Brasil.gov.br Petrobras Ministério da Cultura
 
 

A Gruta

José Carlos Brandão
1
Sônia Brandão · Bauru, SP
16/5/2008 · 124 · 19
 

A gruta


1.

As pedras respiram o silêncio.
O mar é silêncio.

Estou só como um pássaro sem árvore.
Não conheço os caminhos da noite.

Meus olhos estão fechados.
Meu coração vigia.


2.

Entre anjos, arcanjos e potestades
estou onde deveria estar.

Pássaros brotam das pedras
para beber os meus olhos.

Sobre a obra

Poema premiado no Mapa Cultural Paulista 2007-2008.

tags

compartilhe



informações

Autoria
Sônia Brandão
Downloads
137 downloads

comentários feed

+ comentar
graça grauna
 

Sonia, poeta: gostei dessa gruta, sobretudo da imagem da pedra que respira silencio. Faço votos de muitos votos. Voltarei. Abraços. Também estou em votação com o poema Tecelã. Apareça por lá. Bjos.

graça grauna · Recife, PE 13/5/2008 18:11
sua opinião: subir
Regina Lyra
 

Sônia,
Imagem bela.
(...)
" Pássaros brotam das pedras
para beber em meus olhos"

Beijos e voLto.
Regina

Regina Lyra · João Pessoa, PB 14/5/2008 11:31
sua opinião: subir
danlima
 

sônia, lindo poema... em poucas palavras, você expressa o seu fazer poético... nas pedras que respiram silêncios e que geram pássaros, resposta melodiosa ao silêncio respirado. Muito bonito! Parabéns!

danlima · Brasília, DF 14/5/2008 12:04
sua opinião: subir
Daniela Sá
 

Belíssima gruta

Volto logo para a votação
Beijos

Daniela Sá · São Luís, MA 14/5/2008 16:15
sua opinião: subir
Cherry Blossom
 

Lindo Sônia!
Adentrei o seu poema lentamente.
Tentando escutar os "silêncios" que conduzem ao coração da gruta... Ficou a impressão de ter penetrado algum "sagrado", talvez gerado pela força das palavras, "anjos, arcanjos e potestades."
beijos

Cherry Blossom · Dracena, SP 15/5/2008 02:18
sua opinião: subir
danlima
 

voto.parabéns!

danlima · Brasília, DF 15/5/2008 17:38
sua opinião: subir
Daniela Sá
 

Votado

Daniela Sá · São Luís, MA 15/5/2008 23:22
sua opinião: subir
Lena Girard
 

Linda tua gruta, menina! Pareceu-me tanta solidão! Beijos

Lena Girard · Belém, PA 16/5/2008 00:35
sua opinião: subir
Alice Poltronieri
 

Sonia,
Poema espetacular, de uma delicadeza e suavidade que dá relax...
Mensagem metafísica e transcendente.
Adorei.
Beijos
Voto

Alice Poltronieri · Porto Velho, RO 16/5/2008 00:59
sua opinião: subir
Marcos França
 

Muito bom, gostei! Votado... Grande abraço!

Marcos França · João Pessoa, PB 16/5/2008 08:17
sua opinião: subir
EdimoGinot
 

lirico. Bonito.
Um abraço
meu voto
EG

EdimoGinot · Curitiba, PR 16/5/2008 08:32
sua opinião: subir
Cida Almeida
 

Sônia, gosto da imagem da pedra e de seus enigmas para a explicação (não-explicação do homem). Pedra como metáfora do claro, obscuro enigma da vida. Pedra como alegoria da caverna. Pedra como enigma do fim, a fria lápide. Profundamente encantada com a precisão e delicadeza de suas imagens. As pedras respiram o silêncio. Uma imagem para se guardar.

Beijo grande.

Cida Almeida · Goiânia, GO 16/5/2008 11:47
sua opinião: subir
Celso Barreto
 

que poética!
seus textos são uns dos melhores daqui
votado

Celso Barreto · Cuiabá, MT 16/5/2008 13:55
sua opinião: subir
Náthima Danel
 

"Pássaros brotam das pedras".
Já valeu o poema.

Náthima Danel · Boa Vista, RR 16/5/2008 14:50
sua opinião: subir
Regina Lyra
 

Sônia,
Retorno para reler este deleite.
Beijos e votos,
Regina

Regina Lyra · João Pessoa, PB 16/5/2008 20:22
sua opinião: subir
Benny Franklin
 

Excelente...
Soberbo. O poema é dominador. O prêmio é justíssimo.
Parabéns!

Benny Franklin · Belém, PA 17/5/2008 10:33
sua opinião: subir
clara arruda
 

Mesmo chegando após a publicação.leio e me encanto com esse belo poema.
Parabéns!

clara arruda · Rio de Janeiro, RJ 19/5/2008 06:15
sua opinião: subir
azuirfilho
 

Sônia Brandão · Bauru (SP)
A Gruta

Meus olhos estão fechados.
Meu coração vigia.

A vida a passar inquestionavelmente.
Abração Amigo.
Favor me informar dos seus trabalhos.

azuirfilho · Campinas, SP 22/5/2008 08:44
sua opinião: subir
valdezz
 

simplesmente lindo adorei!

valdezz · Arraial do Cabo, RJ 7/1/2009 20:15
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 1 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

observatório

feed
Nova jornada para o Overmundo

O poema de Murilo Mendes que inspirou o batismo do Overmundo ecoa o "grito eletrônico" de um “cavaleiro do mundo”, que “anda, voa, está em... +leia

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter