A QUEDA DE UM ANJO

Flickr
1
Gustavo Adonias · Salvador, BA
7/10/2008 · 250 · 63
 

Um anjo de asas vermelhas
Voando em círculos
Vai perdendo altitude
Tal como um avião abatido
Pelo fogo do inimigo
A queda demora o tempo delicado da espera
O ser alado de asas feridas
Ruma ao solo
Anjo caído
Cheio de falhas e imperfeições
Surreal tela
O anjo que cai
Também sou eu
Suas asas despedaçadas são a minha alma
E o meu humano coração de ilha
A mil milhas do continente mais próximo
Sozinho e rubro
Batendo fundo
Como a queda de um anjo ao crepúsculo...

(Gustavo Adonias)

compartilhe



informações

Autoria
Gustavo Adonias
Ficha técnica
Poesia: "A Queda de um Anjo"
Downloads
287 downloads

comentários feed

+ comentar
celina vasques
 

Belissimo poema querido Poeta!
destaco:
"O anjo que cai
Também sou eu
Suas asas despedaçadas são a minha alma
E o meu humano coração de ilha
A mil milhas do continente mais próximo
Sozinho e rubro
Batendo fundo
Como a queda de um anjo ao crepúsculo..."
Somos nós,
poetas apaixonados...cada anjo que cai!
beijo na alma linda!

celina vasques · Manaus, AM 5/10/2008 13:22
sua opinião: subir
Gustavo Adonias
 

Celina,

Obrigado pela sua presença, mais uma vez ! Que bom que tenha gostado do poema. Cada um de nós traz o divino e o humano falível dentro da gente. Por vezes, somos anjos em queda livre, com o coração e a alma despedaçados...

Bjs poéticos

Gustavo Adonias · Salvador, BA 5/10/2008 14:33
sua opinião: subir
José Carlos Brandão
 

"A queda de um anjo" é o nome de um romance de Camilo Castelo Branco. Coincidência, mas (apesar de às vezes um título ser um ponto de partida para um poema meu, ou dou um título conhecido para um poema meu) bastou para que eu tivesse más expectativas de seu poema. Agradabilíssimas decepções: gostei muitíssimo. Estou exagerando nos superlativos, mas foi o que me sugeriu o seu poema: sentimentos de exaltação superlativa. Parabéns.
Abraços.

José Carlos Brandão · Bauru, SP 6/10/2008 02:04
sua opinião: subir
Saramar
 

Lindíssimo, desde o título.
Tal como ocorreu com José Carlos, o poema despertou aquele júbilo que as grandes criações provocam.
A desoladora queda, esta alma em pedaços, perdida na profundeza do mar da vida, ilha solta e só, são imagens belas, fortes, melancolicamente lindas.
Gostei imensamente.

beijos

Saramar · Goiânia, GO 6/10/2008 11:00
sua opinião: subir
ayruman
 

Meu grande amigo. Quão bela sensibilidade criativa!
E aqui estamos nós, nesta labuta constante de retorno à casa do Pai.
Que nem o "Filho Pródigo". Um dia chegaremos lá.
Luz, saúde e Paz. Sempre.

ayruman · Cuiabá, MT 6/10/2008 14:27
sua opinião: subir
Gustavo Adonias
 

Brandão,

Muito obrigado pela sua presença, mais uma vez ! Que bom que tenha gostado. Ainda bem que decepcionou-se positivamente, rs.

Abraços poéticos


Saramar,

Obrigado também pela sua presença, uma vez mais ! Que bom que gostou.

Bjs poéticos


Jb, caro amigo,

Obrigado pela sua presença, mais uma vez ! Que bom que gostou do poema. Estamos sempre retornando à poeira cósmica em que fomos originados...

Abraços poéticos

Gustavo Adonias · Salvador, BA 6/10/2008 14:54
sua opinião: subir
Angélica T. Almstadter
 

Se caiu, caiu com classe, rs Bonito!

Angélica T. Almstadter · Campinas, SP 6/10/2008 15:11
sua opinião: subir
joe_brazuca
 

todos acabamos sendo anjos caidos...se não tanto, ao menos decaidos...ninguem dirá, absolutamente, "dessa água nunca beberei..."
excelente, poeta !...sensibilidade a mil !
asb

joe_brazuca · São Paulo, SP 6/10/2008 19:40
sua opinião: subir
Raiblue
 

Gusta, meu anjo verdinho,que cai sempre aqui,dentro do meu coração...hehe

Esse poema realmente é muito especial...traz em si o traço marcante
de uma melancolia que nos acompanha sempre em nossos vôos imperfeitos ....,na solidão que nos cerca e nos isola do mundo....
e com as asas quebradas, vamos nos arrastando por essa vida crepuscular...Sureeal tela vc pintou,Gusta....mas que contém o mais real dos sentimentos humanos na pós-modernidade...a melancolia...

Parabéns,meu lindo!vc anda inspiradíssimo,hein?
Continue sempre assim....sempre!

um beijinho blue_poentiz_ando...(adorei isso...hehe)
Blue

Raiblue · Salvador, BA 6/10/2008 21:39
sua opinião: subir
Raiblue
 

CORRIGINDO:

Gusta, meu anjo verdinho,que cai sempre aqui,dentro do meu coração...hehe

Esse poema realmente é muito especial...traz em si o traço marcante
de uma melancolia que nos acompanha sempre em nossos vôos imperfeitos ....,na solidão que nos cerca e nos isola do mundo....
e com as asas quebradas, vamos nos arrastando por essa vida crepuscular...Surreal tela vc pintou,Gusta....mas que contém o mais real dos sentimentos humanos na pós-modernidade...a melancolia...

Parabéns,meu lindo!
vc anda inspiradíssimo,hein?
Continue sempre assim....sempre!

um beijinho blue_poentiz_ando...(adorei isso...hehe)
Blue

Raiblue · Salvador, BA 6/10/2008 21:40
sua opinião: subir
Raiblue
 

E que imagem delicadíssima,amei!
bjks e bjksss sblueeeeeeeeeee

Raiblue · Salvador, BA 6/10/2008 22:24
sua opinião: subir
Gustavo Adonias
 

Angélica,

Obrigado pela sua presença ! Que bom que tenha gostado.

Bjs poéticos


Joe,

Obrigado, mais uma vez, pela sua presença ! Que bom que gostou. De fato, por vezes, caímos em queda livre, com as asas despedaçadas...

Abraços poéticos

Gustavo Adonias · Salvador, BA 6/10/2008 22:36
sua opinião: subir
Gustavo Adonias
 

Babyblue,

Como é bom ter a sua presença mais que especial por aqui, você e esse poder de azular tudo, rsrs...Obrigado, sempre ! Vivemos em um mundo de fato melancólico, perdido na neblina da solidão e do individualismo... Somos anjos de asas quebradas, em queda livre... Mas ainda temos a poesia, para amaciar a nossa queda...

Grande beijo poético angelical n ´alma

Gustavo Adonias · Salvador, BA 6/10/2008 22:41
sua opinião: subir
Ailuj
 

Gustavo
Seu poema é tão bonito que a gente até visualisa a imagem do anjo se debatendo ao crepúsculo
Em minha cidade[Cabo Frio]tem uma ilha que se chama Ilha do Anjo Caído,onde tem um anjo caído que vou lembrar sempre do seu poema quando passar por lá
Um beijo e parabéns pela sensibilidade poética

Ailuj · Niterói, RJ 7/10/2008 10:03
sua opinião: subir
Gustavo Adonias
 

Ailuj,

Obrigado pela sua presença, mais uma vez ! Que bom que gostou.

Bjs poéticos

Gustavo Adonias · Salvador, BA 7/10/2008 10:12
sua opinião: subir
EdimoGinot
 

Sei que não é...
Mas é como se fosse uma oração...
Beleza de poema
um abraço

EdimoGinot · Curitiba, PR 7/10/2008 10:15
sua opinião: subir
Gustavo Adonias
 

Deve ser muito bela essa Ilha...

Gustavo Adonias · Salvador, BA 7/10/2008 10:15
sua opinião: subir
Gustavo Adonias
 

Ailuj, essa mensagem acima foi pra vc, rs...

Gustavo Adonias · Salvador, BA 7/10/2008 10:16
sua opinião: subir
Gustavo Adonias
 

Edimo,

Obrigado por ter vindo também, mais uma vez ! Que bom que tenha gostado.

Abraços poéticos

Gustavo Adonias · Salvador, BA 7/10/2008 10:19
sua opinião: subir
Samuel Luciano Assunção
 

"meu humano coração de ilha
A mil milhas do continente mais próximo"

belíssima imagem descreveste gustavo...
abraços

Samuel Luciano Assunção · Angra dos Reis, RJ 7/10/2008 10:22
sua opinião: subir
O NOVO POETA.(W.Marques).
 

Anjo caído
Cheio de falhas e imperfeições
Surreal tela
O anjo que cai
Também sou eu

um bonito trabalho amigo, um bom dia e depois eu volto.

O NOVO POETA.(W.Marques). · Franca, SP 7/10/2008 10:52
sua opinião: subir
Marcos Pontes
 

Seria anjo ou Ícaro? Uma intrigante construção de imagens lúdicas. Muito bom.

Marcos Pontes · Eunápolis, BA 7/10/2008 11:00
sua opinião: subir
Carlos Mota
 

sou dessa queda e nem tenho asas,
...humano só.
bela poesia Gustavo Adonias,
abraço,

Carlos Mota · Goiânia, GO 7/10/2008 11:03
sua opinião: subir
Coluna do Domingos
 

MINHA OPINIÃO

A queda de um Anjo a meu olhar é uma verdade que está impregnada em nosso ser, pois somos difusores de idéias, propostas, enfim luzes... Penso que diante de tanta dissolução do nosso eu poético, vamos virando o nada, pelo menos no meu caso eu mesmo chego ao vazio pleno, um vazio estarrecedor, às vezes penso em pensar e no fim não penso em nada.
Creio que é a minha dissolução plena é tão triste que a força da gravidade parece não existir, caio no pessimismo, penso que os meus trabalhos são frágeis, são o nada.
Esta inqueitação do poeta é a força de nossa criação. A Queda de um anjo é isto, a nossa queda, porém como todo anjo é de luz a luz sempre a brotar pelos espaços, pelo tempo, pela vida por todo lugar.

Comentáro extraido de A queda de um Anjo Gustavo Adonias, Salvador (BA) Edição Overmundo, outubro,2008.

Coluna do Domingos · Aurora, CE 7/10/2008 11:29
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Gustavo.

Belo demais seu poema.
A maior parte dos poetas conhecem essa queda, mas...
" Anjos também se levantam"
lembrei um trecho de um poema meu:

" Sem você ao meu lado
guiando meus passos
sou anjo caido
num porto qualquer" !
bjssss

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 7/10/2008 11:43
sua opinião: subir
EdimoGinot
 

EdimoGinot · Curitiba, PR 7/10/2008 12:17
sua opinião: subir
celina vasques
 

celina vasques · Manaus, AM 7/10/2008 12:31
sua opinião: subir
joe_brazuca
 

joe_brazuca · São Paulo, SP 7/10/2008 12:42
sua opinião: subir
clara arruda
 

Colei minhas asas e pintei meu coração de rosa.
Lindo meu querido.Receba meu imenso carinho.

clara arruda · Rio de Janeiro, RJ 7/10/2008 12:58
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

voltando
bjsss

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 7/10/2008 13:01
sua opinião: subir
Giovanni Guidi
 

O poema tem imagens muito bem construídas. Gostei bastante.
Sucesso.
Votado.

Giovanni Guidi · Piracicaba, SP 7/10/2008 13:11
sua opinião: subir
Ailuj
 

Sim,percebi
A ilha é realmente bela e logo na entrada\do condomínio tem a estatua do Anjo,no meio das águas pendendo para um lado e o nome veio disso,não foi o contrário
Beijos

Ailuj · Niterói, RJ 7/10/2008 13:14
sua opinião: subir
Marco Bastos
 

Eu já enterrei o Ibsen, o Ionesco e toda a melancolia do mundo. Virei pau-de-dar-em-doido. rs. Quem quiser que me acompanhe. A reconstrução, qualquer recontrução começa por deixar de cultuar os blues e os spirituals - por mais lindos que sejam - é preciso ter rumo. Sua poesia é bonita e sensível mas derrubar um anjo não muda o mundo e nem penso em mudar o mundo. Só penso mesmo em estar inteiro e isso só se consegue afastando os fantasmas e os dinossauros. É no meio da imperfeição cuja realidade se conhece que se encontra o lugar onde mora a alegria de viver. Todas as mazelas e infortúnios da vida, todas as imperfeições já são sobejamente conhecidas. Não perco mais meu tempo mudando a roupa da tristeza.
Abraço.
do pai.

Marco Bastos · Salvador, BA 7/10/2008 13:32
sua opinião: subir
Coluna do Domingos
 

Votado

Coluna do Domingos · Aurora, CE 7/10/2008 14:17
sua opinião: subir
Marco Bastos
 

Esqueci de lhe dizer que votei pela beleza da poesia. Literatura de ótima qualidade.
abrçs.

Marco Bastos · Salvador, BA 7/10/2008 14:56
sua opinião: subir
Thiers
 

hummm belo...

O ser alado de asas feridas
Ruma ao solo
Anjo caído
Cheio de falhas e imperfeições
Surreal tela
O anjo que cai


gostei da surrealidade.....

Thiers · Rio de Janeiro, RJ 7/10/2008 16:14
sua opinião: subir
Vinícius Motta
 

Belos versos Gustavo.

Senti um sentimento de solidão muito grande (a parte da ilha a mil milhas do continente), mas com tanta beleza que a gente sente mesmo é felicidade por ler suas palavras, sua poesia tão bem feita.

Votado.

Vinícius Motta · Rio de Janeiro, RJ 7/10/2008 16:54
sua opinião: subir
ayruman
 

E aqui estamos nós, nesta labuta constante de retorno à casa do Pai.
Que nem o "Filho Pródigo". Um dia chegaremos lá.
>>> Confirmando voto... Luz, saúde e Paz. Sempre.

ayruman · Cuiabá, MT 7/10/2008 17:49
sua opinião: subir
Gustavo Adonias
 

Samuel,

Obrigado pela sua presença também, mais uma vez ! Que bom que tenha gostado.

Abraços poéticos


Marques,

Obrigado também por sua presença, uma vez mais ! Que bom que gostou.

Abraços poéticos


Marcos,

Obrigado pela presença, mais uma vez ! Que bom que tenha gostado também.

Abraços poéticos


Carlos,

Obrigado, mais uma vez, por ter vindo ! Que bom que gostou da poesia também.

Abraços poéticos


Domingos,

Obrigado pela sua presença e comentário ! Que bom que gostou.

Abraços poéticos


Doroni,

Obrigado também, por ter vindo, mais uma vez ! E que bom que gostou. As quedas são o começo do levantar-se. Obrigado pelo belo trecho do seu poema.

Bjs poéticos


Edimo,

Obrigado, novamente !

Abraços poéticos


Celina,

Obrigado, novamente !

Bjs poéticos


Joe,

Obrigado, novamente !

Abraços poéticos


Clara,

Obrigado, mais uma vez, pela sua presença e carinho também ! Que bom que tenha gostado.

Bjs poéticos


Giovanni,

Obrigado também por sua presença ! Que bom que gostou.

Abraços poéticos


Ailuj,

Obrigado, novamente !

Bjs poéticos

Gustavo Adonias · Salvador, BA 7/10/2008 18:33
sua opinião: subir
Raiblue
 

Voei , voei e caí aqui, meu anjinho... nesse crepúsculo maravilhoso que você pintou!

Parabéns,meu querido, pelo sucesso do poema!!
Você merece!

beijinhos bluecrepusculares...
blue

Raiblue · Salvador, BA 7/10/2008 18:50
sua opinião: subir
O NOVO POETA.(W.Marques).
 

voltando e votando.

O NOVO POETA.(W.Marques). · Franca, SP 7/10/2008 18:56
sua opinião: subir
Samuel Luciano Assunção
 

votando gustavo...
abraços

Samuel Luciano Assunção · Angra dos Reis, RJ 7/10/2008 20:37
sua opinião: subir
Sônia Brandão
 

Gustavo, um poema de extraordinária beleza. Que imagem mais linda, mais melancólica, a de um anjo caindo ao crepúsculo.
Todos nós somos um pouco anjos caídos com nossas falhas e imperfeições.
bjs

Sônia Brandão · Bauru, SP 7/10/2008 21:12
sua opinião: subir
Enise
 

Oi Gustavo...
Belissimo poema...denso e intenso...
Parabéns!
bjs

Enise · São Paulo, SP 7/10/2008 22:12
sua opinião: subir
Valéria Geremia
 

Gustavo,
existem mil maneiras de nossa alma ser morta...
Mas parece que quando nos propomos a transformar essa morte em arte, de alguma forma, sobrevivemos...
:)
Beijo grande. Mais uma bela poesia.

Valéria Geremia · Fortaleza, CE 7/10/2008 23:10
sua opinião: subir
Falcão S.R
 

Gustavo,

Suave, lirico e profundamente enternecedor.

Abraços

Falcão S.R · Rio de Janeiro, RJ 8/10/2008 04:18
sua opinião: subir
azuirfilho
 

Gustavo Adonias · Salvador (BA)
A QUEDA DE UM ANJO

Os Anjos sáo nossos Mestres e Guardióes Sagrados como que representando o divino na nossa Educacáo e Cuidado. Onde o melhor é a licáo do arrepender, para insurgir, liberpar dos pesos e deficiencias e atingir voos mais altos e altaneiros que sáo o sentido da vida para irmos em frente valendo a pena.

...O anjo que cai
Também sou eu
Suas asas despedaçadas são a minha alma
E o meu humano coração de ilha
A mil milhas do continente mais próximo
Sozinho e rubro
Batendo fundo
Como a queda de um anjo ao crepúsculo...


O Anjo é uma Linda Licáo e ele sempre vai insurgir no final.
Parabéns
Amigo, Anjo e Companheiro neste voo da vida que se soma a todos voos que tanto nos orgulhamos e guardamos como os Anjos.
Caindo mas, levantando e indo em frente.
Com Amor ao Próximo e boa vontade, com Firmeza e com ternura . e com Gentileza.
Abracáo Amigo.

azuirfilho · Campinas, SP 8/10/2008 08:36
sua opinião: subir
Carlos Mota
 

Gustavo,
quem dera eu, ter um pai
prá puxar as orelhas de
um meu poema...
abraço,

Carlos Mota · Goiânia, GO 8/10/2008 08:50
sua opinião: subir
Compulsão Diária
 

São tantos os crepúsculos em que me vejo fora do ideal de mim. Somos anhos caídos todos, Gustavo. Sua sensibilidade captou um belíssimo sentimenyo humano. A imperfeição é consciência dos grandes. Ser alado de asas feridas é sou eu também. Só posso dizer que adorei o poema.

Compulsão Diária · São Paulo, SP 8/10/2008 08:58
sua opinião: subir
Gustavo Adonias
 

Meu pai,

Sempre é bom ter a sua presença e comentários ! Que bom que gostou da minha poesia. Concordo que ficar remoendo os 'blues' da vida não leva a nada, e também que para se estar inteiro faz-se necessário exorcizar os fantasmas e afastar os dinossauros, que, por vezes, não nos deixam ir em frente. A imperfeição é o cenário da vida, e é neste cenário que temos que procurar a alegria de viver, e não ficar esperando a 'hora da perfeição' para sermos felizes. Mas sei também que a melancolia, vez ou outra, também faz parte da estrada, mas deve ser logo ultrapassada, para se 'tocar o carro' em frente...

Grande abraço

Gustavo Adonias · Salvador, BA 8/10/2008 10:42
sua opinião: subir
Gustavo Adonias
 

Domingos,

Obrigado, novamente !

Abraços poéticos


Thiers,

Obrigado pela sua presença, mais uma vez ! Que bom que tenha gostado.

Abraços poéticos


Vinícius,

Obrigado também pela sua presença, mais uma vez ! Que bom que gostou. A solidão também faz parte do nosso vôo, às vezes nos sentimos uma ilha em meio ao mar da multidão. E há, pelo contrário que se pensa, muita poesia nisto. Mas que bom que a beleza sempre vence a solidão e a tristeza...

Abraços poéticos


Jb,

Obrigado, novamente !

Abraços poéticos e muita Paz e Luz pra você também

Gustavo Adonias · Salvador, BA 8/10/2008 10:50
sua opinião: subir
Gustavo Adonias
 

Baby,

Que bom ter a sua presença novamente, mais que especial, azulando o meu crepúsculo e me fazendo voar também, rs... Obrigado, sempre.

Grande beijo poético crepuscular

Gustavo Adonias · Salvador, BA 8/10/2008 10:56
sua opinião: subir
Gustavo Adonias
 

Marques,

Obrigado, novamente !

Abraços poéticos


Samuel,

Obrigado, novamente !

Abraços poéticos


Sônia,

Obrigado pela sua presença, mais uma vez ! Que bom que tenha gostado do poema. Todos nós, vez ou outra, voamos com as asas quebradas, em nossas humanas falhas, imperfeições e limitações...

Bjs poéticos


Enise,

Obrigado também pela sua presença e carinho ! Que bom que gostou.

Bjs poéticos


Valéria,

Obrigado, mais uma vez, por ter vindo também ! E que bom que tenha gostado. Sem dúvida, a arte transforma a morte da alma em renascimento, sobrevivência...

Bjs poéticos


Falcão,

Obrigado por sua presença também ! Que bom que tenha gostado.

Abraços poéticos


Azuir, meu caro amigo,

Obrigado pela sua presença, uma vez mais ! Que bom que gostou do poema. Todas as nossas quedas, são escadas para um novo e maior vôo, onde vamos nos libertando, a cada novo bater de asas, da nossa miudeza humana (ainda há muito o que o ser humano evoluir)...

Grande abraço poético, amigo

Carlos,

Obrigado, novamente !

Abraços poéticos


Compulsão,

Obrigado também, pela sua presença, uma vez mais ! Que bom que gostou do poema. Sim, todos nós somos anjos em queda no arrebol, humanamente imperfeitos, com nossas asas feridas e a mente perdida. Mas cada queda representa uma tentativa de voarmos com maior perfeição...

Bjs poéticos

Gustavo Adonias · Salvador, BA 8/10/2008 11:14
sua opinião: subir
Benny Franklin
 

Poema, de prima!

A face do poema é rosada...

Boa, Gustavo!

Benny Franklin · Belém, PA 8/10/2008 14:28
sua opinião: subir
Vanessa Anacleto
 

Definitivamente eu não sei escrever poesia. Mas como admiro quem sage, Gustavo.

Abraço.

Vanessa Anacleto · Rio de Janeiro, RJ 8/10/2008 16:26
sua opinião: subir
Gustavo Adonias
 

Benny,

Obrigado pela sua presença também ! Que bom que tenha gostado.

Abraços poéticos


Vanessa,

Obrigado também pela sua presença, mais uma vez ! Que bom que gostou da poesia.

Bjs poéticos

Gustavo Adonias · Salvador, BA 8/10/2008 20:01
sua opinião: subir
Patipetista
 

Nunca fui anjo, ams também caio, me ralo...rsss
Olha um ano aí...passando...acho que se chama Gsutavo e sempre está acompanhado de uma anjinha azul ![:)]
beijinhos

Patipetista · Taboão da Serra, SP 8/10/2008 22:23
sua opinião: subir
Patipetista
 

[:)]corrigindo
Nunca fui anjo, mas também caio, me ralo...rsss
Olha um anjo aí...passando...acho que se chama Gustavo e sempre está acompanhado de uma anjinha azul ![:)]
beijinhos
afff...

Patipetista · Taboão da Serra, SP 8/10/2008 22:23
sua opinião: subir
Gustavo Adonias
 

Pati,

Como é bom te ver por aqui, mais uma vez, sempre trazendo carinho ! Obrigado, viu?! Todos nós, de vez em quando, caímos e nos ralamos, mas sempre levantamos, para recomeçar o vôo, e cair muitas outras vezes, sem dúvida. É assim que se dá o aprendizado na vida. Você que é um anjo, sempre especial...

Bjs poéticos

Gustavo Adonias · Salvador, BA 9/10/2008 13:07
sua opinião: subir
Juscelino Mendes
 

Angels!
Bonito poema.
Abraços.

Juscelino Mendes · Campinas, SP 10/10/2008 21:29
sua opinião: subir
Gustavo Adonias
 

Juscelino,

Obrigado pela sua presença também, mais uma vez ! Que bom que tenha gostado.

Abraços poéticos

Gustavo Adonias · Salvador, BA 10/10/2008 21:59
sua opinião: subir
Marco Bastos
 

Parabéns, Gustavo, pelo poema e pelas boas interações que você consegue aqui estabelecer. Você como poeta está pronto para os vôos que quiser empreender. Obrigado por ter compreendido meu comentário.
Grande abraço.

Marco Bastos · Salvador, BA 11/10/2008 10:58
sua opinião: subir
Gustavo Adonias
 

Meu pai,

Obrigado a você também pelo comentário. Seus comentários sempre me fazem refletir. Sua presença sempre é muito boa. E não é papo de filho não, rs.

Grande abraço

Gustavo Adonias · Salvador, BA 11/10/2008 23:28
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 2 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter