A PEDRA DE MAYA

1
Raiblue · Salvador, BA
8/7/2008 · 227 · 75
 

Os ponteiros
Ampliam o silêncio
Do homem marchando
Contra o tempo

Partido
Busca metades
No espelho
Um estranho
Sem face

Cidades de estanho
Soterram
O campo dos sonhos

Matrix
Nave mãe
Nova era
Remotos controles
Acionando viagens

No cyberespaço
Laços em rede
Portais de Maya
Véus da realidade

O homem faz o jogo
Fragmenta o tempo
Em frações de segundos
Atravessa o mundo

E continua estrangeiro
Em seu território
Mais profundo

Seu ‘eu’ diluído
Nos virtuais caminhos
Inseguros rumos

Real produto do meio

O homem partido
Pensando ser inteiro
Enxerga o reflexo
Da projeção no espelho

No fundo
Um desconhecido
E a antiga pedra no caminho

Ele mesmo...

Sobre a obra

"Esta é sua última chance.Depois dela, não há como voltar atrás...Você toma a pílula azul, a história acaba.Você acorda e acredita...em tudo que você quiser acreditar.Você toma a pílula vermelha e continua na fantasia..."

Trecho do filme 'Matrix'.

compartilhe



informações

Autoria
Raiblue
Ficha técnica
Poema: A PEDRA DE MAYA
Imagem: Flickr
Downloads
312 downloads

comentários feed

+ comentar
Raiblue
 

Euniverso-Matrix para refletir

http://br.youtube.com/watch?v=l0pZVMpyILs&feature=related

Raiblue · Salvador, BA 6/7/2008 10:52
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Renato de Mattos Motta
 

Um raio azul-profundo
no fundo do ser
vislumbra
a Natureza Divina
E a descobre
espelho.

Amei teu texto, querida!!

Espia este aqui
sabes que a tua opinião
é muito importante
pra mim
http://www.overmundo.com.br/banco/poeminha-dificil

Renato de Mattos Motta · Porto Alegre, RS 6/7/2008 15:49
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
EdimoGinot
 

É tudo de bom este poema.
filosófico ao extremo
eu, pedra de mim.
Um abraço

EdimoGinot · Curitiba, PR 6/7/2008 15:59
sua opinião: subir
azuirfilho
 

Raiblue · Salvador (BA)
A PEDRA DE MAYA

Muito bacana a poesia e a sua ação de animar o ser Humano na sua caminhada e lutas da vida.
A Poesia sempre foi anunciadora do Amor e da Liberdade.
Fosse Jesus ou Castro Alves, as mensagens sempre foram de armados de amor irem em frente e tornar a vida valendo a pena.
Muito bacana a sua forma de amor e Lberdade que se somam ao que temos na bagagem humana para que o mundo seja melhor para todos e, náo este quadro de guerras e fome que vemos e qua nossos mestres nas poesias nos ensinaram que com amor vamos vencer.
Valeu toda mensáo de amor é Divina.
É como uma flor da Montanha do Sermáo do Jesus ou da Cachoeira de Paulo Afonso.
Parabéns pelo seu sentimento de amor por todos nós.
Vocé sempre merece todos votos de louvor.

azuirfilho · Campinas, SP 6/7/2008 16:01
sua opinião: subir
raphaelreys
 

Que beleza Raiblue! Só mesmo a sua alma doce e azul para encontar, finalmente a pedra vermelha no meio do caminho. No meio dao caminho uma pedra vermelha. Como bem perguntou Calderon de La Barca: a vida, sonhos são?. Vc. é uma alma pura e linda minha flor baiana de muitos feitiços. Me manda uma mandinga de amor! Mesmo que esse amor seja incondiconal!

raphaelreys · Montes Claros, MG 6/7/2008 16:14
sua opinião: subir
Gustavo Adonias
 

Olá, baby

Belíssimo e profundo mergulho por questões inerentes ao mundo moderno e à alma eterna. O que é real ? O que é ilusão ? Ou tudo não passa de ilusão ? Devemos escolher entre a pílula azul ou vermelha, ou tudo no fundo é a mesma coisa? Como enfrentar a realidade sem ilusão, se a própria realidade pode ser ilusão? O homem contra o tempo, o tempo contra o homem, tudo cronometrado, calculado, rumo ao fim, a única certeza do ser humano (será ?). As cidades modernas, de vidro e metal, engolem o onírico caminho do meio, de incenso e cristal. As rotas cibernéticas, de outra realidade, virtual, onde nos comunicamos com gente de todo canto, e continuamos sozinhos, isolados, ilhados. Com a pedra no caminho e a lágrima na garganta, rubra flor de Maya, com as pétalas da ilusão aberta, como antenas parabólicas da nova era...

Parabéns !!!

Grande beijo poético n´alma

Gustavo Adonias · Salvador, BA 6/7/2008 16:34
sua opinião: subir
Regina Lyra
 

Baby Blue,
Você segue pensamentos mirabolantes,
encontra papéis muito loucos
conclui com um texto interessante.
Parabens!
Beijos e poetrix.


VIAGEM - Regina Lyra

Em viagens promovidas
por atalhos da vida
prefiro avião e um texto na mão.

Regina Lyra · João Pessoa, PB 6/7/2008 17:26
sua opinião: subir
Ailuj
 

Verdade Rai,nós não sabemos mas somos nossas próprias pedras
Retirá-las só depende de nós
Muito bom,,costumo dizer que os bons textos tem vãrias interpretações,nos convida a refletir de diversas maneiras
Um beijo verde,,,rs

Ailuj · Niterói, RJ 6/7/2008 17:54
sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Blues,
Seu poema reflete o real no virtual. Repetimos padrões de comportamento no lado de cá, virtual. Assim, temos várias metades, espelhos trincados que, do mundo real, podem ser transportados para o virtual, um cão atrás do próprio rabo.
Boas reflexões e inspirações.
Beijos

Cristiano Melo · Brasília, DF 6/7/2008 17:57
sua opinião: subir
joe_brazuca
 

mais uma viagem ao surreal de nós mesmos !!...
Stanley Kubrick, nas primeiras e últimas cenas de sua obra inigualável e eterna "2001- uma odisseia no espaço", de 1968, suscitava a possibilidade do viver como recorrência ao existir, num círculo vicioso sem fim entre partidas e retornos à incógnitas do desconhecido...
Sua poesia/hipótese/ensaio, nos leva à mesma possibilidade...de Deus como a "pedra filosofal"...ou a "touch's rock"...onde não importa o quanto saibamos ou pretendamos conhecer, ser ou nao ser mera ilusão de nós mesmos, o além se faz presente...e inequivoco...
"No fundo...Um desconhecido...E a antiga pedra no caminho...
Ele mesmo..."

muito bom...mas..."parafusante" hein, mocinha ???...rsrs
beijos "incógnitos"
Joe
(volto pra votar...)

joe_brazuca · São Paulo, SP 6/7/2008 20:24
sua opinião: subir
Marcos Pontes
 

Sabe que até acho mais proveitoso sermos desconhecidos de nós mesmos? O dia em que nos conhecermos profundamene, perderemos a graça da procura.

Marcos Pontes · Eunápolis, BA 6/7/2008 20:27
sua opinião: subir
Saavedra Valentim
 

Querida Rai
Muito profundo o seu poema. Somos eternos dominados, controlados:
O homem faz o jogo
Fragmenta o tempo
Em frações de segundos
Atravessa o mundo

E continua estrangeiro
Em seu território
Mais profundo"
Maravilhoso. Como sempre nos premiando com obras desse quilate.
Parabéns
Beijos

Saavedra Valentim · Vitória, ES 6/7/2008 20:29
sua opinião: subir
Cintia Thome
 

Ineressante, versos Matrix...Matrix...
Perfeitos. bjubju

Cintia Thome · São Paulo, SP 6/7/2008 21:05
sua opinião: subir
carlos magno
 

Ô, mas que beleza minha amiga Raiblue. Isso é realmente uma verdade. Meus sinceros aplausos e beijos amiga.
Carlos Magno.

carlos magno · Rio de Janeiro, RJ 6/7/2008 21:13
sua opinião: subir
Raiblue
 

Renato...uma excelente leitura!De fato, o homem ao vislumbrar o divino percebe o deus interior que há em si...sentindo-se parte do espelho...O perigo está em,ao se ver divindade,querer manipular a realidade...tornando-se assim a pedra no caminho para sua evolução,ou seja,sendo ele mesmo seu próprio obstáculo..
Gostei muito de sua participação!

Besitos azuis...
Raiblue

Raiblue · Salvador, BA 6/7/2008 21:20
sua opinião: subir
Raiblue
 

Querido EG!!

Vc foi na essência da questão!!
Realmente o homem é a própria pedra no seu caminho, ou seja, a própria pedra no seu sapato...rs
Nunca nos conheceremos inteiramente,para que possamos estar sempre em busca de algo..., mas é necessário que saibamos ao menos um pouco sobre 3 aspectos fundamentais do nosso ser:o físico,o psíquico e o espiritual, para que não nos afastemos tanto da nossa essência e assim sejamos manipulados facilmente por aqueles que possuem o poder.

Obrigada pela participação maravilhosa!
bjksbluecarinhosas...

Raiblue · Salvador, BA 6/7/2008 21:29
sua opinião: subir
Samuel Luciano Assunção
 

"O homem partido
Pensando ser inteiro
Enxerga o reflexo
Da projeção no espelho"

rai!blue...maravilhoso como sempre...

um beijo.

samuel



Samuel Luciano Assunção · Angra dos Reis, RJ 6/7/2008 21:36
sua opinião: subir
Raiblue
 

Querido Azuir!

Obrigada pela presença carinhosa!
Sim,amor e liberdade são fundamentais à evolução do homem!!
Mas este ainda está apenas no começo dessa jornada...longa e eterna...pois nunca termina a busca...
O perigo está no homem se perder no próprio labirinto, usando sua divindade para o mal, manipulando as pessoas, querendo dominar o mundo...O homem precisa aprender a usar sua essência divina para revolucionar e melhorar a vida no planeta!
obrigada,querido pelo comentário reflexivo!

um beijo azulzen
Raiblue

Raiblue · Salvador, BA 6/7/2008 21:40
sua opinião: subir
Raiblue
 

Raphael,querido!!

Eis a questão: 'A vida sonhos são?rs...será que tudo realmente não passa de pura ilusão? Até nós mesmos uma projeção do que gostaríamos de ser ou de como somos vistos pelo outro?Mas quem
somos nós na verdade? Sou o como me vejo ou como o outro me vê, ou como eu gostaria que o outro me visse? projeto imagens desejadas pelo outro?....vivemos assim em meio a esse imenso labirinto de nós mesmos tentando encontrar alguma saída dos véus de maya,isto é, da ilusão física,psíquica e espiritual...e quiçá alcançarmos a libertação ...

Adorei suas palavras ...participação valiosa!!
bjksbluezenmísticas...

Raiblue · Salvador, BA 6/7/2008 21:52
sua opinião: subir
Raiblue
 

Gusta,meu lindo amigo e poeta que tanto adoro!!

Vc atingiu o âmago da questão!!

Ser ou não ser real,eis a eterna questão....eterna sina....que a filosofia persegue desde sempre....As coisas existem como são de fato ou nós que atribuimos valores à elas?
Afinal, a verdade é absoluta ou relativa?Ou mais ainda,existe uma verdade ou será tudo ilusão? Quem terá razão?( se é que alguém tem razão sobre alguma coisa...)
E nesse conflito o homem se perde diante de si mesmo, tentando controlar o mundo,até mesmo o tempo quando se descobre divino.
A realidade material criada pelo homem,que se acha controlador de tudo, acaba por encobrir os sonhos atrás dos véus de maya,dando uma idéia de falsa segurança,mas que na verdade é fruto de pura manipulação do próprio homem diante da sua própria insegurança mascarada.
Nunca nos conheceremos totalmente,por mais que façamos grandes viagens interiores, e isso é vital para que a busca nunca cesse ,pois é ela que nos move.Porém torna-se necessário um mínimo de auto-conhecimento para que nós não sejamos meras marionetes nas mãos de deuses manipuladores.

Brilhante participação,Gusta!!Como sempre!!
Beijos bluecarinhososreais...rssss

Raiblue · Salvador, BA 6/7/2008 22:15
sua opinião: subir
Raiblue
 

Oie Rê!!
Minha linda!

Pensamentos mirabolantes
papéis muito loucos
eis a realidade
ou será tudo ilusão?

Até nós mesmos desconhecidos
porque não somos mesmo bem isso
que pensamos ser,visto que o outro
nos ver diferente,quem terá razão?
Razão está ligada ao absoluto, mas se cada um
tem suas razões ,não seria ela relativa também?
E não existindo o absoluto,a realidade também seria
uma percepção individual,portanto relativa...
Então seria tudo uma grande ilusão e nós que
atribuímos valores...sentidos às coisas?

Ser ou não ser... eis a pedra filosofal...
obriagada,minha querida!!
Adorei o poetrix!

Grande beijo bluecarinhosoreal...rs

Raiblue · Salvador, BA 6/7/2008 22:26
sua opinião: subir
danlima
 

belo poema rflexivo sobre o véu do tempo, sobre a ilusão de maya.... A mãe terra Gaia suprema nos ensina que todo ser é relativo todo tempo é relativo tempo tempo o que é o tempo? Os cientistas descobrem portais, umbrais caminhos para se adentrar universos paralelos, fala-se em viagens hiperespaciais, portas no tempo, idas ao passado ao futuro o que são as imagens? Comno falarmos de nós mesmos, homens, em um só tempo, em um só ritmo, em uma só dimensão? Inúmeros e frutíferos são os cazminhos do coração, caminhos que descortinam novas janelas, novos portais, novos sonhos... o homem aé sonho, o sonho é matéria de novos sonhos, nós todos somos um s0onho dentro de um sonho, tudo são conjeturas. O céu que se abre à nossa frente é uma imensidão de vazio, é um cosmo aqssutador, nós somos pequenos pedaços de matéria e atravessamos essass esferas como partículas de pó... mas cada um de nós é um universo inteiro, é um cosmo inteiro, é um mundo completo e inacabado de sensações e sentimentos.... Não sabemos e nem imaginamos o que se esconde por trás de nossos cérebros nossas mentes nossos corações que pulsam, pulsam, comko os quasars. copmo os pulsars, como todas as particulas subatômicas que nos compõem, ao final, somjos todos essas particulasm plenas de sonhos, de possibilidades, de multiplicidades... e nos debatemls, como moscas contra a luz, como moscazsx buscando os frutos dourados da felicidade, e tudo é sonho, tudo é ilusão, tudo é magia, tudo se esconde sob o céu de Gaia, sob o véu de Maya, caia sobre nós a chuva benfazeja, que nos lembre sempre: o sonho é possível, a ilusão é real, o fazer é o irmnão do desfazer, tudo é yin, tudo é yang, tudo é o tao que é também nada... a vida é a cobra, mordendo o próprio raqbo.... Vivamos as ilusões da realidade e transofrmemos em sonhos tudo o que for real. Parabéns, poeta, pela sua rflexão tão bem colocada no poema... este tema renderia laudas e mais laudas, mas acho que estou viajando... Desculpa tanta verborragia.

danlima · Brasília, DF 6/7/2008 22:29
sua opinião: subir
Raiblue
 

Julinha,isso mesmo,minha querida,concordo plenamente com vc!!Toda leitura é subjetiva...aliás tudo é subjetivo.. até mesmo a realidade..o que eu vejo na esquina da minha rua, pode passar despercebido para o outro....a realidade seria então pura ilusão,visto que é tão relativa ?
Nós somos ilusão,visto que somos tantos e às vezes nada
se parece conosco...
Pois é , somos mesmo essa pedra no caminho...essa imagem projetada para satisfazer o outro..para se adequar à sociedade..para ser aceito...,mas que ,muitas vezes,
não tem nada a ver com a nossa essência...nos
transformamos no sonho do outro, e esquecemos
do nosso próprio sonho...

Linda sua reflexão,JU!!
Obrigada,queridíssima!!
bjkbluezenmísticasreais...rs

Raiblue · Salvador, BA 6/7/2008 22:37
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Raiblue...
Que texto para provocar reflexão. Sonho e realidade se confundem e o homem quer brincar de Deus, mas nem se conhece por inteiro.
Bjsssss

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 6/7/2008 22:46
sua opinião: subir
Raiblue
 

Queridíssimo Cris-Cris!!!

Gostei muito da sua leitura!
É isso, reproduzimos a realidade no mundo virtual, uma realidade ,que na verdade é totalmente fragmentada tbém,onde representamos diversos papéis?
E quem somos mesmo?..somos todos eles ou não somos nenhum?
O que é mesmo real, se posso ser o que eu quiser ser...? Se desconstruo e construo personagens o tempo todo? Se tudo que existe ao meu redor pode ser fruto apenas da minha imaginação,visto que uma outra pessoa não ver o mesmo que eu...

Bela reflexão Cris-Cris...mais perguntas...mais dúvidas..mais buscas...sempre...

obrigada meu lindo!
besitos azuiszenmísticosreais..rs
Blue-Blue

Raiblue · Salvador, BA 6/7/2008 22:52
sua opinião: subir
Raiblue
 

Joe,queridíssimo!!....e o que não é surreal?rsrsrsssss..mais uma questão??rsrs
Adoro o Stanley,brilhante!
Muito bem lembrado!! A odisséia reprensta muito bem
a busca do homem por respostas sobre a sua existência.
Sempre o 'desconhecido' assustando e fascinando o homem!
Exatamente isso,joe,o homem sempre procurando o divino no desconhecido ..., o além, a ilusão, Maya....terminam dominado o homem na teia do mistério que é a sua própria essência,visto que é um segredo para si mesmo...
A pedra no caminho...é a ilusão.... o homem também pode ser uma ilusão, já que pode ser tantos e ser nenhum, portanto ele é a própria pedra no caminho ....

Parafusante mesmo...rsrs....mas fascinantes as reflexões sobre estas questões não?
Adorei sua leitura ,JOE!! Enriqueceu-me muito !
obrigada,querido!!!!!

Beijos bluezemmísticosreais....rs( essa realidade eu sei que existe...rsrs)
Rai...Blue



Raiblue · Salvador, BA 6/7/2008 23:15
sua opinião: subir
Raiblue
 

E a idéia da 'pedra de Maya'..foi mesmo remeter à pedra filosofal...
Xeque-mate!rs
mais besitos azuisinfinitos...
Rai...Blue

Raiblue · Salvador, BA 6/7/2008 23:20
sua opinião: subir
Branca Pires
 

Puxa Blue, já nem sei mais o que é real e irreal.
Vou seguindo os ponteiros do tempo, tentando encontrar o meu "silêncio", para quem sabe, ter essa resposta.
Enquanto isso, vou tentando tirar as pedras do meu caminho...
beijão querida!

Branca Pires · Aracaju, SE 6/7/2008 23:43
sua opinião: subir
Eric Araújo
 

Raiblue minha querida... eu nem gosto de matrix hehehehe
perdidos somos quando achamos que o caminho a ser seguido é o rotineiro, e não paramos para olhar para os lados, ou para o alto... espaço virtual este em que caminhamos todos os dias...a diferença é que sempre nos oferecem a pílula... se iremos querê-la... esquece... o que vejo é que a pílula são mais do pedras no meio do caminho... são estradas no meio das pedras... parabéns por mais um trabalho que trarei na mente enquanto referência!

Eric Araújo · Belo Horizonte, MG 7/7/2008 00:50
sua opinião: subir
graça grauna
 

Real produto do meio

O homem partido
Pensando ser inteiro
Enxerga o reflexo
Da projeção no espelho

No fundo
Um desconhecido
E a antiga pedra no caminho

Ele mesmo...


Raiblue, bela amiga e poeta do azul: teu poema nos coloca diante do abismo, aquela visão em abismo de um poema dentro de outro poema. Neste hospício que é o mundo agora somos também um produto do e-mail e de tão fragmentados quase não reconhecemos a nós mesmos. Abraços, Raiblue; bjos de luz.

graça grauna · Recife, PE 7/7/2008 01:36
sua opinião: subir
Sander Machado
 

Olá Rai,
lindos os versos. Mas até onde estamos no real? Onde se cruzam dimensões singulares como fantasia, imaginação e o palpável? Tempos hipermodernos de correr na esteira elétrica sem sair do lugar, de ser intimo pelos chats sem olhar nos olhos, de viajar sentado na cadeira. Real-ização? Será que o Ser humano também está desenvolvendo outro genêro de amar?

Com Carinho,
Sander

Sander Machado · Porto Alegre, RS 7/7/2008 10:56
sua opinião: subir
Luciana Nabuco
 

Vibrar na nossa essência...que mundo louco esse onde tudo está cada vez mais uniforme,onde não há o respeito pela individualidade,onde os sonhos não são levados adiante.Mas você é desse azul,blue,bleu intensa,e linda.Parabéns!

Luciana Nabuco · Rio de Janeiro, RJ 7/7/2008 13:39
sua opinião: subir
W@nder
 

Querida Raiblue,
somos, é verdade, esse real produto do meio, o que sabemos e deixamos de saber é a nossa mente que determina... tantos mistérios seriam decifrados se pudéssemos alcançar mais um pouquinho dela...
Beijos, querida.
Depois volto.

W@nder · Rio de Janeiro, RJ 7/7/2008 13:47
sua opinião: subir
Saramar
 

O homem sim é o seu maior obstáculo, especialmente nestes tempos pós-modernos em que se afasta dos outros e de sua própria essência integrante de um cosmo que vive a destruir com a imensa solidão.

Bela reflexão, querida Rai.

beijos

Saramar · Goiânia, GO 7/7/2008 16:10
sua opinião: subir
Raiblue
 

olá,Marcos!!Concordo inteiramente!

Buscar é sempre preciso....é o desconhecido que nos move...Mas um certo grau de auto-conhecimento é necessário para que não sejamos tão facilmente manipulados ...
Nunca nos conheceremos inteiramente, e ainda bem, senão não teria sentido viver...a vida é essa etrena procura por sentidos..,a inda que, muitas vezes, nem percebamos essa necessidade...
Contudo,qnd somos ignorantes em relação a algo ,inclusive ao nosso ser, não sabemos reivindicar nossos direitos nem dizer o que nos agrada e desagrada...daí precisamos sim,nos conhecermos um pouco,pelo menos,a fim de realizarmos o que desajamos ..da forma que desejamos...
Então vem a pedra de Maya...no meio do caminho ...,que na verdade somos nós mesmos...ignorantes da nossa própria essência
...sendo somente uma ilusão de que é alguma coisa..mas que não sabe exatamente o que...e e grande maioria não sabe...
Tudo talvez seja um agrande ilusão mesmo...e só quando usamos o conhecimento conseguimos tornar real alguma coisa...mas dentro de uma relatividade...pois muitos poderão não ver o que eu estou vendo...devido às diferentes vivências,crenças...conhecimentos...e a percepção do espírito...(alma)(a alma pode ser real pra mim ,mas p outra pessoa pode ser apenas uma ilusão..)

Essa é uma discussão interminável...rs....mas que eu adoro!
obrigada pela participação,querido!
bjks azuizenmísticas...

Raiblue · Salvador, BA 7/7/2008 16:51
sua opinião: subir
Raiblue
 

Saavedra,Cíntia,Carlinhos....,meus queridos ...obrigada pela presença carinhosa de vcs!
Bom saber que gostaram da reflexão poética!
Uma temática complexa,eu sei,mas vital!

um beijinho azul em cada um...
Raiblue


Um beijo azulzen...
Raiblue

Raiblue · Salvador, BA 7/7/2008 16:56
sua opinião: subir
Raiblue
 

oie Sam...adoro esse trecho que vc destacou....que bom que gostou da reflexão poética...espero que tenha sentido e pensado sobre estas questões tão vitais para o nosso ser...

um beijinho azuzlinho procê...
Blue

Raiblue · Salvador, BA 7/7/2008 16:59
sua opinião: subir
Raiblue
 

Meu querido Dan...vc sempre me encanta com seus comentários incríveis...me emociona mesmo...vc dissse tudo...perfeito!!
Tudo é MAYA...e a ilusão se torna real a partir da crença,conhecimento,percepção de cada um...somos nós que atribuimos valores e sentidos às coisas,inclusive a nós mesmos...e esses sentidos são sempre relativos...são nossos ...os outros podem ver algo muito diferente do que vemos...a minaha realidade pode ser ilusão pra vc...e vice-versa...O Tao é tudo ..o tudo contém tbém o nada...porque tudo coexiste ...a ilusão e o real tbém não fgem a essa regra....coexistem nessse imenso cosmos que nos envolve...
Fiquei imensamente feliz por vc ter captado ou sentido tudo que eu quis dizer...obrigada,meu lindo!!
Um beijo azulzenmístico...
Raiblue

Raiblue · Salvador, BA 7/7/2008 17:08
sua opinião: subir
Raiblue
 

Meu querido Dan...

vc sempre me encanta com seus comentários incríveis...me emociona mesmo...vc dissse tudo...perfeito!!
Tudo é MAYA...e a ilusão se torna real a partir da crença,conhecimento,percepção de cada um...somos nós que atribuimos valores e sentidos às coisas,inclusive a nós mesmos...e esses sentidos são sempre relativos...são nossos ...os outros podem ver algo muito diferente do que vemos...a minha realidade pode ser ilusão pra vc...e vice-versa...
O Tao é tudo ..o tudo contém tbém o nada...porque tudo coexiste ...a ilusão e o real tbém não fogem a essa regra....coexistem nessse imenso cosmos que nos envolve...

Fiquei imensamente feliz por sua leitura tão profunda!
obrigada,meu lindo!!
Um beijo azulzenmístico...
Raiblue

Raiblue · Salvador, BA 7/7/2008 17:10
sua opinião: subir
Raiblue
 

Doroni,querida....muito bom ter suas impressões e emoções derramadas aqui...pois é...temos divindade em nós mesmos....mas
nos perdemos no meio do caminho..., não por não sermos inteiros(nunca seremos)....mas por não usarmos adequadamente nosso aspecto divino...

Obrigada querida pela presença valiosa!
Um beijinhoazulzenmístico...
Raiblue

Raiblue · Salvador, BA 7/7/2008 20:14
sua opinião: subir
Raiblue
 

Branca,linda poeta e amiga!
Pois é,querida...tudo se confunde...pois tudo é relativo...cada um com sua realidade e com sua ilusão...e todos encarando as pedras no caminho....muitas vezes,somos nós mesmos as pedras...que presos à realidade não conseguimos sonhar mais...ou presos à ilusão não conseguimos viver a realidade...e o que será a vedade?o sonho ou a realidade?...cada um que define os valores e sentidos da vida...ou não...

Adorei sua presença,querida amiga!
um beijinho azulzenblues...
Raiblue
Obrigada!

Raiblue · Salvador, BA 7/7/2008 20:20
sua opinião: subir
Acácio Vale
 

Raiblue, esta busca louca por algo seguro, palpável, acaba podando o que talvez seja a mais segura de todas as coisas: a criatividade inerente à vida. somos transformação incessante, viagens e retornos inconsequentes, fugazes, pois somos vida e à vida voltaremos.
belíssimo trabalho, parabéns!
abraços
acácio

Acácio Vale · São Luís, MA 7/7/2008 20:33
sua opinião: subir
victorvapf
 

Rai, voce e de outro planeta, aqui eu nao sei o que falar, me convida pra conhecer este planeta da poesia, do ar poetico, quem sabe com uns mil anos ai , consiga ao menos comentar as suas obras, beijos da terra pra voce...

victorvapf · Belo Horizonte, MG 7/7/2008 21:16
sua opinião: subir
Raiblue
 

Adorei seu comentário,Eric!!

Naverdade o poema surgiu de um transe...estava eu numa noite silenciosa em que só ouvia o barulho do relógio....e aí começou o delírio...nem sei como surgiu matrix no meio do caminho...rs...mas td se encaixou...na verdade é uma crítica à matrix..e tem muito tbém de um poema do Drummond que trago dentro de mim...impregnado... e aí ficou essa mistura ...pura filosofia mesmo....que bom que gostou e e refletiu sobre si mesmo...já valeu o poema!

obrigada,viu?
Um beijinho azulzenmístico...
Raiblue

Raiblue · Salvador, BA 7/7/2008 22:52
sua opinião: subir
Raiblue
 

Querida Gracinha,linda!
Que bom revê-la!!!

Gostei muito da sua leitura e emoção...somos agora produto de e-mail....e os diálogos ficam assim fragmentados...os encontros adiados....e o homem cada vez mais solitário...

Boa refelxão!
Que bom que gostou...obrigada pela emoção,querida!

beijinhos azuiszenmísticos
Raiblue

Raiblue · Salvador, BA 7/7/2008 22:55
sua opinião: subir
Raiblue
 

corrigindo...

Querida Gracinha,linda!
Que bom revê-la!!!

Gostei muito da sua leitura e emoção...somos agora produto de e-mail....e os diálogos ficam assim fragmentados...os encontros adiados....e o homem cada vez mais solitário...

Boa reflexão!
Que bom que gostou...obrigada pela emoção,querida!

beijinhos azuiszenmísticos
Raiblue

Raiblue · Salvador, BA 7/7/2008 22:57
sua opinião: subir
ayruman
 


O homem faz o jogo
Fragmenta o tempo
Em frações de segundos
Atravessa o mundo

E continua estrangeiro
Em seu território
Mais profundo
******
Oi,oi,oi. Me chamou, estou chegando. Quanta beleza, verdade dolorida e real... Grato pelo o convite amigaOver! Aguardo para o Voto... jbconrado

ayruman · Cuiabá, MT 8/7/2008 00:26
sua opinião: subir
Regina Lyra
 

Baby Blue,
Nesta vida consumida tudo é relativo.
Nas crises procuramos raízes,
se a temos buscamos outras paragens.
O grande consolo é a eterna busca
dos eus da vida que estão dentro de nós.
Beijos,

Regina Lyra · João Pessoa, PB 8/7/2008 04:03
sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Blue-Blue,
inicio sua votação com prazer!
Beijos-beijos
Adoro quando poetas...
Cris-Cris

Cristiano Melo · Brasília, DF 8/7/2008 10:39
sua opinião: subir
EdimoGinot
 

então Ray
acertei a pedrada...
Meu voto
Um abraço

EdimoGinot · Curitiba, PR 8/7/2008 11:01
sua opinião: subir
Ailuj
 

Cris adora iniciar os votos e eu gosto de fechar pro banco,mas esse vou esperar não,,,rs
Um beijo e meu voto com maior carinho minha linda

Ailuj · Niterói, RJ 8/7/2008 11:08
sua opinião: subir
Gustavo Adonias
 

Olá, babyblue

Cá estou eu novamente, relendo a sua bela e forte poesia, que tanto nos faz refletir, e deixando o meu voto. São tantas pedras no meio do caminho do homem (como já havia bem notado o grande Drummond), algumas tão difíceis de arrancar, que muitas vezes, preferimos escolher a ilusão em lugar da realidade (se bem que a própria realidade é uma ilusão...ou não ?) Quando a ilusão pode ser por nós escolhida, quando podemos viver no mundo que queremos imaginar como real, a ilusão é liberdade. Mas, quando a ilusão é imposta por um sistema que quer anestesiar as pessoas, essa ilusão é a pior das prisões. A pedra de Maya, com seus portais sem fim, sempre estará em nossos caminhos (para alguns isso pode significar um obstáculo intransponível, mas para nós poetas e sonhadores significa uma nova e infinita fronteira, sem limites...)

Parabéns pela bela poesia e a temática muito pertinente e interessante ! Votadíssimo...

Grande beijo poético n´alma

Gustavo Adonias · Salvador, BA 8/7/2008 11:57
sua opinião: subir
Samuel Luciano Assunção
 

rai!blue...relendo e votando...
um beijo azul.

sam

Samuel Luciano Assunção · Angra dos Reis, RJ 8/7/2008 12:37
sua opinião: subir
businari
 

Raiblue...tantos caminhos e slots e links e surpresas! Nossa presença digital, reflexiva e convexa, é como um portal a se abrir para novas realidades. Se a dimensionalidade da existência pudesse ser quantificada, acredito termos somado mais um layer à matéria de que somos compostos. E assim, passamos a refletir, além de carne, ossos e músculos, também pixels e bytes. Seres sintetizados com almas pulsantes. E, na extensão dos braços, o teclado. Na extensão das cordas vocais, o microfone. Na extensão dos ouvidos, os fones. E na extensão do cérebro, o chip. Narcisos cibernéticos contemplando a híbrida criação tecnonatural de si mesmos...

Um beijo com perfume azul de aniz,

Mau

businari · São Vicente, SP 8/7/2008 12:59
sua opinião: subir
joe_brazuca
 

votadinho com louvor, querida "Raio Azul"...
que vc seja visitada pela "Pedra do Toque"...
beijo
Joe

joe_brazuca · São Paulo, SP 8/7/2008 13:15
sua opinião: subir
W@nder
 

Oi, querida...
Voltando por aqui.
Beijos.

W@nder · Rio de Janeiro, RJ 8/7/2008 13:21
sua opinião: subir
Branca Pires
 

Estou voltando querida, para reler-te e deixar os meus votos.
Beijos!

Branca Pires · Aracaju, SE 8/7/2008 13:45
sua opinião: subir
MarcilioMedeiros
 

Rai,
Você entrecruza as dimensões do tempo nesse poema ancestral e futurista.
Bjs,

MarcilioMedeiros · Aracaju, SE 8/7/2008 14:53
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Noelio Mello
 

Raiblue.
Existirá um momento de rasgarmos todas as cortinas, finas paredes que nos separam de segredos, da vida ou do fim...de um novo começo.Sem precisar sonhar não mais seremos construtores de nossas próprias ilusões, sem medos, sem ver as mentiras de todas as promessas.
Seremos livres, com a mesma liberdade que têm os anjos, alados, dourados. Como os santos... e suas viagens entre a terra e o infinito. Nosso interior- que grande barreira- não mais será a pedra do caminho- mas, rios de nuvens ... de todas as cores. Venceremos o tempo, quando formos derrotados pela vida rés ao chão. Não mais mais seremos pranto, mas riso em profusão. Continuaremos sendo amor, não o da carne- doce prazer- mas o da alma- redobrado prazer, inconfundível prazer, sereno prazer e nesse momento, o homem se separa de tudo, do tempo e do espaço. Eu acredito.
Belo, Ray
Beijos
Noélio

Noelio Mello · Belém, PA 8/7/2008 17:41
sua opinião: subir
victorvapf
 

Vo l to, bjs

victorvapf · Belo Horizonte, MG 8/7/2008 18:51
sua opinião: subir
j.alves
 

Muito legal. abraço

j.alves · São Paulo, SP 8/7/2008 20:57
sua opinião: subir
Pedro Rivero
 

Ola Rai, a verdade onde está? no futuro, não ... em nós mesmos. Lindo Rai, adorei, beijos amada.
Se puder gostaria de tua visita a minha página:http://www.overmundo.com.br/banco/hakani

Pedro Rivero · Bélgica , WW 9/7/2008 08:21
sua opinião: subir
Saavedra Valentim
 

Voltei, reli e votei neste magnífico poema.
Beijos

Saavedra Valentim · Vitória, ES 9/7/2008 09:29
sua opinião: subir
Sérgio Franck
 

Preciosa.

Sérgio Franck · Belo Horizonte, MG 9/7/2008 10:28
sua opinião: subir
Lili_Beth*
 

Mas que lindo, Minha_Querida!!!

Reflexo complexo
Eu escondida no avesso do espelho
Perplexa (re)faço a estrada
Do nada ... À pedra do caminho
...
A pílula é branca
Transparente
Se (des)faz
...

Beijos_Meus*
*

Lili_Beth* · Rio de Janeiro, RJ 10/7/2008 00:28
sua opinião: subir
azuirfilho
 

Raiblue · Salvador (BA) ·
A PEDRA DE MAYA

Votando com carinho .
Tudo Azul
Abracáo Amigo

azuirfilho · Campinas, SP 10/7/2008 17:13
sua opinião: subir
carlos magno
 

Olha o voto aí amiga.
Beijos.
Carlos Magno.

carlos magno · Rio de Janeiro, RJ 10/7/2008 17:30
sua opinião: subir
eric renan ramalho
 

Os ponteiros
Ampliam o silêncio
Do homem marchando
Contra o tempo

de passagem, para um beijo fraterno

eric renan ramalho · Belo Horizonte, MG 11/7/2008 19:51
sua opinião: subir
clara arruda
 

Sabe ray.ando me esquecendo de algumas coisas importantes.
Deixo o aviso,o yahoo não manda e fico meio perdida aqui.
mas compareço tentando na pedra de maya,refaço meus traços...Ou serão caminhos?
Parabéns minha menina!

clara arruda · Rio de Janeiro, RJ 13/7/2008 12:12
sua opinião: subir
Guilherme de Faria
 

Guilherme de Faria · São Paulo, SP 13/7/2008 14:06
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Carlos Mota
 

Êi! a tua poesia é real!
está escrita! eu lí!
Ah! e gostei!
Carlos Mota

Carlos Mota · Goiânia, GO 14/7/2008 09:32
sua opinião: subir
Raiblue
 

Meus queridíssimos overmanos!!!

Muito grata a tds pela presença, e carinhosos e sensíveis comentários...fiquei radiante!

Que sentido ela teria sem vocês aqui?
De coração...obrigada,meus lqueridos!!
um beijo azulzen a cada um de vcs...
Raiblue

Raiblue · Salvador, BA 15/7/2008 19:30
sua opinião: subir
O poeta oculto
 

Essa metáfora que o filme (Matrix) coloca é bem criativa... até mesmo com o conhecimento e espiritualidade. é caminho sem volta quando se consome certas doses de algo assim tão forte ... um abraço

O poeta oculto · Teresina, PI 17/7/2008 18:16
sua opinião: subir
Jéfte Sinistro
 

Blue, sei que é ser redundante dizer que és magnífica, talentosa e incrivelmente singular, mas o faço por falta de alguma outra palavra para definir melhor as maravilhas de tua imensidão...!
De fato, este teu poema traz à tona um grande buraco negro que reside no mais profundo de todos nós... O que é ser? O que é real? O que e como são as coisas? Como nós, enigmas de nós mesmos, sempre temos uma nova pedra - nós mesmos - em nosso caminho? Perguntas que nos perseguem em todo o tempo...! O tempo, o homem, a vida, o sonho... onde tudo isso se encontra? "Não vemos as coisas como elas são, mas como nós somos..."
E vivemos correndo atrás daquilo que somos em todas as coisas!

Jéfte Sinistro · Cabo de Santo Agostinho, PE 17/5/2009 10:51
sua opinião: subir
Jéfte Sinistro
 

Incrível escrito, minha querida Blue... Incrível como só tu sabes ser! Todos os beijos a ti.

Jéfte Sinistro · Cabo de Santo Agostinho, PE 17/5/2009 10:52
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 2 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados