Apocalipse 3

Foto JoãoMak
1
Spírito Santo · Rio de Janeiro, RJ
11/12/2007 · 138 · 14
 

Na mosca!

Cheia de não-me-toques
a rosca do rabo da porca
foi o covil efêmero
onde ela foi parar
quando se viu
definitivamente
sozinha

Abrigada
(pelo menos
enquanto vivia
dona da dúvida
dividida
entre o sim
e o não
de uma contradição
de todo modo terrível
além de assaz fatal)

Terra gorda
tola balofa
fofa demais
da conta.
Tonta

As suas duas
e únicas opções
foram:

Um:
Ir
já obesa
engordando-se mais ainda
lembrando-se outrora linda
enveredando
pelos prazeres tim-tim
por tim-tim
de mundo sem futuro á vista
mundo-fim
em si mesmo
ébrio narciso

Ou
Dois:
Vir
regredindo
para a esturricada
magreza
de natureza quase nada
que foi
no dia quando
a primeira semente
explodiu e germinou
vingou
e a plantinha tenra
mãe de tudo o que veio depois
floresceu
e se espalhou
num progressivo
e luxuriante
ficar verde de doer
ser

---------------

Mas não.
sem nem mesmo pestanejar
seguiu em frente
na opção do abismo
bíblico holocausto
fogueira e chamas
de Joana D’Arc sem França
Galileu sem planeta
São Jorge sem dragão
Lança no chão
naquela veneta
estúpida
de dar-no-que-houver-de-dar
desesperado
destino certo
finzinho de nada mais ser
nem haver

-----------------

Foi então
no não-futuro
daquelas velhas damas
prenhes de arrogâncias
e ganâncias
(porém jamais grávidas de nada)
secas
os filhos nunca tidos
malvindos
sem nem se despedir
partindo
se acabando
na última expressão
esgar de velha doida
a envelhecer e morrer
sozinha
que se finou nossa Terra

Foi rápido
Débil e conformada
(como se de si mesmo
tivesse dado cabo)
partiu para aquele lugar
onde a porca torce o rabo
o Deus-me-livre
do útero
da mãe que nos pariu

--------------

E o diabo então
por conta de seu dom
de ser o cão do mundo
riu de banda
pulando de franca alegria
e gritando:

_Finou-se!
_ Fudeu-se
_ Acertei!Na mosca!


Spírito Santo
Dezembro 2007

compartilhe



informações

Autoria
Spírito Santo
Dezembro 2007
Downloads
293 downloads

comentários feed

+ comentar
Benny Franklin
 

Rosca do rabo da porca? Essa eu ainda não conhecia...
Um poema extremamente intinerante. Rs.
Muito bom.
Abçs.

Benny Franklin · Belém, PA 8/12/2007 23:08
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Cintia Thome
 

Voltei para acompanhar...Extremamente realista e de leleza ímpar.
Continuo com o meu Apocalipse X(rs)
Deixo meus parabéns.
abçs.

Cintia Thome · São Paulo, SP 9/12/2007 08:16
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Carlos ETC
 

É, meu caro...
Do jeito que vai,
ela girando embriagada,
o motor um dia bate
e, num freio de arrumação,
outro caos total se estabelece
por sobre o caos já estabelecido!
Muito bom poema, Spirito!
Abraço
http://interludios.blogspot.com

Carlos ETC · Salvador, BA 10/12/2007 18:23
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Spírito Santo
 

Valeu Carlos!

Spírito Santo · Rio de Janeiro, RJ 11/12/2007 09:37
sua opinião: subir
Nydia Bonetti
 

floresceu
e se espalhou
num progressivo
e luxuriante
ficar verde de doer
ser

E deveria ter sido assim, sempre...
Lindo, Spírito. Adoro teus poemas!
abrçs.

Nydia Bonetti · Piracaia, SP 11/12/2007 12:18
sua opinião: subir
Saramar
 

"jamais grávida de nada",
mais estéril e já tumba...
Aterrorizante e cruelmente, fatidicamente belo.

beijos

Saramar · Goiânia, GO 11/12/2007 17:39
sua opinião: subir
Andre Pessego
 

"Eu fiz o galo piar,
...............
o Rio parou quando me viu
.........................
Hiroito envenenou o Japão, mas virou rei".
E é por ai,
precisa-se da volta disto,
um abraço,
andre.

Andre Pessego · São Paulo, SP 11/12/2007 18:40
sua opinião: subir
maravestruz
 

Linguagem inovadoramente jornalística. Seu conteúdo é tão harmoniosamente musical, que a musicalidade poética torna-se exotópica, como se fora uma trilha sonora, aspirando à condição de narrador. Vou ler mais algumas vezes, para crescer um pouco.

Parabéns. Márcio.

maravestruz · Caiçara do Rio do Vento, RN 11/12/2007 20:43
sua opinião: subir
victorvapf
 

La e onde a porca torce o rabo! Gostei! Voto!

victorvapf · Belo Horizonte, MG 11/12/2007 21:23
sua opinião: subir
Adroaldo Bauer
 

Poetas, seresteiros, namorados, correi...
a vir ler esse novo preságo (se não existe, eu o batizo e ferrem-se os conservadores, se até lata de sopa já tem brilho eterno)
Spirito.
Quer dizer, Andy W., e os de minha geração, te entendem e aplaudem.
Não só de pé, mas aoss pulos, trancos, solavancos e correrias.
Ah!,
os místicos profetizando em tudo o fim do mundo e o início dos tempos do além...

Adroaldo Bauer · Porto Alegre, RS 12/12/2007 00:17
sua opinião: subir
Mansur
 

Que o fim seja poema.
Maravilha.

Mansur · Rio de Janeiro, RJ 12/12/2007 14:55
sua opinião: subir
Spírito Santo
 

Pessoas (como diz Juli)

É coisa de humano agradecer-lhes a compreensão de tão maus presságios. Masoquistas que somos regosigemo-nos.

Abs

Spírito Santo · Rio de Janeiro, RJ 13/12/2007 09:32
sua opinião: subir
Mansur
 

rsrsrsrs

Mansur · Rio de Janeiro, RJ 13/12/2007 10:10
sua opinião: subir
Spírito Santo
 

Mansur parceiro,
Pode ir mantendo a risada porque a tal letra do Samba saiu do forno e está indo para tua caixa agora mesmo. Rs rs rs rs! Quá, quá! quá!

Spírito Santo · Rio de Janeiro, RJ 13/12/2007 16:16
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
doc, 27 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter