A INTERNET E O OUTRO MUNDO DO JORNALISMO CULTURAL: ESTUDO DE CASO DO OVERMU

Juliane e Amanda
1
Denis Porto Reno · Ribeirão Preto, SP
6/12/2007 · 85 · 3
 

A internet oferece uma ampliação do campo comunicacional, tendo como diferencial a possibilidade do usuário ser também o desenvolvedor de conteúdo neste que caminha para se tornar um veículo de comunicação de massa. Este trabalho apresenta um estudo de caso do site Overmundo, endereço virtual sobre jornalismo cultural criado no Brasil e apoiado por leis de incentivo à cultura que é alimentado e editado pelos próprios leitores, além de oferecer notícias e discussões culturais sem custo ao leitor. Apóia-se, para tanto, em discussões teóricas sobre indústria cultural, folkcomunicação e internet, por meio dos pensamentos de Mattelart (2003), Vilches (2003), Piza (2004) e Beltrão (2004). O quesito acessibilidade não entra na discussão deste trabalho, que se propõe a construir um retrato do objeto de estudo.

compartilhe



informações

Autoria
Amanda Padilha
Juliane Freitas
Ficha técnica
Monografia de 50 páginas em PDF
Downloads
795 downloads

comentários feed

+ comentar
Cintia Thome
 

Interessantíssima monografia. estarei a ler e depois comentarei Denis. Com certeza vai contribuir . Abçs.

Cintia Thome · São Paulo, SP 4/12/2007 13:42
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Amanda Padillha
 

Oi Cíntia! Leia o trabalho revizado em: .

Amanda Padillha · Ribeirão Preto, SP 20/3/2008 02:48
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Amanda Padillha
 

Oi Cíntia! Leia o trabalho revizado aqui.

Amanda Padillha · Ribeirão Preto, SP 20/3/2008 02:49
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados