Cada segundo vão

1
Lili Borges · Cuiabá, MT
26/4/2009 · 4 · 1
 

Cada segundo vão
que o vão consome
vou,
nesta busca em busca vou
do vão por que me passo
Como cada segundo preenche o nada

eu busco o tudo
no enchimento de um balão

tal qual numa festa,

encho o salão

Sobre a obra

poesia solta - soltas palavras - espaços e mais espaços - nem sei se existe alguma interioridade ou referência que se possa fazer. enfim...

compartilhe



informações

Ficha técnica
Eliete Borges Lopes.
Lili
Downloads
180 downloads

comentários feed

+ comentar
Wuldson Marcelo
 

Versos que quase se aglutinam formando um jogo de palavras, que capta a contradição e lança as palavras homônimas para preencher os desejos da existência, a tensão da plenitude tal qual um balão que num salão de festa possivelmente encheria o lugar. Um tipo de vitalidade inegociável esta de respirar tudo para cobrir o nada de todas as palavras soltas e imagens prováveis.

Wuldson Marcelo · Cuiabá, MT 12/5/2009 19:17
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 2 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados