amar é um não quase

Adroaldo Bauer
1
Adroaldo Bauer · Porto Alegre, RS
12/11/2012 · 3 · 2
 

Tem regra nem compasso
Alimenta e acalenta
É tumulto e esquenta
Faz redondilhas em laço
Enlaça, sacode, embaraça
Isola da multidão, dá vida
Gera frêmitos e desejos
Coriscos riscam o espaço
Desfiam fibras e devaneios
Um mar que recebe rios
Caminho de único sentido
De sonhado rumo perdido
Não é só flores de maio
Nem vive de espinhos
Amor e prazer e fogo
Repouso do corpo lasso
Desafogo do cansaço
Pelo sempre enquanto há,
Mais preenche do que falta
Ao luar em qualquer fase,
Amar é um não quase.

compartilhe



informações

Autoria
Adroaldo Bauer
Ficha técnica
versos livres
Downloads
213 downloads

comentários feed

+ comentar
alcanu
 

Sempre 'impiedoso' com esses sentimentos nobres, né, meu amigo ?
Falar o que?
você já disse tudo e eu só tenho a aplaudir essa sua veemência !
Um beijo !

alcanu · São Paulo, SP 12/11/2012 11:19
sua opinião: subir
Adroaldo Bauer
 

Mas bah, guri, que prazer revê-lo aqui, onde pouco tenho estado. gentil tu. Mas, te digo, tchê, não é falta de piedade, sequer seja caridade. É apenas a minha mais pura verdade. Terno abraço, amigo.

Adroaldo Bauer · Porto Alegre, RS 12/11/2012 19:40
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 2 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados