A Cidade Suspensa Capítulo 7

1
Nerito · Belo Horizonte, MG
20/8/2008 · 156 · 16
 

Amostra do texto

A Cidade Suspensa - Capítulo 7

O bonde sacudiu freneticamente enquanto alguns passageiros soltavam exclamações de sobressalto. Mesmo desconfiando da integridade do veículo, Kain mantinha sua costumeira serenidade. O barulho e as convulsões externas ao bonde tinham amainado e a atenção do viajante voltou-se então para a paisagem bizarra que se constituía na Cidade Suspensa. Kain pôde perceber grandes edifícios com chaminés e formidáveis fornalhas. O fumo que as mesmas despejavam, indistingüível na escuridão, tornava-se distinto por segundos, quando era iluminado pelo calor do fogo das chaminés.

Eram quilômetros e mais quilômetros do que parecia ser um complexo industrial no coração da Cidade. Kain olhou para baixo e percebeu que alguns blocos dessa região não estavam ligados pelo chão. Dava para ver as nuvens passando por debaixo de uma espécie de fenda, que era mantida unida por uma grossa corrente de ferro. Olhando ao longe, podia-se observar que essa corrente repetia-se por toda a extensão dessa fenda, mantendo a unidade daquela seção da Cidade.

"Impressionante, não?" comentou alguém ao lado de Kain. Desinteressado, ele virou-se e notou que um rapaz negro, de olhos vivos e cabelo rastafari o olhava com um sorriso brincalhão. Percebendo a mudez de Kain, o rapaz continuou:

"São as fornalhas. Elas são tudo aqui na cidade. Impulsionam as máquinas das fábricas, deixam as caldeiras dos banhos dos turistas aquecidas, mantêm toda a cidade flutuando..."

"Banhos? Turistas?" perguntou Kain, saindo de sua taciturna mudez.

"Sim, banhos e turistas. Alguns deuses gostam muito de nossos hotéis e boates, repletas de saunas, massagens e banhos. Ninguém fala abertamente, mas eu já vi uns anjos também. Sempre chegam disfarçados, pra não ficarem com a imagem comprometida..."

O bonde continuava a se mover pelos trilhos, os quais faziam uma ponte para saltar a enorme fenda que separava os blocos da cidade. O homem olhou para baixo, para o infinito de montanhas, vales e rios que passavam com rapidez sob a cidade.

"Eu nunca me acostumo com isso." comentou o jovem. "Tem uns outros lugares em situação bem pior. Só cabos de eletricidade, um punhado de gatos, prendendo quarteirões inteiros. Se cortarem um fio, já era."

"Mas as pessoas não têm medo?" perguntou Kain.

"Medo? Pode ter medo quem não tem alma? Ou tem uma falsificada? Muitos vendem o próprio coração para ter uma alma artificial, feita aqui na Cidade. Com ela, não é preciso ter medo. Ou se tiver, ele será muito mais saboroso. A propósito, chamo-me Salomão."

"Kain."

"Belo nome, meu caro." riu Salomão. "Com certeza um nome ideal."

Kain não entendeu a frase do outro, mas permaneceu calado. Sentia-se estranhamente nervoso. Tinha a sensação de que estava sendo procurado, e que seu caçador já deveria estar nas imediações da Cidade. Para disfarçar o nervosismo, Kain pegou a medalha que ele tinha guardado no bolso direito do sobretudo e começou a girá-la entre os dedos. Salomão olhou com interesse aquele pedaço de metal.

"A insígnia da Biblioteca!" comentou o rapaz, admirado. "O senhor é representante do Bibliotecário?"

"O quê?" Aquela pergunta de rapaz havia deixado Kain bastante confuso. Salomão, pelo contrário, mudou sua expressão, como se tivesse acabado de entender.

"Sim, sim, quer dizer que você é um emissário então. Tem passe livre para a Biblioteca. Pode me dizer o que vai buscar lá?"

Kain sentiu-se alerta. A aproximação de Salomão era por demais misteriosa. Havia dito o que queria, lançando informações ao ar, e agora queria saber talvez mais do que Kain deveria revelar. Mais uma vez, o viajante sentiu-se ameaçado. A perseguição, se alguma vez fora fruto de sua mente, era agora uma ameaça real.

Sobre a obra

O viajante Kain tem um objetivo. Para alcançá-lo, ele empreende a desastrosa jornada rumo a um lugar proibido: A Cidade Suspensa. Um labirinto misterioso e enigmático, povoado por renegados. O que Kain procura nesse lugar? Quais são seus objetivos? Descubra acompanhando esta novela.

Em uma viagem alucinante, Kain vai conhecendo cada vez mais os perigos e segredos da Cidade Suspensa.

compartilhe



informações

Autoria
Nerito - um jovem que também é viajante, vagando por esta Cidade Suspensa - chamada Internet - buscando um lugar para expressar-se.
Ficha técnica
Título: A Cidade Suspensa
Capítulo: 07
Autor: Nerito
Páginas: 02
Palavras: 606
Caracteres: 3677
Sétimo capítulo da novela A Cidade Suspensa
Downloads
230 downloads

comentários feed

+ comentar
clara arruda
 

nerito meu querido amigo, passo para que saiba que estou lendo seu texto,depois volto.

clara arruda · Rio de Janeiro, RJ 17/8/2008 21:19
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
clara arruda
 

Abro sua votação na espera de outros bons capítulos.Um beijo enorme em seu coração.

clara arruda · Rio de Janeiro, RJ 19/8/2008 15:40
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
celina vasques
 

Excelente Poeta! Adorei teu texto!

receba meus votos e meu carinho!

beijo

celina vasques · Manaus, AM 19/8/2008 19:14
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Nerito
 

Muito obrigado, caras amigas Clara e Celina. Com leitoras como vocês, sempre vou adiante!

Nerito · Belo Horizonte, MG 19/8/2008 23:06
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
zilka jacques
 

Votando e esperando saber o que Kain procura...
Abraço

zilka jacques · Porto Alegre, RS 20/8/2008 00:26
sua opinião: subir
Ailuj
 

Nossa Nerito,adorei o conto
Esperando os proximos
Beijos

Ailuj · Niterói, RJ 20/8/2008 00:28
sua opinião: subir
Compulsão Diária
 

Kain, que procuras?

Compulsão Diária · São Paulo, SP 20/8/2008 01:46
sua opinião: subir
Andre Pessego
 

Gostei destq cidade e da nabeira como os hab itantes vivem
andre

Andre Pessego · São Paulo, SP 20/8/2008 07:05
sua opinião: subir
Aepan
 

Clara Arruda tem razão... Você é ótimo...
Airton
Estrela-RS

Aepan · Estrela, RS 20/8/2008 08:03
sua opinião: subir
Ecila Yleus
 

Muito abom amigo

Ecila Yleus · Recife, PE 20/8/2008 08:31
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Nerito,
Parabéns, conto lúcido e bem estruturado
Levando em conta que Salomão foi um sabio, Rei de Israel, essa cidade Suspensa, promete um mundo á parte de conhecimento e sabedoria.
vou ler capítulos anteriores e os próximos.
gostei!
Obrigada Clara por me mandar o link.
bjssss aos dois.

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 20/8/2008 09:25
sua opinião: subir
Cintia Thome
 

Adorei o Conto Nerito. Vibrante
Voiltarei sempre.ab

Cintia Thome · São Paulo, SP 20/8/2008 12:05
sua opinião: subir
Lisi
 

Poxa tinha feito um coment tão bacana, pena que foi perdido! Repetindo ^_^'
Você sempre tem ótimas idéias Nerito e o que eu tinha notado e claro que você acabou me influenciando, foi com relação aos nomes, Kain, Salomão, tenho certeza que você tem muitas outras palavras por trás dessas que você nos mostra, saberemos quais são só no final! Ora é exatamente isso que faz com que continuemos grudados em sua narrativa! Sou sua fã, nem preciso dizer né!

Lisi · Belo Horizonte, MG 20/8/2008 12:43
sua opinião: subir
Falcão S.R
 

Gostei muito dessa prazerosa leitura.

Votado!

Abraço

Falcão S.R · Rio de Janeiro, RJ 20/8/2008 16:30
sua opinião: subir
azuirfilho
 

Nerito · Belo Horizonte (MG)
A Cidade Suspensa Capítulo 7

Saudação Amiga.
Estou aqui por indicação da nossa Amiga em comun Poeta Clara Arruda.

O Texto esta excelente e foi muito gostoso de ler.
Parabéns pela facilidade de desenvolver de forma agradável um tema táo interessante.
Abração Amigo

azuirfilho · Campinas, SP 20/8/2008 17:16
sua opinião: subir
Juscelino Mendes
 

Excelente novela e precisa ser publicada. À medida que lia, envolvia-me no enredo.
Grande abraço, Clara.

Juscelino Mendes · Campinas, SP 20/8/2008 19:34
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 37 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados