A menina que conheci - conto

1
arlindo fernandez · Campo Grande, MS
12/11/2006 · 206 · 8
 

A menina que conheci

Sua religião é primitiva e também um tacho de angústia. Para atenuar o medo, vocês inventaram seres à sua imagem, que lhe darão o céu ou o inferno. Mas aqui, eu, os peixes e as gaivotas compreendemos as leis da causalidade e despoetizamos Deus. A nossa religião consiste em se extasiar ante o brilho do mar e o ruído da luz do Sol. Você me entende?, disse ela, em tom de poema. Eu precisava infantilizar o meu coração para entender, mas já tinha 13 anos e tudo que eu queria saber era como uma menina, quase criança, tinha tanta sabedoria.
Era outubro chuvoso, as gaivotas estavam tristes sobre pedras e restos de antigas embarcações. A tarde já se equipava para a noite, eu ouvia vozes de pedras e das águas, que caíam do céu, e me atrapalhava com anzóis, linhas e iscas. Não havia pescado nada, nem peixe, então ouvi uma fala pequena, ao ver, fiquei espantado. Os olhos da fala eram verdes e ela nadava feito golfinho. Era uma menina de boca vermelha e tudo. A pele era branca, pegava as cores do céu e tinha também pernas iguais a peixe. Santificamos a nossa amizade pra eu nunca ter que contar pra ninguém - fiquei surdo desse assunto.
Outubro seguinte, ela desapareceu entre as pedras da baía e nunca mais voltou – deixou uma flor aberta dentro de mim. Dizia ela, que nunca havia lido nem Proust, nem Platão e tão pouco Aristóteles ou João, mas sabia ler águas profundas e também céu, era formada em peixes, pássaros e gente. Também nunca escutou Sibelius, nem rádio em ondas médias, mas ouvia em freqüência modulada conchas e pérolas. Sua bagagem evolucionária era armazenada em tomos, então, o conhecimento passava para as gerações seguintes através dos genes. Calculei tudo aquilo e achei no mínimo intrigante... Voltei inúmeras tardes de chuvas e outubros e só recebi bilhetes de gaivotas.
Nunca mais soube sobre a tal criatura, assim como apareceu naquela baía numa tarde de chuva, desapareceu para sempre. A menina que conheci foi responsável pela insurreição da minha sabedoria sobre metafísica, inclusive dou aula na feira e, entre galinhas e ovos, sou filósofo.

fim

compartilhe



informações

Autoria
A.Fernandez
Ficha técnica
Contos
A.Fernandez - texto word
Imagem (bryce 5.5)
Downloads
393 downloads

comentários feed

+ comentar
Rangel Castilho
 

Está chegando a época de cheia no Pantanal, dias chuvosos... quem sabe Arlindo, voce não encontra a menina de boca vermelha....no Mar de Xaraiés?
Gostei!!!

Rangel Castilho · Anastácio, MS 10/11/2006 11:22
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
arlindo fernandez
 

saudações
Meu amigo Rangel! - foi nesse mar que a perdi.Hoje deve ser uma mulher...adulta e velha.
Abraços

arlindo fernandez · Campo Grande, MS 10/11/2006 11:34
sua opinião: subir
Ana Cullen
 

Muito bom! Faz tempo que não encontro seres encantados, acho que perdi a sensibilidade necessária... obrigada por me lembrar Arlindo!
Abraços!

Ana Cullen · Brasília, DF 10/11/2006 12:46
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
arlindo fernandez
 

Obrigado Ana.
Vou te contar um segredo.Eu tenho muita propriedade em criar estas criaturas justamente porque não acredito em nada.Nem em Deus... a ciência é minha religião.Tais seres estão na mente da maioria das pessoas que conheço.
saudações

arlindo fernandez · Campo Grande, MS 12/11/2006 12:52
sua opinião: subir
Claudiocareca
 

Ma-ra-vi-lho-so! Poesia e metafísica, filosofia e religião. Arte e êxtase!!!

Parabéns Arlindo.

Claudiocareca · Cuiabá, MT 14/11/2006 16:47
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
arlindo fernandez
 

A definição.
Falou tudo. Não ouvi definição melhor!
Muito obrigado,Claudio.
abraço

arlindo fernandez · Campo Grande, MS 14/11/2006 18:30
sua opinião: subir
marcio rufino
 

Prometo que se eu ver esta menina perambulando aqui por Belford Roxo eu te dou um toque. Valeu, amigo Arlindo?! Um abração.

marcio rufino · Belford Roxo, RJ 27/2/2007 21:53
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
arlindo fernandez
 

Salve Marcio!
Obrigado. Acho que meninas como esta, vive no coração e na mente de algumas pessoas.
saudações pantaneiras!

arlindo fernandez · Campo Grande, MS 4/3/2007 16:10
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados