Conheço Palavras Perigosas

1
Renato Torres · Belém, PA
20/1/2007 · 94 · 15
 

conheço palavras perigosas

conheço palavras perigosas
como rosas abandonadas no chão.
estiro-as sem pudor sobre a página casta,
sabendo o que basta para dizer então:
silêncio, caríssimo!
oh, não perturbes o poema com teu argüir inútil!...
aguarda, ignoto de teu destino
o sino veemente das horas minúsculas, informes,
de que são feitas as palavras tornadas poesia –
sua efígie amoral, sua afasia e demência.

ouve o sinal e aceita sua sina
qual herança ou violência.
toma do poema apenas o severo
esquema do espelho mágico
e ao perguntares sobre ti mesmo,
trágico ou patético,
ouvirás da superfície clara do simulacro
o mimético silêncio,
ardente como o sol do meio dia...
e verás que o espelho não é teu;
és tu, tal e qual, reflexa epifania.
é-se sempre o avesso do próprio eu:
a substância feita do que pensam de ti
e das idéias que tens a teu respeito.

eis o leito seco da areia das palavras
perigosas porque rasas e movediças
aparentemente submissas, escravas
da tua mão ou da tua boca...
em verdade moucas, parvas e omissas
pretensas à autônoma eloqüência,
à barbárie e à inconseqüência castiça!

...

repara o fogo oculto no corpo da palavra.
por vezes somente a surda fagulha das línguas mortas,
a primitiva clava do verbo fendendo
o gutural e pálido signo.
deixa que esse fogo seja de fato o ígneo
feto de tua fala, singular e claro objeto
que, aos solavancos, resvala
no féretro lento que te serve de discurso.
deixa que o sopro deste movimento dê curso
ao incêndio, e cinge tua língua na fuligem
da retórica & da lógica carbonizadas!
deixa assim que, ao perigo do que está prestes a ser dito,
junte-se o desejo contrito de não dizer nada.

deixa, enfim, ao teu aflito interlocutor
o labor e o risco de compreender
ou teu silêncio, ou tuas palavras.



*texto utilizado na peça "palavra máscara", de valério fiel, artesanato furioso, belém-pa.

compartilhe



informações

Autoria
Renato Torres
Ficha técnica
Poesia Brasileira / Poesia Paraense
Downloads
305 downloads

comentários feed

+ comentar
Marcos André Carvalho Lins
 

sábias palavras!!"deixa assim que, ao perigo do que está prestes a ser dito, junte-se o desejo contrito de não dizer nada." fabuloso!!!
abs.

Marcos André Carvalho Lins · Recife, PE 17/1/2007 22:20
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Luciana Hernandes
 

palavras são realmente muito perigosas, em especial para aqueles que delas fazem o prazer e o suplício em poesia.
silencio.

Luciana Hernandes · Cuiabá, MT 18/1/2007 20:02
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Renato Torres
 

olá marcos!

"conheço palavras perigosas" faz parte de uma série de textos onde ponho em cheque o ofício da escritura, sua necessidade latente, na expressão do que quer que sejamos em existência. os textos pretendo reuni-los em meu primeiro livro, cujo nome será "a página branca". em suma, dizer é tão ou mais perigoso do que não dizer; onde queremos chegar então?

grato pela tua leitura e comentário!

abraços

Renato Torres · Belém, PA 18/1/2007 22:13
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Renato Torres
 

olá luciana,

eis a questão: silenciar, talvez, seja o objetivo último em literatura, especialmente na poesia. é o que venho investigando, em textos que discutem a minha lida com a palavra, e com o espaço branco das possibilidades expressivas. comunicar, diria drummond, seria a alegria primeira, mas já sabemos que níveis profundos de comunicação humana são difíceis, requerem um grande tempo de aprimoramento. e clarice já anunciava essa possível jóia escondida na mudez. dou-me então ao perigo de errar, escrevendo...

muito grato pelo teu comentário sensível & sucinto,

abraços

Renato Torres · Belém, PA 18/1/2007 22:19
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Cida Almeida
 

Vou reler e reler, com muito cuidado e atenção, as suas palavras perigosas. Depois volto aqui e comento. Mas, definitivamente, fui fisgada.
Grande abraço!

Cida Almeida · Goiânia, GO 22/1/2007 10:45
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Renato Torres
 

olá cida,

fico feliz: o perigo das palavras, sua armadilha mais chã, é exatamente fisgar-nos a atenção distraída. aguardo ansioso o teu mergulho mais profundo em meu pântano de verso.

abraços

Renato Torres · Belém, PA 22/1/2007 15:04
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Carlos ETC
 

Muito bom, Renato!!! Muito, muito bom!

Carlos ETC · Salvador, BA 22/1/2007 19:05
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Renato Torres
 

olá carlos,

feliz que tenhas gostado. estas palavras perigosas são, enfim, tão necessárias a mim quanto o perigo mesmo de estar vivo.

abraços

Renato Torres · Belém, PA 22/1/2007 19:15
sua opinião: subir
rimbaud
 

és tu, tal e qual, reflexa epifania.
é-se sempre o avesso do próprio eu:
a substância feita do que pensam de ti
e das idéias que tens a teu respeito...

simplesmente!

rimbaud · Belém, PA 7/2/2007 16:58
sua opinião: subir
rimbaud
 

Luca Girard!

rimbaud · Belém, PA 7/2/2007 17:00
sua opinião: subir
Renato Torres
 

olá rimbaud,

vejo que, a despeito de sermos conterrâneos, nossa comunicação não se fez inteira... afinal, me deixaste na dúvida (e creio ter sido este teu intento): simplesmente luca girard? simplesmente? ou...?

abraços,

r

Renato Torres · Belém, PA 26/2/2007 22:26
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
azuirfilho
 

Renato Torres · Belém (PA)
Conheço Palavras Perigosas

Muito Poético, gracioso e exporessivo.

....como rosas abandonadas no chão.

Parabéns pela inspiracáo
Mérito poe qualidade

azuirfilho · Campinas, SP 16/7/2008 13:54
sua opinião: subir
Renato Torres
 

azuir,

agradeço sua visita e o interesse por meus textos...

abraços,

r

Renato Torres · Belém, PA 30/7/2008 15:22
sua opinião: subir
Poetisaluz
 

GRANDIOSO...PAZ E LUZ

Poetisaluz · Petrópolis, RJ 24/9/2009 00:33
sua opinião: subir
Renato Torres
 

olá poetisaluz,

o que há de grandioso, creio, está no olhar e na alma de quem lê. obrigado por vir recuperar este poema de que gosto bastante...

beijo, paz e luz também

r

Renato Torres · Belém, PA 29/9/2009 11:46
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
rtf, 2 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados