Convulsão Silenciosa de Pensamento

Album particular
1
Juscelino Mendes · Campinas, SP
14/4/2009 · 135 · 31
 

p/ J.J. Calmon de Passos

"Poene acta est vitae fabula longa meae."

Das lições de Croce,
Cattaneo, Kelsen,
Pareto, Weber
certamente bebeste, mestre!
Encanto faiscante,
em plena convulsão silenciosa de pensamento
Nobre
És mentalmente invisível,
sombra de um sorriso
que fotografa tua própria alma.
E a fotografia dura mais que nós.
Sempre a fotografia:
eterniza que o passado foi hoje;
que agora será amanhã,
como agora também é ontem,
em perfeita consonância joyceana,
tendo já aqueles bebido de Hobbes,
Locke, Rousseau, Kant, Hegel,
que ajudaram a lavrar caminhos no mundo.
És tu madeira de lei, mestre,
formada de há muito,
amadurecida na estufa da solidão
de nossa raça,
que traça caminhos novos
em floresta densa de lendas primevas
a formar novas árvores de estirpe semelhante.
Até que chegue a noite, mestre
para um dormir em paz
na certeza de que ainda viverás,
no dia-a-dia,
em nós, arbustos,
para sempre.

________________________________________________
Compus este poema em agosto de 1997 e o enviei ao homenageado J. J. Calmon de Passos, jurista baiano de estirpe nobre no conhecimento e na ética. Calmon, ao receber o poema, respondeu-me, o seguinte:

"Recebi seu cartão, acompanhado do poema que me dedicou. O grande mérito do artista é 'extrair' beleza do que aos olhos mortais é pura insignificância. Nunca me esqueci de uma experiência de minha juventude. Morava num bairro pobre e vi certo dia um homem, que munido de pincéis e tintas, postado diante de um monte de lixo, parecia tentar reproduzir na tela a insignificância do que eu via. Curioso, aproximei-me. O que estava na tela não era o que eu percebera a nível de 'realidade'. O artista captara algo que me passara desapercebido. Bem no meio de todos os detritos e imundícies, um caco azulado do que certamente poderia ter sido uma garrafa de vinho, recebia um raio de sol que ele multiplicava, num caprichoso bailado de luz sobre os desvaliosos 'restos' do que sobrara de quem dispõe de muito pouco. Esse maravilhoso dom com que a natureza privilegia alguns consegue o milagre de fazer do lixo o espetáculo de um momento de beleza. Mas é um 'instante' apenas esse milagre e só existe pelo talento do artista que o revelou. Depois desse 'instante', tudo será como antes, porque será como sempre foi. O que eu sou realmente e sempre fui, antes e depois de seu poema, traduz-se nestas palavras: ___ um amontoado de coisas descartadas, porque já sem utilidade, que lhe agradece sensibilizado você ter podido criar, utilizando-o, um momento de beleza, mas que em verdade é apenas lixo a espera de quem o recolha.

Afetuosamente,

J.J. Calmon de Passos,

Salvador 12 de novembro de 1997".

Sobre a obra

És mentalmente invisível,
sombra de um sorriso
que fotografa tua própria alma.
E a fotografia dura mais que nós.
Sempre a fotografia:
eterniza que o passado foi hoje;
que agora será amanhã,
como agora também é ontem,
em perfeita consonância joyceana...

compartilhe



informações

Autoria
Juscelino V. Mendes, pesquisador, jusfilósofo e escritor.
Ficha técnica
Publicado em meu livro de poesia filosófica "Balé do Espirito", Editora komedi: Campinas, 1999.

A frase latina em epígrafe significa: "Quase concluida já está da minha vida a longa fábula".

De fato concluiu-se com o falecimento de Calmon de Passos em 18 de outubro de 2008.
Downloads
442 downloads

comentários feed

+ comentar
Vives
 

Filosoficamente poético. Volto para os votos!

Vives · Porto Alegre, RS 12/4/2009 03:34
sua opinião: subir
Cláudia Campello
 

Aposto que ele ficou deveras emocionado.....
vc escreveu com genialidade e alma......
mas a resposta dele heim ?! nossa !
qta sabedoria e humildade...
a d o r e i.

e com esse vou aos sonhos....

bjsssssss;)

Cláudia Campello · Várzea Grande, MT 12/4/2009 07:00
sua opinião: subir
Branca Pires
 

Puxa, que inspiração!
E é claro que o retorno foi tão e tanto quanto INSPIRADOR!
Parabéns e obrigada por nos trazer aqui!
beijos

Branca Pires · Aracaju, SE 12/4/2009 12:56
sua opinião: subir
Ivan Cezar
 

Usando a teoria de um dos gênios citados no poema
Positivamente
Tomo como norma o dever de exaltar
esse trabalho altamente diferenciado
"Madeira de lei , mestre" ...
Bah ...

Ivan Cezar · São Sepé, RS 12/4/2009 16:26
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Juscelino
" A beleza das coisas simples só os grandes mestres
conseguem enxergar. O que para nós é confuso,
para muitos é luz e se eterniza em momentos
de inspiração e sabedoria
Belo poema e comentário melhor ainda
bjs

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 12/4/2009 21:22
sua opinião: subir
Carlos Venttura
 

Parabéns!

Bela homenagem.

Carlos Venttura · Suíça , WW 12/4/2009 23:45
sua opinião: subir
Agenor
 

Caro Juscelino,
Pela resposta do homenageado percebe-se a sua grandeza de espírito e o quanto foi justa e merecida a honenagem que você lhe prestou.
Parabéns!...
Volto
Abraços

Agenor · Aquidauana, MS 12/4/2009 23:56
sua opinião: subir
graça grauna
 

Juscelino, meu irmão pataxó: fazia muito tempo que li reflexões, assim, tão cheias de poesia e ensinamento. Confesso que nem sei por onde começar, se pela beleza de poema que você dedica ao jurista Calmon de Passos, se pelas próprias palavras do homenageado. A sensatez me orienta que devo pimeiramente observar ou comentar a sutilidade do pensamento do grande mestre Calmon; ele, pode-se dizer, é um dos poetas invisíveis ao traduzir o instante que o ser humano vive. Veja que coisa mais linda:O que eu sou realmente e sempre fui, antes e depois de seu poema, traduz-se nestas palavras: ___ um amontoado de coisas descartadas, porque já sem utilidade, que lhe agradece sensibilizado você ter podido criar, utilizando-o, um momento de beleza, mas que em verdade é apenas lixo a espera de quem o recolha.
Meu amigo Juscelino, grande também é a força da sua palavra; o ensinamento e a poesia que vem de você e sou agradecida por esse momento impar que nos dar a conhecer mais um pouco dessa vida que se vive e a lavrar os caminhos do mundo. Paz em Ñanderu, Graça Graúna

graça grauna · Recife, PE 13/4/2009 08:28
sua opinião: subir
graça grauna
 

CORRIGINDO:
...faz muito tempo...

graça grauna · Recife, PE 13/4/2009 08:30
sua opinião: subir
Aube
 

Jus, uma poesia de beleza ímpar...
eterniza que o passado foi hoje;
que agora será amanhã,
como agora também é ontem...

Homenagem riquíssima, filosofica, poética e emocionalmente falando...
Adorei!! Parabéns!
Mil beijos,
Aube.

Aube · Salvador, BA 13/4/2009 12:55
sua opinião: subir
RUI LÔBO
 

Juscelino:"Convulsão silenciosa de pensamento"- o próprio título já nos remete a uma indagação profunda. O homenageado por sua vez é grande merecedor de versos, digamos, tão "convulsivos", pois, pelo visto, os seus valores foram forjados no aço inquebrantável da humildade, rainha soberana dos homens dotados de inteligência.!Votarei no poema, já que no conterrâneo já tá mais que eleito.Axé!

RUI LÔBO · Brumado, BA 13/4/2009 15:29
sua opinião: subir
Ailuj
 

Jus
fora de qualquer dúvida J.J. Calmon de Passos foi
um dos maiores processualistas brasileiros
um dos mais destacados juristas do Brasil,e eu diria que esse texto é o encontro de dois gênios
Uma obra desse quilate só podia vir de um mestre como você
Um beijo e boa semana

Ailuj · Niterói, RJ 13/4/2009 16:53
sua opinião: subir
Cau Santana
 

Lindo.
Senti tanta profundida em suas palavras que me emocionou, siceramente.
Bjs e voltarei

Cau Santana · Barreiras, BA 13/4/2009 18:36
sua opinião: subir
Brida
 

Juscelino, fiquei comovida, pois tive o pivilégio de desfrutar da presença desse grande homem, afora laços de família. Parabéns!

Brida · Salvador, BA 13/4/2009 20:39
sua opinião: subir
geraldo maia
 

parabéns, grande texto, grande réplica, conversa de sons e alucinações lucidificadas.

Grato,
abraço,
geralfo

geraldo maia · Salvador, BA 13/4/2009 23:39
sua opinião: subir
Ailuj
 

Abrindo a votação com maior prazer
Beijos

Ailuj · Niterói, RJ 14/4/2009 00:22
sua opinião: subir
Carlos Venttura
 

Volteeeeeeeeeeeeeeeee!

Parabéns!

Carlos Venttura · Suíça , WW 14/4/2009 00:29
sua opinião: subir
Cláudia Campello
 

Que homenagem !!!
Que belo texto!!!

bjsssssss;)

Cláudia Campello · Várzea Grande, MT 14/4/2009 04:55
sua opinião: subir
Claudia Almeida
 

Até que chegue a noite, mestre

...parabéns querido,bjs.

Claudia Almeida · Niterói, RJ 14/4/2009 08:51
sua opinião: subir
Branca Pires
 

Beijos e votos!

Branca Pires · Aracaju, SE 14/4/2009 10:11
sua opinião: subir
Nels Belo
 

Grandes Homens , grandes brasileiros, grandes baianos.

Nels Belo · Feira de Santana, BA 14/4/2009 16:32
sua opinião: subir
Diacui Pataxo
 

o futuro não é só o passado, mas o presente também. Beijos.

Diacui Pataxo · Ilhéus, BA 14/4/2009 16:53
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

voltando
bjs

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 14/4/2009 17:56
sua opinião: subir
Vinícius Motta
 

Um belo trabalho e homenagem, em que nos lembra da importância das contribuições dos pensadores citados para a melhora da sociedade.
Parabéns.
Votado.

Vinícius Motta · Rio de Janeiro, RJ 15/4/2009 16:01
sua opinião: subir
Raiblue
 

Maravilhosa homenagem poética,Jusc...lindo!!!
As atitudes e a caminhada...ultrapassam a fotografia...ficam impregnados na alma de cada um de nós,na alma do povo!

Belíssimo poema,querido, sempre nmos emocionando,né?

beijinhos bluecarinhosos
Blue_Chips

Raiblue · Salvador, BA 15/4/2009 20:12
sua opinião: subir
Raiblue
 

..sempre nos emocionando...

Adorei a fotografia!!!! vc não mudou nada...rs
bjks azuis....

Raiblue · Salvador, BA 15/4/2009 20:13
sua opinião: subir
Patricia Rocha
 

Que bela homenagem!!! Emocionante mesmo!
beijo
Pat

Patricia Rocha · Rio de Janeiro, RJ 15/4/2009 23:32
sua opinião: subir
O NOVO POETA.(W.Marques).
 

como sempre um nobre trabalho.votado.

O NOVO POETA.(W.Marques). · Franca, SP 16/4/2009 17:23
sua opinião: subir
Naggai Monteiro
 

Quando li apenas o título achei impactante. O texto, a resposta, tudo é maravilhoso, se foi para você um prazer escrever esse texto, certamente deve ter sido uma honra para o homenageado e uma glória pelo feedback do texto. É muito prazeroso escrever para alguém e ter o reconhecimento merecido. Meus parabéns, com certeza, aprovado e votado.
Beijos!!!

Naggai Monteiro · Salvador, BA 19/4/2009 16:12
sua opinião: subir
Juscelino Mendes
 

Vives, Cláudia, Branca, Ivan, Doroni, Carlos, Agenor, Graça, Aube, Rui, Júlia, Cau, Brida, Geraldo, Claudia, Nels, Diacui, Vinicius, Blue-Chips, Patrícia, Marques e Naggai, obrigado por suas presenças preciosas, com um abraço carinhoso.

Juscelino Mendes · Campinas, SP 20/4/2009 14:46
sua opinião: subir
Juscelino Mendes
 

Brida, feliz em saber que tem laços de família e conhecimento mais próximo com Calmon, figura digna de todas as homenagens sempre pelo que representou para as letras jurídicas e sociais do Brasil. Grande abraço.

Juscelino Mendes · Campinas, SP 20/4/2009 14:48
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 5 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados