À bailarina

1
Leandróide · Florianópolis, SC
17/5/2007 · 95 · 18
 

A bailarina se apresentou
somente para mim.
Aplaudi, aplaudi.
E disse coisas no seu ouvido.
Por horas sem fim.
Uma delícia o seu riso,
vindo de exóticos lábios,
melhor ainda seu beijo.
Vi seus pequenos pés,
dos de mulher
os menores que conheci,
pareciam dois seixos.
Senti o ímpeto súbito
de tocá-los e beijá-los.
Desfiz o laço,
tirei as sapatilhas,
me pus a acariciá-los
com vigorosa energia,
acumulada em meus braços.
Espero ansiosamente
vê-la dançando de fato,
almejando que seja
no palco do meu teatro.

compartilhe



informações

Autoria
Leandro Andrade
Ficha técnica
Meu lado podólatra
Downloads
394 downloads

comentários feed

+ comentar
zepereiranoticias.blogspot.com
 

Lembrei-me do início do filme "Lolita", do Kubrick.

Certa vez quis beijar
os pés da minha amada;
Mas não pude, (dirá:
por que?) estava calçada.

Achas esse poema inútil,
direis que faço péssimas rimas?
Respondo: (chutando o glúteo
dos sonetos, ainda por cima.)

Pois com toda a métrica
e em metalinguagem tétrica,
construo algo bacana porém esquisito

Poderia falar dos cogumelos;
Melhor será comê-los!
E continuar um poeta maldito.

zepereiranoticias.blogspot.com · Belo Horizonte, MG 16/5/2007 12:40
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Leandróide
 

Grande Felipe! Só por esse soneto já vais pros meus favoritos.

Leandróide · Florianópolis, SC 16/5/2007 13:15
sua opinião: subir
CCorrales
 

Caro L.,
A parte "Senti o ímpeto súbito de os tocar e beijá-los." me soou um pouco estranha. Talvez "tocá-los e beijá-los" seja mais correto, se você não achar que perde o efeito que você quis dar.
Mas eu gostei bastante.

Abraços

CCorrales · São Paulo, SP 16/5/2007 16:02
sua opinião: subir
Leandróide
 

Cara Cintia, muito grato pelo feedback. Quanto à questão gramatical vou acatar sua sugestão. Pensei no efeito que daria à frase mas no fim pareceria apenas um erro ou, no mínimo, um deslize. Valeu!

Leandróide · Florianópolis, SC 16/5/2007 16:25
sua opinião: subir
zepereiranoticias.blogspot.com
 

O bacana no caso dos pés, é que "tocá-los rima com os calos".
Obrigado pelo favorito; não mereço tanto.
Abraços,

zepereiranoticias.blogspot.com · Belo Horizonte, MG 16/5/2007 17:44
sua opinião: subir
CCorrales
 

"Tocá-los rima com os calos"... risos.
Acho que eu já achei o tipo "piadista" que você citou, Felipe!
Risos.
Abraços

CCorrales · São Paulo, SP 16/5/2007 17:53
sua opinião: subir
Marcelo Bretton
 

Gostei dos pequenos "easter eggs" escondidos como metáforas no seu texto (não sei se foi intencional), a começar pela crase do título, o que remete ao texto curto, direto e, corajoso de continuação, mas você preferiu "sair à bailarina", na pontinha dos pés, deixando-nos com a angústia típica de quem quer vê-la no seu palco particular a rodopiar. A imagem trabalhada no texto, pode ser de alguém abrindo uma caixinha de música (lembra delas?), até o momento em que você acode o desejo podólogo do observador. Vinte e três linhas coma s quais podemos divagar... Gostei.

Marcelo Bretton · Espanha , WW 17/5/2007 08:50
sua opinião: subir
Leandróide
 

Marcelo, agradeço a análise meticulosa do texto. As metáforas foram calculadas e o emprego da crase foi para dar um colorido dual ao título. Lembro das caixas de música, sim, mas não foram o poonto de partida do poema. Acho que tem uma musa inspiradora, não me recordo (para variar estou sendo elíptico).
Um abraço,
Leandroide.

Leandróide · Florianópolis, SC 17/5/2007 13:14
sua opinião: subir
Fê Pavanello
 

Mais um lindo...
Sem grandes análises, guardo o sentimento...
Abraços

Fê Pavanello · Brasília, DF 17/5/2007 17:26
sua opinião: subir
Leandróide
 

Valeu Fê, boa sorte pra ti!

Leandróide · Florianópolis, SC 17/5/2007 17:46
sua opinião: subir
Fê Pavanello
 

Hahahaha
Valeu!!!
Se eles desaparecerem, eu aviso!!! Se eu não desaparecer junto...
Bjos

Fê Pavanello · Brasília, DF 17/5/2007 18:00
sua opinião: subir
brigitte
 

Você é um apaixonado confesso. Lindo, o poema e apaixão!
Abraços.

brigitte · Goiânia, GO 17/5/2007 19:59
sua opinião: subir
Leandróide
 

Olá Brigitte. Apaixonado, sei não? No momento meu coração não bate forte por ninguém. Não sei explicar de onde vieram esses poemas que cometi já que são recentes.
Abr.,
Leandro

Leandróide · Florianópolis, SC 17/5/2007 21:54
sua opinião: subir
brigitte
 

Mas já foi apaixonado e isso é o suficiente para revelar um poeta.
Abraços. Adoro poemas de amor!

brigitte · Goiânia, GO 17/5/2007 21:59
sua opinião: subir
carlos magno
 

Belo poema Leandróide. Se esta musa realmente existir, eu acho bom você ir preparando o palco do seu teatro porquê o expetáculo pode acontecer a qualquer momento, não é poeta. Meus sinseros aplausos.
Carlos Magno.

carlos magno · Rio de Janeiro, RJ 20/5/2007 15:52
sua opinião: subir
Leandróide
 

Valeu Carlos Magno! Já estou de prontidão.
Abraço.

Leandróide · Florianópolis, SC 20/5/2007 22:05
sua opinião: subir
Bel Fonseca
 

Fiz uma visita! Adorei tudo. Lindo, lindo "À bailarina".

Bel Fonseca · Belo Horizonte, MG 23/5/2007 09:30
sua opinião: subir
Leandróide
 

Grato pela visita, Bel. Bom ver tanta gente dizendo coisas boas a respeito do meu singelo poema.

Leandróide · Florianópolis, SC 23/5/2007 11:46
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
doc, 24 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados