DOS CAMINHOS DESFEITOS

a/d
1
Saramar · Goiânia, GO
12/11/2008 · 195 · 30
 

Volto às ruas da velha cidade.
Entre cafés e tormentos, nada encontro
nem o eco dos sonhos que sonhei contigo.
Cansaram-se as pedras de esperar.
O tempo atravessou as antigas ruas
segurando minha mão, pedaço trêmulo
de uma ave sem asas e sem abrigo.
Eu, que me quisera Lígia,
pisando flores em caminhos de idílio,
nestas velhas ruas, deixei
o rubro traço dos meus pés feridos
e as marcas de sal nos muros
que souberam do nosso amor
para sempre perdido.

compartilhe



informações

Autoria
Saramar
Downloads
263 downloads

comentários feed

+ comentar
Samuel Luciano Assunção
 

"Eu, que me quisera Lígia,
pisando flores em caminhos de idílio,
nestas velhas ruas, deixei
o rubro traço dos meus pés feridos"

beleza pura saramar...
beijos

Samuel Luciano Assunção · Angra dos Reis, RJ 10/11/2008 00:23
sua opinião: subir
raphaelreys
 

Nada como circular entre os sólidos edificados da urbe. Bela divagação minha cara!

raphaelreys · Montes Claros, MG 10/11/2008 08:00
sua opinião: subir
celina vasques
 

Lindo poeta! Muito lindo!
Beijos no coração!

celina vasques · Manaus, AM 10/11/2008 09:32
sua opinião: subir
Coluna do Domingos
 

Muito Bom trabalho

Coluna do Domingos · Aurora, CE 10/11/2008 14:15
sua opinião: subir
José Cycero
 

Lindo seu poema... Tocou na saudade e na sensibilidade psicológica mexeu comigo. "Volto às ruas da velha cidade.
Entre cafés e tormentos, nada encontro
nem o eco dos sonhos que sonhei contigo." Muito forte este contexto. Enfim, em suma adoreiiiii. Volto e voto.

José Cycero · Aurora, CE 10/11/2008 16:40
sua opinião: subir
walnizia santos
 

Saramar,
Belo poema de amor e de saudades!
Um amor perdido que não se perdeu...
Parabéns.
Beijos

walnizia santos · Brasília, DF 10/11/2008 17:44
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Saramar
desses caminhos desfeitos
tantas lembranças...
ecos de um sonho...
tão dificil esquecer!
bjs

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 10/11/2008 21:17
sua opinião: subir
azuirfilho
 

Saramar · Goiânia (GO) ·
DOS CAMINHOS DESFEITOS
Um passar de um amor imenso, instigado por uma atmosfera de uma História, respeitavelmente grandiosa que faz toda ternura aumentar e envolver os passantes.

Puxa Vida como se nos caminhos houvessem armadilhas de amor.

Ficou muito bonito.
Parabéns.
Abracáo Amigo

pisando flores em caminhos de idílio,
nestas velhas ruas

azuirfilho · Campinas, SP 10/11/2008 21:25
sua opinião: subir
Aldy Carvalho
 

Reminiscências nos alinhavos que a memória guardou.
Lindo poema. Visual, doíííííído
"nestas velhas ruas, deixei
o rubro traço dos meus pés feridos"
Bjinho

Aldy Carvalho · São Paulo, SP 11/11/2008 08:25
sua opinião: subir
celina vasques
 

inicio com prazer sua votação querida
poeta!
beijo no coração!

celina vasques · Manaus, AM 11/11/2008 22:45
sua opinião: subir
Ivan Cezar
 

Pedras que cansam de esperar
e muros por testemunhas ...
Os minerais sempre se associam à poesia
E bem !

Votado

Parabéns Saramar !

Ivan Cezar · São Sepé, RS 11/11/2008 22:55
sua opinião: subir
Samuel Luciano Assunção
 

Samuel Luciano Assunção · Angra dos Reis, RJ 11/11/2008 22:56
sua opinião: subir
Noelio Mello
 

Saramar, querida
O amor tem segredos que só ao próprio amor pode revelar. Sei que não existem amores perdidos ou esquecidos, mas guardados para explodirem no tempo certo.
Fantásticamente lindo teus versos, embora não sejam as verdades do coração
beijos
Noelio

Noelio Mello · Belém, PA 12/11/2008 00:12
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

voltando
bjs

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 12/11/2008 12:01
sua opinião: subir
Compulsão Diária
 

A mão trêmula qual pássaro ferido é uma das mais belas imagens poéticas que já vi, Saramar. E no seu texto é duro escolher qual a mais bela.

Compulsão Diária · São Paulo, SP 12/11/2008 15:36
sua opinião: subir
EdimoGinot
 

Saramar

Cansaram-se as pedras de esperar.

Com esta definição imagina-se o tamanho do cansaço
Bom poema
um abraço

EdimoGinot · Curitiba, PR 12/11/2008 16:00
sua opinião: subir
Odirlei Cleverson
 

parabéns.. votado

Odirlei Cleverson · Grandes Rios, PR 12/11/2008 16:50
sua opinião: subir
O NOVO POETA.(W.Marques).
 

publicado esse lindo trabalho.

O NOVO POETA.(W.Marques). · Franca, SP 12/11/2008 17:14
sua opinião: subir
Eloy Santos
 

Belo, Saramar.
Poesia com suave dosagem de sentimento.
Parabéns.

Eloy Santos · Rio de Janeiro, RJ 12/11/2008 22:09
sua opinião: subir
Lola...
 

Saramar, a saudade e a recordação se fizeram presentes em seus versos. Lindo poema.
Beijo

Lola... · Curitiba, PR 12/11/2008 22:59
sua opinião: subir
José Carlos Brandão
 

Poema carregado de emoção. "Cansaram-se as pedras de esperar." Emoção até nas pedras. Depois manchadas com o sangue dos pés, e os muros com o sal das lágrimas. O eterno lamento do amor perdido.
Seu poema, Saramar, consegue emocionar com a beleza das imagens e com a dor por trás delas.
Beijos.

José Carlos Brandão · Bauru, SP 13/11/2008 02:06
sua opinião: subir
Sérgio Franck
 

Caminhos de pétalas.

Sérgio Franck · Belo Horizonte, MG 13/11/2008 12:12
sua opinião: subir
Coluna do Domingos
 

Votei

Coluna do Domingos · Aurora, CE 13/11/2008 13:32
sua opinião: subir
joe_brazuca
 

perdeu-se, porém, indelével ficou..isso não se pode negar jamais !
perfeito !
bj

joe_brazuca · São Paulo, SP 13/11/2008 17:27
sua opinião: subir
Claudia Almeida
 

Saramar,

Parabéns muito bom de ler,

beijos

Claudia Almeida · Niterói, RJ 13/11/2008 17:51
sua opinião: subir
Hideraldo Montenegro
 

Eu, que me quisera Lígia,
pisando flores em caminhos de idílio,
nestas velhas ruas, deixei
o rubro traço dos meus pés feridos
e as marcas de sal nos muros
que souberam do nosso amor
para sempre perdido.


Que lindo, querida!

Hideraldo Montenegro · Recife, PE 14/11/2008 10:31
sua opinião: subir
azuirfilho
 

Saramar · Goiânia (GO)
DOS CAMINHOS DESFEITOS

Um Amor passando com beleza.
Temos de exaltar todo amor e em especial a sua Mestra Poeta.
Parabéns.
Abracáo Amigo

azuirfilho · Campinas, SP 14/11/2008 23:29
sua opinião: subir
José Cycero
 

votado.

José Cycero · Aurora, CE 15/11/2008 13:50
sua opinião: subir
Sônia Brandão
 

Imagens doridas, mas lindas, de um amor perdido.
bjs

Sônia Brandão · Bauru, SP 16/11/2008 01:33
sua opinião: subir
Letícia L. Möller
 

Lindo, Saramar! Gostei imensamente. Quero transcrevê-lo e deixar ao alcance dos olhos, da alma. Curioso que vim buscar teus versos logo ora que falo também eu do retorno às ruas da cidade: busca por reconhecimento e identidade, todavia encontro com o estranhamento, perplexidade...

Beijos para ti, belíssima poeta.

Letícia L. Möller · Porto Alegre, RS 1/12/2008 16:33
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 2 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados