Carta a Cecília

1
Bethânia Zanatta · Santa Maria, RS
9/12/2007 · 65 · 7
 

Lembras, Cecília, de quando éramos colegas de francês? Tínhamos um colega chileno, um senhor magro, de barba branca... Eu gostava do relógio de bolso que ele usava. Não sei por que me lembrei dele. De ti eu sempre lembro, Cecília, do teu riso desvairado e do teu cheiro de maracujá. Quanto tempo desde nosso último passeio no Parque Itaimbé... Lembra os ipês, Cecília? Nós sim é que sabíamos escutar os ipês. Como tu ficavas linda com aquelas flores enfeitando o cabelo. Saudade de ouvir tua poesia; nós duas deitadas sobre aquele tapete colorido. Mas o bater de asas é assim, Cecília, leva-nos para outros mundos, para outros corpos, para outras flores. É um barulho gostoso, pequena, apesar da saudade que as asas nunca levam junto. Por aqui quase não há ipês, Cecília. E os poucos que encontrei não falam. Será que falariam contigo? Ontem eu recebi uma ligação. Era Roberto. Lembras de Roberto? Ele continua tendo um sotaque gostoso. Roberto falou de quando eu o protegia do sol. O bater de asas, Cecília... Comprarei um relógio de bolso de presente para Roberto. Achas que ele vai gostar? Tu devias ir também para o sul, menina; seria um encontro bonito. Marcaríamos no relógio novo de Roberto o momento exato em que nos víssemos. Mas Roberto nunca saberá escutar os ipês. Talvez ele aprenda ouvir as camélias. Talvez ele já as ouça. Os ipês são nosso segredo, Cecília. É bom ter segredos. Ontem eu disse a Roberto que estava me sentindo linda. Eu estava tão bonita ontem, Cecília; devias ter visto. Um espelho, apenas um espelho... Eu continuo lutando, sabe. Conheci pessoas encantadoras por esses dias. Estive em um vilarejo com vento forte que levantava areia e trazia um cheiro de mar. Ouvi histórias de escravos e de maldições de raizeiros. Tu também sairias encantada de lá, ou amaldiçoada talvez. Nesse vilarejo nem é preciso relógios, Cecília, o tempo também bateu asas. Até mais, pequena. Perca-se na bagunça da tua/minha poesia, e escute os ipês, minha flor.

compartilhe



informações

Autoria
dansesurlamerde
Downloads
296 downloads

comentários feed

+ comentar
Ariel Lacruz
 

eu nunca fui bom em guardar segredos. eu até temo os segredos. quanta insinceridade há no resguardo de um segredo? e nos segredos de cumplicidade que ultrapassa o próprio ego? Porém o segredo intimo revelado é só parte da revelação. Nunca nos descrevemos por inteiro. talvez se eu fosse um bom escritor, mas tu não acreditaria...

Ariel Lacruz · Vila Velha, ES 11/12/2007 05:14
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Nydia Bonetti
 

Encantadora... tua carta a Cecilia.
Amei.
Abçs.

Nydia Bonetti · Piracaia, SP 11/12/2007 09:44
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Chrispettita
 

"apesar da saudade que as asas nunca levam junto" Que imagem bela você me ajudou a tecer, Bethânia.. Muito especial sua carta, singela...me trouxe também saudades da "Cecília"..
Parabéns, Chris

Chrispettita · São Paulo, SP 11/12/2007 13:45
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
azuirfilho
 

Bethânia Zanatta · Santa Maria (RS)
Um Trabalho Bom e em Bom Lugar.
Resgata a memória em isso é importante.
Importante pra formação da Juventude e do nosso povo.
É uma grande contribuição pro Overmundo e pra nossa cultura.
Parebéns voto e abração.

azuirfilho · Campinas, SP 11/12/2007 18:33
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Wagner Miranda
 

Linda e delicada declaração de saudade.....e amor.

Um grande beijo,

w.

Wagner Miranda · Jandira, SP 11/12/2007 23:14
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Renato de Mattos Motta
 

Maravilhoso texto!
Tem aquele gosto
de intimidade invadida
de espiar diário de menina
bom. bonito.
obrigado pelo prazer desta leitura!

Só não entendi porquê não consigo votar!

Se puder, dá uma olhada neste poema que postei
http://www.overmundo.com.br/banco/gente-sente-se-men-te

Renato de Mattos Motta · Porto Alegre, RS 20/7/2008 19:01
sua opinião: subir
Ana Murta
 

"É bom ter segredos".
E é fundamental.

Ana Murta · Vitória, ES 5/1/2009 21:12
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
, 11 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados