Alzheimer

1
clara arruda · Rio de Janeiro, RJ
20/10/2009 · 47 · 45
 

Amostra do texto

Alzheimer



Não sei se ocorrerá comigo
Penso na possibilidade de perder os sentidos.
Passeio por minha memória ainda intacta
Quero deixar registrado antes que ela se apague.


Se eu de repente me esquecer o teu nome
Não briga comigo me fazendo lembrar.
Tenha paciência, me de apenas carinho.
Eu não tenho culpa da mente se apagar.


Fiz amigos nessa vida tão corrida
Guardei tantas lembranças em arquivos temporários
E hoje esse arquivo contaminado por um vírus
Perde detalhes que já não posso recuperar.


Quando eu perguntar várias vezes:
Quem é você, por favor, não me chame de caduca.
Se me esquecer o lugar de onde nos conhecemos
Será apenas um lapso, eu direi muitas vezes.


Talvez... Eu jamais recupere minha auto-estima
A sombra da noite vai cair como densa cortina
Cegará não apenas minha visão Levará muito mais:
Minha doce ilusão.


Eu não terei controle sobre meus pensamentos
Agora eu sei que será um tormento
Mas, não reterei por mais que meros segundos.
Mergulharei no esquecimento.


Quando tudo isso acontecer eu já terei partido.
Recorda por mim e de mim não se esqueça.
Pois essa amiga que sempre repetia:
Eu amo você, parte desse mundo sem nem mesmo saber.
Quando a medicina esse mal vai vencer.


Viva cada segundo como se fosse o último
Não leve tão a sério os problemas passageiros
Não deixei que a luta se transforme em carcereiro
A pior doença é...

O momento derradeiro.


Não abdique dos breves momentos de felicidade
A vida só é bela, só é digna de se viver.
Quando a compreendemos em sua permanente transformação.




Clara Arruda
Rio de janeiro, 20/10)/2009









Sobre a obra

Não tenho palavras.Apenas aproveito meu momento de lucidez

compartilhe



informações

Autoria
Clara Arruda
Downloads
309 downloads

comentários feed

+ comentar
graça grauna
 

Se eu de repente me esquecer o teu nome
Não briga comigo me fazendo lembrar.
Tenha paciência, me de apenas carinho.
Eu não tenho culpa da mente se apagar.

Dizem que o bom filho a casa ttorna e é assim que eu sinto o retorno da nossa querida Claara, em seu estado de poesia e lucidez. Os seus versos, Clara, são tristes; mas de uma tristeza necessária para não estranharmos o inesperado. Que Ñnanderu te cubra com o mais lindo manto de luz. Sempre pro que der e vier, Grauninha

graça grauna · Recife, PE 20/10/2009 11:10
sua opinião: subir
delen
 

Oh! Mamãe...

Que saudade, mesmo que a memória apague as lembranças saiba que ainda existirá um coração, nele permanecem os sentimentos, quando amamos esse pedacinho da gente guarda tudo que vivemos, prova disso é o amor que tenho por vc mãe, por muitos momentos me pego pensando em vc, as vezes fico te buscando em pensamentos, teu filhote te ama de coração, um dia a gente se encontra nas estradas da vida e meu abraço te darei, minha pessoa querida, minha mãe, eterna rainha do desse pequeno poeta. Muito bom te ler por aqui, volte mais vezes mãe o overmundo te espera de braços abertos e o filhote agradeçe!!! Beijos e mais beijos do filho que vaga no mundo mas que nunca esqueceu de vc.

delen · Cotia, SP 20/10/2009 11:43
sua opinião: subir
Orisvaldo Tanniy
 

Clara,

Viva cada segundo como se fosse o último...

É belíssimo!Votado.Abração!!!

Orisvaldo Tanniy · Teresina, PI 20/10/2009 12:37
sua opinião: subir
Juscelino Mendes
 

Seja bem-vinda, Clara. Sempre clara a Clara. Um bj.

Juscelino Mendes · Campinas, SP 20/10/2009 13:47
sua opinião: subir
EdimoGinot
 

Clara

belo e dificil poema, creio eu...

Viva cada segundo como se fosse o último
Não leve tão a sério os problemas passageiros
Não deixei que a luta se transforme em carcereiro
A pior doença é...

O momento derradeiro.
/Um abraço
eg

Publiquei um titulo igual ao seu, o qual escrevei há alguns anos. aproveito o embalo... grato....

EdimoGinot · Curitiba, PR 20/10/2009 15:25
sua opinião: subir
Mirtes Carvalho
 

Minha querida amiga Clarinha, que bom ter você conosco.
Como está o netinho?
Amiga esta doença é uma dolorosa catástrofe que acontece na vida de uma família. Sempre achamos que estamos esquecendo as coisas. Ninguém liga, acha engraçado, ri e ela vem furtiva tomando conta. Minha mãe faleceu com Alzheimer. Toda a família adoece junto. O único remédio que existe é para: ir acabando com nosso cérebro mais lentamente. Jamais regride.
O pior é que alguns médicos dizem ser genético. Somos muitos irmãos. Hoje, todos ficam esperando os sintomas. Os nossos filhos já ficam apavorados, é assim o processo degenerativo, não só do cérebro, mas de toda a família. Havia casos anteriores na nossa família, mas nós não sabíamos, pois não conhecíamos a doença. Daí é como você falou: vamos curtir cada segundo, viver intensamente enquanto reconhecemos os amigos.
Amiga, vivamos a vida e deixemos as coisas desagradáveis de lado.Adorei seu poema ainda mais hoje que é o DIA DO POETA. Parabéns.
Beijos no seu coração da amiga de sempre, Mirtes Carvalho

Mirtes Carvalho · Rio de Janeiro, RJ 20/10/2009 17:13
sua opinião: subir
azuirfilho
 




Muito Clara (Arruda), a vida tem muita beleza e Poesia,
enquando ocorrem as suas lutas sem fim.
Úm seguir pra eternidade em que vai valer a pena o que a gente caprichar.
Estão olhando a gente e temos de ter beleza em cada letra e sentimento.

...Não abdique dos breves momentos de felicidade
A vida só é bela, só é digna de se viver.
Quando a compreendemos em sua permanente transformação...

Parabéns.
Abração Amigo

azuirfilho · Campinas, SP 20/10/2009 18:20
sua opinião: subir
Andre Pessego
 

São colocações corajosas, reais, não fosse o apagar, das lembranças acho que todos os acometidos diriam exatamente isto
andré

Andre Pessego · São Paulo, SP 20/10/2009 21:07
sua opinião: subir
Thuila Moura
 

Muito lindo! Votei com muito carinho!!!! Meu avô tem alzheimer, e ao ler cada estrofe do seu poema o vi nas entrelinhas, e ao final dele me vi, onde você diz: Viva cada segundo como se fosse o último
Não leve tão a sério os problemas passageiros
Não deixei que a luta se transforme em carcereiro
A pior doença é...

O momento derradeiro.
Preciso trabalhar diariamente isto em mim! É minha luta diária!
Um abraço e que Deus te abençoe.

Thuila Moura · Ceará-Mirim, RN 20/10/2009 21:48
sua opinião: subir
Sônia Brandão
 

Olá, Clarinha querida. Estava com saudade.
Vejo que por enquanto estamos livres do danado do "alemão" , você ainda se lembra de mim e eu de você. rsrsrsrs
Deixando a brincadeira de lado, eu sei como é cruel essa doença. Meu pai tinha, e era muito triste quando ele percebia os seus lapsos de memória.
Temos que confiar em Deus e aproveitar as coisas boas que a vida nos oferece.
Beijos.

Sônia Brandão · Bauru, SP 21/10/2009 00:58
sua opinião: subir
raphaelreys
 

Minha Flor Libriana! Você moro no meu coração! A vida é feita de tragédias e comédias, é a missão da alma encarnada. O que vale é o MOMENTO! Um grande beijo!

raphaelreys · Montes Claros, MG 21/10/2009 08:43
sua opinião: subir
touché
 

Teu triste e verdadeiro poema, pode ser resumido na frase "viva cada momento com intensidade"..Desejo que Deus te proteja..beijos

touché · Guarulhos, SP 21/10/2009 20:28
sua opinião: subir
Ilia Noronha
 

Meu anjo!!!
Minha avó tem essa doença e ela é hereditaria... As vezes fico no canto olhando para ela e imaginando se eu terei tb. É tão triste e sofrido a vida que ela esta. Sempre foi tao batalhadora e agora ela 'dependente. Adorei seu texto. Beijuss

Ilia Noronha · Manaus, AM 22/10/2009 01:05
sua opinião: subir
clara arruda
 

Agradeço a cada overmano que compareceram para a leitura e comentários.
No corre corre do meu dia dia, tem sido dificil manter a lucidez.Eu tenho dedicado algumas horas do meu tempo a ajudar pesoas acometidas com esse mal.
Desejo a todos os meus overmanos muita saude e paz.Que deus esteja sempre cuidando e todos nós.Nunca se esqueçam do grande carinho e afeto que tenho por todos vcs.

clara arruda · Rio de Janeiro, RJ 22/10/2009 03:02
sua opinião: subir
Nil Freitas
 

Amiga Clara Arruda, sua dor é aquela que se encontra na alma dos nobres, por se colocar no lugar daqueles que passam por um determinado tipo de constrangimento específico...

A sensibilidade rara lhe doura o coração registrando em poesia suas epitelis...

Menina, como é bom poder saber de você!... Por enquanto, enquanto a medicina não declara essa tal cura; sejamos melhorado por cada linha sua em "permanente transformação derradeiras"...

Um forte abraço do fundo do peito sã poetisa...

Nil Freitas · Salvador, BA 22/10/2009 04:34
sua opinião: subir
Cintia Thome
 

Clarinha

Esse assunto me deixa triste, muito

Em uma festa encontrei com a irmã de um antigo chefe , ela dizia, não se assuste ele tá bem acabado...eu adorava trabalhar com ele, os anos passaram e eu mudei de cidade, etc..etc... aí houve a festa, queria reencontrá-lo pois ele me apoiava em tudo, queria contar a minha estória, os acontecimentos que tanto ele me alertava...
quando o vi...ele só dizia cintia é nome bonito...e eu cheguei a gritar com ele, e chorava pra ele ter lucidez e me reconhecer...eu nao consigo compreender como alguem pode ficar assim, um homem inteligente, PHD, falava 3 a 4 línguas...nunca mais quis ir a essas festas comemorações ...

Temos que aproveitar a felicidade da lucidez, agradecer mesmo!!!

bjinho Clara

Cintia Thome · São Paulo, SP 22/10/2009 11:22
sua opinião: subir
Benny Franklin
 

CLARA, saudades...
Seu poema é flor no vaso de quem têm alma!
Parabéns!
Bjs.

Benny Franklin · Belém, PA 22/10/2009 19:22
sua opinião: subir
assis pio
 

lindo clara
real
votado, claro

assis pio · Aurora, CE 22/10/2009 19:59
sua opinião: subir
Patipetista
 

Bom retorno !
Muito bom te ler aqui novamente querida !
E que a lucidez, a alegria , tudo tudo de muito bom sempre lhe acometa !
beijokas mil

Patipetista · Taboão da Serra, SP 22/10/2009 20:31
sua opinião: subir
Omar Costa de Umbro
 

volte mais ou melhor sempre e traga seus lindos poemas.

Omar Costa de Umbro · São Paulo, SP 23/10/2009 00:36
sua opinião: subir
Claudia Almeida
 

Arruda,
Brindaremos com chã verde o seu retorno, beijinhos meus!

Claudia Almeida · Niterói, RJ 23/10/2009 04:12
sua opinião: subir
Rose Rocha
 

Querida Clara,
como sempre tu emocionas! Tua poesia me ajuda a entender e a respeitar ainda mais as pessoas... E também dás um sentido, antes mesmo da memória falhar com a gente, tudo que somos ou coisas que fazemos nos ensinam a superar os lapsos de memória... a gente ás vezes esquece o Valor que temos e o que damos às pessoas queridas...
também me relaciono com alguém que sofre com Alzheimer e observando o comportamento dela, vendo o esforço de não parecer esquecida, fazendo brincadeiras "de fingir"(qdo na verdade está envergonhada de não se lembrar) que não se lembra de nomes, das horas que acabou de perguntar e de tantas outras coisas... mas tráz uma memória de sentidos que ao mesmo tempo a faz sorrir quando recebe um abraço, um olhar brincalhão, pra que ela também esqueça que está doente... Mas é dificil, ter um sentido de liberdade e ao mesmo tempo sentir-se prisioneira, sendo dependente de uma companhia (como tantos de nós somos..rs) querer caminhar sem destino e não deixarem por medo que ela se perca (por constantemente esquecer onde mora). a gente ama e quer cuidar, mas o que parece é que anulamos qq querer dela e isso tb. é muito dificil...
Vc me ajudou a refletir ainda melhor, de maneira mais lúcida, sobre as relações...

Um abraço, fique Bem! Deus te proteja e te guie sempre no amor e na alegria. Rose

Rose Rocha · Jundiaí, SP 23/10/2009 11:34
sua opinião: subir
Laila Murad
 

Oi Clarinha:
O futuro é sempre assustador e imaginá-lo assim, numa vida meio esquecida nos deixa pasmos diante dessa incógnita de não saber o que nos aguarda daqui a alguns anos.
Enquanto isso e torcendo por uma permanente lucidez, vamos derramando pétalas de criatiavidade e de conhecimento a cada passo.
Seu poema é lindo e muito bem construído.
Parabens!
Beijos.

Laila Murad · Niterói, RJ 25/10/2009 20:08
sua opinião: subir
wam nick
 

Retorno de uma guerreira das letras e dos versos. Muito belo e contundente, emocionado mas não digno de pena, ao contrário. És Clara. Votei e volto sempre pra te reler.

wam nick · Recife, PE 26/10/2009 14:59
sua opinião: subir
Gustavo Adonias
 

Clara,

Belos versos. Devemos aproveitar realmente os mínimos instantes do presente, pois não sabemos o que o futuro pode nos trazer. Todos nós estamos sujeitos de esquecer de tudo, perder a noção do real . Tantos momentos vividos, de alegria, amor e amizade. Como seria bom poder sempre manter a lucidez e nunca esquecer de ninguém que passou por nossa vida. É tanta loucura nessa vida, que tudo pode se perder. Aproveitemos ao máximo o presente, é a única coisa verdadeiramente que há...

Parabéns !

Bjs.

Gustavo Adonias · Salvador, BA 26/10/2009 19:27
sua opinião: subir
Zezito de Oliveira
 

Que bom!
Novamente te ler e descobrir mais um pouco de você.
Beijos,

Zezito de Oliveira · Aracaju, SE 27/10/2009 09:34
sua opinião: subir
Gabriele
 

Que lindo!

Lembrei dos tempos de criança e principalmente dos problemas do cotidiano, a vida nos trás surpresas e as vezes levamos tão a serio a vida que esquecemos de viver.
Parabens!

Gabriele · Rio de Janeiro, RJ 28/10/2009 18:27
sua opinião: subir
Zingara RJ
 

"Viva cada segundo como se fosse o último
Não leve tão a sério os problemas passageiros
Não deixei que a luta se transforme em carcereiro
A pior doença é...
O momento derradeiro."

Clarinha querida belo poema, me emocionou e claro me deu uma sacodida, eu me deixei levar por problemas e quase me perdi, mas to voltanto, lutando e.... lutando...

Te cuida e,

Beijos no coração...

Zingara RJ · Rio de Janeiro, RJ 29/10/2009 13:30
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

la\ra,
voltei !!!
que belo e verdadeiro poema
a vida nos prega peças e por isso mesmo dvemos viver com intensidade cada momento,porque o amanhã só a Deus pertence.
bjs

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 30/10/2009 12:30
sua opinião: subir
Cláudia Campello
 

triste, mto triste o texto poetico.
mas real como a dor do pranto.

bjsssss;

Cláudia Campello · Várzea Grande, MT 30/10/2009 15:11
sua opinião: subir
kelly chiabotto
 

Vim até aqui agradecer por seus comentários em minha postagem. Confesso que quando li o titulo de eu poema achei que se referise à alguém próximo à você que tem essa doença. Que surpresa ao enter que voce se referia a si mesma.

Viva e vivams todo e cada instante que Deus nos permite estar aqui,entre os nossos.

bjs

kelly chiabotto · Taubaté, SP 1/11/2009 22:29
sua opinião: subir
Sandrah Sagrado
 

Verdade, verdadeira: A vida só é bela, só é digna de se viver.
Quando a compreendemos em sua permanente transformação!

E amiga, sempre repetirei em poemas suas palavras, repassando seus versos a amigos para que todos a guadem em sua memória, antes também que eu perca a minha. bjs

Sandrah Sagrado · São Paulo, SP 7/11/2009 13:55
sua opinião: subir
Greta Marcon
 

Querida poetisa! Fiquei feliz por você ter me encontrado e me prestigiado. Vim conhecer o seu trabalho e fiquei maravilhada!
Graças a Deus que na minha familia nunca teve nenhum caso de Alzheimer; mesmo assim, morro de medo... Deve ser terrivel a pessoa se dar conta de que está perdendo a lucidez. Eu procuro exercitar meu cérebro todo dia, por precaução...
Prazer imenso em te conhecer!
Votado
Beijosss

Greta Marcon · Ponte Nova, MG 13/11/2009 00:48
sua opinião: subir
kfarias
 

Clara eu me sinto honrado em ler seu poema, conhecer um pouco de voce e entender e compreender que a sua força e enorme e que és uma mulher abençoada por Deus, sua missão é linda.
Continue assim, escrevendo, ajudando, trabalhando, pratique coisas que entende não poder realizar, o pior de todas as doenças ou mal é a indiferença a incompreensão dos que nos cerca.
Estou feliz e prometo que farei orações constantes, todos os dias, para que o Poderoso Deus a abençoe, não desista.
Obrigado pela grande permissão que tenho de conhecer-lhe e de participar com os meus humildes comentários sobre a sua obra maravilhosa.
Abraços
kfarias.

kfarias · Águas de Lindóia, SP 13/11/2009 07:47
sua opinião: subir
nina poeta
 

nina poeta · Rio de Janeiro, RJ 13/11/2009 14:03
sua opinião: subir
Gabriele
 

Que lindo!
Temos que aproveitar essa vida passageira e dar valor a cada minuto, pena que esquecemos disso de vez em quando e mergulhamos na dor.

Gabriele · Rio de Janeiro, RJ 18/11/2009 07:24
sua opinião: subir
Pedro Rivero
 

Clara,como disse Exuperry "Só se vê bem com o coração"
e o coração nunca esquece...
Meu coração a vê linda e inesquecivel. Grande beijo.

Pedro Rivero · Bélgica , WW 20/11/2009 13:08
sua opinião: subir
RUI LÔBO
 

Clara: Belíssimo ensaio poético (educativo) sobre esta doença degenerativa, que, muitas vezes é confundida com caduquice, e, que carece de compreensão dos entes mais próximos. Convivo na fazenda com uma mulher de 69 anos que, há 8 se definha em uma cama como um vegetal, portadora que é deste mau que dá delete em milhões de mentes preciosas em todo o mundo. Só no sofrimento é que conseguimos decodificar o segredo maravilhoso que é viver. Saúde, Paz e Coragem amiga; que cada dia da sua vida seja a rainha de todos os outros. Valeu! Axé!

RUI LÔBO · Brumado, BA 20/11/2009 13:08
sua opinião: subir
wadochicchan
 

andei sumidooooooooo
maravilha de texto
retornando as bases
saudacoes

wadochicchan · Parati, RJ 22/11/2009 18:23
sua opinião: subir
isis marimon
 

Lindo poema. Verdadeiro. Gostei muito. Eu sempre decorei poemas, é disso que minh'alma sobrevive. Sempre digo que, se um dia perder a memória e esquecer meus poemas, terei esquecido quem sou e não fará diferença.
Lendo seu poema pensei. será que não fará mesmo diferença? Beijo com carinho.
Ísis

isis marimon · Cuiabá, MT 23/11/2009 02:27
sua opinião: subir
O NOVO POETA.(W.Marques).
 

divinamente lindo, querida amiga o meu pai está com esta doença, seu trabalho ficou nota 10, abraçossssss

O NOVO POETA.(W.Marques). · Franca, SP 23/11/2009 11:13
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
celina vasques
 

belissimo texto querida Poeta e amiga querida!
Fantástico!
Meus aplausos
!
beijos meus!

celina vasques · Manaus, AM 7/12/2009 20:36
sua opinião: subir
Maria...
 

sem palavras. seu texto diz tudo.

Maria... · Blumenau, SC 1/1/2010 20:38
sua opinião: subir
Guitarra Virtuosa - Lucas dos anjos
 

parabens ótimo texto

Guitarra Virtuosa - Lucas dos anjos · Rio de Janeiro, RJ 2/1/2010 21:39
sua opinião: subir
tarokid
 

Tenho medo do esquecimento...espero que sua doce presença seja sempre eterna, assim as palavras terão sentido para mim.

bjo querida.

tarokid · Machado, MG 4/7/2013 13:35
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
doc, 27 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados