comentário

Foto Margarida Delgado
1
adelaide amorim · Rio de Janeiro, RJ
1/12/2009 · 2 · 2
 

amar
é interromper o interior das coisas
como quem lê as cartas do tarô

amar é lancetar um passarinho vivo
um susto divisório
e é vidro inesperado noite a dentro

é golpe na garganta
sem contenda
cegueira provisória de reflexos

amar é uma fumaça de incêndio acontecido

compartilhe



informações

Autoria
adelaide amorim, natural do Rio de Janeiro para o bem, para o mal e para o que sobrar dos dois.
Downloads
242 downloads

comentários feed

+ comentar
Nydia Bonetti
 

Oi, Adelaide!

Faz tanto tempo que não venho ao over. Nem recebo mais avisos de mensagens. Mudou tudo por aqui. Também não consigo estar em muitos lugares. Só mesmo no longitudes e olhe lá. Mas foi aqui que tive coragem de mostrar minhas poesias "jurássicas" e acabei viciada. :)

Que lindo este poema.

Beijos.

Nydia Bonetti · Piracaia, SP 4/12/2009 13:25
sua opinião: subir
adelaide amorim
 

Nydia, fico toda contente de ter um comentário seu aqui ou em qualquer dos sites em que acabamos parando :o)

Beijo pra você.

adelaide amorim · Rio de Janeiro, RJ 8/12/2009 18:55
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 2 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados