DIAMANTE LOUCO

Flickr/Creative Commons
1
Benny Franklin · Belém, PA
15/8/2007 · 124 · 11
 

Foto: Flick/Creative Commons

1 - O brilho está em você
Diamante louco.
A cada morte que tramas à palavra,
A cada fenda que impões ao novo vômito,
A cada envelhecida utopia que traças
Em tão frágil papel.

Não tenho nome acabado.
Meu criador não era clássico,
Não sou virgem
E minha poesia
Jamais corrompeu ausência.

2 - Não sou primo
Dos manos temporais,
Não sou leve,
Não tenho fogo...
Não tenho morte preferida;
Não me chamo vento
E sou viageiro de insanos
Pensamentos.

3 - Até então,
Eu deparava na falação
Uma anatomia muito insana,
Muito laqueada e intricada...
É desse período a redescoberta
Da oralidade da poesia:
Inconsciência que se aflora
Em minha Alma verborrágica.

4 - O poeta sabe de si.
Prefácio inumano da inalterabilidade mental
Desses redemoinhos urbanos
Na busca de certo evolucionismo verbal,
Cujo desmanche apenas se dá
Ao deboche do literário.

Benny Franklin

compartilhe



informações

Autoria
Benny Franklin
Downloads
420 downloads

comentários feed

+ comentar
Cintia Thome
 

Cujo desmanche...Muito bom mesmo.O poeta sabe de si, vc sabe...

Cintia Thome · São Paulo, SP 12/8/2007 18:42
sua opinião: subir
Francinne Amarante
 

Benny,
muito bom!!! gostei,gostei.
abraços
Francinne

Francinne Amarante · Brasília, DF 12/8/2007 21:06
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Marcos André Carvalho Lins
 

parabéns, mais uma vez, Benny!!!
tu consegues "mover" as palavras de modo inigualável!!

abraços,

Marcos André Carvalho Lins · Recife, PE 12/8/2007 21:33
sua opinião: subir
Mansur
 

Vc é o cara! Puríssimo verbo Bennyano! rs...abraço

Mansur · Rio de Janeiro, RJ 13/8/2007 23:14
sua opinião: subir
Caio Mário
 

Poeta Benny,
Um ar de inveja me toma conta a cada vez que leio um poema teu.
Espetacular.

Caio Mário · Castanhal, PA 14/8/2007 22:15
sua opinião: subir
Lígia Saavedra
 

Benny Franklin, o meu coração bate forte ao ler-te, confesso que até já te entendo,(o que não se fazia antes), vc escreve de si e eu aprendo um mundo.
Bjs

Lígia Saavedra · Ananindeua, PA 15/8/2007 19:05
sua opinião: subir
Agenor
 

Olá Benny!
A verborragia da tua alma retratando o que teu inconsciente aflora tem nos presenteado com belos poemas...
Um abração, amigo...

Agenor · Aquidauana, MS 15/8/2007 20:46
sua opinião: subir
carlos magno
 

Que beleza de trabalho , amigo Benny. Meus sinceros aplausos e um grande abraço.
Carlos Magno.

carlos magno · Rio de Janeiro, RJ 15/8/2007 22:52
sua opinião: subir
Benny Franklin
 

Até aqui, emocionadamente,
Agradeço a todos os amigos pelos comentários a respeito do Poema. Assim, sigo em paz, rompendo os lacres das palavras desditas.
Gratíssimo, Benny Franklin.

Benny Franklin · Belém, PA 16/8/2007 11:38
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
cim
 

Que rico!
coisa mais linda!

cim · João Pessoa, PB 20/9/2007 04:36
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
adla
 

VIAGEIRO:
SUA REAL LIBERDADE BRILHA, BRILHA. MUITO BOM O POEMA.
ABRAÇOS.

adla · Campinas, SP 12/10/2007 01:54
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
doc, 20 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados