Aprendizado contínuo, profissionais em ascensão...

1
Renata Rimet · Salvador, BA
22/9/2008 · 183 · 22
 

Adentrar a chamada Era da Informação, sem atentar para os novos caminhos desenhados pela Administração de Recursos Humanos das organizações que fazemos parte, ou, almejamos fazer, implica demasiada dificuldade de adaptação, choque de interesses e muito provavelmente frustração.

No momento que conecto o computador caseiro à rede mundial, passo a ter acesso ao universo globalizado, entro e saio de companhias nacionais e internacionais, verifico seu balanço social, suas conquistas mais recentes, seus objetivos futuro, conheço suas filiais espalhadas pelo mundo, e ainda tenho a oportunidade de avaliar sua missão, visão e valores.

Caso sinta-me atraído a comprometer-me com seus planos, clico com o mouse no botão trabalhe conosco e encaminho um curriculum, que será recebido, avaliado e com certeza pesquisado na rede, onde tentarão, caso o perfil inicial seja de interesse da organização, buscar o máximo de informações possíveis a meu respeito, afinal de contas, se a empresa expõe seus atributos para atrair o que de melhor o mercado oferece, o mínimo que podemos fazer é tornarmo-nos tão competitivos a ponto de chamar sua atenção.

Analisando este aspecto de facilidades e mecanismos tecnológicos, comecei a pensar no profissional da educação, imaginei por algum instante a possibilidade desta atividade tornar-se obsoleta, e para minha surpresa, a própria “Era da Informação” encarregou-se de me responder o quanto é importante o papel do mestre orientador, nas diversas etapas do desenvolvimento de talentos, seja quando a mente flutua rumo aos sonhos longiquos, ou ainda, quando os pés temem pisar firme o solo, demarcando um território.

Penso que ao mestre, ao guia, ao docente, cabe manter o rumo, abrir trilhas e clareiras, proporcionando uma sensação de liberdade, mesmo que vigiada, onde o aprendiz desenvolve suas próprias habilidades, encontra apoio necessário, esclarece duvidas e sente-se preparado para alçar vôos mais altos, rumo a seu próprio destino.

Cabe ao mestre, proporcionar o impulso para que sonhos se concretizem e idéias se fundamentem, assim, o caminho é traçado e passo a passo o aprendiz percebe o poder do conhecimento, sente-se mais seguro, capaz de iniciar sua própria caminhada, empreender seus próprios planos, agora regidos pelo poder do conhecimento adquirido e da responsabilidade assumida.

Realmente o mundo dá voltas, a tecnologia avança, o universo conspira e as pessoas evoluem, ao ponto de valorizar o profissional que norteia o processo, proporcionando que ao abrirmos a janela do mundo, arrisquemos sem temer dificuldades de adaptação, choque de interesses e muito menos frustrações, apenas por confiar nos ensinamentos do mestre.

Obrigada!!!!!

Sobre a obra

Quem somos, onde estamos e para onde vamos ????

Óh dúvida cruel, para onde foram as fronteiras do mundo ???

Alguém seja minha bússola, me oriente, me guie, seja meu Mestre....

compartilhe



informações

Autoria
Renata Rimet
Downloads
354 downloads

comentários feed

+ comentar
Sidiney
 

E viva Pedro Demo, que ajuda a calar nossos anseios e acreditar que ainda somos essenciais.

Sidiney · São Francisco do Sul, SC 19/9/2008 13:44
sua opinião: subir
Falcão S.R
 

Texto que nos leva a profunda reflexão, universo global que cada vez exige mais e oferece menos.

Bjs

Falcão S.R · Rio de Janeiro, RJ 19/9/2008 15:44
sua opinião: subir
azuirfilho
 

Renata Rimet · Salvador (BA
Aprendizado contínuo, profissionais em ascensão...

Um Trabalho de Utilidade Pública.
Uma Orientacáo importantíssima.
Boa abertura de Horizontes.Uma.
Luz para as caminhadas nestes novos tempos.
Parabéns pelo Trabalho.
Ao Professor cabe essa felicidade de estar junto da Juventude no avanco para a realizacáo na vida.
Abracáo Amigo.

azuirfilho · Campinas, SP 19/9/2008 18:55
sua opinião: subir
Benny Franklin
 

Sua reflexão ajuda o mundo a ser mais humano.
Boa!

Benny Franklin · Belém, PA 19/9/2008 19:39
sua opinião: subir
MaluFreitas
 

É amiga no mundo da globalização falta ainda um pouco de informação. E com esse texto você nos ajudou mais uma vez a nos deixar atento esta questão.Muito bom. Bjs

MaluFreitas · Salvador, BA 21/9/2008 13:52
sua opinião: subir
Cintia Thome
 

Muito bem explicado o que temos dúvidas, ficamos sem coragem. Parabens.

Cintia Thome · São Paulo, SP 21/9/2008 17:26
sua opinião: subir
Falcão S.R
 

Retornando!

Beijos

Falcão S.R · Rio de Janeiro, RJ 21/9/2008 20:10
sua opinião: subir
celina vasques
 

votado!
beijos

celina vasques · Manaus, AM 21/9/2008 21:37
sua opinião: subir
Poeta Devany
 

Votado!!!

Poeta Devany · São Paulo, SP 21/9/2008 22:12
sua opinião: subir
Ailuj
 

Excelente texto querida
Reflexivo e muito oportuno nos dias de hoje
beijos

Ailuj · Niterói, RJ 21/9/2008 22:35
sua opinião: subir
Sônia Brandão
 

Um mundo tão cheio de informações ( algumas tão inúteis ), que é capaz de nos fazer perder o norte. Overdose de informação também mata.
bjs

Sônia Brandão · Bauru, SP 22/9/2008 00:44
sua opinião: subir
Compulsão Diária
 

Renata, execelente texto. acabei de conversar sobre isso com meu filho. ele dizia, ao telefone, sobre a democratização do saber via net..ok, mas por outro lado a banalização é norme. Tem muita informação leviana. enfim, cabe a nós o bom senso e a escolha de qual informação levar em conta. Valeu o convite. beijo

Compulsão Diária · São Paulo, SP 22/9/2008 01:45
sua opinião: subir
clara arruda
 

Renata minha mnina,com grande orgulho leio e reflito.
Publicado.

clara arruda · Rio de Janeiro, RJ 22/9/2008 06:50
sua opinião: subir
Circus do Suannes
 

Minhas crianças. Se vocês, aos 30 anos, estão assustadas, imaginem alguém que, aos 70, vê o mundo encolher dia a dia. Se minha experiência lhes serve para algo, digo-lhes que o conhecimento é algo inesgotável. Aprender é descobrirmos o quanto nos falta aprender.

Circus do Suannes · São Paulo, SP 22/9/2008 08:58
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
joe_brazuca
 

Faço minhas as palavras da CD !...é por ai...a "promiscuidade" seria inevitavel...na net, fica muito complicado separar-se "o joio do trigo"...
E tb, acho que, por mais romântico que possa soar-nos, jamais um mestre será substituido, por qq rede ou aglomerado de máquinas...
Existem conceitos e "energias" insubstituíveis no contato "mano a mano", entre o prendiz e seus mestres...
Esse lance de "Proteus", é insignificante e mera especulação...Pura ficção barata...
Vejo e enxergo, não por raciocinio palmar, isso tudo como mais uma ferramenta ( apenas) para o conhecimento...Poderosa sim, mas perigosa tb, por seu turno...Pois o que lhe falta (às maquinas e sua redes) é o discernimento !...E este, so advem com o conhecimento organizado que só os mestres podem alcançar e espargir...

Seu texto é excelente, polêmico e leva a reflexão "ad eternum"...
Parabens, professora !
bj
Joe

joe_brazuca · São Paulo, SP 22/9/2008 10:21
sua opinião: subir
victorvapf
 

Belo texto, que nos faz refletir... parabens,

victorvapf · Belo Horizonte, MG 22/9/2008 12:00
sua opinião: subir
camuccelli
 

Muito bom.

camuccelli · Rio de Janeiro, RJ 22/9/2008 14:20
sua opinião: subir
ayruman
 

A presença do ser humano, do Mestre será sempre insubstituível. A tecnologia jamais superará o Homem...

Saúde e Paz. Sempre.

ayruman · Cuiabá, MT 22/9/2008 16:14
sua opinião: subir
Diacui Pataxo
 

O mestre é até aquele que nos liberta da caverna, da matrix... beijos

Diacui Pataxo · Ilhéus, BA 22/9/2008 17:03
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Pedro Rivero
 

Ainda é muito novo tudo isso, portanto somos um tanto autodidatas nestas novas fronteiras. Gostei do que apresentou neste teu texto. A figura do mestre realmente é indispensável.

Pedro Rivero · Bélgica , WW 23/9/2008 07:16
sua opinião: subir
EdimoGinot
 

O que espanta é a crueldade da velocidade....
A gente sempre perde a corrida....
Legal
Um abraço

EdimoGinot · Curitiba, PR 23/9/2008 19:08
sua opinião: subir
Coluna do Domingos
 

Votei

Coluna do Domingos · Aurora, CE 15/11/2008 19:44
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 3 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados