Brasil.gov.br Petrobras Ministério da Cultura
 
 

AS COISAS DO MEU SERTÃO

Imagem do CD 18.000 Multimidia Pack ( CD Expert - 1997 ) - Adaptada
1
José Bezerra de Carvalho · Teresina, PI
19/10/2009 · 4 · 0
 

Já falei de saudade
Tristeza e ingratidão
De amor e de prazer
E cantei de emoção
Quero agora cantar
E também quero falar
Das coisas do meu sertão

Chegando o mês de janeiro
Caindo a chuva no chão
Se caminha pro roçado
Se começa a plantação
A terra estando molhada
Canta alegre a passarada
Nas quebradas do sertão

Mas se não chove aqui
É grande a desolação
Morre de fome o gado
Não se faz a plantação
Todo mundo a correr
Na cidade vai viver
Fica triste o meu sertão

Quando chega a invernada
Se renova o meu sertão
No curral se põe o gado
Se faz queijo e requeijão
Tem muito leite e coalhada
Tem festa de vaquejada
Nas quebradas do sertão

Quando a seca é pesada
É triste a situação
Pra todo lado se corre
Só se vê lamentação
A terra fica rachada
Só tem casa abandonada
Fica triste o meu sertão

Mas quando chega a chuva
Se alegra todo sertão
Canta alegre o sabiá
Ciscando as folhas no chão
Dá comida ao filhote
Gritam também os coiotes
Nas quebradas do sertão

No sertão quando não chove
Não nasce vegetação
Só se ouve a mãe da lua
A coruja e o gavião
O gemer da juriti
A cigarra a zumbir
Fica triste o meu sertão

Mas quando se ouve
O gemido do trovão
Que cai a chuva na terra
Fica urrando o barbatão
A lua não aparece
Toda vegetação cresce
Nas quebradas do sertão

Na seca tudo é triste
Se abandona o sertão
Outros fazem promessa
Pra chuva cair no chão
Só se ouve canto e prece
O verde desaparece
Como é triste o meu sertão

Quando termina a seca
Que a chuva bate no chão
De longe se ouve o grito
Do marreco e do pavão
No campo existe beleza
Como é bela a natureza
Nas quebradas do sertão

A seca acaba com tudo
Morre a vegetação
No campo seca o pasto
Canta triste o corujão
O olho d’água secou
A ribação se mudou
Como é triste o meu sertão

No inverno muda tudo
Floresce todo o sertão
As árvores criam folhagem
Tudo é renovação
O mundo muda de cor
Só se tem paz e amor
Nas quebradas do sertão

A seca seca o riacho
Olho d’água e grotão
Tudo se torna difícil
Só se vê o poeirão
Carniça pra todo lado
Morrendo de sede o gado
Como é triste o meu sertão

Quando Deus ouve as preces
Manda chuva pro sertão
O caboclo planta de tudo
Milho, arroz e feijão.
Mandioca e melancia.
Tudo, tudo é alegria.
Nas quebradas do sertão.

Sobre a obra

Já falei de saudade
Tristeza e ingratidão
De amor e de prazer
E cantei de emoção
Quero agora cantar
E também quero falar
Das coisas do meu sertão

Chegando o mês de janeiro
Caindo a chuva no chão
Se caminha pro roçado
Se começa a plantação
A terra estando molhada
Canta alegre a passarada
Nas quebradas do sertão

Mas se não chove aqui
É grande a desolação
Morre de fome o gado
Não se faz a plantação
Todo mundo a correr
Na cidade vai viver
Fica triste o meu sertão

Quando chega a invernada
Se renova o meu sertão
No curral se põe o gado
Se faz queijo e requeijão
Tem muito leite e coalhada
Tem festa de vaquejada
Nas quebradas do sertão

Quando a seca é pesada
É triste a situação
Pra todo lado se corre
Só se vê lamentação
A terra fica rachada
Só tem casa abandonada
Fica triste o meu sertão

Mas quando chega a chuva
Se alegra todo sertão
Canta alegre o sabiá
Ciscando as folhas no chão
Dá comida ao filhote
Gritam também os coiotes
Nas quebrad

compartilhe



informações

Autoria
José Bezerra de Carvalho, Poeta Zé Bezerra, o "Águia de Prata"
Ficha técnica
Cordel, em septilha
Downloads
235 downloads

comentários feed

+ comentar

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

observatório

feed
Nova jornada para o Overmundo

O poema de Murilo Mendes que inspirou o batismo do Overmundo ecoa o "grito eletrônico" de um “cavaleiro do mundo”, que “anda, voa, está em... +leia

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados