CRACK

1
Sigrid Spolzino · Brasília, DF
1/5/2011 · 3 · 1
 

CRACK

Um cenário desolador que não se resume apenas às capitais brasileiras. Hoje, vemos adeptos de todas as classes sociais e por razões diversas, espalhados por nossos municípios mais longíquos...
Estudos revelam, aproximadamente, assustadores 1 milhão de usuários de crack no Brasil e, vem crescendo anualmente este número.
Pensar que aterrorizar crianças e jovens, com a desculpa de informá-los sobre os perigos das drogas, lei do engano...
Precisamos prevenir e, a forma mais significativa que consigo ver, seria conscientizar e educar.
Sem duvida, a retomada desse eixo tem a ver com a familia, o caminho deve ser retomado por ela.
Sem esquecer, claro, das políticas públicas efetivas aliadas aos cuidados especiais.
Estamos falando de uma droga que líquida todas as possibilidades de crianças tornarem-se jovens e estes chegarem a fase adulta.
A sensação de estarmos dando adeus ao acesso à educação, esportes e lazer. Isso acontece quando nos deparamos com os farrapos humanos que essa droga produz.
O trabalho é grande? Por certo, imenso, tanto governo quanto sociedade precisam conscientizarem da árdua tarefa de tentar trazer aqueles que já estão sob o malígno poder desse vício. Alarmante o número de pessoas carecendo de tratamento. Nem se escodem mais, ao anoitecer podemos vê-los perambulando pelas ruas...
O negócio é o seguinte: se eles procuram na droga a fuga de algo, precisamos do lado de cá, fazê-los enxergar um sentido a mais para suas vidas.
Pensando bem, uma dedicação dessas pode ser comparada a um ato de amor.
No final tudo se resume nisso mesmo.
Fazê-los ver o quão especial são para suas famílias e amigos ou apenas amigos para alguns.
Acredito que é possível mudar estatísticas, resultados e escolhas erradas e ainda temos tempo para revertermos essa realidade.
Para isso, senhores governantes ajam imediatamente, tratem de mexer logo nessa ferida que ainda, há saída...
E, com certeza para isso contem comigo e meus amigos...!

SIGRID SPOLZINO
Publicado no Recanto das Letras
29/04/2011
Código do texto: T2939393

compartilhe



informações

Autoria
SIGRID SPOLZINO
Ficha técnica
Aproximadamente 7 x mais forte que a cocaína, logicamente que sua crueldade também é bem superior à cocaína. Seus efeitos são a depressão, inquietação, euforia e ansiedade, sendo que a droga chega ao cérebro rapidamente (cerca de 15 segundos), durando aproximadamente 5min.
Downloads
232 downloads

comentários feed

+ comentar
ayruman
 

A sociedade é reflexo de nossas famílias. Este caos todo que aí está mostra a decadência de nossa sociedade. Nossos jovens não têm mais referencias sadios onde possam se espelhar.
Hoje o que comanda a juventude são as novelas, os "BBB", o lado podre da internet, a mídia decadente consumista. Nossos valores estão invertidos e a grande maioria dos Pais nem sabem mais o que querem para Eles seus Filhos!
Vivemos num mundo mecanizado e teleguiado.
É uma lástima. A mediocridade domina tudo. Nossos lares, Escolas, nossa cultura, nossos governantes...


Grato por sua presença. Saúde e Paz.

ayruman · Cuiabá, MT 2/5/2011 14:16
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 3 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados