Cosendo as pontas do (a)mar..

Flickr
1
Raiblue · Salvador, BA
18/12/2011 · 4 · 4
 

De azul eu pinto a seda deste dia pleno
Você meu primeiro trago
Meu zên(ite) e meu barato
Algazarra de ventos a soprar dezembro...

Nalgum lugar do tempo das ondas
Meu porto (inseguro) te espera
Tua praia se espraia em minhas terras
Em nosso silêncio sussurram conchas

Angra
Miçangas
O tambor do Pelô
Na batida do teu samba

Bamba
A corda do tempo balança
Acorda menino do Rio
Que a vida é pura correnteza

Calejados os pés
Dos erros das retas
Tropeçam nas curvas do destino
Arrancam da pedra o caminho

E vão
Não em vão
Cosendo as pontas do (a) mar
Rede tecida devagarzinho
No linho que juntou
As linhas de nossas mãos...



RaiBlue, em 18 de dezembro de 2011,

às 00:40h





Sobre a obra

(Para Sam..., amor meu...)

Feliz niver, meu príncipe azul!!


O que flui
Nada detém
é rio sem margem
mistério
viagem
coisas do acontecer...


Eu te amo,Sam...para sempre e sempre...sempre...

Aloha!!

Beijos intensos e extensossssssssss...
Tua Bluezinha (pra te aquecer...)

compartilhe



informações

Autoria
Raiblue
Ficha técnica
Poema: Cosendo as pontas do (a)mar... // Imagem: Flickr
Downloads
207 downloads

comentários feed

+ comentar
Samuel Luciano Assunção
 

“Nalgum lugar do tempo das ondas
Meu porto (inseguro) te espera
Tua praia se espraia em minhas terras
Em nosso silêncio sussurram conchas”

raiblue minha rainha azul da bahia...eu te amo também...muito e muito, sempre e sempre.
obrigado pelo presente...outro tão lindo quanto o outro...os outros. Tava doido pra conseguir chegar por aqui hoje e ver e ler. Sentia que precisava...e estava certo. Entre tantas mensagens lindas a sua é mesmo um presente...embrulhado de azul e já guardado...eternamente!
milhões di beijos azuis meus...
teu sempre teu...sam

Samuel Luciano Assunção · Angra dos Reis, RJ 18/12/2011 19:50
sua opinião: subir
Raiblue
 

Sam, meu príncipe das marés mais azuis...,


Eu tinha que registrar aqui nesse espaço esse momento lindo....aqui onde tudo começou...nosso ponto de partida para o sempre...

Ãs vezes perco tanto a esperança em relação a essa humanidade muito louca que faz desse mundão um espaço tão difícil de se viver e conviver...Mas aí chega você e me injeta uma dosagem de amor que me liberta de qualquer dúvida sobre a possibilidade de verdadeiros sentimentos...

Muito obrigada, meu amor, por tudo isso que você desperta em mim com seu carinho que chega sempre de mansinho na hora em que mais preciso...

Estarei sempre aqui...sempre perto...como o mais macio silêncio tocando a pele...sussurrando em teu ouvido coisas do coração...desse meu doido coraçãoo...louco por você...

Todos os beijos...azuis pra d(O)urar...
Tua Bluezinha...

Raiblue · Salvador, BA 19/12/2011 22:59
sua opinião: subir
azuirfilho
 

Raiblue · Salvador, BA

Cosendo as pontas do (a)mar..


Uma Alegoria viva esclarecendo um sentimento infinito.
A Gente sente e apura o sentimento da gente.
Um esforço supremo pra se afirmar e se libertar.

Tem de ir cosendo as pontas até conseguir chegar ao ponto pra entender e realizar.

Hã uma mística animando uma esperança.

Parabéns pelo Trabalho.
Abração Amigo para todos.

azuirfilho · Campinas, SP 28/12/2011 16:08
sua opinião: subir
arnaldo cavalle
 

bom, expressivo, romantico. bjs

arnaldo cavalle · Jaboatão dos Guararapes, PE 12/1/2012 10:08
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 2 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados