Conquistando a Cidadania

1
Jorge Daher · Ribeirão Preto, SP
23/11/2008 · 202 · 33
 

Apesar de muitos direitos já terem sido conquistados, seja através dos direitos humanos ou dos princípios e normas das legislações dos Estados modernos, a concretização plena do texto da lei em prática social regular e acessível a todos apenas será possível através da conquista da cidadania.

Esta conquista é possível através do desenvolvimento da consciência política de cada individuo. Esta consciência deve ser precedida pela certeza de que o cidadão é parte de um todo maior, a comunidade que está inserido, no caso seu município e seu país. Suas ações, positivas ou negativas geram conseqüências em toda sociedade.

Grandes nações caracterizam-se pelo constante aumento da participação popular na política, acompanhando os acontecimentos, iniciando mudanças, e transformações que visem manter o foco do Estado no bem comum. Este aumento depende por um lado dos governos estabelecerem espaços para atuação pública, fóruns, debates, referendos bem como desenvolver uma educação humanística e votada para a formação do cidadão e do eleitor.

Pelo lado da população, não existe mais espaço para a alienação e apatia, o mundo moderno veloz e interligado exige que as pessoas tenham responsabilidade e sensibilidade social para fazer sua parte, ou seja, fazer o que é preciso ser feito, e deixar de fazer o que é prejudicial.

Um dos grande momentos onde o cidadão é convocado a ter papel determinante no futuro são as eleições. O voto é um dos maiores direitos que possuímos e consiste em uma grande conquista da cidadania, porém votar por votar não tem nenhum valor, o voto precisa ser dotado de consciência política.

Consciência política é a capacidade de entender o momento social e governamental com condições de se posicionar de maneira racional e embasada. Ela só pode ser construída a partir do acompanhamento dos fatos atuais e da evolução histórica do tema em questão.

O voto consciente é aquele que se sabe profundamente porque está se votando em determinado candidato, consiste em um processo que se inicia antes das eleições acompanhando a situação do Estado e prossegue após a eleição cobrando dos eleitos o cumprimento de seus projetos. Sendo assim o voto consciente é base para conquista da cidadania, aprender a votar é a lição que, por si só, poderá mudar o Brasil.

Os grandes direitos conquistados no passado são frutos de lutas e reivindicações, mas o trabalho não acabou, a manutenção e ampliações destes direitos dependem de cada um de nós no dia-a-dia para que eles jamais se percam, e continuem em evolução.

A cidadania jamais será um conceito estático, mas algo em constante mutação que se molda de acordo com as necessidades da sociedade, o motor para essas mudanças deve ser o cidadão consciente politicamente, ou seja, consciente de seu papel real.

O maior dever do cidadão é conhecer e reivindicar seus direitos, e o maior direito é ter condições de cumprir seus deveres. A partir desta premissa, bem como, do desenvolvimento da consciência política será possível construir a verdadeira cidadania sem a qual o nossa país jamais será uma nação totalmente desenvolvida.

compartilhe



informações

Autoria
Jorge Daher
Downloads
591 downloads

comentários feed

+ comentar
Stella Tuttolomondo
 

Jorge, sucesso!

Stella Tuttolomondo · Rio de Janeiro, RJ 22/11/2008 23:14
sua opinião: subir
R.MENEZES
 

Seu texto mais uma vez me lembra que cidadania, no seu sentido mais amplo, é uma tecla em que devemos insistir cotidianamente antes que seja realmente tarde demais...

Parabéns!!!

Votado!

Depois Dê uma olhada no meu novo texto!!!

Abraços1

R.MENEZES · Rio de Janeiro, RJ 22/11/2008 23:23
sua opinião: subir
Rodria
 

Nos pequenos detalhes, surgem grandes atos!!
Excelente texto!
Votado!!

Rodria · São Paulo, SP 22/11/2008 23:57
sua opinião: subir
Sônia Brandão
 

Muito bom o seu texto.
A cidadania só é conquistada por aqueles que conhecem seus deveres e não desistem de lutar por seus direitos.
bjs

Sônia Brandão · Bauru, SP 23/11/2008 00:22
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Jorge,
elucidativo texto
A conquista da cidadania é complexa,
ela deve começar nos bancos escolares e abrange um monte
de fatores como culturas diferenciadas e interdisciplinas.
O ser humano só será um cidadão consciente de seus direitos e deveres, se souber ler corretamente e interpretar textos,
e nossas escolas passam longe desse quesito.
bjs

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 23/11/2008 00:36
sua opinião: subir
raphaelreys
 

O homem é um animal político! Meu voto e meu abraço!

raphaelreys · Montes Claros, MG 23/11/2008 04:46
sua opinião: subir
claudia gomes
 

Eu costumo falar que não importa quem ganhe as eleições do executio ou do legislativo, temos que cobrar as ações desses políticos, independente se votamos neles ou não.
Infelismente o indivíduo cobra e critica o político que não pertence ao partido ao qual é filiado ou tem simpatia.
Muito bom o seu texto, precisamos do voto consciente, com certeza! Votado!

claudia gomes · Salvador, BA 23/11/2008 07:47
sua opinião: subir
walnizia santos
 

Jorge,
Excelente o seu artigo.
Que ele tenha grande abrangência e repercussão.
Que os brasileiros se conscientizem mais
e possam exercer a verdadeira cidadania.
Parabéns!
Votando.
Beijos

walnizia santos · Brasília, DF 23/11/2008 08:17
sua opinião: subir
Ecila Yleus
 

Poeticamente ou narrativamente, como no caso o seu consciente texto para não mobilizar a nação e nem o mundo para modificações radicais. Gostaria muito de poder ver mais assiduamente o nosso povo se mobilizar, brigar de verdade para termos mudanças consideráveis que fosse se3ntida e vivenciada dentro da sociedade. Estamos vivendo momentos marcantes de violência e corrupção e que não tem havido visivelmente uma acirrado avanço em minimizar o problemas que levam a essa situação.Como podemos fazer para que a sociedade tenha participação maciça nessa questão: A sociedade precisa unir-se para mudar a própria situação sem esperar que algumas atitudes paliativas resolva 10 % da questão em pauta. As palavras parece qaue está caindo sempre em campo infertil. podemos ser voluntários para um mundo melhor e o seu trabalho é excelente, mostra-nos essa enorme necessidade de cidadania.

Ecila Yleus · Recife, PE 23/11/2008 09:59
sua opinião: subir
Ecila Yleus
 

correção;Como no caso do seu consciente texto que mobiliza a nação e o m undo e nossos esforços parecem inválidos.Desculpe é isso que quis dizer na primeira frase.

Ecila Yleus · Recife, PE 23/11/2008 10:03
sua opinião: subir
Carlos Mota
 

o exercicio da cidadania é uma constante diária a que nos devemos ater e fiscalizar
abraço,

Carlos Mota · Goiânia, GO 23/11/2008 10:11
sua opinião: subir
Hideraldo Montenegro
 

Sim, a gente pode e deve.
Maravilha de texto.

Hideraldo Montenegro · Recife, PE 23/11/2008 10:17
sua opinião: subir
O NOVO POETA.(W.Marques).
 

ótimo texto amigo.votado.

O NOVO POETA.(W.Marques). · Franca, SP 23/11/2008 10:32
sua opinião: subir
Andre Luiz Mazzaropi
 

Parabens !!!
abraços
Andre Luiz Mazzaropi
O Filho do Jeca
www.andreluizmazzaropi.com.br

Andre Luiz Mazzaropi · Taubaté, SP 23/11/2008 10:54
sua opinião: subir
Igor Vitorino
 

Seu texto é profundo, e nos leva a repensar nossas práticas política, a pensar a cidadania em movimento, nao como um estado. Valeu

Igor Vitorino · Vitória, ES 23/11/2008 11:39
sua opinião: subir
Cristiane Neves
 

Parabéns! Gostei muito.

Cristiane Neves · Rio Grande, RS 23/11/2008 11:40
sua opinião: subir
Eloy Santos
 

Jorge,
por não ter posse da cidadania o brasileiro é o que é. Vimos uma parte desse retrato nas recentes eleições municipais. Mas vamos ao que interessa.
A cidadania, não é algo abstrato para mim. Ela é real e sua conquista pelos brasileiros tem sido um processo longo e penoso. A cidadania é irmã-gêmea dos direitos humanos. Ela e os direitos humanos têm a mesma história. Um não subsiste sem o outro. Como referência de conquistas da pessoa humana, a cidadania está em construção permanente. Vai levar muito tempo para a gente chegar lá onde pretendemos. Será coisa para os meus netos, os meus bisnetos.
Um cidadão brasileiro digno dessa qualificação, o democrata Dalmo de Abreu Dallari, um dos maiores juristas deste país, afirma que “a cidadania expressa um conjunto de direitos que dá à pessoa a possibilidade de participar ativamente da vida e do governo de seu povo. Quem não tem cidadania está marginalizado ou excluído da vida social e da tomada de decisões, ficando numa posição de inferioridade dentro do grupo social”.
Ademais, ter cidadania é ter consciência dos próprios direitos no Estado, como direitos civis, políticos e sociais; os direitos à vida, à liberdade, à propriedade da terra e à igualdade.
Mas a cidadania também pressupõe e determina deveres. Sendo integrante de um amplo organismo como é a coletividade, a nação e o Estado, o cidadão tem que ter consciência das suas responsabilidades.
Se não for assim, nada andará para a frente, em direção da plena igualdade social. Isso é o que eu penso.
Apesar dos pesares, sou otimista. Os brasileiros têm caminhado na direção da cidadania. Subimos um degrau de tempo em tempo.

Eloy Santos · Rio de Janeiro, RJ 23/11/2008 12:58
sua opinião: subir
Poetisaluz
 

Concordo plenamente..paz e luz..visite-me sempre que puder..voto agora..

Poetisaluz · Petrópolis, RJ 23/11/2008 13:10
sua opinião: subir
victorvapf
 

victorvapf · Belo Horizonte, MG 23/11/2008 13:39
sua opinião: subir
Renata Rimet
 

"O maior dever do cidadão é conhecer e reivindicar seus direitos, e o maior direito é ter condições de cumprir seus deveres."

Disse tudo, realmente é assim que "Nós Podemos" construir uma nação realmente desenvolvida, cumprir o dever, ter o direito respeitado, assumir as obrigações, assim funciona a cidadania...

Não acredito em útopia, acredito sim em pessoas determinadas, que fazem a diferença em meio às contigencias.

parabéns pelo espirito cidadão!

R.Rimet

Renata Rimet · Salvador, BA 23/11/2008 14:24
sua opinião: subir
samuca santos
 

"O maior dever do cidadão é conhecer e reivindicar seus direitos, e o maior direito é ter condições de cumprir seus deveres."
taí.
o maior nó é o direito, só plenamente conquistado com informação, que vem da educação, que passa pelas condições socio-econômicas...
apesar dos nós, que a sua voz se eleve cada vez mais neste país de surdos.

samuca santos · Olinda, PE 23/11/2008 17:22
sua opinião: subir
Vinícius Motta
 

A cidadania deve ser conquistada e reconquistada todos os dias.

Esta frase diz tudo. Sem mais nada, lhe dou os parabéns.
Votado.

Vinícius Motta · Rio de Janeiro, RJ 23/11/2008 18:48
sua opinião: subir
Coluna do Domingos
 

Votei

Coluna do Domingos · Aurora, CE 23/11/2008 19:11
sua opinião: subir
James Mytho
 

Olá, Jorge !

Eu corroboro com as idéias de tua dissertação. A possibilidade de votar e ser votado, sem maiores constrangimentos, é uma conquista recente na história da humanidade. Penso que serão necessários algumas décadas até que as pessoas "aprendam a votar". Eu sei que não há direito conquistado sem mobilização política - é inevitável ! Mas, às vezes, prefiro me abster disto. E por que ? Não conheço ninguém de confiança, pois aquelas pessoas mais gabaritadas não se tornam políticos, pelo menos enquanto não obtiverem sua independência financeira. Sim, pois aqueles que vivem da política, o qual não tenho nada contra, são mal intencionados. Porém, se eles conseguem seus cargos pelo voto direto, então tenho que reconhecer que não é culpa deles. Apenas estão a aproveitar o momento, enquanto o tal povo os elegem.

Bem, é uma questão complexa.

Abraços !

James Mytho · Rio de Janeiro, RJ 23/11/2008 20:02
sua opinião: subir
peninha
 

Jorge, pela sua foto, vc é jovem. Jovem e munido deste discurso belissimo. Tenho dois filhos, mais ou menos da sua idade, e procuro conversar com eles sobre estas posturas de vida, de cidadão, sempre que posso. Um formou-se este ano e o outro termina Direito o ano que vem e dá mostras de orador, gosta de um discurso e é muito idealista.
As vezes demais. Temos longas discussões, parecidas com as que tive com meu pai em plena ditadura. Os temas é que mudaram um pouco.
Seu texto é muito bom.
Abaixo li o comentário do Eloy que exprime muita sabedoria.
Hoje o nivel de informação em todas as camadas da sociedade impedem a completa manipulação de massas como há 30/40 anos, e por isto não se repetiria jamais um 31 de março.
Há que se fazer muito ainda pela Cidadania plena. Hoje temos uma ideia dela. Mas acho que a sua geração pode alcançar niveis muito bons e transformar a vida de todos os brasileiros.
Quando voces conseguirem, lembrem-se de nós que fizemos o que era possivel à época. Um abraço sincero.

peninha · Butão , WW 23/11/2008 20:46
sua opinião: subir
JACINTA MORAIS
 

JORGE,
Seu texto é muito rico!
Seus amigos devem ter muito orgulho
Da sua garra...
A CIDADANIA É UMA LUTA DIÁRIA!!!
Parabéns,
Abraços.

JACINTA MORAIS · Cascavel, PR 24/11/2008 04:49
sua opinião: subir
Sérgio Franck
 

Jorge, todos os dias e a cada vez que Nós olharmos aos arredores. Porque ser cidadão não é somente reclamar direitos individuais. É também compreender que as regras e os benefícios não estão restritos a primeira pessoa do singular, também se estende à primeira pessoa do plural.

Sérgio Franck · Belo Horizonte, MG 24/11/2008 10:36
sua opinião: subir
Rodrigo Slama
 

É... Muito bom artigo!
Ser cidadão é muito mais do que ter certidão de nascimento.
Até.

Rodrigo Slama · Natal, RN 24/11/2008 10:44
sua opinião: subir
 

HUUUMMM... meu caro JORGE, não vou solapar tua esperança num país melhor --- duvido que mude A PARTIR DE VOTOS --- mas minha crença ou esperança nesse país de insanos já se esgotou há muito tempo, logo na minha juventude.

Nasci (e vivi por longo tempo) numa favela carioca, carregando baldes d'água na cabeça, para tomar banho e cozinha. Rou só se lavava um dia na semana... e olhe lá. Saí do Morro em fins de 1983... e o que vejo 25 anos depois?

A MESMA MISÉRIA, as mesma necessidades! Onde foram parar os milhares de votos dos favelados que MUDARIAM ao menos um pouco essa situação? Você fala em voto consciente... isso não existe, é utopia. O sujeito, por mais honesto, depende do apoio dos demais políticos para ter seu projeto aprovado e isso raramente sucede. Ainda há a chamada "bancada da situação", eufemismo PARA COMPRA DE CONSCIÊNCIAS (isso para os políticos que a têm) pelo prefeito ou governador.

Até o metalúrgico LUÍS INÁCIO, que sofreu todos os revezes da pobreza, criou sua "bancada"... mas na frente dos postos de saúde da própria Brasília ainda morre gente nas filas. O DF tem favelas e miseráveis, embora deputados e senadores recebam 30, 50 ou 80 MIL REAIS POR MÊS, se somadas todas as mordomias.Vou procurar teus textos literários, líricos, poéticos... se o tema seu é esse, você acaba de perder um leitor. Abraços,

"NATO" AZEVEDO · Ananindeua, PA 24/11/2008 18:08
sua opinião: subir
José Cycero
 

Amigo, diria que teu texto estar formidável enquanto utopia.... portanto bem construido do ponto de vista lietarário eu diria e isso merece meu aplauso. Por outro lado, concordo plenamente com o overmano Nato Azevedo.... num comparativo do teu sonho com a realidade que se ver e que se vive. No geral gostei. parabens e voto.

José Cycero · Aurora, CE 25/11/2008 08:53
sua opinião: subir
Jorge Daher
 

Nato Azevedo,

Mudar o Brasil é uma utopia mais do que necessaria. Nosso país tem tudo para ser desenvolvido e mesmo assim é pobre, com miséria e fome, POR QUE?

Isto acontece por vários motivos, mas o principal é a falta de esperança e de ação de todos nós, que não acompanhamos, fiscalizamos e cobramos como deveríamos os que deveriam ser nossos representantes - os políticos.

Enquanto não mudarmos esta cultura da omissão tudo vai continuar como está. Eu acredito que as coisas ruins que passa o Brasil também são responsabilidade minha e de todos. Precisamos fazer nossa parte.

Precisamos votar, votar nos melhores projetos e trabalhar para que as boas idéias prevaleçam, apartir de um debate democratico.

Precisamos agir, seja através de ONGs, movimentos, partidos, grupos, sites, faculdades, colegas de profissão, fazendo coisas que benficiem as pessoas e gerem reflexões.

Sem esperar que políticos resolvam todos os nossos problemas, se cada um fizer sua parte a cada dia teremos um país melhor.

Jorge Daher.

Jorge Daher · Ribeirão Preto, SP 25/11/2008 13:55
sua opinião: subir
Helio Schiavo
 

faço eco as suas palavras meu caro jorge

Helio Schiavo · João Monlevade, MG 3/12/2008 17:37
sua opinião: subir
Maris Stella
 

Já dizia Obama e deu no que deu...
Parabéns jorge pela proposta, pela postura e pela ousadia do sonho!!
besos

Maris Stella · Vitória da Conquista, BA 3/12/2008 17:38
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 4 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados