14 DE MAIO, O DIA QUE NUNCA ACABOU

2
Andre Pessego · São Paulo, SP
5/5/2015 · 2 · 1
 

Amostra do texto

Como terá sido o dia 14 de maio de 1888 para aquela multidão de pessoas negras, ao perceber que não tinha para onde ir e não tinha para onde voltar?
para continuar, fazer o dowloand, no alto

Sobre a obra

- A escravidão no Brasil, como de resto, na América, é um capítulo da História contada pelo algoz, na defesa dos interesses da nobreza de ontem e de hoje. - Isentar a imigração européia/japonesa pela miséria a que foi lançado o negro é falsear a História de modo criminoso. Da imigração podemos dizer:
"A escravidão deu ao negro o trabalhar, o sofrer e o morrer. A imigração européia/japonesa lhe tira o trabalhar. Deixa apenas o sofrer e o morrer. Tira a terra e o direito de ter terra. E a terra é o começo. Sem poder começar, o negro cai no enorme foço da fraqueza eonômico-social.

compartilhe



informações

Autoria
André Pessego
Ficha técnica
Perdigão Malheiro, A escravidão no Brasil; Nina Rodrigues, Os Africanos no Brasil; Rebeliões na Senzala, Clovis Moura;
Downloads
200 downloads

comentários feed

+ comentar
azuirfilho
 

A Luta é muito dura e sempre continua.
Por isso que- Sempre vale a pena procurar entender a situação e com os que se amam organizar o retomar para avançar.
Um Trabalho de Luz. Valeu. Deus seja Louvado.

azuirfilho · Campinas, SP 12/10/2015 17:10
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 218 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados