DIA DO MEU FILHO ( DIA DAS MÃES)

olhares j.a.amorim
1
Cintia Thome · São Paulo, SP
9/5/2008 · 367 · 69
 

Amostra do texto

DIA DO MEU FILHO


Aos seus pés
Curvarei meu útero vazio
Quente mão minha a sentir a saudade
Na transformação de meu corpo
A buscar o encanto
A arte sagrada
A mãe soberana
A escolha de ser criadora
Parir carne viva
Flor fulgurosa no canteiro
No lar, no café das manhãs
No agasalho das noites estreladas
Fome do carinho meu
Buscarei a palavra que já não pode dizer
Embrenhando-me na falta de sentido
Numa lágrima, a palavra Filho
Agarrar seus pés ausentes
Para plenitude, o resplandecer
De a palavra Mãe ouvir
Fome de carinho seu
Semente adormecida no canteiro
Minhas mãos aos seus pés
Pedra fria
Separa a Sombra e a Luz
Mãe
Filho
Um fogo ardente vivo
Eternidade


Cíntia Thomé



.....Se aquela estrela
.....Velar por nós
.....Será que escuta
.....Minha voz
.....E me ajuda a atravessar
....A noite escura
....Que vai passar(Maria Bethania)




Livro Olhos de Folha Minha - Cíntia Thomé

Sobre a obra

À todas Mães Orfãs do Planeta. Quando sonhamos em receber flores, mas nós que vamos oferecer, neste dia, aos filhos, estrelas que nos guiam para algum lugar...

compartilhe



informações

Autoria
...Cíntia Thomé
Ficha técnica
A todas as Mães Orfãs do Planeta

.....Se aquela estrela
.....Velar por nós
.....Será que escuta
.....Minha voz
.....E me ajuda a atravessar
....A noite escura
....Que vai passar(Maria Bethania)
Downloads
411 downloads

comentários feed

+ comentar
Alice Poltronieri
 

Aiiii... Cintia...!

Seus versos me levaram às lágrimas. Que dor mais doída!
Que emoção mais descontida!
Apesar de tristes e pesarosos, muito belos e tocantes.
Beijos e volto, tá?

Alice Poltronieri · Porto Velho, RO 7/5/2008 16:43
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Nydia Bonetti
 

Que Maria, Mãe e Senhora das Dores, abençoe, fortaleça e console todas as Mães Órfãs do Planeta e todos os Filhos sem Mãe...
Te abraço, Cintia.

Nydia Bonetti · Piracaia, SP 7/5/2008 22:12
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
clara arruda
 

Maravilhoso amiga.Versos cheios de sentimentos e esperanças recheadas de saudades.
Que Deus a abençoe e as mães órfãs deste mundo.
mais um belíssimo texto.meu carinho e vc sabe que é do fundo do meu coração que digo.

clara arruda · Rio de Janeiro, RJ 8/5/2008 05:55
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
nina araújo
 

Emocionante!
..."Buscarei a palavra que já não pode dizer...Embrenhando-me na falta de sentido...Numa palavra a palavra Filho..."e os versos que Bethania diz...
Ô Cintia...voce é poeta feliz!!Volto com toda alegria!Beijos cariocas.

nina araújo · Rio de Janeiro, RJ 8/5/2008 07:00
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Rangel Castilho
 

Salve, Cintia!

Estou aqui a olhar os filhos meus e a
sentir essa dor que lhe vara o peito.
Como se pudesse em minha alegria
dispersar-lhe a agonia
dar-lhe um Dia das Mães perfeito
com seu filho ao peito
na mais real harmonia.

Trago-te orações.

Do amigo que sofre contigo.

Um abraço Pantaneiro.

Rangel Castilho · Anastácio, MS 8/5/2008 11:33
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Ailuj
 

Cíntia,lindamente forte seu texto
Emocionante!
Votando

Ailuj · Niterói, RJ 9/5/2008 09:54
sua opinião: subir
analuizadapenha
 

Cintia, sempre seremos presentes para os filhos que nos buscaram antes mesmo de vim cumprir o tempo de cada um. Sempre será um encontro eterno que vive-se neste planeta. Estao bem cumpriram a missão. As saudades imorredoras. Fica bem e lembre-se voce foi e é instrumento de amor. Abraços afetuosos.

analuizadapenha · Natal, RN 9/5/2008 10:35
sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Querida, muito profundo o seu poema, diria que ele transscende a experiência única e fala subliminarmente da figura feminina da criadora, muito importante para nossa sociedade tão machista e sem afetividade, que não preza por esta Força criadora que é a mulher-mãe-criadora-consciente-forte-mulher. Votado com carinho. bjo.

Cristiano Melo · Brasília, DF 9/5/2008 11:12
sua opinião: subir
Rubenio Marcelo
 

Um poema forte e belo, pela força da mensagem. Um texto que somente quem é poeta original pode conceber.
Parabéns!
Deixo os meus votos...

Rubenio Marcelo · Campo Grande, MS 9/5/2008 12:06
sua opinião: subir
Alice Poltronieri
 

Passando para votar nesta obra prima sensacional.
Um beijão neste dia das Mães, com todas as alegria que se é permitido sentir e amenizações de todas as dores que não se pode deixar de sentir.
Beijos.

Alice Poltronieri · Porto Velho, RO 9/5/2008 12:56
sua opinião: subir
Aepan
 

Emocionante, Lindo....
Airton
Estrela-RS

Aepan · Estrela, RS 9/5/2008 13:48
sua opinião: subir
raphaelreys
 

A ligação mãe/filho jamais deixa de existir, mesmo com a ausência de corpo. As almas estão ligados por laços transcendentais. Elos da evolução combinada a dois. A emoção é o palco da saudade! Beleza o sentimento materno minha cara Cintia!

raphaelreys · Montes Claros, MG 9/5/2008 14:00
sua opinião: subir
W@nder
 

Um filho verdadeiro nunca abandonará a sua mãe, onde quer que ambos estejam.
Beijos emocionados.

W@nder · Rio de Janeiro, RJ 9/5/2008 14:09
sua opinião: subir
Cherry Blossom
 

Nossa... preciso parar um pouco para conseguir desafogar o peito e responder... fiquei muito emocionada...Acho que ainda não tinha parado para refletir no que sente uma mãe órfã. Na dor de um útero vazio, da saudade eternizada na breve existência da vida....
Não sei mais o que dizer, as palavras ficaram presas dentro de mim, em luto...
Beijos na alma

Cherry Blossom · Dracena, SP 9/5/2008 15:21
sua opinião: subir
clara arruda
 

Minha querida cheguei atrasada,mas votei.Hoje perdemos duas amigas,imagina uma mãe perder duas filhas no mesmo dia?
Sabe o que compreendi,temos que dizer sempre as pessoas eu te amo... e amá-las realmente.
Hoje minha querida deixo meus votos e a certeza de que vc é especial para mim.Um beijo em seu coração

clara arruda · Rio de Janeiro, RJ 9/5/2008 15:40
sua opinião: subir
Adroaldo Bauer
 

Os versos sentidos se os percebe mais lindos.
Um beijo, Cíntia.

Adroaldo Bauer · Porto Alegre, RS 9/5/2008 16:48
sua opinião: subir
Lili_Beth*
 

Olá Cintia!

Trago meus braços num abraço solidário e emocionado compreendendo o (im)compreensível...
Deus abençoe o teu caminho e ilumine o teu caminhar nesse mundo tão cheio de surpresas.
As vindouras serão de descobertas e encontros com tudo que está aí bem guardado dentro de ti. O belo transcendendo em ti sempre mais_ainda ...

Beijos_Meus*
*

Lili_Beth* · Rio de Janeiro, RJ 9/5/2008 17:23
sua opinião: subir
victorvapf
 

Cintia, sempre me perguntavam quem eram meus pais, eu respondia o nome do meu pai e da minha mãe... No dia do pais mesmo, em agosto eu fiz um poeminha num santinho e dei pra minha mãe, no final dele escrevi : "Para minha mãe querida" ."Salve 15 de agosto dia dos pais..." Isto revela a importância da Mãe para o filho, mesmo no dia dos Pais, eu associei o dia 'a minha mãe. Parabens pelo seu texto e felicidades no seu dia... beijos

victorvapf · Belo Horizonte, MG 9/5/2008 17:36
sua opinião: subir
Benny Franklin
 

"Quem disse alguma vez: até aqui a sede, até aqui a água?
Quem disse alguma vez: até aqui o ar, até aqui o fogo?
Quem disse alguma vez : até aqui o homem, até aqui não?"
(Juan Gelman)

Ah! O homem, sublime névoa...
Que seria de seu âmago se não fosse
a força que move a o nariz de sua mãe?

Tenho a minha, e a amo como o vento
ama os cabelos e a face.

Belo e emocionante poema, Cintia.
Um afago n'Alma... Algo nobre e verdadeiro brotou de Ti.

Parabéns, Poetisa.

Viva o dia das Mães!

Bjs.
Benny Franklin

Benny Franklin · Belém, PA 9/5/2008 17:42
sua opinião: subir
Berioliveira
 

Cíntia, belo poema palavras e sentimentos fortes! O consolo a todas as mães órfãs. Que Jesus te abençoe, votadíssimo

Nota: Estou em um seminário dias 9, 10 e 11 estarei aqui lendo e comentando a partir das 19:00h bjs


Berioliveira · Vitória da Conquista, BA 9/5/2008 19:18
sua opinião: subir
BETHA
 

Cíntia,
teus versos doídos têm a grandeza de tua alma-mãe!
Abçs de Betha.

BETHA · Carnaíba, PE 9/5/2008 20:45
sua opinião: subir
Saramar
 

Cintia, há coisas impossíveis de serem expressas em palavras.
Uma delas é a impotência diante deste lamento, renovado diariamente por todas as mães-órfãs a quem você dedica seus versos, como se abraçasse e acolhesse no seu peito de poeta todas as indizíveis dores.
Mãe para sempre, como todas as mães, minhas reverências.

beijos

Saramar · Goiânia, GO 10/5/2008 00:36
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Andre Pessego
 

Cintia,
Saí do Piauí aos 15 anos, já casado, aos 30 e poucos um dia
meu pai disse isto: "A dor maior é teus pés tão longe....."

Mas, não tenho lido nada mais sábio, profundo e revelador
(e natural, comum), que :

A escolha de ser criadora,
Parir carne viva
um abraço,
andre.


Andre Pessego · São Paulo, SP 10/5/2008 08:30
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Cintia Thome
 

Obrigado a todos os comentários, a dor maior do mundo é este desligamento físico, mãe-filho...interrompe ideais, tenta-se recontruir tudo, mas sempre falta um pedaço...mas devemos nos esforçar para que as tintas sejam de belas cores nos caminhos sem saber..."sem mais e nem porquê"...e crer que apesar de curto, o futuro deles, a vida dos filhos foi vitoriosa no físico, feliz.
Para quem quiser entender a Pérola....
Façam do dia, todos os dias, alegria de se viver, assim terás mais felicidade de ser mãe ou pai...Vivam todos os momentos...a família... a responsabilidade é essa..

.

Cintia Thome · São Paulo, SP 10/5/2008 08:44
sua opinião: subir
Noelio Mello
 

Cintia, amiga.
É da dor que nascem as belezas poéticas. Tua dor eu conheço. Como, também, depositamos nossas esperanças, numa doce contagem regressiva, com os reencontros que irão aontecer na eternidade, sabemos que caminhamos para essa festa que nunca terá fim.
Beijos comovidos.
Noélio

Noelio Mello · Belém, PA 10/5/2008 08:59
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Juliaura
 

Sem pai nem mãe que fiquei,
emprestei uns do mundo pra mim
amanhã mamãe serei
e me curvo diante de ti agora
cálice do sagrado encanto
de dar vida à carne viva
agarro-me a teus soluços
banham-me lágrimas parideiras
Mãe faminta de carinho
Filha com fome de ternura
ambas insones entre flores
desenhadas na memória
a ferro e fogo ardente e vivo
por toda a dura eternidade

Juliaura · Porto Alegre, RS 10/5/2008 09:46
sua opinião: subir
Cintia Thome
 



BILHTE(1999)

Quando chego a casa
Não tenho mais bombons
E você a esperar
Olho o varal...
Tuas roupas não estão lá.
Tua cor pendurada ao sol...
Penduro minhas lágrimas,
Elas não secarão ao vento, ao sol.
Não há mais sol,
Pois você não está comigo.
O céu está nublado,
Parece que vai chorar...

(LIVRO OLHOS DE FOLHA MINHA)

Cintia Thome · São Paulo, SP 10/5/2008 10:04
sua opinião: subir
Cintia Thome
 

Juli...Juli...

Obrigado menina, mas posso dizer que o dia das mães também doi aos pais , aos irmãs, este festejar já tão comercial, banal, mas que teve
sua origem nos Estados Unidos, quando uma jovem perdeu sua mãe...aí o Presidente em 1904 oficializou a data , dia 09 de maio, no Brasil, sempre o segundo domingo do mes de maio...
Quando li seu poema, tão bonito iria dizer aqui que deveria escrevê-lo postando no Overmundo e grata fiquei ao vê-lo Sem mamãe de Julilaura, oferecido a mim e a bonita Ize e porque não dizer a Noelio, que também sofre junto à sua esposa e à sua família, pois na cadeira à mesa, está também faltando um sorriso para a festa...

Cintia Thome · São Paulo, SP 10/5/2008 12:44
sua opinião: subir
Cintia Thome
 

SEM MAMAE de Julilaura...agradeço a doce menina...

Cintia Thome · São Paulo, SP 10/5/2008 12:45
sua opinião: subir
Samuel Luciano Assunção
 

maravilhoso cintia...
parabéns..

samuel.

Samuel Luciano Assunção · Angra dos Reis, RJ 10/5/2008 16:45
sua opinião: subir
Ju Virginiana Jussára C Godinho
 

Maravilhoso!!Bjos!

Ju Virginiana Jussára C Godinho · Caxias do Sul, RS 10/5/2008 16:56
sua opinião: subir
Valdo Aguiar
 

Dá pra arrepiar.
Muito bom.
Bjs.

Valdo Aguiar · Rio de Janeiro, RJ 10/5/2008 17:17
sua opinião: subir
Ize
 

Cintia querida,

pra vc e pro Noélio deixo aqui essa homenagem aos nossos filhos:

"Já foste esplendor...
no entanto no céu uma estrela deixaste
e brilha tanto que
De longe sugere a meus pés um certo caminho"

(adaptado de Thiago de Mello)

Ize · Rio de Janeiro, RJ 10/5/2008 17:31
sua opinião: subir
marilia carboni
 

Te amo!!! Feliz dias das mães!!! O teu anjo está do teu lado!!!!!

marilia carboni · Londrina, PR 10/5/2008 17:42
sua opinião: subir
marilia carboni
 

Tu e Juliaura me fazem chorar !!!!!

marilia carboni · Londrina, PR 10/5/2008 17:45
sua opinião: subir
eric renan ramalho
 

REsta me entao siliciar me ao deleite de seus versos!

eric renan ramalho · Belo Horizonte, MG 10/5/2008 17:50
sua opinião: subir
Regilene Rodrigues
 

C urvarei meu útero vazio
Í ntimo... Abre um silêncio dentro de nós...
N o agasalho das noites estreladas
T ransformação de meu corpo a buscar o encanto
I nspiração abraçada no colo da poesia
A mãe soberana!

T radução sublime
H omenageia todas as mães órfãs do planeta
O s versos desnudam de encantamento
M arejam de emoção em fome de carinho
É a palavra poética despindo DIA DO MEU FILHO (DIA DAS MÃES)

Regilene Rodrigues · Goiânia, GO 10/5/2008 17:59
sua opinião: subir
Ganaah
 

Sábias e encantadoras palavras Cíntia!
Uma poetisa cujo a amor e o eterno questionamento sobre a vida vão acompanhá-la para todo o sempre!
Sucesso!

Ganaah · Salvador, BA 10/5/2008 18:19
sua opinião: subir
Mestre Jeronimo - JC
 

Cintia... TODO DIA EH DIA DE 'PAE'~...

Pois somos todos filhos da mesma MAE~ !

Festae alegria pra todos nois entao.

Axe!

Mestre Jeronimo - JC · Austrália , WW 10/5/2008 18:42
sua opinião: subir
brigitte
 

Cíntia, querida
Nenhuma palavra será suficiente para acalentar essa dor! nenhum afago ou lágrima irá suprir esse vazio! Espero nunca ter que passar por isso!
Belíssimo, amiga!

brigitte · Goiânia, GO 10/5/2008 18:59
sua opinião: subir
clara longhi
 

Uma homenagem invertida
Feita por uma mãe ferida
Colocando na sua dor
O lirismo da vida!
Lindo!
Votado!

clara longhi · Campo Grande, MS 10/5/2008 21:01
sua opinião: subir
Saavedra Valentim
 

Querida,
Imagino a sua dor profunda neste dia que se aproxima. Como deve estar sangrando e3sse coração de mãe:
"Semente adormecida no canteiro
Minhas mãos aos seus pés
Pedra fria
Separa a Sombra e a Luz
Mãe
Filho
Um fogo ardente vivo
Eternidade"
A semente adormecida no canteiro, é de uma tristeza que me contagiou.
Que Deus a ilumine..
Beijos.

Saavedra Valentim · Vitória, ES 10/5/2008 21:28
sua opinião: subir
LAILTON ARAÚJO
 


AMIGA CÍNTIA

Hoje não vou comentar nada...

Segue uma mensagem...


" Renascimento - passado, presente e futuro: novas viagens
Quem ficou, chora e lamenta - muitas vezes culpa o criador
As criaturas desconhecem os segredos tão bem guardados
O espírito maior é sábio e controla as leis da reencarnação!
Pássaros cantam ao nascer do sol... É a novíssima batalha
Quem já foi, aparece na névoa da madrugada e manda luz
Espelhe-se nos ipês, laranjeiras e mangueiras do seu quintal
Sempre frutificando... Chore lágrimas por si e não por mim! "



Fique com Deus!

Beijão!

Lailton Araújo

LAILTON ARAÚJO · São Paulo, SP 10/5/2008 23:05
sua opinião: subir
Carlos Parrini
 

Nossa! Mt lindo. Parabéns.

Carlos Parrini · Rio de Janeiro, RJ 10/5/2008 23:48
sua opinião: subir
McAfee
 

Nem sei o que vou falar, cheguei travado feito filho perdido, pra falar a verdade ......vou ler depois e comentar com a ajuda do coração e das minhas emoções, hoje nem sei onde estou, talvez seja a a data a saudade ou sei lá o que....acho que já sei.............meu travesseiro......desculpa amiga.......não li.....mas vi "mãe"......vou deitar. Bjsssss

McAfee · São Paulo, SP 11/5/2008 04:37
sua opinião: subir
Robert Portoquá
 

Olá Cíntia.
Somente após ler este poema tão intenso por diversas vezes tomei a decisão de comentá-lo:
A partir do momento em que, além de sermos filhos, passamos a ser também pais, nossa percepção das coisas do mundo e do coração, muda completamente. Ficamos mais sensíveis a tudo. Choramos com mais facilidade e rimos, é claro, com muito mais freqüência. A experiência de acompanhar e influir na formação de outras vidas criadas por nós, de uma forma tão próxima e direta junto a possibilidade do aprendizado que esta experiência nos trás dia-a-dia, faz com que sejamos pessoas melhores em todos os aspectos. O mundo evolui, ou deveria evoluir a cada momento em que uma criança nasce. A luz que lhe é concedida ela reflete em tamanha abundância que deveríamos viver momentos de profunda revolução mundial a cada parto. Porém sabemos que isso acontece em corações individualmente e que na confusão do aglomerado de pessoas que nosso planeta se transformou estes sentimentos se perdem...
Mas este comentário deve ater-se ao poema que me trouxe uma melancolia profunda, pois me mostrou que da mesma forma que temos uma intensa felicidade esta poderá nos ser tirada a qualquer momento, pois a vida é muito frágil. “Viver é perigoso.” Mas viver também é maravilhoso e nossas dores nos impulsionam a tantas outras incontáveis realizações. A saudade que fica da pessoa amada, (a semente que plantamos e que tanto queríamos ver florir em primaveras intermináveis) nos acalenta o coração e nos aproxima de Deus.
Você é mãe de belos filhos. Parabéns por este dia (todos os dias do ano) e obrigado por nos presentear sempre e sempre com filhos tão belos e profundamente importantes para nosso desenvolvimento como seres humanos. Seus poemas nos dão a oportunidade se sentirmos. Isto é maravilhoso.
Beijos
Feliz dia das mães.

Robert Portoquá · Adamantina, SP 11/5/2008 08:41
sua opinião: subir
Patipetista
 

É ...um dia li que a dor maior sem dúvida é da mãe , do pai que não tem mais o-a filho-a.
Que nem nome pra estta mãe e pai , conseguiram criar, enquanto os filhos são orfãos , os cônjuges são viúvos...os pais são que mesmo ?
Acho que são só dor por muito tempo...

Linda Cíntia, sinta um abraço bem apertado e um beijo pra lá de estalado !!!

Patipetista · Taboão da Serra, SP 11/5/2008 10:46
sua opinião: subir
Regina Lyra
 

Grande beijo,
Lendo, relendo
e votando.
Regina

Regina Lyra · João Pessoa, PB 11/5/2008 12:18
sua opinião: subir
Raiblue
 

Cíntia,querida....reaimente,muito emocionante seus versos...uma abordagem grandiosa...que só uma poeta de coração tão sensível poderia fazer...você!!

Meus aplausos pleos versos e pelo gesto!!
um beijo azul...
Rai...blue

Raiblue · Salvador, BA 11/5/2008 20:57
sua opinião: subir
Raiblue
 

Corrigindo...
'realmente'....

bjks...

Raiblue · Salvador, BA 11/5/2008 20:58
sua opinião: subir
Saavedra Valentim
 

Voltei para votar!
Bjs

Saavedra Valentim · Vitória, ES 11/5/2008 21:26
sua opinião: subir
ana wagner
 

Muito especial e emocionante teu texto!
Desculpe o atraso! Estive viajando.
Um grende beijo pra você!

ana wagner · Porto Alegre, RS 12/5/2008 07:07
sua opinião: subir
Regina - poesia em volta
 

Atrasada e sempre amando seus textos. Abraços.!

Regina - poesia em volta · Volta Redonda, RJ 12/5/2008 09:00
sua opinião: subir
Frederico Ponzio
 

Transformar a dor em arte é um dom.
Parabéns Cintia.

Frederico Ponzio · São Paulo, SP 12/5/2008 11:00
sua opinião: subir
Sander Machado
 

Olá Cintia,
sempre um poema que é lâmina. Admiro muito esse corte do teu verso que ao invés de separar une. Já faz um tempo que Nelson Coelho de Castro fez algo que dizia assim:
Falta pouco tempo eu sei,
mas quando a gente é pequeno
o tempo custa pra passar,
mas também a gente
pode crescer...
Minha admiração pelo rio que corre,
mesmo em dor,
águas cristalinas.
Com Carinho

Sander Machado · Porto Alegre, RS 12/5/2008 11:41
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Guilherme de Faria
 

Belíssimo, Cintia, e doloroso...
Um beijo do Guilherme

Guilherme de Faria · São Paulo, SP 12/5/2008 14:36
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Fátima Ricci
 

Eternidade é a chave. E o provável consolo e redenção a caminho.
Enquanto isso, gerar belezas como só vc é capaz! ;-)

Fátima Ricci · Poços de Caldas, MG 12/5/2008 16:09
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
crispinga
 

Hoje virei criança, virei filha. Estava triste e sem colo e aqui cheguei. Tomei a liberdade de sentar no seu colo e chorei.
Obrigada pelos seus versos, por essa força que emana, que dá esperança e me faz sentir tola diante da dor que sinto.
Beijos

crispinga · Nova Friburgo, RJ 13/5/2008 14:34
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Rute Frare
 

Muito lindo! comovente...
De quem é a imagem?

Bjs

Rute Frare · São Paulo, SP 13/5/2008 16:02
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Rita Costa
 

Maravilhoso seu poema, querida
Fico aqui emocionada com seus versos e muitíssimo agradecida por mais essa carinhosa partilha viu. Beijinhos de Alma

Rita Costa · Rio de Janeiro, RJ 13/5/2008 22:20
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
ILZE SOARES
 

Oi Cintia,

Só hoje tive coragem de abrir seu link, como sou também mãe orfã fiquei fugindo pois sabia que o que escreverias seria forte... lindo... como tudo que escreves.
Obrigada pela homenagem, não tem jeito, vcme emociona em qualquer momento.

Valeu GRANDE poetisa/MÃE ORFÃ, V A L E U !!!!!!

ILZE SOARES · Salvador, BA 14/5/2008 23:18
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
azuirfilho
 

Cintia Thome · São Paulo (SP
DIA DO MEU FILHO ( DIA DAS MÃES).

Cada filho tem a graciosidade em sí e,
a Poetisa sabe com essa graciosidade tocar fundo em cada coração.

...Flor fulgurosa no canteiro
No lar, no café das manhãs
No agasalho das noites estreladas
Fome do carinho meu....

O Filho vai ficar muito feliz.
Periodo de Dia das Máes e quem tem a Primazia da Homenagem é o Filho.
Abração Amigo.

azuirfilho · Campinas, SP 15/5/2008 18:00
sua opinião: subir
graça grauna
 

Parabens, Cintia: amor de filho, amor de mãe...não tem hora, não tem dia. Bjos de luz.

graça grauna · Recife, PE 19/5/2008 07:44
sua opinião: subir
Vicente Canato
 

Lindo, como sempre.

A doçura das tuas palavras
me derrete, sem querer...

Beijooo!

Vicente Canato · Salvador, BA 19/5/2008 22:43
sua opinião: subir
Vives
 

EMOCIONANTE!
VOTADO. ENCANTAMENTO.....
ADOREI,MIGA...
POEBEIJOS

Vives · Porto Alegre, RS 3/6/2008 03:38
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
linney
 

Tristes versos,de grande beleza...Beijos no teu coração,que ele seja cada vez mais forte, querida Cíntia!

linney · Canoas, RS 6/6/2008 09:41
sua opinião: subir
Lioviola
 

"SAUDADE, É COMO ARRUMAR O QUARTO DE UM FILHO QUE JÁ MORREU"

(CHICO BUARQUE)
TUA SAUDADE É MINHA SAUDADE.POIS SOMOS UNOS NA DIVERSIDADE.
VOCE, É MUITO FORTE.
GRANDE BEIJO.

Lioviola · Carnaíba, PE 6/6/2008 09:56
sua opinião: subir
Compulsão Diária
 

Cintia, obrigada pela visita que me trouxe aqui. Respondi lá no meu canto.
sobre o poema. gosto desse poema quase prosa permeado de rimas inesperadas, internas(?). E vc nomeou o indizível: a morte de um filho. Mãe-órfã!
nomear é arte.
Voando comprar seu livro.
mille baci

Compulsão Diária · São Paulo, SP 16/6/2008 11:12
sua opinião: subir
Elliana Alves
 

Flor fulgurosa no canteiro...Lindo texto,magestosas palavra cara poetisa,adorei,apalusos p ti.Boa noite!

Elliana Alves · Petrolina, PE 20/6/2008 19:20
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
doc, 27 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados