A SURPRESA DO PAI

1
wancisco franco · São Paulo, SP
6/3/2009 · 268 · 48
 

A SURPRESA DO PAI

Eu freqüentava o terceiro ano do Grupo, mamãe morrera no outono, começo do catecismo, e era um dia de frio.
Ainda bem que ia ser mais tarde, perto das dez. Não ia nem ter aula; mas a gente estava obrigados a se encontrar às nove em frente à igrejinha.
Pelas sete fiquei alegre, ao virar para o canto com a chance de dormir um pouco mais. Acabara de ouvir Dedê, minha irmãzinha do coração, saindo para o Ginásio das freiras, e pensei de imediato na mais velha, Déda, que nunca teve cabeça para os livros, e por certo me faria levantar assim que acordasse – sempre foi metida a besta, e com a morte de mamãe passou a ter cartão verde do pai.
Era o primeiro ano que eu ia para a escola, sozinho, sem a minha mana Dedê; e confesso que estava sendo difícil me acostumar com o fato de ela ter me abandonado para estudar no Ginásio.
Desde que mamãe me matriculou no Grupo, Dedê, que já ia pela metade do curso, sempre me fez companhia.
Nunca esqueço que no primeiro dia eu estava com tanta vergonha que ela teve de me acompanhar até no banheiro, onde tinha meninos de todas as turmas, e aí a envergonhada foi ela.
Mas nada a impediria de me dar a proteção e o carinho que eu gozava em casa, como o menino-homem da mamãe – até os puxões de orelha eram os mesmos.
Agora, não bastasse a ausência permanente de mamãe, o maldito Ginásio das freiras me rouba Dedê por mais da metade do dia a semana toda.
Em compensação, Déda, se me pega ainda na cama...
Felizmente, pelo silêncio reinante, parecia que ela nem tão cedo viria me encher a paciência. Devia estar naqueles dias de nervoso, sonolência e resmungos – coitada! Diz o pai que esse nervoso é coisa de moça; depois que casa passa.
______
O tempo ia passando, e eu pensando em me espreguiçar para acordar dos pensamentos.
Na beirada da cama uma cueca, um pé de meia e o pijama do pai enroscavam-se nas cobertas.
Enquanto eu rolava no canto, com meus sonhos, pensamentos, lembranças, ele já estava na luta como sempre – desde cinco da manhã.
Em seu relójão sobre a cômoda, mais de oito e meia.
______
Com muito esforço eu abrira os olhos; mas o sono era maior do que um possível castigo – desisti.
Depois de um inverno inteiro de catecismo e palmatória, sem mamãe, Dedê no Ginásio, o pai na labuta e Déda sonada, eis que o Vandin cometeria o pecado de perder a Primeira Comunhão com a turminha da escola.
______
À noite nem o escândalo de Déda faria o pai me bater; ele parecia feliz, e trazia novidades – íamos ter uma madrasta.
__________________
Wancisco Franco

Sobre a obra

Outro breve conto de Vandin

compartilhe



informações

Autoria
Wancisco Franco
poeta e proseletrista
Downloads
264 downloads

comentários feed

+ comentar
ayruman
 

Oi Wancisco. Aqui apreciando conto gostoso de se ler...
Abraços. jbconrado

ayruman · Cuiabá, MT 4/3/2009 10:43
sua opinião: subir
Priscila Silva
 

Nossa, Wancisco. Adorei o teu conto, muito bom mesmo. Ele nos prende a atenção e nos remete à época vivenciada. Parabéns.

Priscila Silva · Cabo Frio, RJ 4/3/2009 11:35
sua opinião: subir
solares
 

Conto muito envolvente.E a nova madrasta foi o pior castigo?
Parabéns poeta.

solares · São Paulo, SP 4/3/2009 12:49
sua opinião: subir
alcanu
 

Uma viagem à infância sofrida ( ? ) de Vandin...
Um beijo !

alcanu · São Paulo, SP 4/3/2009 13:01
sua opinião: subir
Cláudia Campello
 

Ai Vandin voce !

Textos que falam de amor a familia...de cumplicidade...
tolerancia e problemas cotidianos...tudo com base em respeito e em arte de amar. É isso que falta na educão de nossos filhos, em seus livros didaticos... e tambem em nossas vidas.

Por isso to amando Vndin em VC !

(mais um pra Amanda levar pra turma do colegio, rs)
bjssssssssssssssssssssssssssssssssss;)

Cláudia Campello · Várzea Grande, MT 4/3/2009 14:25
sua opinião: subir
raphaelreys
 

E viva finalmente a madrasta!

raphaelreys · Montes Claros, MG 5/3/2009 04:07
sua opinião: subir
Raiblue
 

As relações familiares e seus conflitos, superações e surpresas...
Como o Vandin receberá sua madrasta??...do jeito que ele apronta hein...aiaiai...vamos ver...merece continuação....
Adoro suas narrativas,Wan, são simples, divertidas e profundas,caracterizando bem o ambiente e os personagens...

Mais uma vez,parabéns,querido!
Um beijinho azul carinhoso

Blue

Raiblue · Salvador, BA 5/3/2009 23:02
sua opinião: subir
Anderson Frasão
 

Franco,

não tenho pretenção eu de discorrer sobre a tua escrita, mas sobretudo de compreender essa realidade de Vandin que tanto me cativou. Tua escrita é gostosa e simples como chupar manga e se lambuzar inteiro.

Abraços

Anderson Frasão · Canhotinho, PE 6/3/2009 01:00
sua opinião: subir
Onivaldo Paiva
 

Que venham outros, breves ou não, contos do Vandin!
Que facilidade, que capacidade para descrever os sentimentos, o ambiente e tudo mais!
Facilidade? Como se fosse fácil, hem, Vandin? Isto é talento!

Onivaldo Paiva · Uberlândia, MG 6/3/2009 02:28
sua opinião: subir
Ailuj
 

Nem sei se é ''viva a madrasta''como diz Rhafa,acho que as ''chineladas vão dobrar,,rs
Beijos e com prazer abro a votação desejando sucesso

Ailuj · Niterói, RJ 6/3/2009 08:10
sua opinião: subir
LAURO WINCK
 

Parabéns, gostoso de ler, uma viagem de volta a infância, me arremeteu a lembranças do colégio das freiras onde também estudei.
abçs

LAURO WINCK · Rio Pardo, RS 6/3/2009 09:10
sua opinião: subir
raphaelreys
 

Meu voto e meu abraço caro overmano!

raphaelreys · Montes Claros, MG 6/3/2009 09:10
sua opinião: subir
Raiblue
 

Vo(l)tando!!!

Beijos e sorrisos azuis...
Bluee

Raiblue · Salvador, BA 6/3/2009 09:14
sua opinião: subir
Mari Tiscate
 

Gosto de acompanhar Vandim... Êta menino interessante. Acho uma arte entrar assim na alma infantil e de uma criança sofrida. Me emociona Wancisco. Me sinto nele.
Abraços... dei um tempo só nas postagens mas não na leitura dos amigos.
Abraços

Mari Tiscate · Rio de Janeiro, RJ 6/3/2009 09:23
sua opinião: subir
Zezito de Oliveira
 

Bom de ler!
Parabéns!!
Uma curiosidade: Quanto tem da sua experiência de vida pessoal?
Abrs,

Zezito de Oliveira · Aracaju, SE 6/3/2009 09:29
sua opinião: subir
joe_brazuca
 

abraço !

joe_brazuca · São Paulo, SP 6/3/2009 09:35
sua opinião: subir
Mirtes Carvalho
 

Amigo Wancisco Franco, adoro as peripécias do Vadim.
Você é Ótimo e sua narrativa prende até o anjo de guarda.
Parabéns e bjs de Mirtes Carvalho

Mirtes Carvalho · Rio de Janeiro, RJ 6/3/2009 10:07
sua opinião: subir
azuirfilho
 

wancisco franco · São Paulo (SP)
A SURPRESA DO PAI

Bela descricáo da Luta da vida de um menino.
Vocé já estava muito consciente e preparado para leva-la em frente , mesmo aprontando algumas gazetas.
parabéns pela memória. Aproveita e resgata todas que puder.
principalmente da Mamáe e dos Ancestrais.
Parabéns pelo Dom que Deus lhe deu.
Abracáo Amigo

azuirfilho · Campinas, SP 6/3/2009 10:18
sua opinião: subir
O NOVO POETA.(W.Marques).
 

um ótimo texto, adorei ler seu novo trabalho.votado com gosto amigo.

O NOVO POETA.(W.Marques). · Franca, SP 6/3/2009 10:25
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Ivan Cezar
 

O personagem, que desde os contos da infância mete medo, a "madrasta" ...
Votado !!

Ivan Cezar · São Sepé, RS 6/3/2009 10:39
sua opinião: subir
TÂNIA MARA CAMARGO
 

Excelente, votado! bjs

TÂNIA MARA CAMARGO · Jundiaí, SP 6/3/2009 11:02
sua opinião: subir
S.U.P.R.A. Vida Secular!
 

Votos dados com louvor.

Parabéns, Wancisco!!!

S.U.P.R.A. Vida Secular! · Niterói, RJ 6/3/2009 11:54
sua opinião: subir
Carlos Mota
 

esse Vandim tá de bom pra melhor...
abraço,

Carlos Mota · Goiânia, GO 6/3/2009 13:33
sua opinião: subir
samuca santos
 

já vem você me lembrando coisas que eu não quero esquecer...
grande texto, companheiro wan,
votadíssimo!...

samuca santos · Olinda, PE 6/3/2009 14:07
sua opinião: subir
Anderson Frasão
 

Estamos todos apixonados por Vandin!

Anderson Frasão · Canhotinho, PE 6/3/2009 14:34
sua opinião: subir
Anderson Frasão
 

Estamos todos apaixonados por Vandin!

Anderson Frasão · Canhotinho, PE 6/3/2009 14:34
sua opinião: subir
regina espanhola
 

Legais essas lembranças, apesar de algumas bem tristes. Conto que prende a atenção da gente. gostei !
bjokas

regina espanhola · São Paulo, SP 6/3/2009 15:03
sua opinião: subir
  Gorete
 

Nao estou conseguindo ver muitas alegrias envolvendo o pobre Vandim; creio que vou unir-me a Dede para protege-lo.
Alias, tenho uma filha do coracao que se chama Dede; como melhor amiga de minha filha cacula, foi criada dentro de minha casa.
Recentimente a mae dela faleceu, e seu pai tomou a mesma decisao do pai do Vandim; vai casar-se e deixou-a sozinha!
Tomei-a para mim, e em cumprimento a uma promessa que fiz a sua mae antes de morrer, morara comigo e cuidarei dela como filha!!!
Espero sinceramente que Vandim tenha um destino igual a minha Dede!
Bjosss...votado!

Gorete · Ipatinga, MG 6/3/2009 15:03
sua opinião: subir
Falcão S.R
 

Wan,

Dizem que viúva é quem morre, dai o papai ter ido a luta.

Abraços

Falcão S.R · Rio de Janeiro, RJ 6/3/2009 15:35
sua opinião: subir
Cláudia Campello
 

Qual sera o destino de Vandin ? ! ? Sera ele uma vitima ou um heroi que espanta os males com suas pericpecias ?
Que ele continue a aprontando mtooooooo por aqui !
ahhhhh espero o dia em que ele se apaixone e escreva qualquer linha de amor, rs



bjssssssssssss;)

Cláudia Campello · Várzea Grande, MT 6/3/2009 15:35
sua opinião: subir
Chico Piancó
 

Ótimo trabalho amigo! Votado com entusiasmo!

Chico Piancó · Fortaleza, CE 6/3/2009 16:37
sua opinião: subir
ayruman
 

Aqui apreciando conto gostoso de se ler...
Abraços. jbconrado
>>> Confirmando!!!

ayruman · Cuiabá, MT 6/3/2009 16:54
sua opinião: subir
Fatima Merigue de Mendonça
 

Muito bom, bjus e votos

Fatima Merigue de Mendonça · Itu, SP 6/3/2009 17:54
sua opinião: subir
André Calazans
 

Bom demais mesmo, o menino é forte e vai tudo superar ! Estamos torcendo por ele ! Votado.

André Calazans · Rio de Janeiro, RJ 6/3/2009 20:34
sua opinião: subir
Ivette G.M.
 

Estou aqui imaginando o que o Vandim vai aprontar para a madrasta. No aguardo.
Votado. Ivette G M

Ivette G.M. · Cotia, SP 6/3/2009 22:09
sua opinião: subir
José Cycero
 

Amigo gostei imensamente... Por isso voto, voto e voto sempre. valeu

José Cycero · Aurora, CE 6/3/2009 22:18
sua opinião: subir
victorvapf
 

Beleza de conto.Faz bem. descarrega a cabeça. ela fica leve...Parabens

victorvapf · Belo Horizonte, MG 7/3/2009 07:29
sua opinião: subir
Luiz Cabelo
 

Mais uma bela estória do Vandim!

Luiz Cabelo · Porto Alegre, RS 7/3/2009 11:05
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Anderson,
bem bolado,
Madrasta?
Vamos ter continuação...
bjs

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 7/3/2009 13:00
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Desculpe...
Wancisco!
me enganei com o nome
Bjs

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 7/3/2009 13:02
sua opinião: subir
Andre Pessego
 

Wan, bem contado, bem narrado, bem lembrado.
Nestes tempos de masdratas, não raro mais de uma.
abraço
andre

Andre Pessego · São Paulo, SP 7/3/2009 18:35
sua opinião: subir
wel alves
 

Muito gostoso!!

wel alves · Linhares, ES 8/3/2009 13:11
sua opinião: subir
wagnerodrigo
 

Votado!

wagnerodrigo · Jacareí, SP 8/3/2009 13:39
sua opinião: subir
arnaldo cavalle
 

palmatoria lembranças nada agradavel, muito bom texto.

arnaldo cavalle · Jaboatão dos Guararapes, PE 8/3/2009 19:47
sua opinião: subir
Isabel Furini
 

Seu conto é muito interessante e muito votado.

Isabel Furini · Curitiba, PR 8/3/2009 23:57
sua opinião: subir
Shel Almeida
 

Hum.... tem gosto dos contos de minha mãe, dos "causos" de antigamante. Virei fã!

Shel Almeida · Bragança Paulista, SP 9/3/2009 16:03
sua opinião: subir
N.Lym
 

Ain meu pai, Wancisco!! Até quando as madrastas e sogras serão amaldiçoadas, né? Hihihi!! Eu pensaria cm escreveu no texto. Minha sogra não é lá essas coisas, sabe? Ainda bem que escapei de ter madrasta! Amo minha mãe!! XDD E seu texto está uma maravilha!! Viajei em suas palavras!

N.Lym · Fortaleza, CE 11/3/2009 14:13
sua opinião: subir
Vinícius Motta
 

Me identifiquei com a parte em que Vandin lembra dos seus primeiros tempos de escola, pois minha irmã também me ajudou muito nos meus tempos de estudante até o colegial - pra ficar nessa nomenclatura tão boa que foi aposentada.
Muito boa mais esta história do Vandin, relatando mais um capitulo do seu tempo de infãncia.
Parabéns.
Votado.

Vinícius Motta · Rio de Janeiro, RJ 18/3/2009 12:47
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 3 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados