Ivette G.M. Cotia, SP

colaborações publicadas

GESTAÇÃO banco
23/6/2009 20:32 · 15

+

O TESTAMENTO banco
13/6/2009 11:54 · 22

+

JOGO DE AZAR banco
5/6/2009 16:37 · 40

Conto +

COMO SABER SE O AMOR CHEGOU banco
23/5/2009 14:14 · 24

Era uma vidinha medíocre e rotineira. Uma POESIA a transformou completamente. +

EU NO ESPELHO banco
17/5/2009 21:03 · 21

+

DANOS E PERDAS banco
2/5/2009 09:36 · 32

+

MENARCA banco
25/4/2009 21:20 · 24

Conheci um casal cujo marido tinha este problema, ou seja, verdadeiro asco de menstruação. Apesar do problema ter ocasionado muitas brigas e ter advindo o desamor, por convenção e tradição permaneceram juntos até a morte de ambos, já bem idosos.
Apropriei-me do fato e com ele escrevi o conto hora em edição. +

O PESCADOR E O SURFISTA banco
23/4/2009 19:01 · 108

+

A Rua das Noivas banco
17/4/2009 17:14 · 127

+

No creo en fantasmas banco
5/4/2009 12:33 · 139

Este não é um conto e sim um "causo" verídico. Pelo menos, meu avô jurava que era verdade. +

A LAREIRA banco
28/3/2009 22:29 · 152

Conto escrito em 1976, depois de um momento de grande tristeza para a autora. +

O DESTINO NAS CARTAS banco
18/3/2009 06:35 · 169

Este conto é dedicado ao Lauro Winck que postou um poema em homenagem à cigana Samara, a quem amou.
Como eu disse, não é nada fácil o relacionamento entre uma cigana e um gadjô. +

A cachorrinha IáIá banco
13/3/2009 23:19 · 152

É uma narrativa não ficional, de um fato verídico. +

Quem quer um sítio? banco
7/3/2009 20:14 · 190

+

A Muda banco
3/3/2009 21:35 · 171

+

FIM DE LINHA banco
24/2/2009 16:45 · 151

Este é mais um episódio da personagem Dona Sarita.
Quem leu os episódios anteriores já formou um retrato dela em sua imaginação. Pois bem, como todos já sabem, ela não é de deixar problema pendente, sem solução. Por isso vai a Brasília ter uma conversa esclarecedora com o Aurelio. +

Onde mora a moralidade? banco
20/2/2009 12:42 · 157

Escrevi esta crônica após ler, em jornais, dois fatos antagônicos, envolvendo a moralidade.
Como fiquei com dúvidas, ando à sua procura. +

PARA SEMPRE banco
17/2/2009 01:00 · 180

Esta é uma história de duas pessoas que se amaram muito e nunca puderam realizar este amor. Mas este grande amor permaneceu com eles Para Sempre. +

A RODA DA VIDA banco
10/2/2009 20:13 · 128

Ficção. Conto que mostra que existem momentos na vida em que se precisa tomar uma deciasão crucial. Tomando ou não tomando a decisão, as consequências serão inevitáveis.. +

Um amigo diferente banco
4/2/2009 18:11 · 170

Maias um episódio da personagem dona Sarita, conto, ficção +

Epitáfio banco
26/1/2009 18:16 · 199

Conto ficcional, versando sobre a auto-imagem de uma pessoa insatisfeita com sua própria vida. +

O dentista banco
21/1/2009 17:58 · 160

Conto, baseado em uma história real. +

Cegueira banco
15/1/2009 07:52 · 190

Um conto, onde a personagem principal é cega. Este conto teve origem após a autora ter lido o livro " Um antropólogo em Marte-Sete histórias paradoxais", de Oliver Sacks. +

Feliz Aniversário banco
7/1/2009 11:22 · 135

fortãoConto, com mais uma aventura de dona Sarita, que completa 75 anos e continua usufruindo de sua tardia liberdade e liberalidade.
Desta vez ela hospedará Aurélio, o namorado que arrumou em Paris, em sua casa.






















+

Cabaré banco
18/12/2008 09:37 · 265

Conto ficcional, baseado em uma história real. +

Personal paquera banco
12/12/2008 20:12 · 176

É mais um texto sobre as aventuras e até desventuras da personagem dona Sarita. +

Céu de Brigadeiro banco
17/11/2008 20:43 · 126

Dona Sarita pesquisou preços, companhias, guarda-roupa etc, para fazer uma viagem de navio e não fez. Na hora da decisão final, ficou com medo e voltou atráz. Esta atitude decepcionou muita gente e as cobranças vieram de todsos os lados. Dona Sarita não é mulher de se abater por pouca coisa e resolveu agir, colocar mãos à obra
e....... +

A GUERRA DO AMOR banco
13/11/2008 14:02 · 133

Os homens fazem a guerra usando armamento pesado: metralhadoras, bombas, tanques etc.
As mulheres fazem a guerra usando armamento pesado, mas sutil. Não disparam um único tiro.
Como terá sido a guerra travada por duas mulheres guerreando pelo mesmo homem? Quais foram suas armas? +

Navegar é preciso banco
7/11/2008 21:47 · 140

Dona Sarita é uma mulher dos dias de hoje e dos dias futuros. Tem 75 anos e redescobre o mundo e a alegria de viver. Tem vitalidade e entusiasmo. Está plugada na Internet, no Skipe e é ali que faz suas buscas, na intenção de iniciar um movimento em direção contrária ao que era a sua vida até então.
Este texto é o primeiro episódio, dos muitos que serão criados para... +

PARA SEMPRE banco
1/11/2008 16:56 · 61

+

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados