Cola Escolar

1
filipe-tavares · Resende, RJ
6/3/2007 · 67 · 7
 

Cola Escolar

A cola escolar é um fator que preocupa bastante o futuro de uma nação. Na escola, mestres ensinam seus discípulos esperando que todos atinjam o mesmo grau de sabedoria. Se alguém, quando está sendo avaliado, usa conhecimentos de outro, estará provando que além de corrupto, é uma pessoa que não sabe e nem se importa em querer aprender.
O indivíduo que cola pode achar que é esperto, mas é engano, pois quando concluir seus estudos, conseguirá seu certificado. Mas assim que sair da escola estará perdido, pois o tempo que teve para aprender perdeu se garantindo no conhecimento alheio. Com a cola, a pessoa consegue provar que concluiu seus estudos somente no papel, pois na prática não sabe nada.
A cola escolar é preocupante para o desenvolvimento de um país. Profissional sem conhecimento pode ser mais um desempregado no mundo. Além disso, a cola é uma desonestidade que pode comprometer o caráter de pessoas que no futuro estarão assumindo cargos de responsabilidade na política, na economia e na vida social. Parece uma coisa ingênua, mas que pode se cristalizar naqueles que a praticam e se tornar rotina na forma de se conseguir o que se quer, o tradicional jeitinho brasileiro.
A escola tem um pouco de culpa por existir a cola entre alunos, pois supervalorizam os pontos no processo de avaliação. Esses pontos fazem com que o aluno, se está numa situação crítica, consiga conhecimentos de forma desleal. Mesmo assim não justifica o aluno conseguir conhecimento de forma injusta, pois a pessoa tem que correr atrás dos seus objetivos e ter opinião própria, e não prejudicar seu colega que fornece a cola e também não se prejudicar. Porque colando, a pessoa se auto prejudica.
Tem que haver um jeito para mudar tudo isso, fazendo com que a pessoa que cola sinta o prazer e a obrigação de aprender, e a quem inicia sua vida escolar, não pode nem pensar em usar conhecimentos do outro, como se fosse dele.
É difícil saber o que fazer. Talvez se adotasse um novo método de ensino poderia acabar com toda essa desonestidade.

compartilhe



informações

Autoria
Filipe Tavares
Downloads
378 downloads

comentários feed

+ comentar
filipe-tavares
 

Eu num sei apagar isso!
Saiu errado.
Se alguém puder me ajudar ficarei grato.

filipe-tavares · Resende, RJ 3/3/2007 16:06
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
filipe-tavares
 

Agora consegui!
Não preciso mais jogar fora!

filipe-tavares · Resende, RJ 3/3/2007 16:31
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Carlos ETC
 

Muito bom, Filipe!
Ética acima de tudo!
Abraço!

Carlos ETC · Salvador, BA 5/3/2007 23:37
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
apple
 

Ah! No geral concordo... a pessoa tem que estudar mesmo pq estudar não é só para ter nota, é para saber tb. Agora em uma matéria ou outra que seja de menos peso na formação...vá lá que se cole.

apple · Juiz de Fora, MG 6/3/2007 06:19
sua opinião: subir
Altair Fonseca
 

Muito bom Filipe. Embora eu tenha colado muito no ensino médio concordo com você. Abraço!

Altair Fonseca · Rio Claro, RJ 6/3/2007 20:20
sua opinião: subir
Alan Guerreiro
 

essa questão parece simples, mas tem muito coisa envolvida...

Parabêns pelo texto filipe!

Alan Guerreiro · Brasília, DF 25/4/2007 21:27
sua opinião: subir
Kaléu Caminha
 

questão simples..
mas realmente envolve até mesmo o problema da corrupção..

e quem disponibiliza a cola, corrupto também? (pergunto porque eu sempre me enquandrei nesse grupo)

abraços.

Kaléu Caminha · Florianópolis, SC 12/7/2008 19:00
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
doc, 25 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados