A ação do jornalismo de Nabuco

Retirado do sítio do Diário de Pernambuco
1
Higor Assis · São Paulo, SP
31/10/2008 · 100 · 11
 

Amostra do texto

(...)
Nabuco não defendia só à abolição da escravidão, mas também a liberdade intelectual para a sociedade e as reformas que o Brasil necessitava. Ele pensava em um país com maior igualdade de oportunidades. Tinha em sua agenda como reformador social o desenvolvimento pós-escravidão, projetando a reforma agrária e trabalhando por meio de discursos e escritos as pautas de interesse público. (...)

Sobre a obra

Joaquim Nabuco foi membro da aristocracia brasileira e, lutou contra essa mesma aristocracia. Grande líder político de sua época ele ousou para defender o fim da escravidão no Brasil, usando de vários meios. No entanto, este líder abolicionista, precisou ampliar sua campanha para libertação dos cativos sendo a imprensa o eco de sua pregação. Nabuco usou o jornalismo como sua propaganda, noticiando e confrontando todos que fossem contrários a libertação dos escravos. O presente artigo - em parte resumida -, irá percorrer os fatos que concluem em Joaquim Nabuco um ativo desbravador desta distinta causa.

compartilhe



informações

Autoria
Higor Assis / Agosto 2008.
Ficha técnica
Artigo apresentado para o III Congresso de Humana - III HUNICON - Ciências Humanas: percursos e expectativas
Downloads
509 downloads

comentários feed

+ comentar
Compulsão Diária
 

Higor, texto para ser lido com calma . Adianto que estou feliz porque vc avança em seu projeto. apresentações em congressos são boas para terinar argumentação, ver os deslizes do texto. Parabéns por tudo.
Beijo
CD

Compulsão Diária · São Paulo, SP 28/10/2008 15:41
sua opinião: subir
azuirfilho
 

Higor Assis · São Paulo (SP) ·
A ação do jornalismo de Nabuco
Joaquim Nabuco numa Apresentacáo Admirável.
Um Enfoque rico e forte para forcar a reflexáo por este abolicionista que fez a deferenca no seu Tempo e que sempre teremos de estudar e dar valor a sua participacáo na História do Brasile e em especial a Abolicáo.
Seu Trabalho é Bem Feito de um Jornalista Veterano.
\Maior Prazer elogiar o seu merecimento.
Abracáo Amigo.

azuirfilho · Campinas, SP 28/10/2008 18:17
sua opinião: subir
Eloy Santos
 

Prezado Amigo.
Sinto-me honrado a fazer um despretensioso comentário sobre Joaquim Nabuco, neste espaço próprio do Overmundo.
Joaquim Nabuco é o exemplo mais acabado do grande jornalista dedicado às causas da cidadania em todos os tempos.
É um brasileiro notável que vejo no mesmo patamar da História do Brasil, ao lado de Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes, José Bonifácio de Andrada e Silva, José Inácio de Abreu e Lima, Oswaldo Cruz, Cândido Mariano da Silva Rondon e uns poucos mais.
Nabuco foi, também, um extraordinário político progressista, revolucionário mesmo que se mostrou obstinado por uma única causa, o fim da escravatura. Disse ele certa vez: "como vê, sou um homem de uma só idéia, mas não me envergonho dessa estreiteza mental porque essa idéia é o centro e a circunferência do progresso brasileiro".
Joaquim Nabuco enxergava um Brasil igualitário e livre das desgraças sociais. Esse correspondente do Jornal do Commercio em Londres e redator-chefe do Jornal do Brasil, no Rio de Janeiro, defendeu o voto livre e... a monarquia constitucionalista. Ele via no modelo britânico um bom exemplo de regime político para o Brasil. Nabuco era mais progressista do que todos os republicanos juntos.
Parabéns pelo seu trabalho. Prossiga, amigo Higor Assis com essa divulgação da vida e da obra de Nabuco.

Eloy Santos · Rio de Janeiro, RJ 28/10/2008 20:28
sua opinião: subir
Ilhandarilha
 

Higor, o artigo está legal. É bom a gente rever esses caras que, na escola, nos parecem apenas fotografias desbotadas.
O Nabuco era um cara ligado aos direitos humanos antes mesmo do conceito existir. Como vc disse no título, fazia um jornalismo de ação, totalmente engajado nas causas que defendia.
Achei num sebo um livro dele sobre o caso Motta Coqueiro (Motta Coqueiro e a pena de morte no Brasil), que foi uma obra que contribuiu para o fim da pena de morte aqui. Infelizmente, não tenho mais esse livro. Recomendo bastante: é ao mesmo tempo um documento importante sobre a justiça brasileira no império, um exemplo de jornalismo de pesquisa e um manifesto consistente pelo fim da pena de morte.
abraços!

Ilhandarilha · Vitória, ES 30/10/2008 00:06
sua opinião: subir
Vilorblue
 

Gostei e votei..Abç..

Vilorblue · Colombo, PR 30/10/2008 14:44
sua opinião: subir
Compulsão Diária
 

Higor, realmente você consegue transmitir a grandeza do Nabuco porque tem talento e muita determinação, dedica-se à pesquisa. Só poderia sair um bom trtabalho. Mas, vc o fez excelente, pela empatia que senti de você para com a seu tema e sobretudo pela figura do Nabuco. claro, vc jornalista tem perfil para o fazer ativo. Foi seu seu cuidado, sua firmeza que o fizeram excelente.

Compulsão Diária · São Paulo, SP 30/10/2008 22:38
sua opinião: subir
Ailuj
 

Bom
Cultural e interessante
beijos

Ailuj · Niterói, RJ 31/10/2008 02:54
sua opinião: subir
Higor Assis
 

Compulsão.
Os textos dele são essências para nossa atualidade. O jornalismo erudito de Nabuco ultrapassa o século e nos mostra o quanto são atuais seus pensamentos - ou o quanto estamos atrasados e não fizemos nada durante último 150 anos.

Azuir.
Obrigado pela presença amigo.

Eloy.
Eu que tenho a lhe agradecer por ter lido o artigo e principalmente por ter gostado.

Claudia.

Obrigado pela presença. Se por acaso você lembra do títuto do livro me avise, pois vou compra-lo... acredito que irei seguir por este destino, pesquisar...

Vilorblue.
Obrigado.

Ailuj.
Obrigado.

Higor Assis · São Paulo, SP 31/10/2008 08:48
sua opinião: subir
Ilhandarilha
 

Higor, o título é Motta Coqueiro e a Pena de Morte. Não lembro a editora.

Ilhandarilha · Vitória, ES 2/11/2008 18:28
sua opinião: subir
Paulo Apolonio
 

Ele fez tudo o que é dever de um jornalista.
http://www.overmundo.com.br/banco/essa-angustia-no-meu-peito

Paulo Apolonio · Salvador, BA 12/11/2008 20:52
sua opinião: subir
Mauro Pitanga
 

Joaquim Nabuco era gramsciano sem o saber. Higor, seus textos devem ser ruminados. Vou lê-los com calma e te volto comentários. Um abraço. A propósito, muito bom o seu BLOG.

Mauro Pitanga · Manaus, AM 19/1/2009 22:18
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
jpg, 38 Kb

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados