Fabio Campos Rio de Janeiro, RJ

colaborações publicadas

Talião - Alea jacta est banco
19/1/2011 16:04 · 1

A letra da música diz tudo. Talião não é uma pessoa ou um jurista ou um imperador que criou a pena que leva este nome. O "olho por olho, dente por dente" é pena imemorial que traduz a revolta e as soluções que, a princípio julgamos serem irracionais (e são), animalizadas (e são!) e passíveis de injustiça (e são mesmo!!!). Tal pena é moradora de nosso íntimo e - infelizmente!... +

Agora é Tempo. Peça infantil inspirada em pastoris agenda
14/12/2010 09:20 · 0

Vale a pena levar as crianças, a peça é um musical e ficou um brinquinho. É um trabalho inédito de criação em texto da Giselle Tigre em parceria com o Gemmal (que assina também o belo cenário), com direção do Marcelo Alonso Neves. No elenco, além da própria Giselle Tigre, atores como Waleska Arêas, Felipe Antello, Luciana de Oliveira, a menina Maria Tigre Gemmal e... +

MAR DE MINAS – HOMENAGEM A GUIMARÃES ROSA agenda
9/5/2008 06:27 · 103

O escritor mineiro Guimarães Rosa completaria 100 anos este ano se estivesse vivo. Está.

O projeto Mar de Minas vem trazer uma interpretação possível do universo de Rosa, em letras, canções, músicas, arranjos e pinturas de Fabio Campos.
O projeto Mar de Minas: música, pintura, poesia é uma proposta multimídia, onde ambas formas de expressão artística — música... +

PROJETO ARMORIAL agenda
23/2/2007 15:34 · 177

Tá chegando ao CCBB do Rio de Janeiro o projeto Armorial, contando com os artistas que inauguraram o movimento Armorial de Pernambuco: Antônio Madureira do extinto Quinteto Armorial e atual Quarteto Romançal, Antônio Nóbrega, rabequeiro do Quinteto Armorial e atualmente com belíssima carreira solo, Egildo Vieira, flautista do Quinteto Armorial e que se apresentará na mesma... +

TIJUCO: UMA MÚSICA PARA A POESIA DA FRANCINE banco
19/2/2007 17:01 · 181


Francine,
tomei a liberdade de compor uma música hoje prá sua poesia e pra você, tentando capturar as idéias iluminadas da lua inteira, do brilho, da boemia, do dia-a-dia, do ser amante da vida, de Diamantina, essa pedra maravilhosa de Minas Gerais.

-----------------------------------------------------------------
TIJUCO
(Francinne Amarante e Fabio Campos)

DIAMANTINA
DIA... +

O GATO MALHADO E A ANDORINHA SINHA, DE JORGE AMADO overblog
19/2/2007 12:37 · 79

Fizemos (Daniele Ramalho e eu) umas leituras sobre o livro do Jorge Amado "O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá", livro muito interessante que aborda para crianças a história de um amor impossível, incompatível. O amor de um gato que era para todos na floresta feroz e mal-humorado com uma jovem andorinhazinha.
O romance se desdobra na primavera e finda com um final infeliz:... +

JÁ SOMOS OVERBILHÕES...!!! overblog
15/2/2007 17:31 · 85

Quis escrever esse texto buscando refletir um pouco acerca da questão da visibilidade ou invisibilidade no Overmundo. Então me vem à memória uma certa discussão que tive sobre determinada diagramação de texto onde tínhamos um título maior, informações variadas agregadas a este título (várias palavrinhas com cores variáveis do branco ao laranja passando pelo amarelo,... +

FABIO CAMPOS VÁRIAS - BARCO banco
13/2/2007 16:22 · 94

Estou editando de novo algumas de minhas composições já apresentadas e outras inéditas.
Abaixo o texto da primeira publicação e a letra da música.

Navegando pela costa,
pelo rio,
pelo lago,
pelas costas,
pelos lábios,
pelos fartos,
peles,
mãos,
escamas,
camas,
redes,
pingos respingos
fôlegos,
resfolegos,
no jogo das ondas,
balanços,
alavancas,
querosenes... +

FABIO CAMPOS VÁRIAS - AMIGOS NUM BAR banco
13/2/2007 15:43 · 60

Estou editando de novo algumas de minhas composições já apresentadas e outras inéditas. Abaixo o texto da primeira publicação e a letra da música.

Essa é pro Marcão mesmo. Fizemos a maior balbúrdia nos idos de 87,88 lá na PUC do RJ. E essa foi a música que fez com que esse meu amigo acreano, de então 18, 19 anos me mostrasse suas composições e nos fizesse músicos,... +

FABIO CAMPOS VÁRIAS - MINHA BANDEIRA banco
13/2/2007 15:43 · 57

Estou editando de novo algumas de minhas composições já apresentadas e outras inéditas.
Era para ser tudo lindo, era para ser tudo límpido. Mas a vista embaçou, a besta-fera tomou conta, o sangue lavou com injustiça aqueles que buscavam o remanso do rio Piranhas e a ácida cor pardacenta daquele peixe morto incendiou o sertão.
Restaram um menino, uma obra e um sertão.
Ele... +

FABIO CAMPOS VÁRIAS - MEU REI banco
13/2/2007 15:43 · 61

Estou editando de novo algumas de minhas composições já apresentadas e outras inéditas. Esta aqui é em homenagem a Ariano Suassuna, fundador do Movimento Armorial, aniversariante deste ano de 2007 aos 80 anos. Viva mestre! Viva a Pedra do Reino! Vivam os Quadernas deste Brasil !

MEU REI
(Fabio Campos)

Oh! meu rei de Aragão
Oh! rainha negra
Oh! meu rei Tapuia aqui... +

FABIO CAMPOS VÁRIAS - MANHÃ DE SOL NO RECIFE banco
13/2/2007 15:42 · 55

Estou editando de novo algumas de minhas composições já apresentadas e outras inéditas.
Esta é inédita e em homenagem à Ariano Suassuna! Viva o mestre e seus 80 anos!

MANHÃ DE SOL NO RECIFE
(Fabio Campos)

Manhã de sol no Recife
Ninguém quer comemorar
Se foi prá o céu a cavalo
um rei que não vai voltar

Manhã de sol no Recife
Ninguém quer comemorar
Se... +

FABIO CAMPOS VÁRIAS - VARIAÇÃO SOBRE AS BACHIANAS N. 5 banco
13/2/2007 00:15 · 114

Estou editando de novo algumas de minhas composições já apresentadas e outras inéditas.
Essa é uma composição instrumental-armorial-popular. +

FABIO CAMPOS VÁRIAS - CHAMA QUENTE banco
13/2/2007 00:15 · 79

Estou editando de novo algumas de minhas composições já apresentadas e outras inéditas. Abaixo o texto da primeira publicação e a letra da música.

Essa música foi escrita seguramente há cerca de 17 anos atrás, quando eu me iniciava nos mistérios da escrita musical. Somente agora pude gravá-la, caseiramente, como atesta o mp3, mas creio ser uma experiência estética... +

FABIO CAMPOS VÁRIAS - MOÇAMBIQUE-PARIS banco
13/2/2007 00:15 · 86

Estou editando de novo algumas de minhas composições já apresentadas e outras inéditas. Abaixo o texto da primeira publicação e a letra da música.

Moçambique-Paris. Aparentemente um título de alguma linha de trem improvável, ou um roteiro aéreo estranho... Apenas uma melodia e arranjo que fiz motivado pelo festival de cinema brasileiro de Paris, que ocorre todo ano... +

FABIO CAMPOS VÁRIAS - BOI MARAVILHOSO banco
13/2/2007 00:15 · 88

Estou editando de novo algumas de minhas composições já apresentadas e outras inéditas.
Boi Espácio. Vaca do Burel. Onças, bodes, touros e Calundus. Dizia Vadico antes de morrer de guampada (Guimarães Rosa in Sagarana – O Burrinho Pedrês) “Não mata o Calundu, pai, pelo amor de Deus! Não quero que ninguém judie com o Calundu!...”. Bois que matavam e não morriam,... +

FABIO CAMPOS VÁRIAS - CABOCOLINHO banco
13/2/2007 00:15 · 53

Estou editando de novo algumas de minhas composições já apresentadas e outras inéditas.
Esta composição é instrumental-erudita-armorial. Se origina dos toques de caboclinhos pernambucanos. A formação instrumental é a seguinte: 3 pífes, 2 preacas, uma caixa. +

Cidade Overmundo: dividindo para somar overblog
12/2/2007 16:56 · 86

O Overmundo é o que poderia se chamar de espaço de expressão e expressividade construído e se construindo simultaneamente. O legal é que as pessoas estão entrando, instigadas por amigos, colegas de trabalho ou turma e estão encontrando um universo inteiro à sua disposição. Universo verdadeiramente criativo.

Morei em Tiradentes por um ano. Lá eu conhecia proximamente... +

FABIO CAMPOS VÁRIAS - AMIGOS NUM BAR banco
4/2/2007 21:44 · 92

Estou editando de novo algumas de minhas composições já apresentadas e outras inéditas.

AMIGOS NUM BAR
(Fabio Campos)

Amigos num bar,
conversa pra fora, êh!
Amor e olhar,
Frutas na esteira, ôh!
Saudade da terra,
Saudade do que não passou, êh ôh !

Mãe d´água a mandar,
Onda, Lua cheia, êh!
Um beijo e amar,
Então Maria se fez,
A pele serena,
Salgada... +

FABIO CAMPOS VÁRIAS - FITAS E VELAS banco
4/2/2007 21:28 · 68

Estou editando de novo algumas de minhas composições já apresentadas e outras inéditas.

FITAS E VELAS
(Fabio Campos)

Fitas e velas,
O som das tramelas
Vermelhas gamelas
Luz de lampião...

Tambor de folia,
Da noite faz dia,
E a Lua esvazia,
E alua o sertão ...

Na mão as matracas,
E um chá de alfavaca,
Tirado da mata,
Quentura de arder ...

Nhô Chico... +

FABIO CAMPOS VÁRIAS - CAFÉ COM PÃO banco
4/2/2007 15:03 · 66

Estou editando de novo algumas de minhas composições já apresentadas e outras inéditas.
Café com pão
(Fabio Campos)

É de manhã, é madrugada,
Pé de romã, pé na estrada eu vi
Vi pelo chão, vi as pegada
Vi pelo chão toda a boiada eu vi

Café com pão café na lata
Massa de pão passou boiada
Estrela d´alva eu vi
Café com pão um som de mata
Chuva passou... +

FABIO CAMPOS VÁRIAS - CABOCOLINHO banco
2/2/2007 23:50 · 39

Estou editando de novo algumas de minhas composições já apresentadas e outras inéditas.
CABOCOLINHO - INSTRUMENTAL +

BARCO (um barco, lampiões, um amor, as águas...) banco
29/12/2006 14:45 · 119


Navegando pela costa,
pelo rio,
pelo lago,
pelas costas,
pelos lábios,
pelos fartos,
peles,
mãos,
escamas,
camas,
redes,
pingos respingos
fôlegos,
resfolegos,
no jogo das ondas,
balanços,
alavancas,
querosenes em balanças,
um incêndio que é de dentro,
um jorro,
um frouxo,
um pouso
leve de mãos, seios,
pernas, membros,
frouxos,
se deixar levar,
maré... +

AMIGOS NUM BAR (essa é pro Marcão acreano véio camarada...) banco
29/12/2006 10:50 · 86


Essa é pro Marcão mesmo. Fizemos a maior balbúrdia nos idos de 87,88 lá na PUC do RJ. E essa foi a música que fez com que esse meu amigo acreano, de então 18, 19 anos me mostrasse suas composições e nos fizesse músicos, parceiros, amigos. Os anos se foram passando, o Marcão voltou prá Rio Branco, infelizmente perdemos o contato, mas a música ficou.

Bebíamos cerveja... +

GOSTO DE MARESIA (1ª versão) banco
28/12/2006 19:49 · 55


Leandro,
Vai aí a música prá você ouvir. Pus voz e violão na sua letra. Veja lá se gostou.
Abraços,
Fabio Campos

ps. a todos: Vai abaixo a letra do Leandro para acompanharem:

GOSTO DE MARESIA (J.J. Leandro / Fabio Campos)

Eu vou seguir
O trio elétrico
Eu vou com ele
Até o fim.
Quem sabe
Nesse caminho
Encontro um amor pra mim.

É carnaval,
É alegria
Não... +

CABOCOLINHO (prá o povo de pernambuco...) banco
28/12/2006 17:55 · 66

Como componente do armorial e carioca grupo Gesta, resolvi gravar um caboclinho pra deixar na rede, como uma forma de contribuição armorial a este site tão democrático e livre.

Creio ser uma forma de ampliar os horizontes das pessoas, disponibilizar as informações e criações, independente de gostos, tendências, o que for...

Aqui eu mostro um caboclinho gravado com... +

FITAS E VELAS (e a calda fervia!) banco
25/12/2006 08:44 · 128


Essa música tem duas histórias. A primeira é que ela começa quando eu, 8 anos antes de compô-la entrei numa casa antiga lá em Tiradentes, pois dizia que estava a venda. Quis visitar e bati palmas. Ninguém atendia. Fui entrando e pensando "e se tiver cachorro e se o dono for bravo e se e se..." quando então dei com uma porta e na porta um fogão de lenha fervia uma panela... +

CAFÉ COM PÃO (e nóis ali...) banco
25/12/2006 08:44 · 100


Essa coisica que eu compus foi em 2000 com gravação em 2001, pensando nas Minas Que Eu Tanto Amo. Uma boiada, uma lamaceira só, um tempo se abrindo, um rio em seu curso. E nóis ali, na pedra, pensando o tempo passando a vida cursando o dia cumprindo seu destino. O desiderato. Minas Que Eu Tanto Amo, numa simplória nota voadora, pelo ar frio dos dezessete graus ao sol. E nóis... +

VEM VOCÊ (pelas gotas, pelos fios d´água ...) banco
23/12/2006 10:20 · 82


Via as montanhas no Rio. Chovia. O violão na mão. Lembrei da serra de S. José, lá nas Minas Gerais, no quintal de minha casinha Tiradentina... A chuva lá chovia e pra cá descia, rio abaixo, peito adentro. Água pura, tudo lavando. Lavandas. Cheiro de terra no ar, baforento sopro, grossos pingos. Te via na neblina, no repique d´água das goteiras, das calhas nas pedras velhas... +

UMA MULHER (será gente, será feia, será ontem?) banco
23/12/2006 10:20 · 82


Quem será esse lugar, quando será ela, quão belamente feia ficará em sonhos? Fria, viva, roxa, salgada, violácea e rosa. Mãe dos homens que não nascerão.
Morgada em redes que jamais terão teias ou teares. Que jamais serão. Uma daquelas mulher...
Uma teúda sereia vilipendiada.
Uma daquelas, mulher, uma delas.!.
Vil e pronta ao ensino das artes das flechas.
Flechaste-nos... +

CHAMA QUENTE (Ânima, Pantanal e vinil...) banco
22/12/2006 11:07 · 79

Essa música foi escrita seguramente há cerca de 17 anos atrás, quando eu me iniciava nos mistérios da escrita musical. Somente agora pude gravá-la, caseiramente, como atesta o mp3, mas creio ser uma experiência estética legal.
Na época ouvia muito (até quase furar o vinil) o Ânima do Milton Nascimento e os discos do grupo mineiro Sagrado Coração da Terra, liderado por... +

MOÇAMBIQUE-PARIS (uma viagem?) banco
22/12/2006 11:06 · 87

Moçambique-Paris. Aparentemente um título de alguma linha de trem improvável, ou um roteiro aéreo estranho... Apenas uma melodia e arranjo que fiz motivado pelo festival de cinema brasileiro de Paris, que ocorre todo ano nesta cidade e cuja trilha de animação eu sou o responsável.
O ritmo é um "moçambique" estilizado (um pouco mais rápido para atender às exigências... +

VIVER (sonhos beirando o asfalto e a terra) banco
22/12/2006 11:06 · 106

Uma canção composta há mais de 10 anos e que gravei agora há 2 meses em casa, na madrugada, saudoso das estradas de terra de Minas Gerais...

VIVER
(Fabio Campos)

O amor seguiu os meus passos e encontrou,
A pessoa certa prá conversar,
Coisas que muita gente já se esqueceu
Falou de estrada e beijos como se fosse eu ...

A vida seguiu os meus passos me encontrou,
Me... +

CARRANCAS - Existe esse lugar... guia
3/12/2006 23:50 · 71

Existe um lugar - dentre tantos denominados homonimamente - chamado "terra das cachoeiras", onde você pode passear livremente entre quedas d´água, córregos, rios, riachos, vaus e corredeiras. Existe Mauá (RJ), que é linda e povoada, existe Sana(RJ), reduto dos filhos de Mauá, mas esse lugar é, fica, além dessas cidades e povoados. Chama-se Carrancas. Uma cidade mínima,... +

MAR DE MINAS - banco
3/12/2006 13:51 · 45

O título da música poderia sugerir uma visão saudosista de um passado mais ou menos remoto. Pode ser. Entretanto ela foi composta em um momento onde o autor se encontrava trabalhando as 6:00 da matina, após uma noite virada a frente do computador.

Foi então que uma lufada de vento, um golpe do Zéfiro, moveu a porta e me lembrou dos sonhos não tidos, das noites delirantes... +

BOI ESPÁCIO, FAMOSO BOI DO SERTÃO banco
3/12/2006 13:07 · 60

+

ARIANO SUASSUNA FAZ 80 ANOS EM 2007 overblog
1/12/2006 07:55 · 111

Em 2007 Ariano Suassuna completa 8 décadas. Para quem não conhece o movimento Armorial e seus desdobramentos, é mais que desejável a busca em bibliotecas, sebos e até a pesquisa na internet da obra desse maravilhoso dramaturgo. Homem sério, de propostas radicais e de rara coerência, Ariano completa os 80 neste ano que se aproxima comemorando em grande estilo.

No CCBB de... +

TEMPERO DA ANGELA: almoçando tropeiro, torresminho e ovos caipiras deliciosos ! guia
1/12/2006 00:55 · 41

É verdade! É baratim mess !!! rsrsrs. O Tempero da Ângela fica no Bichinho (como se diz em Tiradentes-MG). Tem que perguntar aonde fica, como sai prá cidade (o "apelido" da cidade é Bichinho mas o "nome" é Vitoriano Veloso). Quando a gente chega não acredita que o lugar possa ser tão gostoso. Aí a gente senta, pede uma cervejinha (com sorte pode-se beber uma "Original"... +

FABIO CAMPOS - "MAR DE MINAS" banco
29/11/2006 07:48 · 69

“Mar de Minas” apresenta influências da música mineira das décadas de 60 e 70, mesclada às origens de seu autor, o compositor Fabio Campos, um carioca com raízes no interior gaúcho, goiano e mineiro.

“Mar de Minas” é uma apresentação que traz ao público o lirismo das toadas, cantigas e cantorias do sertão das Minas Gerais, fazendo referência às tradições... +

Pizzas no forno a lenha maravilhosas, cerveja, vinhos etc... guia
28/11/2006 17:56 · 76

Um lugar inesquecível para se jantar ou beliscar pizzas ou um suculento filet, o "Atrás da Matriz" é um restaurante imperdível em Tiradentes. Uma cervejinha gelada para os que gostam ou um vinho de boa qualidade aos apreciadores. Muito bom !!! +

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados