A Velha e o Menino Cego [Parte I - Colóquio Original]

1
GABRIEL BARROS · Rio de Janeiro, RJ
14/9/2009 · 27 · 29
 

A Velha e o Menino Cego
Parte I - Colóquio Original


Ouço o que implorei para ouvir
Dócil ouvi. Não implorei querer
Mas Quis. Queria saber encontrar...
Mas não encontrei. Sei.

Sei do incômodo e ela tem razão
Quando vem dizer, que eu preciso sim
De todo o cuidado

Mas...
Quem sou eu, para ter cuidado ?
Quero arriscar/Sujeitar-me, quero mergulhar/entranhar-me...
Quero cair em todo céu e voar em todo mar...
Me asfixiar de paixão... Me afogar de silêncio...

Ahh, tanto faz
E o que não foi não é
Eu sei que ainda vou voltar
Mas eu quem será?

Será que [eu] tanto faz...(?)
Será que [eu] consigo ouvir um não ?
Será que [eu] posso desistir?

Deixo tudo assim, não me acanho em ver
vaidade em mim
Eu digo o que condiz.
Eu gosto é do estrago.

Não... realmente não tenho medo...
Sim... Tenho certeza da dúvida
Não... Não vou desistir...
Não... Não quero!
Sim... enxergo

Sim.. Aceito!

Aceito a condição

Vou levando assim
Que o acaso é amigo do meu coração
Quando falo comigo, quando eu sei ouvir.

Aceito a condição

Aceito... Ouço
Mas ainda não encontrei... Ainda...

[continua...]

Sobre a obra

O Real se confunde com a poesia, que se confunde com a músíca...

Decupagem da letra de Rodrigo Amarante "O Velho e o Moço"
Decupagem de uma franca e real conversa


compartilhe



informações

Autoria
Gabriel Barros
Downloads
277 downloads

comentários feed

+ comentar
Sander Machado
 

Olá Gabriel,
agradeço o convite por se tratar de um belo poema. Surpreendo-me com esse SER sem poder ESTAR e esse ESTAR sem poder SER. Não basta ter olhos para se enxergar e enxergar não é um milagre dos olhos.

Com carinho,
Sander

Sander Machado · Porto Alegre, RS 14/9/2009 12:02
sua opinião: subir
O NOVO POETA.(W.Marques).
 

é bom ler trabalhos assim amigo da escrita, parabéns.

O NOVO POETA.(W.Marques). · Franca, SP 14/9/2009 12:46
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
GABRIEL BARROS
 

Obrigado amigos ... esse espaço do overmundo é ótimo.. e motiva a escrever .. e traçar poesias sob vários ângulos e inspirações....

GABRIEL BARROS · Rio de Janeiro, RJ 14/9/2009 13:16
sua opinião: subir
LAURO WINCK
 

Interessante como coloca a questão.
Votado
abçs

LAURO WINCK · Rio Pardo, RS 14/9/2009 13:57
sua opinião: subir
kfarias
 

Ser ou estar?
Estar ou quem sou eu?
Aceito o que falas, a condição de ficar calado,
em detrimento do paragrafo 5º da Constituição.
Belo poema, maravilhosa musicalidade.
Obrigado pelo convite,
kfarias.

kfarias · Águas de Lindóia, SP 14/9/2009 15:02
sua opinião: subir
azuirfilho
 

GABRIEL BARROS · Rio de Janeiro (RJ) ·
A Velha e o Menino Cego [Parte I - Colóquio Original]

Uma bela Poesia onde tudo tem a ver com a vida que esta passando e marcando uma trajetória, deixando ensinamento e uma consci~encia para refletir.

...Mas...
Quem sou eu, para ter cuidado ?
Quero arriscar/Sujeitar-me, quero mergulhar/entranhar-me...
Quero cair em todo céu e voar em todo mar...
Me asfixiar de paixão... Me afogar de silêncio...


Parabéns.
Abração Amigo.

azuirfilho · Campinas, SP 14/9/2009 15:49
sua opinião: subir
Greyce Kelly Cruz
 

gostei da sua abordagem
parabens!!!

Greyce Kelly Cruz · São Luís, MA 14/9/2009 16:53
sua opinião: subir
GABRIEL BARROS
 

A idéia de ser estar e e dos ensinamentos deixados ... me cativam mesmo! Obrigado amigos...

Fico feliz ... aguardem pois estou vivendo a parte 2 ..para poder escrever ..

GABRIEL BARROS · Rio de Janeiro, RJ 14/9/2009 16:56
sua opinião: subir
Roberto A
 

Bacana a poesia amigo.
abs

Roberto A · Cuiabá, MT 14/9/2009 17:33
sua opinião: subir
Cláudia Campello
 

Esse poema barulhou tudo em mim! adorei. demais!!!!

bjssssssss;

Cláudia Campello · Várzea Grande, MT 14/9/2009 22:36
sua opinião: subir
Raiblue
 

Hey, Gabriel!!

Que viagem incrível!!!
Se afogar de silêncio( eu adoro isso!!) para ouvir o desejo...querer sem querer...saber que não encontrou...mas que na dúvida a vida balança...então aceita-se o risco...a cada dia um novo 'eu' e aquela 'antiganovabusca' do estar querendo ser...do ser querendo estar...
as mãos tocando por instantes a música que busca o (a)mar...no acaso que cruza os destinos...

MARAVILHOSA DECUPAGEM DA LINDA CANÇÃO DOS LOS HERMANOS
QUE TANTO ADORO!!!

Você tem um estilo que eu gosto muito...intenso...denso ...e apaixonado!

Parabéns, meu lindo!!!

Bisous bleu
Com carinho,Blue

Raiblue · Salvador, BA 14/9/2009 22:52
sua opinião: subir
Raiblue
 

...é na mais profunda escuridão que acontece o salto pra luz...
... no escuro os sentidos se libertam da razão...e despertam caminhos ocultos que só o coração pode entender...

....mais beijokas azuis...
Blue

Raiblue · Salvador, BA 14/9/2009 22:56
sua opinião: subir
Greta Marcon
 

Uma coisa me intriga... por que todo cego é alegre e feliz? - Talvez
porque na escuridão do seu mundo ele sinta e veja coisas que nem
podemos imaginar... Um texto diferente, mas nem porisso menos belo.
Gostei e votei
Beijos

Greta Marcon · Ponte Nova, MG 14/9/2009 23:17
sua opinião: subir
Jairo de Salinas
 

Grande, Gabriel. Gostei demais.
Lembrei de um poema chamada Cântico Negro (José Régio) - recomendo.
"Sim... Tenho certeza da dúvida". Adorei esta passagem, poética filosófica, estética.

Jairo de Salinas · Salinas da Margarida, BA 15/9/2009 09:49
sua opinião: subir
GABRIEL BARROS
 

já falei pra ti queadorei esse verbo "barulhar"..beijão !

Obrigado azulzinha..fico feliz pelo seu comentário....

greta nem todo cego é alegre, só os cegos de verdade...

sim... adoro essa passagem tb jairo..valeu !

GABRIEL BARROS · Rio de Janeiro, RJ 15/9/2009 10:13
sua opinião: subir
wagner lima santos
 

Comentar o que realmente se pretendia neste diálogo, é quase impossivel... além de sua didática, muita profundidade e zelo nos tratos com as palavras; ora me reportando às palavras do apóstolo Paulo quando diz que "...muitas pessoas gostavam que fizessem cócegas em seus ouvidos." Faz parte deste poema, quando repentinamente o poeta se coloca numa situação de resignação forçada, em não aceitar a vida como ela é. Numa mudança brusca e poética, se encontra num desdobramento espiritual e, com assiduidade insinua uma possivel reencarnação dizendo: "Eu sei que ainda vou voltar" ... quando pareçe se resignar diante de uma situação embaraçosa, o poeta volta a dizer com propriedade: "Aceito a condição" e numa repetição que dá ênfase a uma resignação duvidosa, volta com profundidade de quem conheçe e, duvida quando dizes: "Aceito... Ouço
Mas ainda não encontrei... Ainda...". A princípio parece um paradoxo, no entanto a mensagem passada, faz-me insinuar que houve um desequilíbrio de forças, onde a verdade prevalece diante da lógica perfeita das leis naturais. Poderá ser uma crença embasada na reencarnação, ou um amor louco desvairado que se perdeu a razão quando não encontrou paragem segura em sua arribação forçada?
É muito gratificante ler poemas de tal calibre e granditude; porém a recíproca terá que ser verdadeira. Abraços

wagner lima santos · Brumado, BA 15/9/2009 14:13
sua opinião: subir
marilia carboni
 

Muito bacana mesmo...vou lá p II parte...beijos !!!!

marilia carboni · Londrina, PR 16/9/2009 12:09
sua opinião: subir
menina_flor
 

Olá Gabriel prazer em conhecer você!
Intensos e fortes os seus versos.
"Enxergar', 'ver' vai muito além dos olhos. Está na alma, no coração. É uma decisão...
Belo poema.
Parabéns.

Bjos
Patty

menina_flor · Rio de Janeiro, RJ 16/9/2009 13:49
sua opinião: subir
alcanu
 

Nem sempre a gente 'enxerga' apenas com os Olhos...
Um beijo !

alcanu · São Paulo, SP 16/9/2009 14:38
sua opinião: subir
Cezar Ubaldo
 

Talvez voce esteja na mesma condição em que me encontro,quando olho o nada e vejo o tudo.O ser,o ter,o estar,presenças na vida e na morte,no tempo e na sorte,na madrugada e na lã,assim como no afã de todas as coisas ser.Parabéns.

Cezar Ubaldo · Feira de Santana, BA 16/9/2009 15:55
sua opinião: subir
Mirtes Carvalho
 

Caro Gabriel Barros, obrigada pelo convite. Adorei sua poesia.Na hora se sente o questionamento dos jovens. Apesar de: "só ama quem é jovem de coração" acho eu.
Faço minhas as palavras de Raiblue e Wagner Lima Santos. Ele analisou com maestria e no final disse o que sempre penso: terá que haver reciprocidade. No mais, Parabéns e espero a segunda parte,
Bjs, Mirtes Carvalho

Mirtes Carvalho · Rio de Janeiro, RJ 16/9/2009 16:37
sua opinião: subir
Patipetista
 

Que rebuliço de emoções...Bom demais !

Patipetista · Taboão da Serra, SP 16/9/2009 23:01
sua opinião: subir
Saramar
 

Emocionante!
Os versos vão nos levando na mesma ânsia do "menino cego" por viver e ser. E, ao final, ficamos cheios desta sede e até com um pouco da coragem dele.
Gostei muito e agora vou ler a segunda parte.

beijos

Saramar · Goiânia, GO 16/9/2009 23:27
sua opinião: subir
Cintia Thome
 

Perfeito. A ansia de vicer
Li só agora, mas sensibilidade mesmo!
abs

Cintia Thome · São Paulo, SP 17/9/2009 10:13
sua opinião: subir
Aldy Carvalho
 

Aldy Carvalho · São Paulo, SP 17/9/2009 11:00
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Ilia Noronha
 

Ola poeta!
sempre ficamos perdidos em nossos mundos.
Beijonhs

Ilia Noronha · Manaus, AM 17/9/2009 23:25
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
GABRIEL BARROS
 

Wagner: é difícil alguiem invadir a mente de um poeta da forma que vc consegue ..com solidariedade e inteligencia.. obrigado!

marília: todos nos esperamos a segunda parte. rs

menina flor: é verdade os olhos nos atrapalham as vezes

alcanu: nem sempre !

Ubaldo: não sei se lhe parabenizo por isso ... pois essa condição não é muito confortável..porem muito inspiradora !
mirtes: sim... é recípocro
patipetista: ás veszes a ordernação também pode ser caótica !

saramar: aguardao a sua leitura da segunda parte ..realmente sse menino é corajoso (?!?!)

cintiaobrigado!

aldy: ?

ilia: perdidos sempree estaremos ... ruim é quando nos encontramos!

GABRIEL BARROS · Rio de Janeiro, RJ 18/9/2009 10:19
sua opinião: subir
RUI LÔBO
 

Gabriel: Aceito... Li... Interessante... Gostei! Axé!

RUI LÔBO · Brumado, BA 18/9/2009 10:45
sua opinião: subir
Sandrah Sagrado
 

Mutio interessante, original no jeito de se expressar, um diálogo poético.

Sandrah Sagrado · São Paulo, SP 11/10/2009 13:12
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 3 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados