Crônica para um Narrador

Imagem Google
1
graça grauna · Recife, PE
5/1/2009 · 229 · 77
 

Foi num sábado à noite. No local do encontro, mesclas do infinito; coisas que acontecem, quando as lembranças se transformam em festa com as boas palavras de Antonio Viana: um escritor.
A sala estava cheia. Adultos e crianças em meio ao encanto. Ao meu lado, um casal idoso deu-me a impressão de que não perdera o hábito de ouvir “Músicas e lágrimas”, de Glen Miller. Ele, muito discreto, guarda uma semelhança com aqueles homens desenhados nos reclames coloridos dos cigarros americanos de 1932. Ela, provavelmente da mesma época e exuberante no vestido de seda azul claro, me deixou também a impressão de que acabara de sair de um quadro em moldura oval, desses que ocupam um lugar muito especial em uma sala grande. Não sei a cor dos seus olhos; se azuis, ou castanhos; traços do rosto que eu quase desconheço. O tom da voz, eu não sei. Na verdade, procurei resguardar minha curiosidade sobre o casal para não quebrar o encanto. Coisas de leitor, de leitora: primeiro, o livro. Depois, o filme.
História & histórias. Ficção e realidade. Ah, os livros! Na passagem para o poético, um festim de personagens: Pessoa e pessoas, Alberto, Francelina, Luzilá, Rilke, Abigail, Victor Hugo, Neruda, Lorca, Whitman, quase todos os nomes no espaço sedutor – o texto. E o leitor como se sente? Certamente, desejoso também de exercitar no seu ritmo algumas lembranças. Engraçado, eu nem me lembrava mais da experiência de sentir, à maneira de Viana e Drummond, essa prévia saudade de ler um livro. Não foi à toa que eu me guardei na minha ânsia, diante da tentação de folhear uma das gêneses da obra. Bom mesmo é esperar o momento certo para abraçar o livro. E o autor? Sim, é permitido abraça-lo também; porque as boas lembranças aquecem. E o narrador, onde está? Em meio à ânsia coletiva, como geralmente ocorre em lançamento de livro; está na “fronteira entre o histórico, a ficção e o memorialismo”, como dizem os teóricos.
Fez-se um rápido silêncio. Eis o Autor! - disse um amigo. Ao meu lado, um casal idoso contemplava o homem quase-menino que acabara de chegar. Nesse momento, duas sábias mulheres se aproximaram e contaram histórias sobre os muitos caminhos desse homem: cidadão do mundo, filho da ausência, irmão da confiança, habitante também de Pasárgada.
Bastou essa palavra: Pasárgada! E abriu-se uma porta mágica. Através dela, o Autor foi chegando manso, tranqüilo, cobrindo a todos com um raio de luz. Sobre a mesa, lembranças em papel e tinta evocam o ad-infinito.

Graça Graúna.
Solar da Serra/DF, 3 de janeiro de 2009

Sobre a obra

Naquele momento, duas sábias mulheres se aproximaram e contaram histórias sobre os muitos caminhos desse homem: cidadão do mundo, filho da ausência, irmão da confiança, habitante também de Pasárgada.

compartilhe



informações

Autoria
Graça Graúna
Ficha técnica
Graça Graúna. Crônica para um narrador. In: BARRETO, R. Paes (Org.). Opúsculo de múltiplas vozes sobre o Festim das lembranças, de Antonio Viana. Recife: Cia. Pacífica, 1999, p. 37-38.
Downloads
265 downloads

comentários feed

+ comentar
graça grauna
 

Faço questão de registrar o primeiro comentário aos meus escritos neste ano novo. Obrigada, meu querido Juscelino. Bjos, Grauninha
----
Crônica curta, objetiva e fluente como só os excelentes sabem fazer. Beijos.
Juscelino Mendes · Campinas (SP) · 3/1/2009 01:27

graça grauna · Recife, PE 3/1/2009 01:52
sua opinião: subir
Juscelino Mendes
 

Desculpe-me. A mensagem saiu nas sugestões. Nada a sugerir. Tudo a aplaudir. Com um beijo.

Juscelino Mendes · Campinas, SP 3/1/2009 01:57
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Pedro Monteiro
 


Graça, li sua crônica e fiquei emocionado, e isso para mim, é comum acontecer, apenas em duas circunstâncias, quando o conteúdo é bom ou é feita com muita competência, e neste caso, fui agraciado com estas duas qualidades.
Beijos

Pedro Monteiro · São Paulo, SP 3/1/2009 01:59
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
José Carlos Brandão
 

Viva, Graça. Vou-me embora pra Pasárgada / Lá sou amigo do rei. Sou amigo do narrador daquele mundo mágico. Entro com ele no mundo da fábula.
Um raio de luz cai dos meus dedos e ilumina o mundo.
Viva, Graça, batendo as asas e cantando para nos trazer Pasárgada.
Beijos.

José Carlos Brandão · Bauru, SP 3/1/2009 02:08
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
graça grauna
 

Meu querido Pedro: é bom começar o ano com você por perto. Suas palavras me fortalecem. Bjos de luz, Grauninha.

graça grauna · Recife, PE 3/1/2009 02:10
sua opinião: subir
Saramar
 

Graça, você começa o ano com uma festa, de músicas, palavras e luz. A deleitosa festa dos leitores e os seres de Pasárgada.
E deixa com esta bela história, uma trilha para os dias todos que ainda vêm.
Obrigada.

beijos, feliz ano novo!

Saramar · Goiânia, GO 3/1/2009 02:22
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
graça grauna
 

Meu querido Mestre Carlos Brandão: inegavelmente a madrugada é poética e tudo se irradia também com a sua doce prsença. Obrigada por evocar a nossa pasárgada. bjos de luz, Grauninha

graça grauna · Recife, PE 3/1/2009 02:24
sua opinião: subir
graça grauna
 

Minha bela Saramar: acabei de falar para o nosso Carlos Brandão que a madrugada é poética. A confirmação disso reside também na sua presença, amiga detentora de bela poesia. Obrigada por chegar. Bjos de luz, Grauninha

graça grauna · Recife, PE 3/1/2009 02:32
sua opinião: subir
raphaelreys
 

Um belo festim e uma bela narrativa! Beleza para começar o ano! Exelentes recordações!

raphaelreys · Montes Claros, MG 3/1/2009 05:26
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
azuirfilho
 

graça grauna · Jaboatão dos Guararapes (PE)
Crônica para um Narrador

Muito Gracioso Amiga, Vocé é a grande narradora.
Nos fez lembrar de Manoel Bandeira.


...Vou-me embora pra Pasárgada
Aqui eu não sou feliz
Lá a existência é uma aventura
De tal modo inconseqüente
Que Joana a Louca da Espanha
Rainha e falsa demente
Vem a ser contraparente
Da nora que nunca tive ...

Parabéns.
Abracáo Amigo.
Feliz 2009

azuirfilho · Campinas, SP 3/1/2009 09:41
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
rosa melo
 

Me faço presente na sua crônica...que vc me faça trilhar o seu caminho.
Um abraço é o que sinto quando vc escreve.

rosa melo · Pio IX, PI 3/1/2009 09:56
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Andre Pessego
 

"Na verdade procurei guardar minha curiosidade sobre o casal para não quebrar o encanto"

Acho que seja esta a grande mágica, melhor, a grande lição da crônica bem escrita - ir revelando o conteúdo deixando o encanto para o leitor.
Assim este escrito vai tecendo, ou desfazendo o tecido da imaginação, do desejo da escritora.
Meu amor, uma lição,
abraços
andre

Andre Pessego · São Paulo, SP 3/1/2009 09:57
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Ivan Cezar
 

Grauninha:
Um trabalho que expõe competência e talento
Aliadas a conhecimento
Parabéns

Ivan Cezar · São Sepé, RS 3/1/2009 10:12
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Graça,
Bela cronica.
O caminho para Pasárgada é mágico
e leva ao sonho e todo o autor .
Estou quase viajando
Bjs e até .....

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 3/1/2009 10:30
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
graça grauna
 

Rapha, meu anjo: meu ano novo começa bem e não poderia ser diferente. Você está aqui...rsrsrs...grata pela leitura. bjos.

graça grauna · Recife, PE 3/1/2009 12:21
sua opinião: subir
graça grauna
 

Doroni, obrigada pelo encanto das suas palavras. Bjos.

graça grauna · Recife, PE 3/1/2009 12:22
sua opinião: subir
graça grauna
 

Ivan, querido: bom reencontrá-lo neste ano novo. Grata pela leitura. Bjos.

graça grauna · Recife, PE 3/1/2009 12:26
sua opinião: subir
graça grauna
 

Rosa Melo, minha querida: meu abraço apertado sempre e grande admiração também por sua arte. Grata pela visita. Bjos, Grauninha

graça grauna · Recife, PE 3/1/2009 12:28
sua opinião: subir
graça grauna
 

André, meu bom André: adoro tua chegança, assim, cheia de surpresa e carinho. Gosto da tua leitura e te ver aqui é um presente de ano novo. Bjinhos.

graça grauna · Recife, PE 3/1/2009 12:30
sua opinião: subir
graça grauna
 

Salve, salve Azuir, meu anjo: meu ano novo começa assim, feliz, com a sua refeência ao nosso Bandeira. Obrigada por estar aqui. Bjos de pasárgada, Grauninha

graça grauna · Recife, PE 3/1/2009 12:35
sua opinião: subir
Marcos Pontes
 

A crônica, quase um conto, narrada de maneira tão caprichosa como um labirinto de renda, tão poética, nos deixa com a curiosidade de quem seria esse autor ilumidado. No fundo, pouco importa. Ao leitor importa a narrativa em si, brilhante, e não sobre o que se narra, a fofoca é secundária, o texto é que prende.

Marcos Pontes · Eunápolis, BA 3/1/2009 12:56
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
graça grauna
 

Obrigada, meu querido Marcos Pontes. Fiz esta cronônia há 10 anos. Pensei editá-la neste over como uma forma também de homenagem ao Antonio Viana, meu mestre que agora está no reino dos encantados (se foi o ano passado). Na verdade, quem escreve e quem lê não desaparece por completo. As lições que eu recebi do Antonio foram de liberdade e responsabilidade/comprometimento na construção do texto. Obrigada, mais uma vez, pela riqueza de sua reflexão. Feliz Ano Novo. Bjos, Grauninha

graça grauna · Recife, PE 3/1/2009 13:06
sua opinião: subir
O NOVO POETA.(W.Marques).
 

Graça Grauna uma excelente crônica.
depois eu volto.

O NOVO POETA.(W.Marques). · Franca, SP 3/1/2009 14:54
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
JACINTA MORAIS
 

GRAUNINHA,
Que crônica maravilhosa!!!
Enrredos de rendas e cetins...
Fitas e laços de uma grande
narradora!
Os abraços sempre aquecem,
Os gélidos cantos da alma...
LINDO!
PARABÉNS,
ABRAÇOS.

JACINTA MORAIS · Cascavel, PR 3/1/2009 18:57
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
graça grauna
 

Jacinta, poetamiga: teus comentários trazem sempre o sabor da poesia. Obrigada pela visita também carinhosa. Bjos.

graça grauna · Recife, PE 3/1/2009 19:23
sua opinião: subir
Branca Pires
 

Graça, que coisa linda!
E com esse seleto grupo em memória, fica difícil não apreciar e se encantar.
Saudades evocadas!
beijos

Branca Pires · Aracaju, SE 3/1/2009 20:17
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
graça grauna
 

Branca Pires: agora, sim, com a sua amável presença posso dizer que o ano novo está se formando na paisagem. Obrigada por suas impressaões. Bjos, Grauninha

graça grauna · Recife, PE 3/1/2009 20:21
sua opinião: subir
Claudia Almeida
 

E o leitor como se sente?

Sendo uma narradora onisciente e de uma excelência, com interrogações que só aproximam e proporcionam um bem estar dentro da crônica ,sendo você Grauníssima do Mundo, admiro
sua responsabilidade como leitora e aprendiz de asas.bjos da
Claudinha

Claudia Almeida · Niterói, RJ 4/1/2009 01:51
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
graça grauna
 

eita pardalzinho dadano de inteligente!!! Eita, Claudinha, tu és demais...ixe! Obrigada, querida. Sua leitura é muito importante. Bjos, Grauninha

graça grauna · Recife, PE 4/1/2009 09:05
sua opinião: subir
Almirante Águia
 

Grauninha
E o narrador, onde está? Deve estar montando guarda, registrando a movimentação na Porta/ Portal para Pasárgada, onde residem os bons autores e de onde emitem convites de luz e magia aos leitores, para que façam visitas ao mundo das letras onde tudo é possível.

Parabéns

Almirante Águia · Itaberaba, BA 4/1/2009 12:54
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Regina Lyra
 

Grauninha querdAmiga,
Muito bom ler sua crônica.
Parabens!
Este ano o grande homenageado do FLIP é Manuel Bandeira.
Volto a normalidade do Overmundo dia 16 de janeiro.
Passo para matar as saudades.
Beijos,
Regina

Regina Lyra · João Pessoa, PB 4/1/2009 15:08
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
graça grauna
 

...eita que comentário danado de porreta! É isso aí, meu Almirante. Pasárgada vive! Bjos.

graça grauna · Recife, PE 4/1/2009 17:23
sua opinião: subir
graça grauna
 

Regina-poeta-Lyra: bom demais saber dessa homenagem do Flip ao nosso Bandeira. Obrigada pela presença cheia de energia. Volte logo. bjos.

graça grauna · Recife, PE 4/1/2009 17:25
sua opinião: subir
ayruman
 

Oi Graça. Devagarzinho volto à dinâmica do Over. Bom estar aqui.
Grandioso texto. Saber lidar com as palavras direcionando-as ao Coração humano é um "Dom Divino". E isto você sabe em excelência!
Saúde e Paz em dois mil - inove!!! Abraços. jbconrado.

ayruman · Cuiabá, MT 4/1/2009 22:52
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Sônia Brandão
 

Bom estar aqui, no silêncio da madrugada, lendo o seu texto, viajando para a Pasárgada de Manuel Bandeira.
Beijos e feliz 2009!

Sônia Brandão · Bauru, SP 5/1/2009 01:42
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Claudia Almeida
 

Com efeito espero a delicadeza aqui assim, mas minha querida grauninha você escreve muito preciso dos seus ISBN para ler
teus escritos por quê? Preciso voar mais e mais.
Bondade sua...
Parabéns
Bjs

Claudia Almeida · Niterói, RJ 5/1/2009 02:00
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
cibele salma
 

Concordo com Ayruman, Grauninha,
seu "Dom Divino" me toca o coração!
Beijo.

cibele salma · Brasília, DF 5/1/2009 02:37
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
José Carlos Brandão
 

Beijos.

José Carlos Brandão · Bauru, SP 5/1/2009 02:48
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Almirante Águia
 


Obrigado por ter apreciado.

Almirante Águia · Itaberaba, BA 5/1/2009 08:15
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Ivan Cezar
 

Deixando meus votos
com o necessário registro
do prazer de fazê-lo !

Ivan Cezar · São Sepé, RS 5/1/2009 10:17
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Inês de Sampaio Pacheco
 

Honrada com o comentário que me deixou, manifesto minha reverência à tremenda força com que escreve. Gratíssima. Felicidades!!!

Inês de Sampaio Pacheco · Brasília, DF 5/1/2009 11:57
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
joe_brazuca
 

vc criou um mundo fantástico de lembranças, sons, imagens e delcicias todas...publicado !
bj

joe_brazuca · São Paulo, SP 5/1/2009 12:26
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
graça grauna
 

Juscelino,
W. Marques,
Ayruman,
Sônia Brandão,
claudinha,
Cibele,
Mestre Carlos Brandão
Almirante,
Ivan Cezar
Inês de Sampaio
Grande Joe Brazuca

...assim, perto de vocês eu sinto que cresço bastante. Obrigada por tdu e para sempre. Graúna

graça grauna · Recife, PE 5/1/2009 13:24
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
graça grauna
 

CORRIGINO:
...por tudo...

graça grauna · Recife, PE 5/1/2009 13:25
sua opinião: subir
Marcos Pontes
 

Marcos Pontes · Eunápolis, BA 5/1/2009 15:08
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
MariaLuísa
 

Oi, Grauninha

Complementando os comentários dos amigos aí de cima com mais versos de "Vou-me Embora pra Pasárgada":

"E como farei ginástica
Andarei de bicicleta
Montarei em burro brabo
Subirei no pau-de-sebo
Tomarei banhos de mar!
E quando estiver cansado
Deito na beira do rio
Mando chamar a mãe-d'água
Pra me contar histórias
Que no tempo de eu menino
Rosa vinha me contar
Vou-me embora pra Pasárgada"

Nada como começar um novo ano com Manuel Bandeira, esse genial poeta mineiro! Parabéns!

MariaLuísa · Brasília, DF 5/1/2009 15:43
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
camuccelli
 

Vocs escrevem caa coisa que eixa a gente com vontade ter vivido naquele época.É maravilhoso!

camuccelli · Rio de Janeiro, RJ 5/1/2009 16:44
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
BETHA
 

"Bastou essa palavra: Pasárgada! E abriu-se uma porta mágica."

Linda crônica, Graúna, com a qual você tão talentosamente nos presenteia, e nos faz sentir que Pasárgadas existem!

Bjs de Betha.

BETHA · Carnaíba, PE 5/1/2009 20:03
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
graça grauna
 

Betha-lindamiga! Pasárgada existe de verdade verdadeira. A prova é tanta que você voltou linda linda. Bom demais te ver aqui, outra vez. Obrigada amiga-irmã. Feliz ano novo, feliz tudo. Bjos

graça grauna · Recife, PE 5/1/2009 22:41
sua opinião: subir
graça grauna
 

Camuccelli, meu amigo: é um honra mesmo contar com a sua presença. Gosto mesmo quando voc~e aparece. Sinto alegria. Grata pela leitura.bjos.

graça grauna · Recife, PE 5/1/2009 22:42
sua opinião: subir
graça grauna
 

MariaLuiza: mais uma vez Pasárgada e haveráPasárgada sempre. Obrigada pela presença querida. Bjos.

graça grauna · Recife, PE 5/1/2009 22:44
sua opinião: subir
graça grauna
 

Marcos Pontes: grata pela constante presença. Bjos

graça grauna · Recife, PE 5/1/2009 22:47
sua opinião: subir
JACINTA MORAIS
 

Grande poeta,
Mulher guerreira!
Meus votos,
De carinho
E admiração!

JACINTA MORAIS · Cascavel, PR 6/1/2009 02:31
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
graça grauna
 

Jacinda, minha querida: seu carinho, sua atenção é muito importante para mim. Bjos.

graça grauna · Recife, PE 6/1/2009 11:53
sua opinião: subir
O NOVO POETA.(W.Marques).
 

texto magnífico, parabéns.meu voto com prazer.

O NOVO POETA.(W.Marques). · Franca, SP 6/1/2009 12:03
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Gustavo Adonias
 

Graúna,

Belíssimo texto. Por vezes as lembranças resolvem dar uma festa. Um grande baile passa por nossa memória, rodopiando em dança, tantas e tantas lembranças. São tantas palavras, tantos acordes. Glen Miller, eterno. Pessoa, Neruda, Rilke, Lorca, para sempre. Abraçar livro e autor, aquecem as lembranças. As portas de Pasárgada estão sempre abertas, aos que fazem dos sonhos a própria vida. Infinitamente...

Parabéns !

Bjs e um Feliz 2009...

Gustavo Adonias · Salvador, BA 6/1/2009 14:31
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
MariaLuísa
 

Voltando para o voto e para um bom dia!

MariaLuísa · Brasília, DF 6/1/2009 17:41
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Saavedra Valentim
 

Uma bela narrativa, minha querida, quase uma canção. Você escreve com tanta segurança e suavidade. Imprime as palavras em nossas mentes de uma forma indolor, ou seja com o carinho natural da fluência de suas frases. As lembranças impregnadas de Glen Miller, Pessoa, Whitman, Neruda e outros imortais.
Parabéns! Beijos

Saavedra Valentim · Vitória, ES 7/1/2009 02:35
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
graça grauna
 

Meu queriddo Saavedra: aqui, do cerrado(DF), as rétias de sol chegma na minha escrivaninha com as tuas palavras. Obrigada, meu amigo por sua presença. Saudade, Grauninha

graça grauna · Recife, PE 7/1/2009 08:34
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
graça grauna
 

W. Marques e MariaLuisa: começo o dia com a presença acolhedora de vocês. Bjos

graça grauna · Recife, PE 7/1/2009 08:36
sua opinião: subir
graça grauna
 

Gustavo Adonias: você é um dos poetas mais gentis que eu conheço. Suas palavras tocam o meu coração, me comovem e aquecem os meus dias aqui no cerrado (DF). Grande abraço, meu irmão das letras. Grauninha

graça grauna · Recife, PE 7/1/2009 08:39
sua opinião: subir
graça grauna
 

CORRIGINDO:
Meu queriddo Saavedra: aqui, do cerrado(DF), as réstias de sol chegam...

graça grauna · Recife, PE 7/1/2009 08:40
sua opinião: subir
ayruman
 

Saber lidar com as palavras direcionando-as ao Coração humano é um "Dom Divino". E isto você sabe em excelência!
>>> Votando. Saúde e Paz em dois mil - inove!!! Abraços. jbconrado.

ayruman · Cuiabá, MT 7/1/2009 11:02
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Ailuj
 

QueridA Graça
Seu talento é inquestionável
Um beijo

Ailuj · Niterói, RJ 7/1/2009 11:42
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
PASSAVANTE
 

De bem nê, belezura de texto

PASSAVANTE · Recife, PE 7/1/2009 12:30
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Juscelino Mendes
 

Juscelino Mendes · Campinas, SP 7/1/2009 12:45
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
graça grauna
 

Passavante: ôxi, mininu! Quem é vivo sempre aparece....gostei de te ver por aqui. Gratíssima. Bjos.

Ayruman, meus agradecimentos por seu carinho. Bjos

Ailuj, querida: saudades. Adoro você. Bjos.

Juscelino: você é um amor. Bjos

graça grauna · Recife, PE 7/1/2009 14:17
sua opinião: subir
heldermaceio
 

nossa !! faz agente viajar visse!!!
muitos aplausos!!! para belos versos!!!!
se cuida!!!

heldermaceio · Maceió, AL 7/1/2009 22:02
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
graça grauna
 

Helder, obrigada pela leitura. Bjos

graça grauna · Recife, PE 8/1/2009 09:23
sua opinião: subir
N.Lym
 

Muito bom o texto!!!!
Desculpe pelo atraso em não ter respondido antes: estava viajando! FELIZ 2009 =)

N.Lym · Fortaleza, CE 9/1/2009 01:31
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
alcanu
 

Nossa, Graça, passou batido esse puta texto, me desculpa o maljeito, coisas de fim de ano, a gente fica meio baratinado, mas nada tira os seus brilhos:
o seu & o do texto, que evoca tanta gente boa que não sei como coube tanta gente na página...
Lembreide tanta coisa 'amarrada' nessas tuas reminiscências...
obrigado por despertar essa ( nossa ) emoção, viu, maluca !
Muito amor, Paz e saúde em 2009 !
Um beijo !

alcanu · São Paulo, SP 9/1/2009 11:09
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
graça grauna
 

Queridos M. Lym e Alcanu (menino-maluquinho): a presença de vocês é muito animadora. Obrigada pela atenção, pelo carinho.

graça grauna · Recife, PE 11/1/2009 11:24
sua opinião: subir
Aglacy
 

... o Autor foi chegando manso, tranqüilo, cobrindo a todos com um raio de luz.
É bem esse o poder do bom texto, do bom autor. Parabéns!

Aglacy · Aracaju, SE 11/1/2009 11:55
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Carlos Mota
 

nunca havia lido sua prosa
muito bom o texto,
beijo, graça grauna

Carlos Mota · Goiânia, GO 11/1/2009 12:34
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
graça grauna
 

Obrigada, Aglacy. Volte sempre.
Cadê você, meu bom Carlos Mota? Por favor, não desapareça. Grata pela chegança.

graça grauna · Recife, PE 11/1/2009 13:18
sua opinião: subir
Antonio Naddeo
 

Repousante! Convite à contemplação. Eis o que me ocorreu ao ler o seu texto. A passagem do tempo é uma constante, mas a clepsidra e anterior à ampulheta da foto.( http://pt.wikipedia.org/wiki/Clepsidra) neste link a imagem de uma clepsidra moderna.

Antonio Naddeo · Florestal, MG 21/1/2009 10:52
sua opinião: subir
MarcelGinn
 

Eu estive lá também...Obrigado por ter sido o meio.
Perfeito!
BGinn

MarcelGinn · Colombo, PR 24/1/2009 23:44
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 4 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados