CORDA SOL BACH

melgonçalves
Instale o Flash Player para ver o player.
1
Cintia Thome · São Paulo, SP
8/1/2008 · 251 · 36
 


CORDA SOL BACH


Nada mais recorda
A corda em sol
Cânticos, o solfejar
Estático pardal
No fio do varal
Lençol a flutuar
Na fresca manhã
Ao vento cambaleante
Chorando... Chorando...
Porque a chuva vem
Cânticos orvalhados
Respingos na vidraça
E a traça caminha em compasso
Em sol de Bach
Pelas rotas páginas,
Carta em palavras dantes quentes
Alinhadas escritas, outrora
Traçadas de uma vida ardente
Dos desejos em lampejos,
Agora, mudos, silenciosos, mortos
Gotas de chuva
O pardal no meio fio
O lençol pesado em cinzas
Recordar já não posso.
A traça vive da carta lacrada
Do vazio de amor, do nada
Nada mais recorda
Ária na corda sol
E eu, ossos.


Cintia Thomé

.
**ESCUTE EM AUDIO.

compartilhe



Embutir



informações

Autoria
.....Cíntia Thomé
Ficha técnica
..... Se quiserem, escutem em audio. Feito : Software: Audacity
..... Voz: Cintia Thomé

.....Johann Sebastian Bach -

........Aria na Corda Sol
Downloads
790 downloads

comentários feed

+ comentar
Nydia Bonetti
 

Em sol de Bach...
Esta semana eu fiz um poema pensando na Nona Sinfonia de Bethoven, depois de ler um poema de Adroaldo. Agora você e Bach. A música é mesmo grande fonte inspiradora dos poetas...
Lindíssimo seu poema, Cintia!
beijo

Nydia Bonetti · Piracaia, SP 6/1/2008 08:47
sua opinião: subir
victorvapf
 

Tira a traça da carta lacrada, se recebeu, abre e le, se nao mandou mande a e aguarde a resposta! Parabens poetiza. bjs.

victorvapf · Belo Horizonte, MG 6/1/2008 09:57
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Branca Pires
 

Cíntia, que belo poema ao som das cordas de Bach...
Pois senti a sinfonia inteira.
Grande abraço

Branca Pires · Aracaju, SE 6/1/2008 12:25
sua opinião: subir
Cintia Thome
 

Branca, se quiser escute, ok
É só fazer download

bjus.

Cintia Thome · São Paulo, SP 6/1/2008 20:26
sua opinião: subir
alcanu
 

É... a chuva nos remete a isso, essa vidraça parece estar chorando e eu que costumo ouvir muito a Tocata, lendo teu poema me emociono, ouvindo, com essa tua voz embevecida e pungente, encaixada perfeitamente no poema, cúmplices, que belo ano se descortina, pelo talento dessas poetisas musicais !
Bravo!!!
Um beijo, Alcanu

alcanu · São Paulo, SP 6/1/2008 20:37
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
alcanu
 

Desculpe, ficou parecendo que o som é da Tocata, eu só quis dizer que não me recordava dessa outra composição do Bach, entende ?
ouço mais a Tocata, principalmente nessa época de Natal...
Alcanu

alcanu · São Paulo, SP 6/1/2008 20:40
sua opinião: subir
Cintia Thome
 

Alcanu, é Johann Sebastian Bach -

Aria na Corda Sol
Se quiser escutá-la:

http://www.mp3tube.net/br/musics/Johann-Sebastian-Bach-Aria-na-Corda-Sol/89166/

bjus a todos...

Cintia Thome · São Paulo, SP 6/1/2008 20:46
sua opinião: subir
Joana Eleutério
 

Muito bom o seu poema. Na sua voz, um espetáculo à parte. Parabéns. Beijo grande.

Joana Eleutério · Brasília, DF 7/1/2008 13:27
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
brigitte
 

Cíntia, pura poesia e sentimento à flor da pele
A traça vive da carta lacrada
Do vazio de amor, do nada
Nada mais recorda

Votadíssimo, querida.
Abraços

brigitte · Goiânia, GO 7/1/2008 23:31
sua opinião: subir
Saramar
 

Cintia é tão emocionante a transformação da alegria em cinzas, em pássaro morto, ossos na calçada...
É pungente e a música torna ainda mais dolorida a emoção.
Belíssimo, belíssino!

beijos

Saramar · Goiânia, GO 8/1/2008 07:19
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
raphaelreys
 

Rotas páginas!

raphaelreys · Montes Claros, MG 8/1/2008 07:22
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Joana Eleutério
 

Cíntia, já ouvi algumas, vezes aproveitando a carona do link deixadoa para o Alcanu. Beijo grande e votos.

Joana Eleutério · Brasília, DF 8/1/2008 08:50
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
alcanu
 

Foram os 04'58'' mais rápidos & intensoas da minha vida, principalmente aquele seu "maldoso" silêncio no começo antes e iniciar sua (maravilhosa ) fala.
Palavra de quem tem uma voz de taquara rachada e a menor vocação para locução, como diz o Zagallo, vocês vão ter de me aguentar (meus textos, digo) rsss. Muito bom, votadíssimo, um beijão, Alcanu.
Ps:Amanhã farei uma "palhaçada" !

alcanu · São Paulo, SP 8/1/2008 10:30
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
crispinga
 

Saudade dos seus versos...Agora, então, acompanhados de música, um sonho!

crispinga · Nova Friburgo, RJ 8/1/2008 13:49
sua opinião: subir
Sérgio Franck
 

Sereia, a voz no seu poema, o poema na sua voz; meu ouvido ensimesmado, esvaziou-se dos zumbidos, subiu a mil pés,
perdeu o chão.

Lindíssimo!

bjo.

Sérgio Franck · Belo Horizonte, MG 8/1/2008 13:59
sua opinião: subir
Benny Franklin
 

Uau! Muito bom poema e voz. Magnífico, Cintia!
Beijo grande.
Benny Franklin

Benny Franklin · Belém, PA 8/1/2008 14:31
sua opinião: subir
anamineira
 

Cyntia,
Obrigado pelo convite.
Deu pra sentir sua emoção. Que torna a música e seus versos mais valiosos.
Um abração cá de Minas.

anamineira · Alvinópolis, MG 8/1/2008 14:40
sua opinião: subir
Marluce Freire Nascasbez
 

Cíntia,

Que poema lindo, parabéns!
(Excelente postado, poema e voz)

Um aBRAÇO, Marluce

Marluce Freire Nascasbez · Carnaíba, PE 8/1/2008 15:14
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
victorvapf
 

voto!

victorvapf · Belo Horizonte, MG 8/1/2008 15:18
sua opinião: subir
Robert Portoquá
 

Oi Cíntia!
Lindo de ler e ouvir!
Beijos

Robert Portoquá · Adamantina, SP 8/1/2008 15:58
sua opinião: subir
Andre Pessego
 

Cintia,
Nem precisava ouvir, se lendo em voz alta, a propria feitura
já vai dando um rítimo às palavras, candenciando.....
fantástico, um abraço, andre.

Andre Pessego · São Paulo, SP 8/1/2008 18:42
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Lígia Saavedra
 

Cintia, olá!

Tua poesia é linda mas ouvir-te declamando a fez sublime.

Obrigada querida, um bj.

Lígia Saavedra · Ananindeua, PA 8/1/2008 19:54
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
carlos magno
 

Olá minha amiga Cintia,

é sempre bom conhecer os teus escritos e cada vez me emociono mais com estes versos encantadores cheios de sensibilidade que nos presenteia. A exência da tua poesia somada ao fundo sonoro de Bach se agiganta de uma forma tão gostosa !... Meus sinceros aplausos e beijos.
Carlos Magno.

carlos magno · Rio de Janeiro, RJ 8/1/2008 20:05
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Nydia Bonetti
 

Cintia
Confesso que nunca gostei de poemas declamados. Mas depois que te ouvi no Recanto das Letras, declamando Ah! Minha Criança..., mudei totalmente de opinião. Você é maravilhosa declamando. Emociona demais...
beijo

Nydia Bonetti · Piracaia, SP 8/1/2008 20:55
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
João Bosquo
 

O pardal no meio fio e eu ossos... Belo poema. Abçs.

João Bosquo · Cuiabá, MT 8/1/2008 23:30
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Adriana Costa
 


[...]
E eu, ossos.


Lindo demais!!!
Parabéns, Cintia! Perfeitinho!!!
Beijos @>--

Adriana Costa · Brasília, DF 9/1/2008 14:40
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
 

MENINA... é para ficar o dia todo ouvindo! Com esse charme todo, até o Paulo Autran --- que Deus o tenha no reino da glória -- ficaria com inveja.
Ficou ótimo, a declamação está perfeita, discreta e intimista "comme il faut"! Acostumado a pastores e padres que tratam a Poesia aos berros, confesso que estranhei tanta delicadeza. Parabéns, CÍNTIA, um momento de rara beleza !

"NATO" AZEVEDO · Ananindeua, PA 9/1/2008 16:13
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Paulo Esdras
 

Cintia, simplesmente emocionante.

Paulo Esdras · Brumado, BA 9/1/2008 18:10
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
victorvapf
 

Dei mais uma passadinha aqui...bjs

victorvapf · Belo Horizonte, MG 9/1/2008 21:58
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Jairo Oliveira Ramos
 

A poesia é demais. Só o jogo de palavras já vale a pena, Cintia Thome. É ler para crer.

Jairo Oliveira Ramos · Aracaju, SE 10/1/2008 00:09
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Andre Pessego
 

E tu neste retrato em preto e branco está mesmo até
com ares de maestrina,
um abraço andre.

Andre Pessego · São Paulo, SP 11/1/2008 08:21
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Matheus Muzy
 

Perfeito!
Ouvir você declamando esse poema... foi magnífico.
Parabéns!
Abraços!!!

Matheus Muzy · Cordeiro, RJ 11/1/2008 18:57
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Pedro Monteiro
 

Cintia desculpe-me não ter passado por aqui antes.

Era eu mesmo quem estava perdendo, adorei...
Abraços

Pedro Monteiro · São Paulo, SP 12/1/2008 08:19
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Vanessa David
 

Cintia... belíssimo! Parabéns!!!
Eu me sentiria honrada se vc me convidasse sempre que postasse um poema. A sua escrita me balança...

Um abração.

Vanessa David · Rio de Janeiro, RJ 12/1/2008 11:38
sua opinião: subir
Renato Torres
 

cíntia,

o saramago fala dessa necessidade de ouvirmos, ao ler um texto impresso, a voz de quem o escreveu - mesmo que isso seja apenas uma invenção da mente. neste caso, é delicioso poder ouvir a tua voz, e experimentar, no efeito sinestésico que há entre a música de bach, tua voz e teu poema, um enlevo único, jamais possível com a mera leitura de um poema. grifo a palavra mera porque, sim, lemos mal. lemos sem entrega, e, o que ´pe pior ainda, muitos de nós lemos sem nem sequer exercitar a escrita (zaratustra: um século de leitores, e o próprio espírito terá mau cheiro!). saramago vai além, dizendo que um texto literário só existe quando se diz em voz alta, que a palavra impressa é um signo morto, à espera de que lhe insuflemos a vida da palavra dita. bendita seja a tua voz a dizer a tua poesia!

beijos,

r

Renato Torres · Belém, PA 17/1/2008 00:49
sua opinião: subir
Jairo de Salinas
 

Esse começo em 9 tempos onde o 3º grau enche o meu peito de misteriosas forças, é apenas um engodo...
o após aparece de forma implacável; deixa o meu corpo atônito e a minha sensibilidade em pedaços.
Belo poema!
Perfeita escolha musical!

Jairo de Salinas · Salinas da Margarida, BA 1/12/2009 08:37
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
mp3, 1.6 Mb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados