) - Bacalhau à Lei Seca (tem que ser escondidinho) - R$ 15,00
Concentração Bar (Jardim da Penha, Vitória) - Mini-gyozas ao molho shoyo - R$ 24,00
Divina Carne (Praia da Costa, Vila Velha) - Quarteto Divina - R$ 17,90
Família Spetacollo (Hortomercado, Enseada do Suá)- Cubos de Mignon ao Spetacollo - R$ 26,50
La Villa (Praia da Costa, Vila Velha) - Escudiguim ao molho de funghi com farofa de cenoura - R$ 19,90
Regina Maris (Itapoã, Vila Velha) - Escondidinho de camarão à Regina Maris - R$ 8,90
Sabor Gaúcho (Bairro República e Jardim da Penha, Vitória) - Costela no bafo com creme de aipim - R$ 27,90

Botecos

Bar Caiana (Jardim Camburi, Vitória) - Ripa na Xulipa - R$19,50
Bar do Getúlio (Nossa Senhora da Penha, Vila Velha) - Torresmo do Getúlio - R$ 2,00
Bar do Nico (Morada de Laranjeiras, Serra) - Costela na Água - R$ 7,90
Bar do Wagner (Jardim Camburi, Vitória) - Trio Mineiro - R$ 13,00
Bar do Zé (Santos Dumont, Vila Velha) - Escudiguim na Seca - R$ 3,50
Bar Zito (Praia da Costa, Vila Velha) - Dobradinha no feijão manteiga - R$ 10,00
Cabana da Praia (Praia da Costa, Vila Velha) - Batata Cabana - R$ 12,50
Cavalo de Tróia (Jardim da Penha, Vitória) - Bolinho do Tróia - R$ 4,50
Copa 70 (Jucutuquara, Vitória) - Delícia de Camarão - R$ 13,00
Dona Rosa Bar (Santa Fé, Campo Grande) - Espeto da Rosa - R$ 3,70
Faculdade da Cerveja (Tabuazeiro, Vitória) - Moquequinha de frango ao camarão - R$ 8,00
Garfo e Faca (Jardim Camburi, Vitória) - Asinha Chiquetosa - R$ 10,00
Kabecos (Santa Lucia, Vitória) - Porpeta - R$ 5,00
Parakapá (Itapoã, Vila Velha) - Picanha do sol com purê de aipim - R$ 12,90
Show's Bar (Morada de Laranjeiras, Serra) - Pra

onde fica
Bares e Botecos da Grande Vitória
quando ir
15/8/2008 a 21/9/2008
quanto custa
vários preços
website
http://www.rodadeboteco.com.br/index.asp?id_local=1

compartilhe

comentários feed

+ comentar
mariozinho
 

nossa! ... isso deve ser uma delícia!

mariozinho · Rio de Janeiro, RJ 15/8/2008 23:31
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Compulsão Diária
 

Compulsão Diária · São Paulo, SP 16/8/2008 03:53
sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Ilha, e só quem já comeu a verdadeira moqueca capixaba sabe do que você está falando...Delícia...

Cristiano Melo · Brasília, DF 16/8/2008 09:18
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Ilhandarilha
 

Então vc já esteve por aqui saboreando nossa moqueca! que bom! É realmente uma delícia. Mas acho que os bares estão querendo fugir do tradicional: nenhum dos pratos concorrentes pretende reinventar a moqueca.
beijos

Ilhandarilha · Vitória, ES 16/8/2008 09:41
sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Vale a pena então retornar a Camburi (é assim que escreve?) e, além de degustar esta culinária diversificada, aproveitar e mergulhar nos naufrágios que têm por aí. Houve, há dois anos, um afundamento proposital de uma embarcação para aumentar o número de pontos de mergulho, aí é um dos pontos de referência para mergulhos em naufrágios... Sei que viajei e sai do tema, mas é que sou viciado em mergulho....heheh
beijos e mais uma vez valeu a informação

Cristiano Melo · Brasília, DF 16/8/2008 12:18
sua opinião: subir
Ilhandarilha
 

O navio a que vc se refere é o Vitória 8B. Ele foi afundado no litoral de Guarapari. Vi uma matéria sobre como a fauna e a flora marinha já tomaram conta do naufrágio. Você esteve lá? Adoraria mergulhar num lugar assim. O máximo que experimentei de mergulho foi com o canudo, alguns centímetros abaixo d'água, em Três Ilhas, conhece? Vai ver que as sardinhas fritas te levaram ao mergulho. heheh.
beijos

Ilhandarilha · Vitória, ES 16/8/2008 12:28
sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Tadinhas das sardinhas.... Mas é só mergulhar que se vê como os cardumes de sardinha são enormes.... Ainda não tive oportunidade de mergulhar por aí, mas está na minha lista e meus amigos que mergulharam foram unânimes: o ES é dos melhores locais de mergulho. Com canudo é engraçado...rs
Bem, voltemos ao tema, uma sardinha frita com uma cerva gelada...hummmmm!!!!!!

Cristiano Melo · Brasília, DF 16/8/2008 12:34
sua opinião: subir
Ilhandarilha
 

Não sei como é o nome daquele canudinho de mergulhar. Fala ai...
Tem uma curiosidade sobre os peixes daqui: quando era criança o Peroá era o peixe mais popular. Baratíssimo, era o maná dos pobres do litoral. Lembro-me de ir com meu pai algumas vezes para comprar peixes na puxada de rede em Itapuã e os pescadores darem pras crianças - nós - os peroás que vinham, de tão pouco valor que eles tinham. Depois ele passou a ser o queridinho dos petiscos nas barracas de praia. Servido frito inteiro, com farofa e salada verde ou banana frita, uma delícia. Era o que tinha de mais barato e nutritivo para se comer nas praias aqui. Hoje é difícil achar o Peroá. E seu preço está quase tão alto quanto o do salmão! Sumiram das praias capixabas. Pesca sem critérios, predatória, ou talvez a desenfreada industrialização do litoral devem ser os responsáveis pelo sumiço do antes farto peroá dos nossos mares.

Ilhandarilha · Vitória, ES 16/8/2008 15:22
sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

o nome do canudo é o snorkell, o peroá não é tão raro de se ver num mergulho no Brasil, o mais difícil de se ver é o peroá-rei (este deve ser mais gostoso assado...rs). Acredito que são as duas coisas que você apontou, tanto a pesca sem critérios, onde não se respeita o tempo de desova e a industrialização desordenada. Uma pena saber que o peroá está desaparecendo do ES, ele é bem característico do brasil.

Cristiano Melo · Brasília, DF 17/8/2008 01:00
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

imagens clique para ampliar

Bacalhau à Lei Seca do Ceará zoom
Bacalhau à Lei Seca do Ceará
Escudiguim ao funghi zoom
Escudiguim ao funghi
Mini gyoza ao shoyo zoom
Mini gyoza ao shoyo

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados