COMO SERÁ O CÉU?

www.katrixupload.com
1
Noelio Mello · Belém, PA
16/4/2009 · 173 · 27
 

Amostra do texto

A manhã nasceu cinza, abafada e, sem o correr dos ventos fortes, a geografia das árvores permanecia a mesma. Inerte, insípida, quase imitando a insensibilidade dos prédios com suas almas de pedra. Com o meu coração ainda refém dos oceanos espumantes de muitas saudades sem fim, sentei num velho banco de madeira de uma praça e tentando não pensar em nada olhava a manhã preguiçosa caminhar para o seu final e já anunciando o calor que invadiria o meio da tarde de domingo.

De repente, como saída da bruma do tempo, dos esconderijos da vida, uma pobre mulher com uma criança ao colo senta ao meu lado e pede-me uma ajuda para comprar o seu almoço e da sua menina. Mirei no seu olhar de súplica e senti na alma e no coração o quanto deve ser angustiante para uma mãe garimpar migalhas que possam enganar um infantil estômago escravo da fome.

Maltrapilha, com a face machucada pelo tempo, pela dureza dos anos, de olhar fundo, triste, sem brilho, uma janela aberta que me permitia ver seu interior amontoado de angústias, uma incomum sinceridade, a dor do seu ventre vazio e das feridas que o destino riscou na sua alma.

Comovido, com aquele triste retrato da indigência das ruas, enquanto falávamos, olhei para sua filhinha, também golpeada pelo destino, exibindo, dolorosamente, uma pele sem viço, os cabelos ralos e com a fraqueza das suas tíbias revelando toda a realidade do seu desânimo físico, do seu infortúnio precoce.

Exposta a piedade pública, inculpada de tudo, era uma muda e inocente testemunha de mais uma dessas emboscadas da vida, da sorte adversa, que ainda tão cedo já a sabotava em sua madrugada de criança.

Surpreendido por tanta tristeza, tive a ousadia de perguntar-lhe se as lâminas do seu infortúnio tinham cortado suas esperanças, a vontade de sonhar com o amanhã e o que esperava da sua vida, que me parecia, naquele primeiro momento, infinitamente covarde, traiçoeira, madrasta.

A resposta veio serena - desta vida nada espero, moço. Vivo da esperança de morar no céu de Cristo. Este não é o mundo de Deus. E apontando para o alto, fala com extrema fé: lá está o paraíso, onde não há fome, dores, injustiças. Sábia filosofia da vida. Sábia lição de fé.

Despertado com a convicção daquela mulher, fiquei a pensar que só mesmo a busca nos mistérios divinos poderá enxugar nossas lágrimas, apagar nossa desesperança e acordar os sonhos que não mais conseguimos sonhar.

As angústias terrenas daquela alma em retalhos me fizeram olhar para cima e ficar imaginando como realmente será o céu, o paraíso celeste, a eterna festa da felicidade, o findar das saudades, "A Casa da Vida"?

Fiquei imaginando se no céu existirem incontáveis sóis, o quanto ficaremos extasiados com os mais fascinantes e felizes entardeceres. Como deverá ser deslumbrante o amanhecer com tanta profusão de luz se espalhando pelos campos sem fim, com suas abençoadas arvores multicoloridas sendo acariciadas pelas mãos das eternas primaveras.

E dando asas ao meu espírito, fiquei me perguntando se lá tiverem tantas luas quantas forem a vontade de Deus, quantos luares não se espreguiçarão pela serenidade de intermináveis mares? E quantas cachoeiras prateadas não se derramarão, sem pressa, trazendo pedaços de estrelas navegando suavemente num floco jaspeado de nuvens?

E quem sabe no meio das tardes não deve cair uma chuva de pingos dourados, rabiscando no ar caminhos encantados que nos levem até o jardineiro do tempo, que pinta as cores das orquídeas, o amarelo das acácias, a plumagem dos pássaros, as asas das borboletas e que desenha os arco-íris com o mesmo colorido das pétalas das rosas.

Pensando mais além, sonho, com os olhos estonteados de luz, se não encontraremos todos os amigos de Deus, "a comunidade dos bem-aventurados" e quem sabe não faremos um passeio divinal por estradas macias e alvas como as nuvens, sem precisar temer o tempo, o amanhã, o depois?

A voz daquela aparente sofrida mulher acordou-me, infelizmente, daquele êxtase, daquele divino devaneio. Dei-lhe o que pediu. Ela agradeceu e caminhou apressada na busca do alimento que pudesse lhe enganar o ventre, o coração ferido, deixando, no entanto, espalhados pelas calçadas pedaços de esperanças, de fé, de certezas no invisível.

Não sei quem ficou mais feliz. Se ela, pelo pingo de água que recebeu no seu mar de misérias terrenas ou, se eu, despertado pelo seu acreditar na vida após a vida, pude ficar a sonhar com alguns encantamentos dos mistérios e segredos do Reino de Deus. Um dia saberemos, se justos forem nossos corações, se leves forem nossas almas.

compartilhe



informaes

Autoria
Noélio A. de Mello
noeliomello@ig.com.br
Ficha tcnica
Nada melhor que sonhar com o que ainda é invisível aos nossos olhos.
Downloads
508 downloads

comentrios feed

+ comentar
victorvapf
 

Noelio, voce deu a ela um alento passageiro na vida terrena e ela devolveu a voce a esperança da vida eterna...

Pagou com juros e correção monetaria...voce foi premiado naquela manha...

Abraços grande parceiro, que não pode se afastar nem um pouco do overmundo, porque sua falta e sentida...

victorvapf · Belo Horizonte, MG 13/4/2009 23:13
sua opinio: subir
Ailuj
 

Noélio
Bom ver você de volta com tão belo poema
Parabéns e não some,fez falta

Ailuj · Niterói, RJ 16/4/2009 05:26
sua opinio: subir
Ailuj
 

Ah e essa incógnita que é o céu é que trava muita gente de fazer tudo que tem vontade.Já pensou como seria o mundo se não tivessesm inventado o céu ???

Ailuj · Niterói, RJ 16/4/2009 05:28
sua opinio: subir
Guilherme de Faria
 

Nélio, amigo. Você, com esta primorosa crônica corrobora a impressão que tive ao recebê-lo aqui no meu ateliê em São Paulo: um coração generoso, raro.
Parabéns! E seja benvindo, no seu esperado retorno.
abraços

Guilherme de Faria · São Paulo, SP 16/4/2009 11:54
sua opinio: subir
Juscelino Mendes
 

Sensibilizado com o seu belo texto. Eu tenho um poema, composto há uns 10 anos, cujo título é exatamente o mesmo que o seu texto: "como será o céu?"
Grande abraço, meu caro.

Juscelino Mendes · Campinas, SP 16/4/2009 12:31
sua opinio: subir
azuirfilho
 

Noelio Mello · Belém (PA)
COMO SERÁ O CÉU?

Um Trabalho admirável que vai nos deixar na reflexão sobre o sentido da vida que nos passa voando.
Razão pra gente vigiar com mais atenção e caprichar no merecimento.
Gostei muito.

...Não sei quem ficou mais feliz. Se ela, pelo pingo de água que recebeu no seu mar de misérias terrenas ou, se eu, despertado pelo seu acreditar na vida após a vida, pude ficar a sonhar com alguns encantamentos dos mistérios e segredos do Reino de Deus. Um dia saberemos, se justos forem nossos corações, se leves forem nossas almas...

Toda Hora é de Decisão, por isso temos de estar a vigiar.
Parabéns.
Abração Amigo.

azuirfilho · Campinas, SP 16/4/2009 12:50
sua opinio: subir
Benny Franklin
 

Grande, Noelio!

Um primor de crônica que enobrece a Alma.
De prima!
Bom retorno!

Abçs.

Benny Franklin

Benny Franklin · Belém, PA 16/4/2009 15:55
sua opinio: subir
Raiblue
 

Querido,Noélio,muita saudade de ti!!

Ler você é um bálsamo para minha alma...quanta nobreza,quanta generosidade!!!!

Como sempre, seu texto nos faz refletir profundamente sobre a
(des)humanidade...e sempre de forma muito poética!!!!

Sensível e emocionante crônica poética!!
Parabéns,queridão, e que bom te ver de volta!!!
Paz!!!

bluebeijinhos
Blue

Raiblue · Salvador, BA 16/4/2009 16:38
sua opinio: subir
Cláudia Campello
 

Que linnnnnnnnnnnndo, nossa!

acho que o ceu sera ( i é ) da cor que o pintarmos aqui.

ahhhhhh do inferno a ele é um pulo, vc sabe né ?

bjsssssssss;)

Cláudia Campello · Várzea Grande, MT 16/4/2009 16:56
sua opinio: subir
Doroni Hilgenberg
 

Noelio,
maravilhoso texto
Essas pessoas nada tem a não ser a sua desventura e no entando quando abrem a boca, nos transmitem uma esperança de que haja um avida melhor além dessa para aqueles que mantém o coração ]
leve e a alma pura.
bjs

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 16/4/2009 18:23
sua opinio: subir
alcanu
 


Muito bonito !
Publicado !

alcanu · São Paulo, SP 16/4/2009 18:27
sua opinio: subir
raphaelreys
 

Todas as almas no fundo anseiam pela imortalidade! Beleza de texto meu caro marca o seu retorno após uma ausência!

raphaelreys · Montes Claros, MG 16/4/2009 19:10
sua opinio: subir
victorvapf
 

victorvapf · Belo Horizonte, MG 16/4/2009 20:16
sua opinio: subir
Cintia Thome
 

O céu são de pessoas boas que trabalham e dão carinho aos que chegam lá...igual aqui, sem maldade..espíritos de Luz...

Noelio apesar de ser católica, acho que como dizia Clodovil, 'não existe morte para aqueles que parecem pra nós que moorreram..."
eles se ausentam daqui, apenas isso...tenho que acreditar num encontro

abs Noelio

Cintia Thome · São Paulo, SP 16/4/2009 21:53
sua opinio: subir
Cintia Thome
 

acreditar num lugar mais azul ...

Cintia Thome · São Paulo, SP 16/4/2009 21:54
sua opinio: subir
Agenor
 

Grande parceiro Noélio,
Como sempre os teus textos são sublimes, retratando a vida na sua dolorosa realidade mas sempre transmitindo mensagem de fé, de esperança e de otimismo.
Como disse Jesus:
"Bem aventurados os que choram porque eles serão consolados"
Bem aventurados os que tem fome e sede de justiça, porque eles serão fartos"..


Como vê, meu amigo, a nossa infortunada irmã, acredita fielmente nas palavras de Jesus e pela humildade, paciência e resignação com que ela vem suportando as suas "lutas" certamente fará jus ao reino celestial prometido.
Um grande abraço e feliz pelo seu retorno.

Agenor · Aquidauana, MS 16/4/2009 22:48
sua opinio: subir
menina_flor
 

Olá Noelio!
Que lindo o seu texto. Precisamos acreditar em algo mais. Deve existir algo mais que essa mera vida terrena. Linda imagem e lindo texto.
Votado!
Parabéns e sucesso!
Com carinho,
Patty

menina_flor · Rio de Janeiro, RJ 17/4/2009 16:33
sua opinio: subir
Zeca Avelar
 

Booommm Diaaa sempre menino Noélio!

Eu que sou Kaminhant pelos Mils Mundos
que já estive em bailes com as Estrelas
e que milagres vejo em cada nascimento
seu que ao Céu pertence nosso firmamento

Mas... o mesmo Céu, não é apenas o Paraiso
de nuvens brancas como os do Final Juizo
e nesse Céu, não imaginem o Criador
de barbas brancas e aquele rosto de Senhor

Como podemos desenhar o indesenhável
Como podemos descrever o indescritivel
Pois assim é que caminhamos rumo ao léu
Tentando sempre imaginar o que seja o Céu...
E se é morrendo que afinal nós viveremos
Como ir ao Céu se o morrer não compreendemos?
...
Caro amigo de Tudo isso que falei
Entenda mesmo, como pouco ou nada sei !!!

abraSSos Fra_e_ternos,
ZecaFeliz
gaDs!

Zeca Avelar · Florianópolis, SC 17/4/2009 20:34
sua opinio: subir
O NOVO POETA.(W.Marques).
 

um texto impecável amigo, parabéns.
ótimo fim de semana.votado.

O NOVO POETA.(W.Marques). · Franca, SP 17/4/2009 21:25
1 pessoa achou til · sua opinio: subir
Branca Pires
 

Noélio,
Penso que já tens a resposta. Independete da tua crença ou fé.
Apesar dos travos e amarguras desta vida, digamos que é o nosso passaporte para uma nova vida...
Essa mulher te trouxe um bálssamo para a tua alma, neste momento sofrida. E ao mesmo tempo, recebeu as tuas flores.
Beijos Grande!

Branca Pires · Aracaju, SE 17/4/2009 22:53
sua opinio: subir
Falcão S.R
 

Noélio,

Bendita seja essa criatura que lhe inspirou a escrever essa sublime obra de arte.

Abraços

Falcão S.R · Rio de Janeiro, RJ 18/4/2009 06:03
sua opinio: subir
mochiaro
 


Amigo poeta/escritor
Como seria bom se pudéssemos juntar o céu com a terra.
Como seria bom aproximar o o céu da terra tal como no infinito mar percebemos.
Como seria bom pular dessa terra infesta e colher no ceú a pureza dos amores dos anjos e florir os corações das doçura/ mulheres
um abraço vou votar
mochiaro


mochiaro · Rio de Janeiro, RJ 20/4/2009 14:00
sua opinio: subir
ayruman
 

Passando por aqui num lampejo e já indo levando saudades.
Luz e Paz. Sempre. jbconrado.

ayruman · Cuiabá, MT 1/5/2009 11:54
sua opinio: subir
EdimoGinot
 

Noélio

Sem te ler há tempos vim aqui para confirmar o bom gosto dos seus textos. indispensável ao Overmunndo. Parabéns.

Um abraço

EdimoGinot · Curitiba, PR 6/6/2009 10:01
sua opinio: subir
Cláudia Campello
 

maravilhoso esse texto.
cala fundo aqui. adoro reler....mto.

bjs♥;;

Cláudia Campello · Várzea Grande, MT 18/7/2009 02:48
sua opinio: subir
BETHA
 

NOÉLIO,

Por onde andas? No céu de tuas palavras, na terra de tua esperança que nunca se apaga? Que belo texto, que só agora posso ler... Lindo!!!
Parabéns... bjs de Betha.

BETHA · Carnaíba, PE 21/8/2009 15:59
sua opinio: subir
ayruman
 

Eu de Novo.

ayruman · Cuiabá, MT 29/8/2009 14:52
sua opinio: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faa primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
doc, 25 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Voc conhece a Revista Overmundo? Baixe j no seu iPad ou em formato PDF -- grtis!

+conhea agora

overmixter

feed

No Overmixter voc encontra samples, vocais e remixes em licenas livres. Confira os mais votados, ou envie seu prprio remix!

+conhea o overmixter