ACREDITE SE QUISER

1
Veet · São Paulo, SP
2/2/2009 · 126 · 12
 

Não queria ser um fiel protótipo da mulher moderna - inteligente, gostosa, independente e que dá no primeiro encontro.

Colocou um anúncio num site: - Quero alguém pra partilhar! Quero ser par!

A sensualidade à flor da pele e já detectada no primeiro olhar, a colocava em situações onde o sexo poderia estar sempre ao alcance da mão.

Mas não era o que buscava. Os vibradores de última geração promoviam orgasmos mais intensos que certas relações.

Queria um homem que saciasse mais que sua libido. Buscava alimento para a alma...

Naquele dia de vento, quarenta mensagens pululavam na sua caixa de entrada. Que feromônios estava exalando? Pensou.

Gordos, magros, altos, bonitos, inteligentes, medíocres,baixos, poetas, engenheiros, advogados, atletas...
Todos ofereciam amor e orgasmos múltiplos garantidos!

Foi aquela mensagem entretanto que lhe chamou a atenção: “amante” era o nick do rapaz que se dizia “disposto a conhecer alguém realmente interessante...”
Eu! Pensou...

O perfil não tinha foto, mas tinha cheiro de desejo...
Absorta examinava o profile do pretendente, quando seu coração foi à boca: ele a chamou pro chat!

Fluência, inteligência, sensualidade e o inusitado! Ela perdeu o horário do trabalho, tão envolvida ficou pela espada daquele sábio samurai.

Uma semana de conversas envolventes e a cada palavra, mais ela tinha certeza: é ele!

Da conversa durante o dia, rapidamente começaram os encontros nos chats da madrugada e depois as conversas no telefone e os sussurros ao pé do ouvido!
Que tesão aquela voz! Que linda aquela cara! Que vontade de sentir aquele abraço!
Foi assim que seu mundo foi inundado pela paixão.

Marcaram o primeiro encontro pro sábado, depois do trabalho. De ambos.

Era tal o fogo que tomou o seu corpo, que nem mais percebia a chuva torrencial que caia e inundava as ruas por onde passava... A buzina do carro de trás lhe deu um susto! Quase bateu, mas sorriu. Tudo é permitido pro ser apaixonado.

Banhos e sais. Ligas e cristais. Sedas e carmins. Jasmim.
Preparou-se como uma rainha para ir ao encontro do seu rei.
Seu coração disparado, a boca gelada, aquele frisson no estômago e a água que já escorria de sua vulva sedenta.

Não esperava aquele beijo roubado, logo assim à primeira vista. Ficou em dúvida por um momento... Afinal, queria um par ! Queria investir, mergulhar fundo naquela mente escondida por fartos cabelos negros. E se fosse apenas uma noite de paixão? Titubeou. Parou. Enrubesceu.

Como que percebendo sua timidez, o rapaz abraçou-a com mais força e sussurrou apaixonado : - Você é tudo o que eu busco!

Ela não conseguiu mais se conter. E correspondeu ao beijo apaixonado com toda sua espontaneidade. Menina. Moça. Apaixonada. Correspondida! Quanta felicidade!

Como saíram daquela praça e foram parar naquela cama, não conseguia lembrar, tamanha era a magia que envolvia o casal de amantes.

Sentiu dois braços fortes a envolverem e a tomarem dizendo: vem! Você é minha.

A masculinidade selvagem daquele amante confundiu completamente sua razão. Deixou-se ser apenas fêmea, puro instinto, uma flor de lótus boiando no Ganges do destino.

Dois braços viris a tomaram com firmeza e experiência. Com desejo e vontade. E ela entregou seus lábios sem protesto.
Com um movimento, ele levou sua cabeça até sua espada que latejava. Ela gemeu. E sugou. E lambeu. E mordiscou.

Gentilmente, contornou com sua língua sua glande inchada que pedia o carinho. E sugou mais e mais profundamente. Tal qual gueixa, satisfez seu samurai que não se contentava e pedia mais. E mais.

As mãos dela experientes massageavam seu homem, enquanto sua boca deslizava num vai e vem, por seu corpo gelado de tesão. O suor escorria. Cremes. Aromas. Dentes. Ele deixava escapar suspiros de prazer e êxtase, admirado com a parceira que o satisfazia, como se já o conhecesse a vida inteira.

Uma bruxa, talvez! Mas não quis raciocinar tão intensa a energia que se desprendia daquela escorpiana vibrante e apaixonada.

Ela galgou o seu pau e encaixou nele sua vagina lubrificada já desde a primeira conversa.
Segurou suas mãos e dois olhos verdes o fitaram com desejo: quero ser sua agora.

Os movimentos rítmicos da sua deusa tântrica, o levaram ao Nirvana. Aum..
Ela repousou seus seios entumecidos no seu rosto e ele os sugou com vontade, mordiscando seus mamilos e provocando gritinhos de prazer.

Beijos de língua marcavam cada galope. Beijos na testa, nos olhos, lambidas no seu rosto inteiro. Ele assumiu o controle e se colocou por cima dela, segurando possessivamente seus tornozelos, abrindo com força suas pernas e chupando os dedos de seus pés pequenos. Cada lambida, um olhar poderoso pra sua fêmea: você é minha!

Ela entendia o recado e se submetia femininamente a todos os seus menores caprichos. Tal qual aprendiz, mostrou-se dócil aos carinhos do mestre.

Ficou tonta com seus movimentos certeiros que cresciam e diminuíam dentro de sua vagina, que se contraia e pulsava no ritmo frenético do romance.

Líquidos. Muitos.
Todos os poros abertos.
Todos os buracos abertos. Inundados. Invadidos. Preenchidos.
Magia.
Calor.
Celebração.

Movimento de coxas e pelos, cabelos na cara, braços nas pernas, pernas na boca, boca no ventre, ventre arrepiado... Coração enlouquecido, mais gemido, mais tremores, que calor! Respiração louca, solta, a boca! Tua boca, que louca!O beijo! E mais! Ais! Os pés! Tua mão. Tesão... Ejaculação.

Brilho e aromas deslizando por rostos saciados.

Desde aquele dia, é certo, não pudemos mais encontrar dois perfis apaixonados e interessantes no tal site de relacionamento.

Parece que os dois formaram mesmo um par. O tal do par-perfeito que o site prometia.

Milagres da comunicação moderna.

Acredite se quiser!

compartilhe



informações

Downloads
367 downloads

comentários feed

+ comentar
Rangel Castilho
 

Salve, Veet!

O amor é um brinquedo de encaixe,
de vez em quando as peças se encaixam...

Abraço Pantaneiro.

Rangel Castilho · Anastácio, MS 30/1/2009 01:49
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Falcão S.R
 

Veet,

Eu acredito, afinal nossa especie ainda não foi totalmente contamidada.

Abraço

Falcão S.R · Rio de Janeiro, RJ 30/1/2009 02:00
sua opinião: subir
alcanu
 

Uau, por essa eu não esperava, que show de sensualidade, sem tirar nem por, quer dizer, ah, deixa pra lá !
Um beijo!

alcanu · São Paulo, SP 30/1/2009 02:13
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Falcão S.R
 

Abraços

Falcão S.R · Rio de Janeiro, RJ 1/2/2009 01:53
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Rangel Castilho
 

Rangel Castilho · Anastácio, MS 1/2/2009 12:51
sua opinião: subir
alcanu
 

hum, hum !

alcanu · São Paulo, SP 1/2/2009 23:05
sua opinião: subir
Cláudia Campello
 

... eu acreditoooooooooooo, hehehehehe

(se eu te contasse minha historia vc arrepiaria até os cabelos da... axila, rs) mas posso adiantar q do virtual passamos ao real dia seguinte e o sentimento fora alimentado por 9 meses... valeu! pari belos poemas, eu acho, rs
ahhhhhhh bendita net né? como eu sempre digo: encurta distancia e aproxima pessoas.

belo conto erotico.

bjssssss

Cláudia Campello · Várzea Grande, MT 2/2/2009 01:06
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Ivette G.M.
 

Veet, fazia tempo que você não aparecia. Agora aparece e nos brinda com este pelo conto erótico.
Parabéns e votado. Ivette G M

Ivette G.M. · Cotia, SP 2/2/2009 09:03
sua opinião: subir
autografado
 

Veet tudo bem com você?

Primeiro agradeço o convite para o texto, e logo agradeço pelo texto que sem duvida nos deixa encharcados, um desejo próprio dos contos de fada modernos, urbano como cada gota de suor e real como cada sonho pode se tornar. Lindas e excitantes suas letras.

X

Aut!

autografado · Presidente Prudente, SP 2/2/2009 09:33
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
wancisco franco
 

Eis um erótico gostosamente literário. Merece votos de Safo. Obrigado pelo carinho com meu soneto de estréia no overmundo.
bjus...

wancisco franco · São Paulo, SP 2/2/2009 18:00
sua opinião: subir
Renato Amado
 

Muito bom. Conquistou... meu voto.

Renato Amado · Rio de Janeiro, RJ 2/2/2009 18:16
sua opinião: subir
alcanu
 

alcanu · São Paulo, SP 2/2/2009 19:39
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 6 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados