Sylvio Fraga mistura som e poesia no Áudio Rebel

24/10 · Rio de Janeiro, RJ
Foto de João Atala
No centro, Sylvio se diverte com seus companheiros de banda
1
Monica Ramalho · Rio de Janeiro, RJ
24/10/2014 · 0 · 0
 

Um ano após lançar o primeiro álbum, “Rosto”, que conquistou admiradores e dezenas de reportagens na imprensa nacional, o compositor e poeta Sylvio Fraga está em vias de entrar em estúdio novamente. Antes, está se apresentando no carioca Áudio Rebel, em Botafogo, para experimentar as inéditas que vêm criando desde dezembro do ano passado com a nova banda. Nas noites de 24 de outubro e 21 de novembro, às 20h, Sylvio Fraga vai tocar violão e cantar acompanhado por José Arimatéia no trompete, Mac Willian Caetano na bateria e Bruno Aguilar, o novo integrante, no baixo acústico. A entrada é grátis.

“O Ari (apelido do trompetista) já participava intensamente e a gente apenas oficializou um processo criativo. Antes, a gente começava a trabalhar uma música, sentia falta de algo e chamava o Ari. Agora ele entrou na banda, temos um novo baixista, que toca o acústico, e um quinto elemento. Somos um quarteto com as participações especiais do Lucas Cypriano no teclado”, diz Sylvio, um inquieto por natureza, no melhor sentido da palavra.

Poetas convidados
Nesses shows no Áudio Rebel, o quarteto – que recebeu o saxofonista e flautista Zé Nogueira na estreia da temporada, em 3 de outubro – terá os poetas Mariano Marovatto e Laura Liuzzi nesta sexta, dia 24. Os dois vão ler seus versos inéditos, a convite de Sylvio, também poeta. Não por acaso, o jovem artista usa um princípio poético para definir o som da banda.

“O processo é bastante intuitivo, mas pode ser explicado como se cada músico seguisse um caminho paralelo que funciona quando todos os instrumentos se juntam. É o que chamamos na poesia de parataxis: um verso não tem nada a ver com o verso seguinte, mas, quando estão ali no mesmo poema, algo novo se cria a partir da proximidade desses dois versos. Toco uma marcha no violão e quero que baixo e bateria toquem outras coisas para fazer um som que a gente não esteja acostumado a ouvir”. É a surpresa que faz a música acontecer com o sentido que eles buscam.

Ao longo de 2014, Sylvio estudou teoria musical com o guitarrista Bernardo Ramos e sente que melhorou o seu diálogo com os músicos. Eles ensaiam três vezes por semana, em sessões de três horas. Quando um ensaio precisa ser cancelado, arrumam a agenda para compensar nos próximos encontros. Todos têm um compromisso de estar junto naquele espaço e tempo, em função de criar coletivamente o repertório da banda. A parceria com o Pedro Dias Carneiro segue de vento em popa (para o segundo disco já fizeram “Fiquem calmas” e “Wurly”), mas Sylvio ainda busca letras para suas melodias inspiradas.

Por falar nas inéditas e autorais, cabe um aviso: Os títulos são todos provisórios. Aliás, o próprio nome do álbum ainda está em aberto. “O propósito desses shows no Audio Rebel é sedimentar o trabalho de um ano para a gente entrar em estúdio no início de dezembro com tudo”, adianta Sylvio. Nesses meses, ele compôs 15 músicas (com e sem parceiros, arranjos sempre assinados pelo quarteto) e pretende gravar as 15 para depois escolher quais cabem no CD.

“Eu gosto das 15”, defende o band líder, um apaixonado pelos sons do Flying Lotus – referência desde que estreou profissionalmente na música – e do trio de jazz americano Vijay Iyer Trio. No roteiro das apresentações, estão “Bolo de jabuticaba”, “Ave da cidade”, “Fanta laranja”, “Clara” e “New Jersey”, entre outras. Elas foram exaustivamente trabalhadas num processo que desafia os próprios músicos a criarem e aperfeiçoarem até mesmo o que aparentemente já está bom. Sylvio explica, com um sorriso: “Quero gravar um disco só com as minhas músicas favoritas”.

onde fica
O Áudio Rebel fica na Rua Visconde Silva, 55, em Botafogo. Informações: (21) 3435.2692
quando ir
24/10/2014, às 20:00h
quanto custa
Entrada franca
website
www.sylviofraga.com.br
contato
BELMIRA COMUNICAÇÃO - Monica Ramalho - moniramalho@gmail.com

compartilhe

comentários feed

+ comentar

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados