DESBARRANCA

1
Priscila Nunes Ribeiro · Cuiabá, MT
16/12/2009 · 4 · 5
 

DESBARRANCA

Desce o barranco
E volta pra tua casa
Destrói seu sonho
Comece de novo.
Da lama o buraco parece medonho
Mas supera essa dor
Ilumina seu sonho
Queira
Deseje de novo e outra vez.
Sem medo do conflito que te revoluciona a viver

Não fale de mim
Não fale nem de você.

Não é preciso saber de que barro foi feito o barranco,
- Desbarranca!! depois lambe até limpar!
Precisa matar os germes desse amor
Que te fazem gritar meu nome!

Sobre a obra

Não é preciso saber de que barro foi feito o barranco
Da lama o buraco parece medonho
- Mas supera essa dor!

compartilhe



informações

Autoria
PNR
Downloads
206 downloads

comentários feed

+ comentar
Luciana Hernandes
 

sobre meu torrão mortal desenraizo memórias elementais.
tu.

Luciana Hernandes · Cuiabá, MT 14/12/2009 12:14
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Priscila,

C omeçar de novo...não é facil mas não é impossivel.
Falar muito cansa e dói, é melhor lamber as feridas e esquecer.
bjs

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 14/12/2009 15:37
sua opinião: subir
ayruman
 

Muito bom apesar de muito sofrido!
Saúde e Vida longa...

ayruman · Cuiabá, MT 1/2/2010 16:12
sua opinião: subir
Carla Pereira da Fonte
 

Gostei de ler seu texto.
Profundo. Que bacana.
Sorte e paz!

Carla Pereira da Fonte · Rio de Janeiro, RJ 12/2/2010 15:30
sua opinião: subir
ayruman
 

Sair do centro sem perder o Centro!

Saúde e Paz!

ayruman · Cuiabá, MT 22/6/2011 11:41
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 2 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados