(A)MAR - Nadar no mar do amor - Amar o nado no nada - Marejar o amor do mundo

fotografia de Felipe Obrer, com as cores alteradas em relação à imagem original
1
Felipe Obrer · Florianópolis, SC
29/3/2007 · 169 · 15
 


Imaginação. É isso o que move enquanto se está mudo. Um estado contemplativo que signifique mais.

O amor é o que faz chover água salgada, resquício de mar, olhos abaixo. A tempestade acontece entre o coração e as tripas, e em geral depois de chover acalma, garoa, venta suave, brisa leve no fim.

O paladar ajuda a saber o sabor. É com a língua que se descobre o mundo e se pode ir fundo. Na boca acontecem dissoluções e descobertas. Os dentes trituram, colaboram no processo de entropia universal. O estômago, que é âmago e é mago, funciona como usina transmutadora, com caldos ácidos e movimentos peristálticos.

Os pés, as mãos, as pernas, os braços. Todos os membros e extremidades são como se fossem barcos na navegação da vida. Balsas, instrumentos de natação em si.

Todos os sentidos funcionam melhor no mar. O mar permite amar. Amor oceânico. Alimento azul dos olhos, marulho-barulho-melodia-aquosa nos ouvidos, massagem podal na areia, ativação sangüínea com a temperatura algo fria do mergulho.

Ainda se busca no retorno um estado original, primevo, primário, primitivo. A intuição conduz o nado. Ao nadar se descobre o sentido filosófico do nada, e se lida em paz com o zero. Se o dia for de sol, a calidez aquece a paz.

compartilhe



informações

Autoria
Felipe Obrer
Ficha técnica
...
...
Escrito depois de terminar a leitura de "A Cientificação do Amor", do obstetra francês Michel Odent.
Downloads
316 downloads

comentários feed

+ comentar
Sebastião Firmiano
 

É preciso digerir todo alimento que o mar traz
em presão alta e ampolar a convulsão das águas em sentimentos.
E eu fico lendo e relendo seu poema como se tivesse olhando o mar.
Abraços.

Sebastião Firmiano · São Paulo, SP 27/3/2007 11:19
sua opinião: subir
Felipe Obrer
 

Sebastião, obrigado e um sorriso pra ti.

Felipe Obrer · Florianópolis, SC 27/3/2007 11:34
sua opinião: subir
Roberta Tum
 

Felipe, tô contigo e não abro: o mar permite amar. Ah que saudades dele! Gostei do seu texto!

Roberta Tum · Palmas, TO 27/3/2007 15:08
sua opinião: subir
Felipe Obrer
 

Valeu, Roberta. Aí em Palmas não tem mar? (desculpa a ignorância geográfica)...
Abraço

Felipe Obrer · Florianópolis, SC 27/3/2007 15:19
sua opinião: subir
Roberta Tum
 

Não...rs aqui é o coração do Brasil. Tem um lago, imenso, que acalma o olhar da gente, mas o mar mais próximo está a 1200km, em São Luís do Maranhão. E o meu, particular, está mais longe ainda, distante 1470 km, em Salvador....
Abraço também!

Roberta Tum · Palmas, TO 29/3/2007 10:10
sua opinião: subir
Felipe Obrer
 

Roberta, valeu o esclarecimento. Tem umas teorias evolutivas novas que afirmam que o homem teve uma adaptação para ser semi-aquático. O mar é nossa casa, de alguma maneira. É bom mergulhar, nem que seja de vez em quando.

Abraço

Felipe Obrer · Florianópolis, SC 29/3/2007 16:19
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Carla Guedes
 

Amar, o amor, o mar.
Nossa origem e a nossa direção.
O princípio, e o nosso fim. Chegar no mar, viver o amor.
Porque cruzamos o mar? Porque nos afogamos no amor?

Coisa boa me aconteceu em ler esta maravilha de texto. Que deglutição!
E que gosto de mar me veio aos olhos. E que molhado no coração!

Parabéns!
Abraço!

Carla Guedes · Macaé, RJ 30/3/2007 14:36
sua opinião: subir
... ... ...
 

Muito bom!!!

... ... ... · Anápolis, GO 30/3/2007 15:47
sua opinião: subir
Felipe Obrer
 

Carla, obrigado pelo elogio tão emotivo (mesmo).

reidamali, valeu também!

Abraços de mar pra vocês

Felipe Obrer · Florianópolis, SC 30/3/2007 17:09
sua opinião: subir
analuizadapenha
 

olá... tem gosto de mar, cheiro de sargaço, de praia virgem depois do orvalho da madrugada e saudades...´Parabéns. Abraços

analuizadapenha · Natal, RN 31/3/2007 11:09
sua opinião: subir
Felipe Obrer
 

Ana Luiza, obrigado pelo comentário rico de poeta.
Abração

Felipe Obrer · Florianópolis, SC 31/3/2007 12:02
sua opinião: subir
CCorrales
 

Do que será que você gosta mais? De tirar fotos instigantes ou escrever coisas tão sensíveis?
Abs

CCorrales · São Paulo, SP 2/4/2007 23:50
sua opinião: subir
Felipe Obrer
 

Cíntia, gosto quando alguém faz um comentário leve e bem-humorado assim.
Abraço!

Felipe Obrer · Florianópolis, SC 2/4/2007 23:52
sua opinião: subir
crispinga
 

É preciso amar o mar...Estar ao seu lado, sentir seu perfume, navegar no seu lamento...

Beleza, Obrer
Beijos de maresia

crispinga · Nova Friburgo, RJ 31/12/2007 11:08
sua opinião: subir
milu leite
 

Vou dormir bem. De bem. Bem de dormir. Vou.
um presente mesmo.
bjo

milu leite · Florianópolis, SC 24/4/2008 01:10
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
doc, 20 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados